EM SOLO ARGENTINO! Fluminense chega em Santa Fé para confronto contra Atlético Unión amanhã

O Fluminense chegou a Santa Fe, na Argentina, onde enfrenta o Club Atlético Unión na próxima quinta-feira (19/05), pela quinta rodada da fase de grupos da Conmebol Sudamericana. A delegação tricolor, que conta com 27 jogadores, desembarcou no Aeroporto de Rosário e seguiu de ônibus para a cidade onde ocorrerá o confronto.

A partida será realizada às 19h15 de quinta, no Estádio 15 de Abril. Na véspera, a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz encerra sua preparação para o duelo em treinamento marcado para 15h30.

Confira a lista dos jogadores que viajaram:

Goleiros:Fábio, Marcos Felipe e Muriel

Zagueiros: David Braz, David Duarte, Luccas Claro, Manoel, Matheus Ferraz e Nino

Laterais: Calegari, Cris Silva, Marlon, Pineida e Samuel Xavier

Meias: André, Jhon Arias, Martinelli, Nathan, Nonato, PH Ganso, Wellington e Yago Felipe

Atacantes: Caio Paulista, Germán Cano, Luiz Henrique, Matheus Martins, Willian Bigode

Texto: Comunicação/FFC
Fotos: Comunicação/FFC

Com dois gols de Borja, Jr. Barranquilla vence o Oriente Petrolero e assume a liderança do grupo H na Sul-Americada

A torcida do Fluminense para o Oriente Petrolero, com direito a invasão de tricolores nas redes sociais do time boliviano e muitos torcedores trocando a foto de perfil para o escudo do clube, não adiantou. O lanterna do Grupo H da Copa Sul-Americana foi presa fácil para o Junior Barranquilla na noite desta terça-feira na Colômbia. Com dois gols de Borja, ex-Palmeiras e Grêmio, os colombianos confirmaram o favoritismo, venceram por 2 a 0 e reassumiram a liderança da chave.

O Junior não deu sequer esperança aos tricolores que acreditaram em um milagre do Oriente Petrolero. Diante de 13.749 torcedores no Estádio Metropolitano Barranquilla, os colombianos abriram 2 a 0 com menos de 30 minutos: Borja marcou o primeiro aos 23, de pênalti, e ampliou aos 28. E depois só administraram o resultado até o final.

Com a vitória, o Junior Barranquilla foi a 10 pontos, voltou à liderança do Grupo H, com um jogo a mais, e abriu cinco gols de saldo para o Fluminense, um de seus concorrentes diretos. O Tricolor, com sete pontos, visita o Unión Santa Fe, que tem oito, nesta quinta às 19h15 (horário de Brasília) na Argentina. Se vencer, os brasileiros seguem na disputa na última rodada.

Foto: Divulgação

Fluminense é derrotado pelo Vasco no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil sub-17

Em São Januário, os Moleques de Xerém foram derrotados pelo Vasco por 2 a 1 no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil sub-17. O gol Tricolor foi marcado por Crysthyan Lucas.

O jogo da volta acontece na próxima quarta-feira (25/5), às 21:30, com local ainda indefinido. Quem passar enfrenta o vencedor do confronto entre Bahia e Fortaleza.

O jogo

Com o reforço do camisa 10 Arthur, que “desceu” do sub-20, o Fluminense começou a partida no ataque, pressionando a saída de bola do adversário e levando perigo com Agner nos minutos inicias.

O Tricolor continuou melhor no jogo, controlando as ações ofensivas e assustando com boas jogadas de Arthur, Agner e Crysthyan Lucas.

Apesar das oportunidades, o Fluminense não conseguia converter as chances criadas em gol. Aos 42 minutos, o Vasco abriu o placar com o camisa 10 Estrella em finalização de fora da área, após boa jogada do lateral Paulinho.

Na segunda etapa, o técnico Daniel Pinheiro voltou do intervalo com Marcão no lugar de João Lourenço, na tentativa de aumentar o poder de fogo da equipe.

Apesar da mudança, foi o Vasco quem começou melhor, a equipe da casa ampliou o placar aos 9 minutos com Rayan, após outra boa jogada do lateral-direito Paulinho.

O Fluminense não se abateu com a desvantagem e diminuiu o marcador com Crysthyan Lucas aos 17 minutos, o camisa 9 recebeu de Arthur e marcou um belo gol de longa distância.

Os Moleques de Xerém melhoram com o gol e passaram a levar perigo ao goleiro Lecce, principalmente com o atacante Marcão, que entrou bem no jogo, o camisa 10 Arthur e Luis Fernando, mais não foi o suficiente para igualar o placar em São Januário.

Ficha técnica

Fluminense: Jung; Miguel Vera, Gustavo Cintra, Kayky Almeida e Daniel Lima; Dohmann, Luis Fernando, Arthur e Agner; João Lourenço (Marcão) e Crysthyan Lucas. Técnico: Daniel Pinheiro.

Vasco: Lecce; Paulinho, Luiz Felipe, Lyncon e Leandrinho; Matheus, JP e Estrella; Rayan, André e GB. Técnico: Gustavo Almeida.

Foto: Leonardo Brasil/ FFC

Clubes signatários se reuniram na manhã e reafirmaram seu compromisso em trabalhar na criação da Liga de futebol profissional no Brasil.

Os Clubes signatários se reuniram na manhã de hoje e reafirmaram seu
compromisso em trabalhar na criação da Liga de futebol profissional no Brasil,
com o objetivo de transformá-la em uma das 3 maiores Ligas do mundo.
No entendimento destes clubes, 4 (quatro) princípios são fundamentais como
pontos de partida da fundação da Liga:

  1. A Liga deve ser formada pelos 40 (quarenta) clubes que compõem
    atualmente as Séries A e B do Campeonato Brasileiro, permitindo a construção
    de um produto forte e que a comercialização coletiva maximize seu potencial
    econômico;
  2. A divisão das receitas coletivas deve se dar de forma objetiva,
    meritocrática e equilibrada, de forma que, respeitando as peculiaridades dos
    clubes, incentive os comportamentos corretos e não perenize discrepâncias
    decorrentes de contratos individuais negociados em contexto particular;
  3. A Liga deve ser formada tendo o máximo de pontos definidos de forma
    clara e objetiva, a fim de evitar potenciais conflitos futuros que gerem perda de
    valor para o produto.
  4. As normas de compliance devem existir desde a formação e devem ser
    claras, objetivas, rígidas e de padrão internacional.
    Dito de forma simples, a Liga deve criar as condições para maximizar o tamanho
    da receita total e ser compartilhada de forma justa.
    Os clubes signatários definiram que estarão representados por consultores
    especializados que deverão atuar para negociar as questões econômicas e
    comerciais com o interlocutor/representante do grupo de clubes que anunciou
    uma união sob o nome de LIBRA.
    O objetivo dessa negociação entre os clubes é a criação da Liga com os 40
    participantes das Séries A e B a partir de parâmetros técnicos e objetivos. As
    empresas nomeadas seguirão as orientações de uma comissão formada pelos
    Presidentes de América MG, Atletico MG, Fluminense, Fortaleza, Internacional
    e a ANCF – Associação Nacional de Clubes de Futebol.

Foto: Martín Fernandez/ge

Unión Santa Fé pode vir desfalcado para o jogo decisivo contra o Fluminense

O Unión Santa Fe, da Argentina, está totalmente mobilizado para o decisivo jogo contra o Fluminense, na próxima quinta-feira (19), às 19h15 (de Brasília), no estádio 15 de Abril, pela quinta rodada da Copa Sul-Americana. Eliminado da fase final do Campeonato Argentino, o elenco está treinando desde a quarta-feira passada, ou seja, com foco total no confronto contra o time de guerreiros.

Diretoria, time e torcida estão mobilizados para o “jogo do ano”, conforme a imprensa argentina tem noticiado diariamente.O técnico uruguaio Gustavo Munúa não poderá contar com o capitão Claudio Corvalán, que foi expulso contra o Oriente Petrolero. Esquivel e Federico Vera disputam a vaga do lateral-esquerdo. No meio-campo, Munúa deve manter Enzo Roldán e Juan Carlos Portillo. Mariano Peralta Bauer e Daniel Juárez disputam uma vaga para atuar no lado direito do setor. Na faixa esquerda, Kevin Zenón será mantido após ter treinado normalmente nos últimos dias (ele estava com um desconforte físico). Mauro Luna Diale e Jonatan Álvez formarão a dupla de ataque.

A provável formação do Unión é seguinte: Santiago Mele; Emanuel Britez, Franco Calderón, Diego Polenta, Lucas Esquivel; Mariano Peralta Bauer, Enzo Roldán, Juan Carlos Portillo, Kevin Zenón; Mauro Luna Diale e Jonatan Álvez.

Zagueiro não é preocupação para partida contra Union

De acordo com jornalista Marcello Neves, o zagueiro David Braz não preocupa para a partida contra o Unión Santa Fé pela Copa Sul-Americana.

O jogador deixou o campo de maca contra o Athletico após passar mal, mas já se encontra melhor.

Na ultima partida o defensor foi substituído ao passar mal e teve que deixar o gramado de maca, Luccas Claro entrou em seu lugar contra o Athletico-PR e ajudou o Tricolor a conquistar a vitória por 2 a 1, em Volta Redonda, na última rodada do Brasileirao.

FOTO: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE F.C.

Nado tricolor fatura 11 medalhas no 1º torneio de coreografias do ano

A equipe de nado artístico do Fluminense disputou neste sábado (14/05) sua primeira competição de coreografias em 2022. Na piscina do Tijuca Tênis Clube, o Tricolor conquistou 11 medalhas, sendo cinco de ouro, três de prata e três de bronze, no Torneio de Solos e Duetos Livres da Federação Aquática do Estado do Rio de Janeiro (FARJ).

Um dos destaques do Fluminense na competição foi Lael Barbosa, que faturou o terceiro lugar no solo e ainda foi campeão nas duplas, ao lado de Fabiano Ferreira.

Confira todos os resultados do Tricolor no Torneio de Solos e Duetos Livres:

SOLOS

Escolinha

1ª – Luana Oliveira dos Santos – 52,500
2ª – Alice dos Santos Gomes – 38,6500

Infantil Principiante

1ª – Rafaela Ottolini – 53,7750
2ª – Julia Lukowiecki – 53,3750
3ª – Yara Marinho – 53,3500
4ª – Maya Rodrigues da Silva – 44,4500

Juvenil Principiante

1ª – Julia Cotrin – 57,5750
4ª – Victoria Borges – 46,7000

Júnior Principiante

1ª – Rayssa Souza – 48,9750

Júnior Nível A

5ª – Lara Lindner – 70,8000

Sênior Masculino

3ª – Lael Barbosa – 66,9000

DUETOS

Sênior Masculino

1ª – Fabiano Ferreira e Lael Barbosa (Reserva: Kennedy Lima) – 68,7500

Sênior Feminino

2ª – Luiza Rodrigues e Anna Giulia Veloso – 77,2500
3ª – Ana Beatriz Nunes e Luiza Ferreira – 74,1750
5ª – Ana Luiza do Nascimento e Vivian Santos – 71,6250

Texto: Comunicação/FFC
Foto: Arquivo pessoal

Fluminense se despede do Campeonato Brasileiro Feminino Sub-20

Neste sábado (14/05), após o 0 a 0 contra o Flamengo, o Fluminense fechou sua participação no Campeonato Brasileiro Feminino Sub-20. A equipe dependia de um empate ou derrota do Internacional, que venceu o América (MG) por 5 a 1, para avançar no torneio. Na soma de pontos, o Tricolor conquistou 12, enquanto o time gaúcho fez 13 e se classificou como um dos dois melhores segundos colocados entre os grupos.

Com boas atuações, as Meninas de Xerém lutaram até o fim e concluíram a primeira fase invictas. Foram seis jogos, com três vitórias, três empates, 13 gols marcados e nenhum sofrido. 

Relembre os resultados:

Quarta-feira (04/05)

Flamengo 0 x 0 Fluminense

Sexta-feira (06/05)

Fluminense 1 x 0 Goiás

Domingo (08/05)

Cresspom 0 x 0 Fluminense

Terça-feira (10/05)

Fluminense 4 x 0 Cresspom

Quinta-feira (12/05)

Goiás 0 x 8 Fluminense

Sábado (14/05)

Fluminense 0 x 0 Flamengo

Texto: Comunicação/FFC

Artilheiro Tricolor, German Cano é o maior pontuador do Cartola FC neste sábado

A sexta rodada do Campeonato Brasileiro teve início neste sábado (14), com cinco jogos realizados, incluindo a partida entre Fluminense x Athletico-PR, que terminou com vitória de 2 a 1 para a equipe Tricolor.

O jogo marcou inclusive o maior pontuador do Cartola FC neste início de rodada: o argentino German Cano, autor dos dois gols da vitória do Flu, somando 20,40 pontos. Veja a lista com os principais pontuadores neste início de rodada até aqui:

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

“Vou fazer de tudo para ajudá-lo”, Diniz comenta sobre John Kennedy em coletiva

Time Tricolor conquista segunda vitória no Brasileiro e dá salto na tabela. Confira o que o técnico Tricolor declarou sobre John Kennedy, envolvido em polemica recentemente

-Conversei com ele duas vezes. Da minha parte, vou conversar (…) o máximo que eu puder fazer por ele, vou fazer. é um grande talento e é mais um daqueles jogadores que por trás daquele jogador tem uma historia de vida (…) invés da gente acolher a pessoa como um todo a gente acolhe só o jogador. é uma falha gigantesca no futebol Brasileiro. A gente já perdeu muitos “John kennedys” por ai, continua perdendo. Vou fazer de tudo para ajuda-lo, para poder ter uma vida digna no futebol, principalmente quando ele parar de jogar, ele viva daquilo que ele construiu no futebol. – comentou o técnico Tricolor.