fbpx

Apesar de regularizado, Muriel não deve estrear contra o Ceará

Foto: Lucas Merçon/FFC

Apresentado oficialmente na última semana como novo goleiro do Fluminense, Muriel teve o nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário), e já pode fazer sua estreia pelo Fluzão. Contudo, Diniz deve manter Agenor como titular.

A ideia do treinador é dar moral ao goleiro que vinha sendo o titular da equipe antes da parada para a Copa América e chegada de Muriel.

O novo goleiro do Flu no entanto, foi relacionado para a partida e a tendência é que se inicie no banco de reservas.

Além de Muriel, o Flu pós parada ainda conta com outras novidades: as voltas de Gilberto, Digão e Yony Gonzalez, ambos recuperados de lesão.

Desta forma, o técnico Fernando Diniz deve mandar a campo a seguinte escalação: Agenor; Gilberto, Digão, Nino e Caio Henrique; Yuri, Daniel e PH Ganso; Yony, Pedro e João Pedro.

Suspenso, Allan desfalca a equipe.

Se recuperando de lesão, Airton pode retornar ao time contra o Luverdense

Foto: Divulgação

Se recuperando de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, sentida no Fla-Flu da semifinal da Taça Rio, l o volante Airton tem chances de retornar a equipe contra o Luverdense, nesta terça-feira (09) pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

O volante que desfalcou o Tricolor no jogo de ida da competição, em Lucas de Rio Verde e também esteve de fora do Fla-Flu do último sábado (06), já ficará à disposição do técnico Fernando Diniz e, vai depender do treinador se irá ou não utilizar o jogador.

Vale destacar que o Fluminense necessita da vitória para garantir classificação contra a Luverdense. Em caso de empate a vaga será decidida nos pênaltis

Com Ezequiel na lateral, Diniz divulga o time que encara o Luverdense

foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense encara o Luverdense, daqui a pouco, às 19h e 15 no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, em confronto válido pela terceira fase da Copa do Brasil.

Sem Airton, lesionado, o técnico Fernando Diniz optou por escalar Caio Henrique em sua posição de origem, volante, e improvisou o lateral direito, Ezequiel, na lateral esquerda, mexendo pouco na estrutura do time.

Como já vinha sinalizando nos treinamentos, Nino ficou com a vaga do também contudo Léo Santos.

Sendo assim o Flu entra em campo com a seguinte escalação: Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Ezequiel; Caio Henrique, Bruno Henrique e Paulo Henrique Ganso; Everaldo, Luciano e Yony Gonzalez.

Pela primeira vez Flu e Luverdense- MT se enfrentarão pela Copa do Brasil!

Um confronto que terá seu momento marcado na história do futebol tricolor

Nesta quarta-feira pela terceira fase da Copa, os times duelarão no Estádio das Emas, em Lucas do Rio Verde no Mato Grosso. Os dois clubes estarão pela primeira vez se enfrentando em campo. O fluminense está com foco nos treinos para garantir um bom jogo.

O técnico Diniz está com problemas para escalar sua equipe desfalcada pela recuperação de Mascarenhas, e por não poder contar com Digão, Léo Santos e o meio-campo Airton.

A possível escalação que Diniz poderá fazer será: Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Ezequiel; Caio Henrique, Bruno Silva e Ganso; Everaldo, Luciano e Yony González.

Força máxima: Flu vai com o que tem de melhor para o clássico

foto: Lucas Merçon/FFC

Após poupar praticamente todos os titulares na última rodada da Taça Rio contra o Flamengo, o técnico Fernando Diniz relacionou força máxima para o clássico diante do próprio Fla, mas dessa vez em jogo que vale uma vaga na final da Taça Rio.

O descanso aos jogadores na última rodada foi na visão do treinador uma necessidade devido ao desgaste de 11 partidas em 48 dias.

Com isso, o Tricolor deve ir a campo com o time que a torcida já vêm se acostumando a ver nos jogos, com: Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Léo Santos e Caio Henrique; Airton, Bruno Silva e Paulo Henrique Ganso; Everaldo, Luciano e Yony Gonzalez.

Por sua vez, o técnico Abel Braga já confirmou as ausências de Diego e Gabriel Barbosa, ambos poupados, além dos desfalques por conta de convocações, como: Arrascaeta, Cuellar e Trauco.

Fluminense deve ter novidade para estreia na Sula

Foto: Lucas Merçon/FFC

Tricolor ainda não poderá contar com seu principal nome, Paulo Henrique Ganso.

O Fluminense faz sua estreia essa noite na Copa Sul-Americana contra o Antofagasta, do Chile. Para o duelo, o Tricolor ainda não poderá contra com o principal nome do seu elenco, o meia Paulo Henrique Ganso, que ainda não foi inscrito na competição.

Além o meia, Fernando Diniz não poderá contar com o lateral em tese titular, Mascarenhas, com problemas de caxumba. Para seu lugar, o técnico deve optar por improvisar o meia Caio Henrique na lateral, deixando Marlon como opção no banco.

No ataque, o treinador deve mandar a campo o trio que vem disputando a maioria dos jogos: Everaldo, Luciano e Yony Gonzalez.

Desta forma o time que deve começar o jogo desta noite é o seguinte: Rodolfo; Gilberto, Digão, Matheus Ferraz, Caio Henrique; Airton, Bruno Silva, Daniel; Luciano, Everaldo e Yoni González.

Os onze de Diniz: treinador deverá repetir no Fla-Flu a equipe que goleou na estréia da Copa do Brasil

Foto: Lucas Merçon/FFC

Marlon deve ser mantido no lugar de Mascarenhas, fora por caxumba.

Ainda sem poder contar com o meia e maior reforço recente do Flu, Paulo Henrique Ganso, o Tricolor está praticamente definido para encarar o Flamengo em uma das semifinais da Taça Guanabara.

Para a partida, o técnico Fernando Diniz deve manter a mesma equipe que goleou o River-PI, na estréia da Copa do Brasil na semana passada. Dessa forma, Marlon segue como titular da lateral esquerda, substituindo Mascarenhas, fora por caxumba.

Dessa forma, o provável time Tricolor irá iniciar o Fla-Flu, de ser o seguinte: Rodolfo; Ezequiel, Digão, Matheus Ferraz e Marlon; Airton, Bruno Silva e Daniel; Everaldo, Yony Gonzales e Luciano.

Ganso, novo reforço, não pode atuar pois as inscrições para a Taça Guanabara se encerraram antes da assinatura de contrato do jogador com o clube. O lateral direito, Gilberto,que voltou aos treinos nesta quarta-feira (13), também segue de fora da equipe.

 

Sem mistério: Flu divulga lista de relacionados para enfrentar o Vasco

Procedimento era raro de acontecer com o ex treinador Abel Braga.

O Fluminense divulgou a lista de relacionados que vai enfrentar o Vasco da Gama na volta do equipe após o longo período parado por conta da Copa do Mundo.

O procedimento que era raro de acontecer com o antigo treinador Abel Braga, não teve surpresas e confirmo a presença de Digão, que deve começar a partida como titular entre as escolhas.

Outra confirmação foi o desfalque de Luciano, que não poderá fazer sua estreia pelo Tricolor devido a demora do Leganés em enviar a papelada da transferência. Assim também como não terá Júnior Dutra, apresentado como novo reforço na tarde da última quarta-feira (18).

Desta forma, o Fluzão deve ir a campo com a seguinte equipe: Júlio César; Léo, Digão, Gum e Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Dodi e Sornoza; Marcos Júnior e Pedro. 

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Marcelo Oliveira testa um novo Flu com mudanças nas peças e no esquema

Treinador sinalizou também uma mudança no esquema com três zagueiros.

Há uma semana no comando técnico do Fluminense, Marcelo Oliveira comeca a desenhar um novo time tricolor. Além de mudar o esquema com três zagueiros que vinha sendo adotado por Abel Braga com o 3-5-2, o novo técnico passou a utilizar o 4-4-2 e mexeu no time titular, promovendo a entrada do recém contratado Digão e de Aírton, pouco utilizado por Abelão, sacando da equipe Renato Chaves e Ibanez.

Contudo, o treinador fez diversas mudanças na equipe e não há como prever qual será de fato o time titular. Definição essa deve acontecer ao longo da semana quando o time entrará em campo para dois amistosos já programados e que irão acontecer no CTPA (Centro de Treinamento Pedro Antônio), na Barra da Tijuca.

Chapecoense pode ter mudanças contra o Fluminense

Kleina estuda a realização de até três mudanças.

Diante da boa fase em que atravessa a equipe tricolor, principalmente no setor ofensivo, o técnico da Chapecoense, Gílson Kleina, estuda fazer algumas mudanças na equipe catarinense para o duelo contra o Fluminense neste sábado (26), às 16h no estádio do Maracanã.

Durante os treinos ao longo da semana, Kleina testou as entradas de Eduardo, Elicarlos e Leandro Pereira nos lugares de Apodi, Guilherme e Wellington Paulista, visando segundo o treinador, deixar o time mais consistente:

– A gente notou que  precisamos ter alguma consistência diferente dentro ou fora de casa. Fizemos uma partida espetacular contra o Flamengo, competimos contra o Atlético-MG e fora de casa erramos muitos passes, o time ficou espaçado. Mudanças são sempre para o bem, vamos fazer a análise dos jogadores e, se preciso for, fazer alguma mudança – comemtou o treinador.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Top