fbpx

Fluminense prefere Everaldo a Luciano e fecha lista para segunda fase da Sul-Americana

Às vésperas do duelo contra o Defensor, válido pela segunda fase da Sul-Americana, o Fluminense confirmou as três mudanças promovidas na lista de inscritos. Everaldo venceu a disputa com Luciano e se junta a Digão e Júnior Dutra, garantidos desde sábado entre as novidades. Mas há o outro lado da moeda: com saídas e um problema envolvendo Luan Peres, o número de registrados no torneio foi reduzido a 29, ocorrência confirmada pela própria Conmebol.

Os nomes retirados da relação foram Marlon Freitas, Reginaldo e Douglas, negociados. Robinho, emprestado ao América-MG, e Renato Chaves, tratando de sua transferência para o futebol árabe, são desfalques e, portanto, diminuem ainda mais a quantidade de opções que Marcelo Oliveira terá para escalar o time.

Caso eliminem os uruguaios, os tricolores poderão fazer mais duas alterações na lista. Na fila de espera estão dois reforços: Luciano e Bryan Cabezas. Ambos estão fora do confronto desta quinta-feira e de daqui a duas semanas. Veja a numeração:


1 – Marcos Felipe
2 – Gilberto
3 – Gum
4 – Renato Chaves
5 – Airton
6 – Ayrton Lucas
7 – Pablo Dyego
8 – Junior Dutra
9 – Pedro
10 – Sornoza
11 – Marcos Junior
12 – Marlon
13 – Frazan
14 – Ibañez
15 – Léo
16 – Jadson
18 – Everaldo
19 – Dudu
20 – Luquinhas
21 – Caio
22 – Júlio César
23 – Digão
24 – João Vitor
25 – Richard
26 – Mateus Norton
27 – Rodolfo
28 – Matheus Alessandro
29 – João Carlos


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

Com Digão e Júnior Dutra garantidos, Fluminense ainda avalia terceira troca na lista da Sula

Quase três meses depois de se classificar sobre o Nacional de Potosí, o Fluminense volta suas atenções para a Sul-Americana, tratada, assim como em 2017, como objetivo maior na temporada. Às 21h45 desta quinta-feira, enfrenta o Defensor, do Uruguai, no Maracanã, pelo primeiro jogo da segunda fase. Com os cinco reforços e as saídas anunciadas desde a parada para a Copa, é natural que haja mudanças na lista de inscritos no torneio – o regulamento permite três.

Enquanto garante Digão e Júnior Dutra, Marcelo Oliveira disse estar em dúvida sobre quem colocar na terceira vaga, disputada por Luciano e Everaldo. É improvável que Bryan Cabezas seja o escolhido, uma vez que ainda aguarda ser regularizado e precisa recuperar a forma física ideal.

Igualmente ao clube de Laranjeiras, que perdeu para o Ceará, por 1 a 0, o time uruguaio foi derrotado no fim de semana. Reunindo informações sobre o rival e buscando levar vantagem para a segundo partida, marcada para o dia 16 de agosto, o técnico revelou entusiasmo do elenco.

– Conhecemos um pouco do adversário, mas tem uma pessoa da comissão especificamente cuidando disso, de trazer informações. Nesse tipo de competição temos que fazer o resultado em casa. Temos que recuperar fisicamente e o ânimo também. Momento de ajustes, conhecer os jogadores. Estamos com todo o entusiasmo de fazer um grande jogo na quinta-feira.

A tendência é que, apesar do revés no Campeonato Brasileiro, a torcida encha o Maraca, também em razão da continuidade do setor promocional (ingressos a R$ 10, a meia, e R$ 20, a inteira). Os bilhetes para sócios-torcedores estão sendo comercializados desde a tarde de sexta-feira, enquanto a venda para o público-geral começa na manhã desta segunda-feira.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Digão se vê mais ‘maduro’, garante melhor forma física e celebra retorno: ‘Estou motivado’

Indicado por Marcelo Oliveira, Digão pôde, aos 30 anos, retornar ao clube onde apareceu para o mundo do futebol e conquistou dois títulos brasileiros (2010 e 2012) e um carioca (2012). Ex-Cruzeiro, o zagueiro foi apresentado à imprensa, nesta quinta-feira, e elogiou a estrutura do Centro de Treinamento, além de confessar a felicidade em vestir a camisa verde, branca e grená mais uma vez.

– Fico feliz de ver a atual estrutura do clube. Peguei a fase de Laranjeiras, onde a estrutura não era tão adequada. Fluminense é muito grande. Fico feliz por essa evolução – disse, antes de completar:

– Estou muito feliz de voltar para casa. Abri mão de muita coisa para retornar ao Fluminense, onde passei maior parte da minha vida. Não pensei duas vezes ao receber a proposta. Espero voltar bem. Estou motivado e tenho certeza de que vai dar certo.

Sem espaço na Raposa, Digão está há quatro meses sem jogar, mas garante ainda estar na melhor forma física. Por aqui, inclusive, é cotado para assumir a titularidade, ao lado de Gum. Pelo menos é o que se desenhou no jogo-treino desta quarta-feira, em derrota para a Portuguesa-RJ.

– A semana está produtiva, muito boa. É um começo de muito trabalho, com um novo esquema. Ainda temos algumas coisas a ajustar para retomar o Brasileiro, mas tenho certeza de que estaremos prontos. Estou bem fisicamente. Eu não estava jogando, mas treinava forte. Com a volta aqui, espero poder mostrar o meu futebol e ajudar o Fluminense. Ritmo se ganha jogando – declarou.

Leia outras respostas de Digão:

Dupla com Gum

– Ele dispensa comentários. Quem o conhece, sabe que é cara do bem, de caráter. É um prazer repetir a dupla com ele. Espero que a gente possa se ajudar, repetir a arrancada de 2009 para tirar o clube dessa situação. Espero que a gente tenha o mesmo entrosamento da época.

“Fluminense tem zagueiro para seis anos”, frase de Abel Braga, em 2013

– Lembro da frase que ele falou, sim. Respeito muito ele, tenho carinho enorme por ele. Eu acreditei nisso, sim. Tinha ainda o Elivélton e o Wellington. Mas o Digão que volta agora está mais maduro, com 30 anos. Saí com 24. Estou com cabeça diferente, mais centrada e focada. Estou disposto a ajudar.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

 

 

Reforços, Digão e Luciano buscam sucesso: ‘Botar o Fluminense no lugar que merece’

Com as saídas de Luan Peres e Nathan Ribeiro e o elenco curto, evidenciado nas últimas rodadas antes da parada para a Copa do Mundo, o Fluminense decidiu, especialmente depois da chegada do técnico Marcelo Oliveira, ir ao mercado em busca de quatro nomes: dois atacantes, um meia e um zagueiro. Em poucos dias, duas novidades foram anunciadas: o retorno de Digão, 30 anos, formado nas Laranjeiras, e a vinda do artilheiro Luciano, 25 anos, que se destacou pelo Corinthians, em 2015.

Reforços de diferentes posições, que nunca trabalharam juntos, mas com o mesmo objetivo: alcançar o sucesso com a camisa verde, branca e grená. Principalmente porque, nas temporadas passadas, renderam abaixo do que podem, também em razão de lesões. Recuperados e prontos para uma nova fase na carreira, Digão e Luciano prometem, como disse o zagueiro, ‘botar o Fluminense no lugar que merece’.

Digão

Luciano

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Digão prefere Fluminense ao Vasco e acerta retorno às origens

Com as saídas de Luan Peres, vendido para o Club Brugge (Bélgica), e Nathan Ribeiro, emprestado para o Kashiwa Reysol (Japão), o Fluminense, com poucas opções para a zaga, anunciou o retorno de um velho conhecido da torcida. Aos 30 anos, Digão deixou o Cruzeiro para voltar a vestir a camisa do clube onde foi revelado, em 2009. As partes definiram empréstimo até o fim do ano.

Segundo o jornalista Samuel Venâncio, da Rádio Itatiaia, Vasco e Vitória estavam interessados no jogador, sem espaço na Raposa, onde estava há uma temporada. O rival fez proposta, mas Digão recusou e preferiu acertar com o Fluminense. O reforço foi indicado por Marcelo Oliveira e se junta ao elenco nos próximos dias.

Nos seus quatro anos nas Laranjeiras, Digão levantou três taças: Campeonato Brasileiro de 2010 e de 2012 e o Carioca de 2012. Ajudou, ainda, na campanha contra o rebaixamento, em 2009, ano em que subiu para o profissional. Fez, no total, 92 jogos e marcou quatro gols.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

 

 

 

Top