fbpx

Brasil Open polo aquático: Flu conquista o bronze

O Fluminense conquistou na manhã deste último domingo (22/11) a medalha de bronze no Brasil Open de polo aquático.

Na disputa pelo terceiro lugar, o Tricolor derrotou o rival Flamengo por 13 a 10, na Arena da Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), em Bauru (SP). O atacante Bernardo Gomes, o Bezão, foi o artilheiro da competição, com 22 gols, escolhido o melhor atacante e ainda faturou o prêmio de MVP (jogador mais valioso na sigla em inglês). O também Tricolor Luis Ricardo foi eleito o melhor centro.

O Fluminense fechou a fase de classificação do Brasil Open com duas vitórias, um empate e uma derrota. Na semifinal, disputada no sábado (21/11), a equipe acabou superada pelo Sesi-SP, que já havia levado a melhor no jogo de estreia, por 12 a 11, de virada, em um jogo muito equilibrado. O Esporte Clube Pinheiros acabou  ganhando a medalha de ouro ao vencer o Sesi-SP por 9 a 6 na grande final.

“Perdemos a semifinal para o Sesi por detalhes. Estivemos à frente no placar o tempo todo com dois, três gols de vantagem. No terceiro quarto eles passaram à frente e não conseguimos virar. No final, ainda tivemos duas bolas para reagir, mas não conseguimos. Na disputa pelo terceiro lugar, enfrentamos a jovem equipe do Flamengo, que joga um polo aquático muito moderno. Soubemos marcar as opções de ataque deles e conquistamos o bronze”, analisou o técnico do do Fluminense, André Raposo, o Quito.

“Demoramos a se encontrar, mas quando o time se encontrou, passamos a criar movimentos de definição”, Odair comenta sobre time e posição de MP na última partida

Após vitória sobre o Inter de 2 a 1, Odair, técnico do time Tricolor, comentou sobre a posição de Marcos Paulo, confira:

– O Marcos Paulo tem a característica de fazer esse movimento de linhas, de fazer esse passe. Ele não vai ser o Fred ou Felippe de característica. Ele tem liberdade, até quando vai por dentro. Quero que ele faça movimento de profundidade. Quando ele tiver possibilidade de passe, pode fazer para a primeira bola. Quando for de encontro a essa característica, ele não vai disputar igual aos outros. Para mim, ele foi bem no jogo. Talvez tenha demorado um pouco e nem por ele. A equipe não encontrou logo os movimentos. Quando passou a encontrar, colocamos ele e o Nenê no jogo. Precisamos achar essas jogadas para eles poderem produzir ofensivamente. Trabalhamos a semana toda com uma situação tática, uma possibilidade. No final da semana perdemos um movimento e no sábado outro. Treinei essa formação só no sábado. Entram jogadores de característica diferente e eles às vezes demoram para encontrar isso num jogo tão competitivo. Não foi só o Marcos Paulo. Demoramos a se encontrar, mas quando o time se encontrou, passamos a criar movimentos de definição. Precisamos e vamos trabalhar isso para desenvolver cada vez mais – comentou.

FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC 

MP checa a 72 jogos pelo Flu: confira o número de gols e assistências

Neste último domingo, na partida contra o Inter, Marcos Paulo chegou a 72 jogos e 23 participações em gols do Flu:

– 19: 35 partidas (20/titular), 6 gols e 5 assistências.

– 20: 37 partidas (23/titular), 6 gols e 6 assistências.

Dentre as últimas revelações, apenas Pedro (41) e Scarpa (64) tiveram mais participações diretas.

FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Com dores e +1 amarelo, Flu perde Yago para próxima partida

Neste domingo, 22, Flu bateu o Inter por 2 a 1, com direito a um gol olímpico de Lucca. No entanto, Flu perde um jogador para a próxima partida contra o Bragantino: Yago

O meia tricolor deixou a partida com dores na perna direita, porém levou seu segundo cartão amarelo, sendo assim, suspenso para a próxima partida.

Yago foi substituído por André durante a partida.

Após vitória sobre o Inter, Flu chega a quinta colocação no Brasileirão

Com direito a gol olímpico por Lucca, Flu bate 2 A 1 no Internacional e chega a quinta colocação no Brasileirão

Com a vitória, o Fluminense chega a 35 pontos e sobe para a quinta colocação. Apenas o Grêmio pode ultrapassar o Flu ainda nesta rodada, caso vença o Corinthians.

Confira os dados das últimas partidas do time Tricolor:

FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC 

Lucca é o oitavo jogador do Flu na história a marcar um gol olímpico

Com gol olímpico, Flu vence Internacional por 2 a 1 de virada, no Beira Rio. Lucca, autor do gol, é apenas o oitavo jogador a marcar um gol olímpico na história do time Tricolor

Fluminense não marcava um gol olímpico desde o 2 de agosto de 2018, quando Junior Sornoza balançou as redes na vitória sobre o Defensor Sporting por 2 a 0 na Copa Sul-Americana.

Além de Lucca e do equatoriano, confira os outros nomes que também realizaram essa façanha:

  • Pedro Amorim 30 de abril de 1939, Fluminense 4 x 2 America
  • Rodrigues Tatu,17 de agosto de 1946, America 3 x 1 Fluminense
  •  Telê Santana27 de janeiro de 1955, Fluminense 3 x 3 Botafogo
  • Paulo Cezar Lima19 de novembro de 1975, Cruzeiro 1 x 2 Fluminense
  • Roger Flores  7 de novembro de 2001, Palmeiras 2 x 6 Fluminense
  • Dejan Petkovic 16 de julho de 2006, Grêmio 4 x 4 Fluminense

Foto: Mailson Santana/FFC

Com duas vitórias, Flu está na semifinal do Brasil Open de polo aquático

O Fluminense está na semifinal do Brasil Open de polo aquático, disputado na Associação Bauruense de Desportos Aquáticos (ABDA), em Bauru (SP). Com duas vitórias, um empate e uma derrota nas duas primeiras fases, o Tricolor ainda contou com um empate entre Paineiras e ABDA para avançar na competição. A disputa por uma vaga na grande final será contra o Sesi-SP, neste sábado (21/11).

No grupo A do Brasil Open, o time do técnico André Raposo, o Quito, estreou na quarta-feira (18/11) com derrota de 11 a 9 para o Sesi-SP, atual campeão da competição. No dia seguinte, o Fluminense se recuperou e fechou sua participação na primeira fase com vitória de 7 a 6 sobre o Clube Athletico Paulistano.

Ainda na quinta-feira (19/11), o Tricolor empatou com a ABDA em 10 a 10 na primeira rodada da segunda fase e, já nesta sexta-feira (20/10), o time venceu o Clube Paineiras do Morumby por 9 a 7.

Para avançar à semifinal, o Fluminense dependia do resultado entre Paineiras e ABDA. Vitória do Paineiras ou empate, classificavam o Tricolor. O ABDA até podia levar a melhor no duelo, mas não podia ser por mais de dois gols de diferença e nem passar dos nove gols na partida. No fim do dia, a torcida deu certo e as equipes paulistas empataram em 13 a 13, garantindo a vaga do Flu.

Foto: Caio Souza/On Board Sports

Superliga: Com desfalques, Flu perde por 3 sets a 0 para Minas

Desfalcado de três atletas e ainda sem poder contar com Mari, o Fluminense não resistiu ao ainda invicto Itambé Minas e foi derrotado por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/14 e 25/23, nesta sexta-feira (20/11), na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG), pela quarta rodada da Superliga Banco do Brasil feminina de vôlei. Julia, Dayse e Bruna Moraes foram as maiores pontuadoras do Tricolor, com sete pontos cada uma.

O Fluminense já embarcou para Belo Horizonte desfalcado da oposta Arianne, que torceu o tornozelo direito na estreia contra o São Paulo Barueri, e da ponteira Mayara, que testou positivo para COVID em exame realizado na terça-feira passada (17/11). Já na capital mineira, o time ainda perdeu a levantadora Giovana, com dores nas costas.

Diante de tantas baixas, o técnico Hylmer Dias antecipou a estreia de Fernanda Tomé. A ponteira, no entanto, em fase final de recuperação de uma lesão muscular na panturrilha esquerda, ficou pouco tempo em quadra. No terceiro e último set, com Tomé e Natasha juntas, o Tricolor teve seu melhor momento no jogo, fazendo 23 pontos na parcial.

Com o adiamento do jogo contra o Sesc RJ Flamengo, que aconteceria na próxima terça-feira (24/11), o Tricolor tem uma semana até a partida contra o líder da Superliga Dentil Praia Clube, dia 28 (sábado), às 19h, na Arena Praia, em Uberlândia (MG).

O Fluminense começou o jogo com: Rose, Fran, Julia, Dayse, Juli Lazcano, Bruna Moraes e Andressa.
Entraram: Fê Tomé e Natasha.

Foto: Orlando Bento/MTC

“A violência e o ódio perderam de vez o pudor e a vergonha” Ex-Flu usa perfil social para expor +1 caso de violência contra negros

Na noite do dia 19 de Novembro, um dia antes do Dia da Consciência Negra, João Alberto Silveira Freitas, um homem negro de 40 anos, foi brutalmente espancado até a morte no supermercado Carrefour, de Porto Alegre. Richarlison Andrade comentou sobre o caso em seu perfil, confira:

Com agenda em homenagem ao Dia da Consciência Negra, Flu promove encontro de Fred com Bianca dos Santos, influencer Tricolor

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, Flu estará promovendo uma pauta voltada às questões raciais e de inclusao.

Fluminense promoveu o encontro do ídolo Tricolor Fred, com a influencer tricolor e negra, Bianca dos Santos, dona do perfil “Fala Sem Gritar” no Instagram com mais de 10 mil seguidores.

Confira um vídeo do momento do encontro:

Top