fbpx

Jornalista volta a cravar o retorno de Fred ao Fluminense

Foto: Divulgação/FFC

O apresentador do programa Os Donos da Bola, da rede Bandeirantes e colunista do jornal O Dia, Edilson Silva garantiu o retorno de Fred ao Fluminense.

Após o atacante dar declarações um tanto quanto insatisfeita com sua atual situação no Cruzeiro, o jornalista, através de sua coluna no jornal carioca, cravou o retorno de Fred ao Fluminense em janeiro de 2019.

De acordo com Edilson, a relação de amizade entre Fred e Mário Bittencourt, atual presidente do Fluminense, seria determinante para o acerto, além disso, pesa mito também a vontade de ambas as partes; tanto de Fred, que já deu por diversas vezes declarações de amor ao Fluzão, e do próprio presidente Mário Bittencourt, que é admirador confesso do futebol do atacante.

Veja o que escreveu Edilson em sua coluna:

“O atacante Fred e o Fluminense vão reatar o casamento que rendeu dois títulos brasileiros ao clube. O maior sonho do presidente Mário Bittencourt, que é amigo pessoal do centroavante, vai se concretizar em janeiro de 2020. Sem espaço no Cruzeiro, o ex-atacante da seleção brasileira está insatisfeito com o banco de reservas e já até alfinetou Mano Menezes por isso. O camisa 9 já se declarou diversas vezes ao Tricolor e a entrada de Bittencourt foi peça-chave na negociação. Como já fez sete jogos neste Brasileirão, não faria sentido ele chegar ao Flu só para jogar a Copa Sul-Americana. Por isso, as conversas e a volta de Fred ficam para janeiro. Mas é certa de acontecer. A chegada do ídolo e a manutenção de peças importantes no elenco podem fazer o Fluminense voltar aos tempos de glória. Mesmo aos 36 anos, Fred é Fred. E a relação fora e dentro de campo é incomparável.”

Vale destacar no entanto, que o próprio Edilson Silva já cravou o retorno do atacante ao Fluminense, quando na ocasião, por meio de seu programa pela Bandeirantes, o jornalista cravou a volta de Fred em dezembro de 2018.

Vale ressaltar também que entrevista exclusiva ao repórter Douglas Wandekochen, aqui do Canal Flunews, o atacante deixou claro o seu desejo de retornar às Laranjeiras:

Apresentador diz que terceira camisa é “pano de chão”, e Fluminense responde a provocações

Edílson Silva, que apresenta o programa “Os Donos da Bola” na Band, detonou a camisa azul com listras tricolores, produzida pela Under Armour para o Fluminense e lançada nesta quarta-feira (23). Ele a chama de “pano de chão” e de “uniforme de coveiro”.

– Coisa horrorosa! É a cara da gestão do Abad. Parece camisa falsificada, de mercado popular. Nada a ver com as cores e a tradição do Fluminense – disse o jornalista, ao anunciar que os modelos estão à venda nas lojas e incentivar os torcedores a não comprá-los.

Apresentador diz que terceira camisa é “pano de chão”, e Fluminense responde a provocações

As declarações não agradaram ao Fluminense, que publicou, nesta quinta-feira, uma nota na qual repudia a maneira desrespeitosa com a qual Edílson se referiu ao clube e à empresa norte-americana.

“Em resposta aos comentários realizados pelo apresentador Edílson Silva, do programa “Os Donos da Bola”, da Rede Bandeirantes, o Fluminense Football Club lamenta a forma desrespeitosa usada pelo mesmo para falar do lançamento da terceira camisa do clube, produzida pela Under Armour – uma marca global, referência em inovação e criação de material esportivo.

Ao fazer comentários que atingem uma instituição centenária e representativa no futebol brasileiro e mundial, o apresentador é desrespeitoso com o Fluminense, com a Under Armour e com a torcida tricolor. Além de demonstrar preconceito e incentivo à pirataria, mostra-se consideravelmente desinformado”.

Por outro lado, a maioria dos torcedores aprovou a roupa, que estreará no domingo, em jogo contra a Portuguesa, pela Taça Guanabara. A novidade é um sucesso no mercado brasileiro.

“Ao dizer que a nova camisa virará “pano de chão”, o apresentador indica desconhecer que, em seu primeiro dia de vendas, foi um sucesso em todos os locais em que foi exposta. Nossa loja recebeu solicitação do produto para venda em 21 estados. Os comentários atacam, ainda, de forma descabida, o Conselho Deliberativo do clube, que aprovou todos os uniformes da nova coleção, como prevê o estatuto”.

O apresentador é qualificado como “desinformado” por dizer que existe um processo movido contra a Under Armour, acusada, por ele, de ser “caloteira”. Ambas afirmações são negadas pelo Fluminense.

“Sem qualquer base ou apuração dos fatos, o apresentador cita ação judicial e dívida entre empresa e Fluminense. Erra flagrantemente! Não existe nenhum processo contra a fornecedora. O clube nega que haja qualquer dívida ou litígio com a Under Armour.

Por último, mas não menos equivocado, o apresentador, como se expertise tivesse em moda, desqualifica o produto, diz que parece “falsificado”, e incentiva, de forma preconceituosa, que o torcedor busque-os em “mercados populares”, como se esses fossem um centro de pirataria.

O Fluminense Football Club, no caminho da correção dos fatos, sempre esteve à disposição da imprensa para dar todas as informações pertinentes sobre qualquer assunto. A apuração junto ao clube evitaria o tratamento equivocado e o achincalhe à centenária instituição Fluminense e à empresa Under Armour”.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Apresentador crava volta de Fred ao Fluminense

Edilson Silva garante volta do atacante ainda este ano ao Tricolor.

De acordo com o apresentador Edilson Silva, do programa “Os Donos da Bola”, da rede Bandeirantes, o atacante Fred retornará ao Fluminense ainda em dezembro deste ano.

A informação foi dada pelo jornalista em seu programa na tarde desta segunda-feira e publicada no perfil oficial do programa.

Fred saiu do Fluminense no final de 2016 quando se transferiu para o Atlético Mineiro, onde atuou até dezembro de 2017. No início deste ano o atacante se transferiu para o Cruzeiro em uma transferência que frustrou vários tricolores que, contavam com seu retorno ao clube das Laranjeiras. Já na raposa o jogador rompeu os ligamentos do joelho nas semifinais do Campeonato Mineiro e só retornou ao time celeste na reta final do Brasileirão e Copa do Brasil, tendo marcado inclusive um gol na última partida da equipe mineira no último sábado (27), diante do Paraná.

 

foto: Getty Imagens

Top