fbpx

Acesso a elite e base forte, são as metas do Flu para o futebol feminino

Foto: Bruno Castilho/EC Taubaté

O Tricolor é um dos participantes do Campeonato Brasileiro Feminino A2 (equivalente à segunda divisão nacional). Em parceria com o projeto Daminhas da Bola, o Flu sonha com o acesso à elite do futebol feminino. O Flu planeja também outras metas pra modalidade. De acordo com a técnica da equipe profissional, Thaissan Passos, o projeto é de médio a longo prazo, e tem mais objetivos além do acesso.
A equipe feminina do Fluminense foi montada no final de 2018 e além do profissional o clube também montou times de base fazendo parceria com o projeto Daminhas da Bola.

“Estamos voltando com todas as categorias de base que ainda não tinham no Fluminense. Hoje, trabalhamos desde o sub-12, sub-14, sub-16, sub-18 e profissional. A ideia é trabalhar aquilo que a gente espera que o futebol feminino faça. Não buscar coisas imediatas. Então, é trabalhar de médio a longo prazo, buscando a cada ano um objetivo para que as coisas aconteçam e não terminem de uma hora para outra. Isso que queremos fazer neste momento. O Fluminense quer mostrar que além dos meninos de Xerém, também tem as Meninas de Xerém. A nossa base também treina em Xerém e que a gente possa fazer um futebol feminino consolidado dentro do Fluminense. Isso que nós esperamos” e acrescentou
“A ideia na verdade é estar entre os quatro, subir e estar na A1 e buscando o espaço para o Fluminense, para o futebol carioca. Mas não podemos pensar que existem outros clubes que trabalharam muito tempo com o futebol feminino e achar que é só bater palma e simplesmente faz uma equipe de futebol feminino. Não é assim. Você tem que trabalhar, planejar, estruturar. É isso que estamos fazendo. O Fluminense busca, sim, subir. Mas de acordo com o nosso nível de desenvolvimento e de planejamento”.

Foto: Danilo Sardinha / Globoesporte.com

No último sábado, 20, o Fluminense foi derrotado pela primeira vez no Brasileiro Feminino A2 após duas vitórias nas primeiras rodadas. O revés foi para o Taubaté, por 1 a 0, fora de casa. Com o resultado, o Flu ficou na terceira colocação, com seis pontos.

Apesar da derrota, Thaissan destaca que ficou feliz pelo empenho do time no duelo.

“Sabíamos que seria bem difícil. Acompanho o trabalho do Taubaté. Acho que está entre a terceira e a quarta força do estado. Gostei do jogo. É poder analisar o que o Fluminense pode realizar a partir de agora. Não acho que o resultado tenha sido justo. Nos últimos oito minutos, conseguimos impor, ir para o jogo, fazer elas cansarem. Porém, estamos falando de futebol, não de justiça. Seria muito justo para os dois lados o 1 a 1, pela qualidade do jogo. Mas parabéns para Taubaté” afirmou.

A próxima partida do Fluminense será diante do Aliança-GO, sexto e último colocado do grupo. O jogo será disputado no sábado, 27, às 15h, nas Laranjeiras.

Top