Marcos Felipe volta a falhar e reascende preocupação com a meta Tricolor

O Fluminense conseguiu empatar com o Coritiba após estar perdendo por 2 a 0. O time ainda sofreu o terceiro, mas no final, Caio Paulista voltou a empatar o jogo, terminando 3 a 3.

O grande problema no entanto ficou pela atuação do goleiro Marcos Felipe, criticado por grande parte da torcida que culpou o goleiro em ter falhado em dois dos três gols da equipe adversária.

As falhas do goleiro reascende uma preocupação antiga da torcida na meta Tricolor, que não tem uma unanimidade na posição desde a saída de Diego Cavalieri, no episódio da polêmica demissões por whatsapp.

Julio César, chegou a assumir a posição assim que o campeão Brasileiro saiu, porém, deixou o Tricolor para acertar com o Grêmio, onde amargou o banco de reservas. Rodolfo, Agenor, Muriel e agora Marcos Felipe, passaram pela meta do Flu, mas a história parece se repetir: começam realizando boas partidas, mas com a sequência, cometem falhas absurdas que acabam custando a vitória do time, como foi no jogo de hoje.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Efeito Muriel ? Fluminense chega ao 10° gol de rebote no ano

O goleiro Muriel voltou a ter sua posição contestada após mais uma falha na temporada, quando rebateu a bola para o meio da área no gol de Maurício, que abriu o placar para o Colorado. O lance fez o Tricolor chegar ao décimo gol sofrido por rebote em 2020, sendo a segunda pior marca dentre os times da Série A.

Os números foram divulgados pelo UOL Esportes, através de um levantamento feito jornalista e analista de desempenho João Izzo, do site CFD, que aponta ainda o Ceará como único time com um maior número de gols sofridos por rebote, com 11.

O UOl ainda destrinchou os números, onde aponta que dos dez gols sofridos nesse estilo, foram através de rebotes de Muriel, outros dois do reserva imediato Marcos Felipe e um outro tendo vindo da defesa.

Vale destacar que o goleiro ainda cometeu alguns erros que resultaram diretamente em gols do adversário, como no jogo contra o Volta Redonda na volta do futebol após a parada por conta da Covid-19.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

“Alguns erros parecem de futebol amador”, diz jornalista sobre falhas de Muriel

Apontado pelos torcedores como um dos grandes responsáveis pela eliminação na Copa do Brasil para o Atlético-Go, quando teria falhado em dois dos três gols do time goiano, Muriel, vem acumulando falhas ao longo da temporada.

O goleiro que era tudo como um dos pilares da equipe após viver bom momento no segundo semestre de 2019, quando chegou ao clube, cometeu diversas falhas ao longo da temporada e pode perder a vaga de titular para Marcos Felipe.

As falhas inclusive fez o comentarista do UOL e dos canais ESPN, Mauro Cesar Pereira, questionar se o goleiro está a altura do time do Fluminense:

São falhas que, numa boa, alguns erros do Muriel, com todo respeito ao profissional e tudo, mas parece que você está vendo um jogo de futebol amador, às vezes parece que é o cara da pelada que joga na linha, não tem goleiro e ele reveza no gol, porque são falhas que não são admissíveis para um profissional, esse é o goleiro que tem o Fluminense. Antes tinha o Rodolfo, que teve problemas também e saiu, e não era bom, o Agenor, que era um goleiro pesado também. O Fluminense não consegue arrumar um goleiro, um goleiro que seja minimamente confiável – disse Mauro, que ainda eximiu Odair de culpa:

– O Odair tem os seus problemas também, o Fluminense não oferece uma condição para o técnico tão favorável, o Fluminense jogou boas partidas com esse treinador, acho que sempre tem um dedo do técnico também, mas as limitações do elenco, as baixas que acontecem a qualquer momento e um goleiro assim não dá, não tem como – Completou.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC