Clubes podem ficar sem premiação do Carioca

As tradicionais premiações aos finais de campeonatos podem não acontecer no Cariocão 2021. Segundo publicação do jornalista Rodrigo Matos, do portal UOL, a renda reduzida com a venda dos direitos de transmissão, fez a Ferj confirmar que não haverá dinheiro para pagar premiações aos clubes pela participação no Estadual.

Ainda de acordo com Rodrigo, a própria Ferj confirmou que: “Em 2021, a expectativa de receita não atingiu o número para a distribuição de prêmio.”

Pela transmissão do Estadual, a Rede Record pagou R$ 11 milhões, dos quais apenas R$ 3 milhões sobrariam para os clubes. O restante ficou para a produção de imagens da competição, Ferj e a empresa Sportsview.

A negociação dos pacotes até foi bem-sucedida, com um total de 200 mil assinantes, cerca de 90 mil por operadoras. O restante foi feito por canais dos clubes. Os pequenos ficariam com 10% do valor, mas foi insuficiente para as premiações.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Ferj afasta Grazianni Rocha e confirma reunião com dirigentes do Flu

Após reunião de sua Comissão de Arbitragem, a Ferj, decidiu por afastar o árbitro Grazianni Rocha, que cometeu dois erros graves na derrota do Fluminense para o Resende na noite da última quinta-feira (04).

O anúncio foi feito por meio das redes sociais da Federação, que disse em nota ter havido “uma desconformidade com os protocolos técnicos, decidiu por determinar que tanto o árbitro quanto o assistente devam ser submetidos a um processo de reciclagem, trabalhos técnicos e avaliação posterior que ateste aptidão para retorno às atividades.”

A Ferj também confirmou que estará recebendo dirigentes do Fluminense na próxima segunda-feira (08), quando irão debater o tema.

Foto em destaque: Divulgação

Comissão de Arbitragem da Ferj convida dirigentes do Fluminense para discutir atuação do árbitro Grazianni Rocha

O Fluminense foi derrotado na estreia do Campeonato Carioca por 2 a 1 para o Resende. Porém, o jogo ficou marcado por dois erros do árbitro Grazianni Rocha, que deixou de assinalar um pênalti e anulou um gol legal do Flu.

Nesta sexta-feira (05), um dia após a partida, a Comissão de Arbitragem da Ferj convocou uma reunião para avaliar a arbitragem do jogo e convidou representantes do Fluminense para debaterem a atuação de Grazianni.

Foto em destaque: Divulgação

Ferj volta a alterar data e Carioca tem início antecipado

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro, a Ferj, voltou a alterar a tabela Carioca 2021, que teve seu início antecipado.

O Campeonato que estava marcado para iniciar no dia 28 de fevereiro, foi alterado para o fim de semana dos dias 6 e 7 de março, e agora, terá início entre os dias 3 e 4 de março.

segundo a Federação, a mudança dessa vez foi motivada devido a CBF ter reservado as datas para aos Estaduais.

Veja o que disse a entidade em seu site oficial:

Marcelo Carlos Nascimento Vianna, Diretor do Departamento de Competições da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto, pelo RGC e pelo REC da Fase Principal do Campeonato Estadual da Série A de Profissionais de 2021, e

Considerando que a Confederação Brasileira de Futebol incluiu recentemente o dia 03 de março de 2021 como uma das datas destinadas aos Campeonatos Estaduais de 2021; Considerando a necessidade de ajustar as diretrizes estabelecidas pela RDI nº 005/21; Considerando as disposições dos artigos 32 do REC, e 16, II do RGC

RESOLVE:

Alterar a data de início da Fase Principal do Campeonato Estadual da Série A de Profissionais de 2021, a fim de que esta seja iniciada a partir do dia 03 de março de 2021, nos termos da tabela republicada pelo DCO.

Ficam mantidas as disposições do artigo 4º, I, do REC em relação ao prazo para inscrição de atletas, devendo este, agora, obviamente, ser calculado como base na nova data de início da competição, dia 03 de março de 2021.

Esta resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrário.

Rio de Janeiro, 14 de fevereiro de 2020″

Foto em destaque: Ivan Paulo/Agência FERJ

Campeonato Carioca muda formato e terá turno único em 2021

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro, a Ferj, realizou um arbitral na tarde desta segunda-feira (28), onde alterou o formato do Campeonato Carioca para 2021, quando o torneio será disputado em turno único.

O arbitral confirmou também a manutenção do número de equipes, que seguirá com 12 participantes, contudo, terá menos datas. As equipes se enfrentaram entre si, com 11 rodadas definidas e 15 datas, contando semifinal e final. Dessa forma a Federação diminuiu em duas datas se comparado ao torneio desse ano, e uma a menos que a CBF disponibilizou para a disputa dos estaduais de 2021.

O Estadual ainda terá uma fase preliminar, com Cabofriense, Friburguense, Americano, America e os dois classificados no B1, no fim deste ano, o campeão Nova Iguaçu e o vice Sampaio Correa, de 16 de janeiro a 25 de fevereiro. Só o primeiro colocado avança à fase principal.

A Taça Guanabará será entregue ao time que terminar a fase classificatória na primeira colocação, enquanto a Taça Rio será disputada num mata-mata envolvendo as equipes que ficaram entre a 5ª e a 8ª colocações.

Foto em destaque: Divulgação/Ferj

Mais polêmicas! Globo não paga última cota do Carioca e inicia embate com Ferj e clubes

O Campeonato Carioca teve seu fim no último dia 15, porém, as polêmicas, que marcaram a competição no período pós-quarentena, estão longe de acabar. Isso porque, segundo o portal ‘UOL’, a TV Globo ainda não pagou última cota referente aos direitos de transmissão da edição 2020. A decisão teria irritado os clubes e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

De acordo com o site, uma parcela de R$ 18,159 milhões deveria ter sido depositada para divisão aos 11 clubes. Por ajustes em seu caixa, o Grupo Globo solicitou um adiamento da parcela, se comprometendo a pagar a cota derradeira até a última quarta-feira (22), o que não teria acontecido.
O Fluminense tem direito a um montante de R$ R$ 4,8 milhões referente à última cota.

Há um debate na esfera judicial, entre a Federação do Rio e Globo, sobre a validade da rescisão unilateral do acordo pelos direitos de transmissão assinado até 2024, a Globo decidiu que só pagaria tal montante caso a Ferj assinasse um documento aceitando e reconhecendo o rompimento decidido unilateralmente pela emissora nas últimas semanas, abrindo mão de discutir tal fato em juízo. No entanto, a Ferj se negou a assinar tal documento. Além disso, os clubes não aceitam que os R$ 18 milhões encerrem a briga de mais de R$ 408,5 milhões – R$ 98,4 milhões pelo Estadual de 2021, R$ 101 milhões por 2022, R$ 103,5 milhões por 2023 e R$ 105,6 milhões correspondendo ao último ano de acordo, 2024, de acordo com informações do portal.

Fonte: NetFlu / UOL
Foto: Divulgação Ferj



Repórter indica que Mário não irá se manifestar, mas planeja contragolpe pela ação de Rubinho

O presidente da Federação do Rio de Janeiro, Rubens Lopes, moveu um processo contra o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt por conta da publicação na final do estadual entitulada pelo mandatário Tricolor de GatoFerj.

Contudo, apesar da ação, o setorista do Flu pela Rádio Globo, Victor Lessa, confirmou que o presidente do Flu irá se manifestar contra a ação, porém, ainda de acordo com Lessa, Mário já planeja um forte contragolpe pela ação de Rubinho

Vale destacar que Rubens Lopes quer que Mário seja condenado aos “crimes de calúnia, difamação e injúria tipificados nos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal”.

Mário Bittencourt é processado por postagem na final do Carioca

A postagem do presidente do Fluminense, Mário Bittencourt no dia da decisão do estadual, quando atacou diretamente a Federação de Futebol do Rio de Janeiro, inclusive no título: Gatoferj, rendeu um processo ao mandatário Tricolor.

Segundo informou o portal Esporte News Mundo, o presidente da Ferj, Rubens Lopes entrou com uma ação de queixa-crime contra Mário, cobrando que o mandatário Tricolor seja condenado aos crimes de “calúnia, difamação e injúria tipificados nos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal”.

Caso seja condenado, as penas somadas poderiam chegar a três anos e seis meses de detenção, além de multa.

Além disso, há também um processo da Ferj contra o Fluminense correndo na 24ª Vara Cível do TJRJ, basicamente com os mesmos argumentos, sendo cobrado danos morais, materiais e retratação, por parte da própria federação.

Seleção do Carioca é anunciada com dois representantes do Fluminense

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro, a Ferj, divulgou na noite desta segunda-feira (20) a seleção do Campeonato Carioca, formada com os votos dos técnicos das equipes que disputaram a Série A do Cariocão.

Com direito a dois representantes do Flu, a seleção foi montada no esquema 4-3-3 e teve ainda dois empates de duas posições diferentes.

Campeão do torneio, o Flamengo teve a grande maioria dos indicados, com oito jogadores selecionados.

Ferj elogia participação do Fluminense no Campeonato Carioca

Após a derrota por 1 a 0 para o Flamengo na final do Campeonato Carioca, o Fluminense ficou com o vice Campeonato estadual. Porém, foi parabenizado pela Ferj pela disputa da competição.

a Federação lembrou da conquista da Taça Rio pelo time de Guerreiros e mencionou o fair play praticado ao longo da competição.

Foto em destaque: Reprodução/FluTv