fbpx

Dodi reconhece qualidade do Flamengo mas vê Flu preparado para o confronto

Após o empate em 1 a 1 contra o Flamengo no jogo da decisão da Taça Rio que terminou com o título do Tricolor, Dodi, que ganhou espaço na equipe titular vê qualidade no time do Flamengo, mas vê um Fluminense preparado para mais um confronto contra o rival.

Eles têm uma excelente equipe mas nós estamos preparados, sabendo o que tem que fazer. Agora é botar em prática e ir mais forte do que o jogo passado para conquistar a vitória – disse o jogador.

Dodi foi um dos destaques do time Tricolor na final da Taça Rio com ótimos números apresentados ao longo dos 90 minutos. Acompanhe:

  • 19/19 passes certos
  • 4/5 desarmes certos
  • 3 perdas de posse
  • 2 faltas cometidas
  • 2 faltas sofridas
  • 2 rebatidas
  • 1/1 interceptação certa
  • 1/1 lançamento certo

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Revelado o jogador que testou positivo para a Covid-19 no Flamengo

Mais cedo o Flamengo informou através das suas redes oficiais que um jogador do elenco havia testado positivo para o novo Coronavírus (Covid-19) em testagem que o clube havia realizado em todo departamento de futebol e funcionários irão trabalhar no jogo, contudo o clube não revelou o nome do atleta.

Contudo, segundo informações do portal Globoespote.com, o atleta que testou positivo e foi afastado do grupo trata-se do lateral direito João Lucas, reserva de Rafinha.

Ainda de acordo com o GE, Matheuzinho, que ganhou destaque no início da temporada na disputa da Taça Guanabara, ocupará o lugar de João Lucas. 

Foto em destaque: Divulgação/CRF

Ferj defende posicionamento do Flamengo e apoia transmissão na FlaTV

Poucas horas antes da bola rolar para Fluminense e Flamengo – que se enfrentam nesta quarta-feira (08), às 21h30, no Maracanã, pela final da Taça Rio – o embate em relação a transmissão da partida segue a todo vapor.

Isso por que nos bastidores a equipe da Gávea segue buscando o direito de transmitir a decisão pela FlaTV, tendo inclusive encaminhado um manifesto ao TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro). O repórter Venê Casagrande, do jornal ‘O Dia’ trouxe em primeira mão o texto feito pelo rubro-negro.

Pouco depois, o jornalista publicou um comunicado feito pela Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), onde a entidade se posiciona a favor do Flamengo dizendo que “Em razão do exposto não há como desconsiderar a razoabilidade do pedido deduzido pela Procuradoria”

No entendimento do rival o regulamento do Carioca foi feito antes da MP 984/2020 – que prevê que os mandantes dos jogos detém os direitos de transmissão – e que apesar de ser visitante na final, ele não terá o direito de ser mandante contra o Fluminense, já que a competição não terá o um jogo de volta. Por conta disso, deve ter, assim como o Tricolor, o direito de transmissão do confronto.

Fonte: O Dia
Foto: Úrsula Nery

Flamengo se manisfesta junto ao TJD-RJ e segue buscando o direito de transmitir a final da Taça Rio pela FlaTv

Embora o TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro) tenha indefinido o processo em que o Flamengo cobrava o direito de transmitir a final da Taça Rio de forma simultânea com o Fluminense, com cada equipe transmitido o jogo de seus respectivos canais, o presidente do órgão, Marcelo Jucá, deu um prazo de até às 11h desta quarta-feira (08) para que os clubes oi a Ferj se manifestasse. O Flamengo o fez.

Segundo informações do jornal O Dia, O Flamengo não só se manifestou como foi o único a apresentar sua alegação, relatando presidente Marcelo Jucá, que, como o regulamento foi feito antes da MP984, é justo que os dois clubes tenham o direito de transmitir a partida.

Ou seja, o Flamengo entende que pode por direito transmitir a final na FlaTV. Contudo, o TJD-RJ ainda não bateu o martelo.

A Ferj também se manifestou e foi em defesa do Flamengo, “Em razão do exposto não há como desconsiderar a razoabilidade do pedido deduzido pela Procuradoria”. Disse a entidade conforme informado também pelo O Dia.

Ou seja, a Ferj apoia que o Flamengo transmita a partida logo mais.

Em postagem na rede social, Mário Bittencourt, presidente do Fluminense, fez duras críticas à Ferj, e disse ainda que não irá se manifestar junto ao TJD-RJ.

Desdenho? Apresentador afirma que se o Flu vencer o Flamengo “será uma zebra histórica”

O jornalista e apresentador, Benjamin Back, do programa “Fox Sports Rádio” considerou improvável a vitória do Tricolor diante do Flamengo na final da Taça Rio, nesta quarta-feira (08).

Confiante na vitória do rubro-negro, Benjamin declarou que se o Flu levar a melhor “será uma zebra história, do tamanho da Baía de Guanabara” e além disso, se comprometeu fazer o programa na quinta-feira com o cabelo pintado nas cores do Fluminense.

– Se o Flamengo não for campeão amanhã, será uma zebra história, do tamanho da Baía de Guanabara. Os caras podem me xingar a vontade. Não estou desrespeitando o Fluminense. Eu acho que quem desrespeita os clubes são os dirigentes. Nós só constatamos fatos. Hoje, infelizmente, o Flamengo está numa situação no futebol carioca que não dá para colocar na mesma frase Fluminense, Botafogo e Vasco. – disse Benja – assim é chamado no programa –

– Faço, quinta-feira, o programa com o cabelo pintado de vermelho e verde em homenagem à torcida do Fluminense. Não tem problema nenhum. Pinto metade de verde e metade de vermelho. – apostou o apresentador

Além dele, Felippe Facincani se comprometeu a mudar o visual caso o Flu seja campeão. O comentarista fará o programa de quinta-feira com “Flu” escrito na testa.

– Se o Fluminense ganhar amanhã do Flamengo, o Pipo vem com ‘Flu’ escrito na testa, eu vou pintar metade do cabelo de vermelho, metade de verde. – resumiu o apresentador

Vale lembrar que em 2019 a bancada do Fox Sports Rádio, apresentou o programa vestindo a camisa do Fluminense, após o Tricolor vencer o Flamengo pela semi-final da Taça Guanabara. Na ocasião, todos apostaram em uma goleada rubro-negra.

Fonte: UOL
Foto: Fox Sports

Presidentes de Flamengo e Vasco se encontram com presidente e tentam acelerar a volta do futebol

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim e do Vasco, Alexandre Campelo, se reuniram na tarde desta terça-feira (19) com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, para tratarem sobre a volta do futebol no país.

Dentre os assuntos, os dirigentes levantaram a possibilidade de levar os treinos para Brasília durante a pandemia, onde os clubes poderiam usar as instalações do estádio Mané Garrincha, que conta com o respaldo do governador do estado, Ibaneis Rocha, que é flamenguista fervoroso, mas tem boa relação com ambas as diretorias.

Durante o encontro, Bolsonaro recebeu de presente a camisa branca da nova coleção de uniformes do Flamengo, enquanto seu filho, Flávio Bolsonaro, que também participou do encontro, recebeu a do Vasco, quando ambos posaram para fotos com os “presentes”.

Vale destacar que o Fluminense vem se colocando contra a volta do futebol sem antes receber todas as certificações de segurança por algum órgão de saúde.

Foto em destaque: Reprodução

Fonte: Globoesporte.com

Flu é o único dos quatro grandes do Rio a não demitir funcionários

Mesmo diante das dificuldades enfrentadas pelo clube neste período de pandemia de coronavírus, a diretoria do Flu vem trabalhando para manter o salário, e consequentemente o emprego de todos seus colaboradores.

Enquanto, Vasco, Flamengo e Botafogo juntos já anunciaram o desligamento de 152 profissionais, sendo 50 pelo Cruzmaltino, 40 pelo Alvinegro e 62 pelo Rubro-Negro, o Tricolor, até aqui, é único dos quatro grandes que não anunciou a demissão de funcionários.

Foto: divulgação Cidade de Niterói

Baile Tricolor! Torcida mais uma vez faz a diferença e vitória sobre o Fla será reexibida nesta sexta

Não é de hoje que os Tricolores vem mostrando sua força no mundo virtual. Até aqui o Flu venceu todas as enquetes promovidas pelo SporTV, só contra o Flamengo são três vitórias. – As duas primeiras foram: A decisão de 1995 (3×2) e a final da Taça Rio de 2005 (4×1) –

E dessa vez com mais de 73% dos votos, vitória sobre o rubro-negro, por 2 a 1, pela quarta rodada do Brasileirão de 2010 será reexibida nesta sexta-feira, às 15h, pelo canal por assinatura.

Invicto nas enquetes feitas pelo SporTV, ao todo, já foram reexibidas sete partidas do Flu. Além dos três jogos contra o Flamengo, as vitórias contra: Botafogo (4 a 1, Final do Carioca de 2012) , Santos (3 a 2, pelo Brasileiro de 2011), Atlético-MG (5 a 1, pelo Brasileiro de 2010) e Vasco (3 a 1, Final da Taça Guanabara de 2012) também já foram transmitidas.

Confira o resultado final

Foto: Observatório da TV

Revelado pelo Fluminense, zagueiro Marlon não se oporia em jogar no Flamengo: “Sou profissional”

Revelado pelo Fluminense e hoje defendendo o Sassuolo, da Itália, o zagueiro Marlon foi alvo de grande divergência entre tricolores ao longo desta semana. Isso porque, o zagueiro concedeu uma entrevista ao canal Esporte Interativo, onde não descartou uma possível transferência para o Flamengo.

Eu sou profissional. Não posso falar que não (jogaria no Flamengo). Eu não posso mentir para mim mesmo e nem para o povo. Eu realmente não sei, depende da proposta que o Fluminense vai fazer, da proposta que o Flamengo vai fazer – disse o zagueiro.

Marlon porém, deixou claro que se as propostas forem equivalentes, ela daria preferência ao Fluminense:

– Claro que se forem propostas iguais, eu vou para o Fluminense. Se a proposta do Flamengo for melhor para a minha família e para mim, eu jogaria lá sim – concluiu

Marlon surgiu como uma das grandes promessas do Fluminense, quando chegou inclusive a ser apontado como sucessor de Thiago Silva. Vendido ao Barcelona, o zagueiro não conquistou espaço no clube catalão e foi emprestado para diversos clubes, tendo se destacado novamente no Nice, da França.

Mesmo com mais rodagem, o zagueiro voltou a ser emprestado, dessa vez ao Sassuolo,da Itália, onde conseguiu mais uma vez se destacar e já atua há duas temporadas no clube italiano.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Em seu blog PVC destaca “Palmeiras, Botafogo e Fluminense foram os líderes do bom senso”

O jornalista Paulo Vinicius Coelho destacou as posições de liderança das equipes para que houvesse a paralisação dos estaduais de Rio e São Paulo, diante da pandemia que afeta não apenas o esporte, mas todas as esferas da sociedade no âmbito mundial.

Após as rodadas do último final de semana dos campeonatos estaduais, as federações, que tinham a autonomia por parte da CBF para decidir o futuro de suas competições, optaram pela suspensão dos jogos.

Nesta segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou pela manhã a paralisação do Paulistão. Já a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), após três horas de reunião, seguiu o mesmo caminho.

Entretanto algo que teoria parecia ser apenas uma reunião para bater o martelo e determinar os cancelamentos das partidas, se tornou uma polêmica. Isso porque, houve quem divergisse e fosse favorável a continuação dos torneios, o que gerou motivos de criticas e até mesmo indignação por parte da mídia jornalistica.

Clubes como Santos, São Paulo, Flamengo e Corinthians (que só mudou de opinião após ter seu jogador Luan submetido a exames para saber se portava o corona vírus) foram contrários a paralisação do Paulistão e do Carioca. Enquanto Fluminense, Botafogo e Palmeiras insistiram na suspensão por tempo indeterminado das competições.

A sugestão para a continuação seria a antecipação das últimas rodadas das fases de grupos do Campeonato Paulista e Taça Rio, restando apenas o mata-mata. Para os clubes pequenos, o principal argumento era em relação aos contratos dos jogadores, pois, a ideia era liberar os atletas cujos contratos terminam no final do estadual. E a paralisação obriga a uma renovação mesmo sem haver calendário, para algumas equipes, no segundo semestre

PVC destaca ainda que “as posições de liderança de Palmeiras, Botafogo e Fluminense foram decisivas para os campeonatos de São Paulo e Rio de Janeiro não passarem pelo ridículo de não serem paralisados”

Fonte: globoesporte.com

Top