fbpx

Julgados pelo STJD, Digão e Frazan estão liberados para enfrentar o Atlético-MG

Enquanto capitão tricolor pegou um jogo de suspensão, que já foi cumprido, jovem zagueiro foi absolvido

Foto: Lucas Merçon / FFC

Nesta sexta-feira (9), Digão e Frazan foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelas expulsões na derrota por 2 a 1 para o Vasco, em São Januário. Enquanto o capitão tricolor foi expulso após receber o segundo amarelo por entrada em Bruno César, o jovem zagueiro levou o vermelho direto por falta cometida em Yago Pikachu. Na ocasião, os atletas do time protestaram bastante contra a punição da arbitragem, principalmente Bruno Silva e Paulo Henrique Ganso.

Os dois zagueiros foram julgados por ‘jogada violenta’ ou ‘ato desleal’. Digão pegou um jogo de suspensão, já cumprido por ter recebido o cartão vermelho. Frazan, por sua vez, foi absolvido. Dessa forma, os dois estão liberados e poderão enfrentar o Atlético-MG, neste sábado (10), às 21h (de Brasília), no Independência. O duelo será válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em má fase no Brasileirão, Fluminense terá desfalques contra o São Paulo

Time de Fernando Diniz teve Digão e Frazan expulsos no segundo tempo na derrota para o Vasco

Foto: Lucas Merçon / FFC

Sem vencer há oito jogos, o Fluminense encontra-se em uma situação delicada no Campeonato Brasileiro. De 33 pontos disputados, a equipe de Fernando Diniz venceu apenas nove, o que o deixa na beira da zona de rebaixamento, na 16ª posição, podendo inclusive entrar no Z4 dependendo dos resultados da rodada. Porém, a dor de cabeça não para por aí.

Na derrota por 2 a 1 para o Vasco, o Tricolor teve Digão expulso após receber dois cartões amarelos. Então, o treinador colocou Frazan no lugar de Nenê para garantir a segurança defensiva do time. Entretanto, poucos minutos depois, o zagueiro acabou sendo expulso em um lance um tanto quanto controverso, fazendo com que o Fluminense terminasse a partida com dois jogadores a menos.

Precisando urgentemente vencer para respirar no Brasileirão, o clube das Laranjeiras não poderá contar com os dois defensores na próxima rodada, onde enfrenta o São Paulo, no Maracanã. Como Matheus Ferraz está lesionado, e Léo Santos ainda se recupera de uma contusão, Diniz provavelmente precisará improvisar algum atleta. Como opção, o técnico tem o volante Yuri, que foi titular contra o Vasco, e o jovem Luan, de 18 anos, zagueiro de origem que foi integrado ao elenco profissional antes da parada para a Copa América.

Foto: Lucas Merçon / FFC

Após boa atuação no Fla-Flu, Frazan destaca relação de confiança com Diniz

Zagueiro avaliou seu desempenho no clássico como o “melhor com a camisa do Fluminense” e agradeceu apoio do treinador

Foto: Lucas Merçon / FFC

Diante das lesões que vem assombrando a equipe do Fluminense, Frazan viu uma oportunidade surgir e, até agora, vem desfrutando muito bem da mesma. Atualmente, Matheus Ferraz, Digão e Léo Santos estão machucados, deixando uma lacuna aberta no sistema defensivo do Tricolor carioca. Com isso, o jovem zagueiro ganhou espaço e, no Fla-Flu do último final de semana, foi um dos destaques em campo. Revelado pelas categorias de base de Xerém, o jogador afirmou que o clássico foi sua ‘melhor partida com a camisa do Fluminense’. Para ele, o time não se intimidou apesar dos desfalques – 11 no total -, e merecia ter saído do Maracanã com a vitória.

“Considero a minha melhor atuação com a camisa tricolor. Vinha treinando muito bem e estava confiante em colocar em prática tudo aquilo que vinha fazendo nos treinamentos. Eu, Julião, Yuri e todos os outros treinamos muito para chegar no jogo e fazer tudo que o Diniz nos pede. Foi um bom jogo nosso. Não nos intimidamos com os desfalques e conseguimos impor nossa maneira de jogar. Merecíamos mais sorte”, disse.

Frazan também fez questão de agradecer ao treinador Fernando Diniz e aproveitou para atribuir a ele seu bom nível de desempenho. O zagueiro afirmou que o comandante passa confiança e apoio aos atletas a todo momento, o que faz grande diferença na hora dos jogos.

“A minha relação com o Diniz é excelente. Desde que chegou aqui ele sempre procurou me passar muita confiança. Antes do jogo ele me passou tranquilidade e ainda mais confiança. Disse que era só eu repetir o que vinha fazendo nos treinamentos que daria tudo certo. Ele é um treinador que procura sempre conversar e passar apoio a todos”, concluiu.

Se no Fla-Flu Frazan atuou ao lado do volante Yuri, improvisado, na partida contra a Chapecoense ele terá ao seu lado um defensor de origem. Nino, que cumpriu suspensão no clássico regional, estará de volta e deve formar a dupla de zaga com o jovem oriundo de Xerém. Fluminense e Chape se enfrentam nesta quinta-feira (13), às 20h (de Brasília), na Arena Condá, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo é uma briga direta pela fuga da parte de baixo de tabela.

Com dores no joelho, Mascarenhas é desfalque para o Fla-Flu

Foto: Lucas Merçon/FFC

Frazan, com estiramEnto na coxa, também não joga.

Com um time “todo reserva”, a espectativa da torcida do Fluminense era ter o lateral esquerdo Mascarenhas entre os onze iniciais. Contudo, o jogador sequer foi relacionado para o clássico.

A ausência de Mascarenhas de explica: o jogador foi diagnosticado com tendinite patelar no joelho esquerdo e desfalcará o Tricolor no clássico.

Outra ausência é o zagueiro Frazan; titular no último jogo da equipe, contra o Antofagasta, do Chile, o jogador teve um estiramento na coxa direita ainda durante o segundo tempo do jogo no Chile e também não estará em campo neste domingo.

Diniz elogia comportamento do time e destaca setor defensivo

Foto: Lucas Merçon/FFC

Treinador ainda explicou a escolha por Frazan na zaga.

Após a vitória de 2 a 1 sobre o Antofagasta, do Chile, no Chile, o técnico Fernando Diniz destacou o comportamento do time e elogiou principalmente o sistema defensivo, que na opinião do treinador não teve grandes problemas durante a partida:

– Acho que controlamos bem o jogo na maior parte do tempo. Se for ver bem, o Rodolfo não fez uma grande defesa durante toda a partida – comentou o treinador.

Diniz ainda explicou a data acolha de Frazan na zaga, substituto de Digão, contundido:

– Escolhi o Frazan não só por ele ser zagueiro, mas também por estar crescendo nos treinos. Ele vinha bem no jogo, mas sentiu o púbis. Se comportou muito bem – concluiu o comandante.

Com a classificação, o Tricolor espera a definição do restante da equipe que sairá da Libertadores para conhecer seu próximo adversário através de sorteio.

Com desfalques na zaga, Diniz faz teste e pode optar por Frazan contra o Antofagasta

Foto: Lucas Merçon / FFC

Zagueiro treinou entre os titulares no último treino antes do embarque para o Chile

O Fluminense chega desfalcado para o duelo contra o Antofagasta, no Chile, às 19h15 (de Brasília), pela partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. No jogo mais importante da temporada até aqui, Fernando Diniz não poderá contar com Paulo Henrique Ganso, que só pode ser inscrito na próxima fase, e também com três atletas do sistema defensivo: Digão (lesionado), Leo Santos (inscrito pelo Corinthians na competição antes de se transferir) e Nino (mesma situação de Ganso). Com isso, o treinador terá que optar por Frazan ou Paulo Ricardo para compor a zaga contra o time chileno.

Após especulações de uma possível improvisação do volante Caio ou até do capitão Airton – que não estão descartadas -, o comandante tricolor testou Frazan entre os titulares no último treino antes da viagem para o Chile, que foi realizado na última terça-feira (19). Vale lembrar que, caso o jovem zagueiro seja a opção escolhida de Diniz para a partida, será a estreia do mesmo no ano. Até agora, Frazan sequer entrou em campo oficialmente pelo Fluminense. Paulo Ricardo, titular em alguns momentos do ano passado, era cotado como favorito na briga entre os dois, mas acabou sendo preterido pelo técnico na atividade.

Fonte: Lance!

Júlio César sente falta de reconhecimento do clima e enfatiza união do grupo

Os protestos na Bolívia, especialmente em Sucre, prejudicaram o Fluminense. A delegação precisou se hospedar em Santa Cruz de La Sierra, que está a nível do mar, e ficou impedida de se adaptar à altitude boliviana. Conforme o novo planejamento, o time viaja a Potosí, palco do jogo contra o Nacional, a 4.067 metros, na manhã desta quinta-feira.

Depois do trabalho no Centro de Treinamento do Blooming, na tarde desta quarta-feira, Júlio César conversou com a imprensa e reforçou o discurso de Richard, apostando na garra tricolor para conquistar a vaga para a segunda fase da Sul-Americana.

– Essa questão da logística por causa das questões políticas que o país passa nos atrapalhou um pouquinho. Mas vamos ter que superá-la. É um time de guerreiros, que se destaca pela união – afirmou.

Em 2017, o Fluminense encarou 2.800 metros em Quito, no Equador, quando duelou com a LDU. Na ocasião, o elenco teve um primeiro contato com o clima antes da partida, o que faltou desta vez.

Ano passado, fizemos o reconhecimento no dia que antecedeu o jogo e nos ajudou muito, principalmente pela questão da velocidade da bola – constatou.

A velocidade da bola, alterada em razão do ar rarefeito, também foi lembrada por Frazan, presente àquele jogo de setembro passado, como um problema. Provável titular, o zagueiro demonstra tranquilidade quanto à altitude.

– Ano passado, não senti muita dificuldade, não. Só a bola que ficou muito rápida. Vamos preparar bem o psicológico e ir para o jogo, que vai dar tudo certo – disse.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta diante presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Abel confirma substituto de Ibanez, fora por contusão

Zagueiro sofreu lesão muscular contra o Corinthians.

O técnico Abel Braga terá um grande desfalque, trata-se do zagueiro Ibanez, fora por tempo indeterminado após sofrer uma contusão muscular.

Para a partida diante do Cruzeiro neste domingo (22), o técnico tricolor não fez mistérios e confirmou Frazan como substituto:

– Nesse momento, será ele (Frazan). É o único jogador que nós temos. Até treinei o Richard nessa posição. Essa semana foi diferente. Os jogadores novos estão chegando como a gente esperava –  confirmou Abelão.

Vale destacar que o Fluminense confirmou nesta sexta-feira (20) a contração por empréstimo do zagueiro Luan Peres, vindo da Ponte Preta. Contudo, o novo reforço ainda não foi regularizado e por isso, não terá condições de enfrentar o Cruzeiro.

 

ST,

Douglas Wandekoche

foto: Lucas Merçon
Top