Fluminense é derrotado no placar agregado pelo Botafogo na final do Campeonato Carioca sub-15

Nas Laranjeiras, o Fluminense empatou por 1 a 1 com o Botafogo (3 a 1 no agregado) e ficou com o vice-campeonato do Carioca sub-15. Tricolor havia perdido o primeiro jogo por 2 a 0 e não conseguiu reverter a desvantagem.

O jogo

Precisando do resultado após derrota na ida, os Moleques de Xerém começaram a partida atacando, levando perigo com Esquerdinha, Gustavo e Foguete. Aos 8 minutos, o zagueiro Matheus Costa arriscou de longa distância e a bola passou perto do gol, na sequência, foi a vez de Victor Kauan assustar o goleiro alvinegro Henrico.

Com a vantagem no placar, o Botafogo adotou a estratégia de ficar recuado e sair com velocidade no contra-ataque. Aos 26, Luis Octavio cobrou falta direto na lateral, a bola desviou e enganou o goleiro Davi, parando no fundo das redes.

Aos 31, Esquerdinha bateu falta direto de longe, a bola fez uma curva e passou perto do gol. O Tricolor continuou pressionando antes do intervalo mas não conseguiu furar a defesa adversária.

No segundo tempo, o técnico Lindolfo Melo colocou Matheus Pedro e Luiz Francisco em campo para tentar uma reação. O Fluminense foi pra cima mas o nervosismo dos jovens jogadores dificultava a conclusão de jogadas.

A melhor jogada Tricolor depois do intervalo saiu dos pés de Matheus Pedro, após finalização de longa distância do camisa 20 passar raspando na trave.

O Fluminense ainda teve um pênalti marcado nos acréscimos. O capitão Fábio converteu a cobrança mas não foi o suficiente para tirar o título do Botafogo.

Ficha técnica

Fluminense: Davi; Júlio Fidelis; Rodrigo, Matheus Costa e Esquerdinha; Fábio, Victor Kauan e Victor Lima; Foguete, Gustavo e Kauã Elias. Técnico: Lindolfo Melo.

Botafogo: Henrico; Foguinho, Capixaba, Miguel Ferreira e Luis Octavio; Eduardo, Joaquim Saraiva e Foguete; Fabiano, Paladini e Kayke. Técnico: Vinicius Durante.

Foto: Maílson Santana/ FFC

Com desfalques, Fluminense é derrotado pelo Vasco na final do Carioca sub-17

Após empate sem gols na ida, o Fluminense foi derrotado pelo Vasco por 1 a 0 nas Laranjeiras pela final do Campeonato Carioca sub-17.

O jogo

O Vasco abriu o placar logo no início do jogo. Aos 3 minutos, Erick Marcus cobrou falta na lateral e o atacante GB mandou de cabeça para o fundo das redes.

O Cruzmaltino continuou melhor depois do gol, levando perigo com Erick Marcus e Rayan.

Sem Arthur, Agner e Gustavo Lobo, o Fluminense teve dificuldades em impor seu estilo de jogo e pressionar o adversário.

O Tricolor voltou melhor na segunda etapa, criando boas oportunidades com Hiago e Isaac. O Vasco reagiu e quase ampliou a vantagem com Rayan, obrigando o goleiro Álvaro a fazer grande defesa.

Os Moleques de Xerém se lançaram ao ataque nos minutos finais e quase empataram com Isaac. O camisa 11 limpou dois marcadores e finalizou rasteiro perto da trave.

Nos acréscimos, Samuca recebeu de Erick na área e bateu por cima do gol. O Fluminense continuou pressionando mas não foi o suficiente para tirar o título do Vasco.

Ficha técnica

Fluminense: Álvaro; Erick, Davi Schuindt, Kayky Almeida e Rafael Monteiro; Gustavo Dohman, Thiago e Hiago; Luis Fernando, Isaac e Samuca. Técnico: Guilherme Torres.

Vasco: Allan Victor; Paulinho, Victão, Lyncon e Leandrinho; Lucas Eduardo, Andrey e Ykaro; Rayan, Erick Marcus e GB. Técnico: Rafael Paiva.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

É campeão! Guerreiras de Xerém batem o Flamengo nos pênaltis e conquistam o título do Carioca Feminino sub-18

Com emoção! Nos pênaltis, o Fluminense bateu o Flamengo por 5 a 4 nas Laranjeiras e conquistou o título inédito do Campeonato Carioca Feminino sub-18. Segunda conquista das Guerreiras de Xerém na história do clube, após a taça do Brasileiro da categoria na última temporada, também decidido nos pênaltis, contra o Internacional.

No tempo regulamentar, empate por 1 a 1. O Tricolor abriu o placar aos 37 do primeiro tempo com Kaylane (contra), Pimenta, no início do segundo tempo, deixou tudo igual no marcador.

Na disputa de pênaltis, brilhou a estrela da goleira Ravena, que defendeu uma das cobranças do adversário e garantiu o título para as Guerreiras de Xerém.

Campanha do Fluminense no Campeonato Carioca Sub-18:

– 5 jogos / 4 vitórias / 2 empates / 12 gols marcados / 3 gols sofridos

A equipe do técnico Filipe Torres foi a campo com: Ravena; Luana Gusmão, Luiza Calazans, Sabrina Amorim e Julia Batista; Raphaela Saade, Luiza Travassos e Luany; Laysa, Duda Calazans e Carol Valle. Banco: Thainá Battestin, Giovanna, Ana Beatriz, Nogueira, Helô, Sandy, Maria Clara, Lais e Larissa.

Foto: Divulgação/ FFC

Fluminense é derrotado pelo Botafogo no jogo de ida da decisão do Carioca sub-15

No estádio Nilton Santos, Moleques de Xerém perdem para o Botafogo por 2 a 0 no jogo de ida da final do Campeonato Carioca sub-15. Equipes voltam a campo no próximo sábado (11/12), às 10hrs, nas Laranjeiras.

O jogo

Atual campeão da Taça Guanabara e dono da melhor campanha, o Fluminense começou pressionando no primeiro tempo, criando boas oportunidades com os laterais Esquerdinha e Júlio Fidelis.

Nos acréscimos, após jogada ensaiada do Botafogo, o atacante Fabiano recebeu sozinho na área e abriu o placar no Nilton Santos.

Na segunda etapa, o Glorioso ampliou a vantagem com Foguete, o camisa 10 aproveitou a falha da zaga Tricolor, que parou pedindo impedimento, para colocar a bola no fundo das redes e marcar o segundo gol.

Ficha técnica

Botafogo: Henrico; Foguinho, Capixaba, Miguel Ferreira e Luis Octavio; Eduardo, Joaquim Saraiva e Foguete; Fabiano, Paladini e Kayke. Técnico: Vinicius Durante.

Fluminense: Samuel; Júlio Fidelis; Rodrigo, Mateus Luiz e Esquerdinha; Fábio, Matheus Costa e Victor Lima; Lucas Fernandes, Luiz Francisco e Gustavo. Técnico: Lindolfo Melo.

Foto: Maílson Santana/ FFC

Moleques de Xerém empatam sem gols com o Vasco no primeiro jogo da final do Carioca sub-17

Em São Januário, Fluminense e Vasco empataram por 0 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca Sub-17. As equipes voltam a campo pelo jogo derradeiro da decisão na próxima sexta-feira (10/12), às 15hrs, nas Laranjeiras.

O jogo

Jogando fora de casa, o Fluminense ficou com um jogador a mais em campo logo aos 14 minutos. O volante Barros recebeu o segundo cartão amarelo após falta em Agner e foi expulso.

Apesar da desvantagem numérica, o Vasco não se abateu e o Tricolor teve dificuldades de criar oportunidades e balançar as redes na primeira etapa.

No segundo tempo, o técnico Guilherme Torres promoveu duas mudanças na equipe, colocando o lateral-esquerdo Rafael Monteiro e o atacante Samuca em campo.

O Flu melhorou com as substituições e levou perigo com Agner, acertando a trave do goleiro Allan Victor. O Gigante da Colina reagiu e quase abriu o placar com Rayan, após rebote em chute de GB.

Aos 13 minutos, foi a vez de Thiago bater cruzado e assustar o goleiro Cruzmaltino. Pouco depois, Isaac finalizou colocado de fora da área com perigo.

O Vasco teve boas chances nos minutos finais com Erick Marcus e Rayan, mas não foi o suficiente para tirar alterar o placar e colocar uma das equipes em vantagem na decisão.

Ficha técnica

Vasco: Allan Victor; Paulinho, Victão, Lyncon e Leandrinho; Barros, Ray e Ykaro; Rayan, Erick Marcus e GB. Técnico: Rafael Paiva.

Fluminense: Álvaro; Erick, Davi Schuindt, Kayky Almeida e Daniel Lima; Gustavo Dohman, Thiago e Agner; Luis Fernando, Hiago e Gustavo Lobo. Técnico: Guilherme Torres.

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Na trave! Guerreiras do Flu perdem nos pênaltis a decisão do Cariocão Feminino

Na Gávea, o Fluminense empatou com o Flamengo por 1 a 1 no tempo regulamentar, e perdeu por 3 a 0 nos pênaltis a decisão do Cariocão Feminino 2021. Tricolor segue em busca do primeiro título profissional na categoria.

O jogo

Com as duas equipes sentindo o peso da decisão, a partida começou muito disputada mas sem grandes chances de gol. Jogando em casa, o Rubro-Negro levava mais perigo.

O Flamengo abriu o placar aos 34 do primeiro tempo com Darlene, a camisa 27 fez fila no meio-campo e acertou um belo chute de fora da área para marcar um golaço na Gávea.

As Guerreias do Flu melhoraram após sofrer o gol e passaram a pressionar o adversário. Aos 45, Jéssica Bahia recebeu de Elisa e cruzou na medida para Luany deixar tudo igual antes do intervalo.

As equipes voltaram mais soltas na segunda etapa, e o jogo ficou movimentado. O Fla assustou com Jayanne após escanteio, e o Flu com a lateral Fernanda, em cobrança de falta.

Aos 27, a lateral Tricolor Jéssica Bahia, que deu assistência no gol de empate, levou o segundo cartão amarelo e foi expulsa.

Com um a menos, o Fluminense conseguiu segurar o empate nos minutos finais e quase marcou com Luany em contra-ataque. A decisão da taça ficou para a disputa de pênaltis.

Nas hora das cobranças, o Tricolor não conseguiu repetir o bom desempenho da semifinal e perdeu a disputa por 3 a 0, batendo mais uma vez na trave na decisão do Cariocão Feminino.

Ficha técnica

Fluminense: Nicole; Jéssica Bahia, Dani Serrão, Larissa e Fernanda; Maria Luiza, Andresa e Bia; Luany, Rivena e Elisa.

Banco: Sol, Ravena, Vilmara, Roberta, Joelma, Thayla, Roberta, Laysa, Luiza Travassos, Rayla, Michelle, Sabrina, Ronaldinha. Técnica: Thaissan Passos.

Flamengo: Kaká; Stella, Cida e Núbia; Rafa Barros, Rayanne, Sorriso, Darlene e Jayanne; Pimenta e Pimentinha.

Banco: Gabi Croco, Kaylane, Andressa, Renata, Carlinha, Dani Ortolan, Tainá, Thalita, Naely, Diovanna.

Foto: Maílson Santana/ FFC

Em busca do título inédito, Fluminense enfrenta o Flamengo na próxima sexta-feira, na Gávea, pela decisão do Cariocão Feminino

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) oficializou a data, local e horário da decisão do Cariocão Feminino de 2021. Em busca do título inédito, as Guerreiras do Flu enfrentam o Flamengo na sexta-feira (26/11), às 15hs, na Gávea.

Finalista nas duas últimas edições da competição, o Fluminense bateu na trave contra o Botafogo em 2020/2021, e o próprio Flamengo, em 2019, e espera conquistar seu segundo título na história do futebol feminino, após a taça do Brasileirão sub-18 de 2020.

Para chegar na grande final, o Tricolor se classificou na terceira posição geral com 27 pontos e a segunda melhor defesa do campeonato, com apenas quatro gols sofridos. Pela semifinal, as Guerreiras do Flu eliminaram o Botafogo nos pênaltis no último sábado (20/11), no estádio Caio Martins.

Foto: Marina Garcia/FFC

É campeão! Moleques de Xerém batem o Flamengo na final e conquistam o Carioca sub-20

Fluminense bate o Flamengo no agregado por 5 a 1 e conquista o 18⁰ título do Campeonato Carioca sub-20, o primeiro desde 2013. Na ida, vitória Tricolor por 4 a 1 nas Laranjeiras, com hat-trick de John Kennedy e gol de Yago.

O técnico Eduardo Oliveira contou com o retorno de João Neto, após período machucado, e os desfalques de Yago, autor de um dos gols no primeiro jogo, e Miguel Vinícius, lesionados.

Com a desvantagem no placar, o Flamengo começou a partida pressionando em busca do resultado, arriscando finalizações de fora, mas parando no bom goleiro Thiago.

Aos 10 minutos, Matheus França aproveitou desatenção da zaga Tricolor e roubou a bola de Davi, o camisa 10 saiu livre mas chutou para fora, desperdiçando a melhor chance até então no duelo.

Após rebote em cobrança de falta, Thiaguinho finalizou forte de fora da área e quase abriu o placar na Gávea.

Depois da pressão inicial, o Fluminense conseguiu igualar as ações do jogo e neutralizar os ataques do Rubro-Negro, chegando com perigo em jogadas de John Kennedy e cabeçada de Alexandre Jesus.

Aos 42, os Moleques de Xerém quase abriram o marcador em um golaço de Matheus Martins, o camisa 10 ganhou da marcação e acertou um belo chute de longa distância, obrigando o goleiro Matheus Cunha a fazer a defesa.

Na segunda etapa, o Flamengo levou perigo com o atacante André, que acertou a trave aos 8 minutos. O Fluminense deu o troco com Jhonny, em chute cruzado aos 12 minutos.

No minuto seguinte, Marcos Pedro arriscou de longe, o goleiro deu rebote e Alexandre Jesus acabou finalizando para fora.

O Flamengo abriu o placar aos 24 minutos. Após cruzamento de Wesley, a bola bateu em Kayke David e enganou o goleiro Thiago, que não conseguiu fazer a defesa.

O time da casa se lançou ao ataque nos minutos finais em busca do empate mas não foi o suficiente para tirar a taça dos Moleques de Xerém.

Além do título, o Fluminense garantiu a classificação para a Copa do Brasil Sub-20 da próxima temporada.

Fluminense: Thiago; Jhonny, Luan Freitas, Davi e Marcos Pedro; Alexsander, Wallace e Matheus Martins; João Neto, Alexandre Jesus e John Kennedy.

Foto: Maílson Santana/FFC

Com show de John Kennedy, Moleques de Xerém batem o Flamengo de virada e abrem vantagem na final do Carioca sub-20

Nas Laranjeiras, John Kennedy brilha, faz três gols e Fluminense bate o Flamengo de virada por 4 a 1 na primeira partida da final do Campeonato Carioca Sub-20. Jogo da volta acontece na próxima quinta-feira (30/9), às 10hrs, na Gávea.

Entre as novidades para a partida em relação ao último jogo da categoria, o técnico Eduardo Oliveira contou com os retornos de Luan Freitas e John Kennedy, que estavam servindo a equipe profissional.

Em um confronto bastante disputado, o Flamengo aproveitou um erro de passe no meio-campo para puxar contra-campo mortal e abrir o placar com João Pedro logo aos 5 minutos.

A reação Tricolor não demorou a acontecer. No minuto seguinte, Matheus Martins fez boa jogada individual e encontrou John Kennedy livre na área para igualar o marcador.

O camisa 9 mostrou sua estrela aos 14. Yago cobrou escanteio na medida e John Kennedy subiu no terceiro andar para virar o jogo nas Laranjeiras.

O Flu ampliou a vantagem aos 16 minutos. Matheus Martins fez outra boa jogada e finalizou na trave, Yago aproveitou o rebote e marcou o terceiro gol dos Moleques de Xerém.

O Rubro-Negro voltou a levar perigo aos 30. Thiaguinho recebeu de André e rolou para Lázaro na marca do pênalti. O camisa 10 finalizou rasteiro mas parou em grande defesa do goleiro Thiago.

O arqueiro Tricolor fez outra boa defesa aos 44, após finalização de longa distância do atacante João Pedro, autor do primeiro gol.

O Flamengo começou a segunda etapa assustando com chutes de André e Lázaro. Aos 8, Daniel Cabral cobrou falta com perigo, obrigando o bom goleiro Thiago a intervir de forma providencial.

Aos 23, contra-ataque do Flu, Yago carregou a bola do campo de defesa e tocou para Alexandre Jesus, o camisa 11 encontrou John Kennedy, que cortou a marcação e acertou a trave do goleiro João Fernando.

A pressão do Fla quase resultou em gol. Aos 27, Matheus França girou na entrada da área e finalizou colocado, a bola bateu nas duas traves mas, caprichosamente, não cruzou a linha.

O jogo se encaminhava para o fim quando a estrela de John Kennedy voltou a brilhar. Aos 43, o lateral Jhonny cruzou na área, o arqueiro João Fernando fez o corte mas acabou se chocando com a trave, Alexandre Jesus pegou o rebote e encontrou o Carrasco livre para marcar seu terceiro gol na partida.

Aos 44, o camisa 10 do Flamengo Lázaro foi expulso após acertar uma cotovelada no volante Tricolor Edinho.

Fluminense foi a campo com: Thiago, Jhonny Luan Freitas, Davi e Marcos Pedro; Alexsander, Wallace e Yago; Matheus Martins, Alexandre Jesus e John Kennedy.

Foto: Maílson Santana/FFC

Moleques de Xerém empatam sem gols com o Vasco no primeiro jogo da final da Copa Rio sub-17

No Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, o Fluminense empatou com o Vasco por 0 a 0 no primeiro jogo da final da Copa Rio sub-17.

A decisão da taça ficou para a próxima quarta-feira (4/8), às 10hrs, no Estádio Nivaldo Pereira.

Ao contrário da semifinal, a final da competição não tem vantagem de melhor campanha. Qualquer empate leva a disputa para os pênaltis.

Foto: Lucas Merçon/FFC