fbpx

Fluminense deve ter novidades contra o Bangu; time titular pode ter até sete mudanças

O Fluminense entra em campo neste domingo (26) para enfrentar o Bangu pela terceira rodada da Taça Guanabara, às 16h, no estádio Moça Bonita, em Bangu. Vindo de duas vitórias em dois jogos, o time comando por Odair Hellmann pode entrar em campo bastante mexido.

O treinador que já havia sinalizado a importância de poupar alguns jogadores na última coletiva, testou outras opções e pode realizar até sete mudanças para o jogo.

Egídio, Henrique e Yago Felipe, devem fazer a estreia com a camisa Tricolor, enquanto Digão e Muriel devem atuar pela primeira vez em 2020. Gilberto e Nenê ainda deven ser poupados e Felippe Cardoso que teve um mal desempenho nos primeiros jogos pode ser sacado do time.

Com isso, o Fluminense deve iniciar o jogo com a seguinte escalação: Muriel, Igor Julião, Digão, Luccas Claro e Egídio; Henrique, Yuri (Dodi) e Yago Felipe; Miguel (Felippe Cardoso) Lucas Barcelos e Matheus Alessandro.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Quem espera sempre alcança! Invicto no gol, Marcos Felipe se firma no Flu

Formado nas categorias de base do clube, Marcos Felipe, vem colecionando boas atuações desde o final do ano passado, na reta final do Brasileirão. Após lesão de Muriel, que fraturou a mão direita. O goleiro de 23 anos venceu a disputa com Agenor, que vinha sendo contestado, assumiu a titularidade e terminou a temporada invicto. Em seis partidas, foram três vitórias e três empates.
A temporada 2020 já começou e Marcos Felipe segue invicto e sem ser vazado. Nas duas partidas que fez até aqui, já realizou cinco defesas consideradas fáceis e duas consideradas difíceis. O goleiro superou toda desconfiança. Deixou para trás o passado, não tão distante, de quando era o terceiro goleiro e projeta um ano melhor para ele e para o Fluminense.

– Temos a responsabilidade de trazer as vitórias. Então o grupo está caminhando bem, se fortalecendo e graças a Deus vencemos duas e vamos a caminho da terceira. Como o professor Odair frisou bem, temos que utilizar bem o grupo. Tem chegado jogadores para fortalecer e a gente vai precisar de todo muito para o restante do campeonato – disse o goleiro.

Enquanto Muriel não retorna, Marcos Felipe vai ser firmando no elenco. Quando perguntado sobre a disputa com o companheiro pela titularidade, o arqueiro pregou respeito e reiterou que “a disputa vai ser sadia e só quem ganha é o Fluminense”.

Com passagens pelas seleções sub-17, sub-20 e sub-21, Marcos Felipe subiu para os profissionais em 2013. Em 2015 foi emprestado ao Macaé. Retornou para o Fluminense, e ficou como terceira opção. Recebeu apenas quatro oportunidades entre 2017 e novembro de 2019, quando assumiu a titularidade no gol tricolor. Ao todo goleiro soma 12 partidas pelo Flu.

Fonte: Terra\Lance
Foto em destaque: Reprodução Globo Esporte

Em baixa no São Paulo, Hudson se destaca em primeiros jogos pelo Flu

O volante Hudson chegou ao Fluminense após uma temporada muito irregular no São Paulo, o de o jogador passou maior parte do ano no banco de reservas.

Titular nos dois primeiros jogos de 2020 sob o comando de Odair Hellmann, o camisa 25 tem sido um dos destaques da equipe nesse início de Campeonato Carioca. Além de uma assistência, Hudson tem se destacado tem pelos passes e desarmes.

Contra a Cabofriense por exemplo, na estreia do campeonato, os números foram o seguinte:

  • 38/40 passes certos
  • 1 assistência p/ gol
  • 1 desarme certo
  • 2 faltas cometidas
  • 1 finalização p/ fora

Durante os 90 minutos jogados contra a Portuguesa-RJ, o já houve uma evolução:

  • 54/55 passes certos
  • 8 desarmes certos
  • 4 faltas cometidas
  • 2 faltas recebidas
  • 2 perdas de posse de bola
  • 1 drible certo
  • 1 interceptação certa
  • 1 lançamento certo

E aí torcedor, já dá pra considera o jogador como titular absoluto desse meio de campo ?

Foto: Lucas Merçon/FFC

Primeiro jogo no Maracanã e Fluminense já teve prejuízo na bilheteria

O Fluminense voltou ao Maracanã, o de fez o primeiro jogo de 2020 na noite da última quinta-feira (23) quando venceu a Portuguesa-RJ por 2 a 0.

Jogando para um público pouco superior aos 10mil presentes, o Tricolor voltou a ter prejuízo na bilheteria, tendo uma despesa negativa de R$353mil, superando os R$ 4.310 da primeira rodada em Bacaxá.

Assim como nas outras rodadas, a Ferj saiu no lucro, dessa vez, com R$19.072. Como prevê o regulamento do Campeonato, o clube de menor investimento que jogar no Maracanã divide o lucro. Já o prejuízo fica apenas com o grande, no caso, o Fluminense.

Já apresentado, Michel Araújo ainda não tem previsão para estrear com a camisa do Flu

O meia uruguaio Michel Araújo foi apresentado na tarde desta sexta-feira (24) no CT Carlos Castilho, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Recebendo a camisa 15 das mãos do presidente, Mário Bittencourt, Michel Araújo segue sem data para estrear com o terno Tricolor. Isso porque o jogador ainda aguarda a resolução de questões burocráticas, como o visto de trabalho e a emissão de uma carteira de trabalho válida para atuar no Brasil.

Acredita-se no entanto que o meia consiga fazer a estreia ainda dentro da Taça Guanabara, uma vez que já foi feito o pedido para emissão do documento.

Foto: Douglas Wandekochen/Canal Flunews

Odair agradece apoio da torcida e sugere ingressos mais baratos

O Fluminense manteve 100% de aproveitamento após vencer a Portuguesa-RJ por 2 a 0, ontem, pela segunda rodada da Taça Guanabara.
Após a vitória, o técnico Odair Helmann, agradeceu o apoio dos pouco mais de 10 mil tricolores, que acompanharam a primeira partida da equipe no Maracanã em 2020, e aproveitou para pedir ingressos mais baratos para a torcida. A entrada, para não-sócios, custava R$ 40. Já os sócios-torcedores poderiam até entrar de graça, a depender do plano que possuem.

“Muito feliz. Fiz 43 anos ontem e hoje vim estrear no Maracanã como treinador, me lembrou aquela estreia lá atrás, como jogador. A torcida, né, é final do mês, torcedor paga contas. Mas o torcedor que veio nos ajudou muito. É uma característica da nossa torcida. Essa simbiose ela vai acontecendo também gradativamente, com a evolução da equipe. Se puder botar o preço mais barato também ajuda, né? (risos). E hoje teve chuva, algumas dificuldades para vir ao Maracanã. Importante é que o torcedor que ficou em casa nos enviou muitas vibrações positivas e o que veio nos apoiou muito”, declarou o técnico em entrevista coletiva após a vitória.

Próxima partida será contra o Bangu, domingo (26), às 16h, em Moça Bonita.

Fonte: UOL
Foto em destaque: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.

Detalhes sobre o tempo de contrato do meia Miguel

Miguel assinou em 2019 o seu primeiro contrato profissional, que tem duração até junho de 2022 e multa de 35 milhões de euros (R$ 161 milhões). O jogador despertou o interesse de empresários e sondagens de clubes europeus, mas o Fluminense garantiu a assinatura do contrato e possui 90% dos direitos econômicos do atleta. Os outros 10% são do próprio Miguel.

Fonte: Explosão Tricolor

Foto: Mailson Santana/FFC

Detalhes da arbitragem entre Fluminense X Bangu

A equipe do Fluminense enfrenta o Bangu, neste domingo (26), em Moça Bonita, às 16h (no horário de Brasília).

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) divulgou o trio de arbitragem para a terceira rodada da Taça Rio. Referente a partida do Fluminense quem apitará será Marcelo de Lima Henrique, os auxiliares serão Rodrigo Figueiredo Corrêa e Guilherme Vogas Tavares.

Fonte: NetFlu

Foto: Reprodução

#VemQueTem Miguel eleito o Guerreiro da Rodada

A vitória do Fluminense por 2 a 0 sobre a Portuguesa, quinta (23), no Maracanã, teve destaque para o Moleque de Xerém Miguel, o meia entrou no segundo tempo e mudou a cara do jogo. A boa atuação rendeu uma jogada que começou no segundo gol do Fluminense, marcado pelo lateral direito Gilberto.

Em votação no Twitter oficial do Fluminense, o jogador foi apontado por 74% como melhor jogador em campo.

Fluminense Twitter: #VemQueTem! O Miguel entrou no segundo tempo e encantou a torcida Tricolor! Com a bela jogada do segundo gol, o #MlkDeXerém foi escolhido o #GuerreiroDaRodada, com 74% dos votos!  

Foto Reprodução: Fluminense/FC

Destaque contra Portuguesa, Miguel brinca: “Tem que ser abusado”

O jogo entre Fluminense e Portuguesa, quinta-feira, no Maracanã, ganhou uma nova cara a partir da entrada de Miguel, que substituiu Felippe Cardoso, no segundo tempo. Ao Premiere, após o triunfo por 2 a 0, o meia de apenas 16 anos explicou sua evolução desde a chegada ao profissional, em 2019.

— Com o passar do tempo, a gente vai jogando, vai pegando mais ritmo, ficando mais à vontade. Estou me acostumando aos companheiros, pegando mais intimidade ali no campo.

Além da boa atuação, o jovem aplicou bonito chapéu e ainda deu assistência para o gol de Gilberto. Depois, brincou sobre ser “abusado” em campo.

— Ah, tem que ser (abusado). Se não, não anda.

Nas redes sociais do jogador, o clima é de zoação para cima do adversário e de carinho com os companheiros de elenco, especialmente Gilberto, a quem chamou de “paizão”. Veja tweets:

Publicado por: Nicholas Rodrigues.

Top