fbpx

Marcos Paulo pode se tornar a venda mais cara da história do Fluminense

Prestes a ser negociado para o Olympique de Marselha, da França, o atacante Marcos Paulo pode superar Gerson e se tornar a venda mais cara da história do Fluminense.

Negociado em janeiro de 2016 por cerca de €17 milhões (cerca de R$60 milhões na época), Gerson ainda deve superar Marcos Paulo em números, mas a alta do euro deve fazer a possível venda de MP ser maior, uma vez que o clube deseja negociar o jogador por valores entre os €10 e 15 milhões, o que na cotação atual sairia por um valor equivalente a R$ 56 milhões R$ 84 milhões.

Vale destacar que a multa de Marcos Paulo gira em torno dos €45 milhões (cerca de R$ 288 milhões atualmente), mas certamente será negociado por um valor menor.

Vale destacar ainda que Marcos Paulo tem vínculo com o Fluminense até 30 de junho de 2021 e, caso não seja negociado e não renove até o fim do ano, poderá assinar pré-contrato com outro clube a partir de 1º de janeiro do ano que vem.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense pode sofrer penhora de quase R$2 milhões relativo ao caso Gerson

O Fluminense pode sofre um duro golpe nas arrecadações do clube. Isso porque, a empresa Davi Macedo Representações Comerciais entrou com recurso na Vigésima Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) no último final de semana, pedindo uma penhora de R$ 1.985.447,20 em relação aos direitos de transmissão dos jogos da equipe junto ao Grupo Globo.

O processo já se arrasta desde 2017, quando o Fluminense não cumpriu um acordo que já havia sido descumprido anteriormente com a referida empresa, que cobra a dívida do Tricolor sobre a venda de Gerson, hoje no Flamengo, para a Roma, da Itália, em 2016.

Em abril deste ano, a empresa já havia tentado a penhora contra o clube das Laranjeiras em mãos de terceiros – crédito do Grupo Globo para o clube, o que foi negado pela juíza Virgínia Lúcia Lima da Silva, da 30ª Vara Cível do TJRJ, afirmando na ocasião que era prematura a penhora imediata sobre os direitos de TV do Campeonato Brasileiro, já que a empresa não havia tentado outro tipo de penhora menos onerosa primeiramente. A empresa entende agora ser possível a penhora nos direitos de transmissão.

Ainda neste fim de semana, a desembargadora Regina Lúcia Passos, relatora do recurso da empresa contra o Fluminense em segunda instância, também já se manifestou sobre o caso, dando ao clube o prazo para se defender antes de tomar uma decisão.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Fonte: Esporte News Mundo

Tricolor apaixonado, Gerson completa 79 anos

Um dos maiores jogadores da história do futebol, e Tricolor apaixonado, Gerson completa 79 anos neste sábado.

Pelo Fluminense, foram quase 60 partidas e o título carioca de 1973. Gerson encerrou a carreira em 1974 e para o seu lugar, o Flu contratou Rivelino, então do Corinthians.

O “Canhotinha de Ouro” hoje trabalha como comentarista esportivo e mora em Niterói, no Rio de Janeiro.

Flu parcela dívida de R$ 5,2 milhões com parceiro da venda de Gerson

Tricolor faz acordo com Traffic, evita penhora de receita e tem o desafio de pagar em dia parcelamento que se estende até 2022 em um contexto de atraso salarial

O Fluminense chegou a um acordo com um dos credores da venda de Gerson, celebrada em 2015. No último dia 31 de outubro, o Tricolor e a Traffic comunicaram à Justiça ter alcançado consenso para parcelar adívida de R$ 5,2 milhões em 37 vezes. O juiz Luiz Umpierre de Mello Serra, que reassumiu a 50ª Vara Cível do Tribunal de Justiça, ainda não homologou a combinação.

Com o acordo, o Fluminense evita ter receitas penhoradas – a Justiça, aliás, neste mesmo processo, havia determinado o bloqueio de R$ 4,3 milhões da venda de Pedro à Fiorentina, o que acabou por não ser concretizado. Porém, aumenta o compromisso de pagamento mensal do clube em um contexto de atraso salarial de funcionários e jogadores como rotina desde 2017 e sem o incremento de entrada de dinheiro, como por exemplo de patrocínios.

A combinação entre as partes tem a primeira parcela a ser paga em 5 de dezembro. A última, em 5 de dezembro de 2022. Caso um parcela não seja paga, a dívida total será executada com multa de 10% e juros de 1% ao mês e correção monetária pelo IGP-M.

A venda de Gerson foi feita pelo então presidente Peter Siemsen, que anunciou a conclusão da transação em 5 de agosto de 2015. A Roma aceitou pagar 16 milhões de euros (R$ 60 milhões, cotação da época), e clube das Laranjeiras tinha 70% dos direitos do atleta. O mandatário não repassou o valor dos parceiros, problema que não foi resolvido na gestão Pedro Abad.

Fonte: globoesporte

Fluminense e MPI vão a audiência e negociam acordo por “caso Gérson”

Fluminense e MPI, sediada em Luxemburgo, se reuniram no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, nessa quinta-feira, para uma audiência de conciliação sobre o “caso Gérson”. A empresa cobra dívida gerada pela venda do meia à Roma, em 2015, e conseguiu a penhora (ainda mantida) de quase R$ 12 milhões da transferência de Pedro à Fiorentina.

Ficou decidido, após o encontro de 2h30, que a advogada da MPI vai analisar a proposta dos representantes tricolores, que buscam redução e parcelamento do valor. Há otimismo para a próxima reunião, marcada para segunda-feira. Sem acordo, o Tricolor promete recorrer. Por determinação da juíza Flávia Justus, da 38ª Vara Cível, responsável pelo caso, o processo passará a tramitar em segredo de Justiça.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: GloboEsporte.com.

Fluminense não soluciona dívida por negociação de Gérson e pode sofrer penhora de parte da venda de Pedro

Uma empresa sediada em Luxemburgo, a MPI, envolvida na transferência que levou Gérson à Roma, em 2015, cobra na Justiça, desde 2 de setembro, a penhora de R$ 11.823.396,30 (32,3% dos R$ 36,5 milhões a serem recebidos) da venda de Pedro à Fiorentina, oficializada no fim de agosto. Ainda à espera de análise, o pedido deve receber uma resposta nessa semana.

A companhia possuía 12,5% do meia e jamais recebeu sua parcela. À época da negociação, Peter Siemsen comandava o clube e tinha Mário Bittencourt na vice-presidência de futebol.

Em julho, em acordo com o presidente Mário, a MPI suspendeu o processo judicial por 30 dias, no objetivo de acertar o parcelamento do valor devido, que aumentou em razão de multas e juros.

Como não houve consenso, o caso voltou às mãos da juíza Flávia Justos, da 38ª vara cível do Rio de Janeiro, encarregada desde a primeira ação, em fevereiro de 2018.

Entre 2015 e 2016, temporadas em que vestiu a camisa do Fluminense, Gérson, cria de Xerém, marcou oito gols em 63 jogos. Sem sucesso na Europa, por onde passou por Roma e Fiorentina, chegou ao Flamengo em meados deste ano.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

De solução a problema: Fluminense é processado por venda de Gerson

Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

Vendido à Roma, da Itália, por 16 milhões de Euros (R$60 milhões à época), em 2015, o meia Gerson virou de solução a problema no Fluminense. Isso porque, o clube acumula quatro processos na Justiça do Rio, que somados, totalizam R$18 milhões, cerca de 30% do valor da venda do jogador em 2015.

Segundo o site Globoesporte.com, a dívida é relacionada ao não pagamento aos parceiros que detinham percentual do meia e comissões de empresários envolvidos na venda celebrada em 2015.

Ainda de acordo com o portal, dois destes processos já estão na fase de acordo entre as partes. Outros dois, no entanto, segue em fase de execução. Um desses, ainda de acordo com o Globoesporte.com, resultou no arquivamento de um recurso devido ao não pagamento de uma taxa judicial.

A dívida foi gerada na gestão Peter Siemsen, presidente que vendeu o jogador, e não foi quitada pelo sucessor Pedro Abad. Desde então, por conta de juros, subiu para R$ 9,5 milhões. E, além desta, outras três ações foram movidas por Davi Macedo Filho Representações Comerciais, Brazil Football LTDA e T Desenvolvimento e Educação Esportiva LTDA (Traffic).

Vale destacar que o Fluminense terá direto a cerca de 318,6 mil euros (R$ 1,3 milhões), fruto do mecanismo de solidariedade da Fifa recorrente a negociação do jogador que trocou a Roma pelo Flamengo, que desembolsou cerca de 11,8 milhões milhões de euros (R$ 49,5 milhões) na contratação do atleta formado nas categorias de base do Tricolor.

Ex Flu, Gérson deve ser negociado pela Roma e render uma grana ao Tricolor

Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images

Uma das grandes promessas dos últimos últimos anos de Xerém, o meia Gérson, vendido a Roma, da Itália, por cerca de R$60 milhões, está próximo de deixar o clube da capital italiano.

De acordo com o noticiário europeu, o brasileiro que estava emprestado a Fiorentina, não conseguiu repetir o mesmo futebol da época de Fluminense na Itália, e deve trocar o país da Bota pelo Leste Europeu, mais precisamente na Rússia, para defender o Dynamo Moscou.

Ainda de acordo com os jornais europeus, o brasileiro deve ser negociado por cerca de €10 milhões. Como clube formador, o Fluzão teria direito a 3% da negociação, o renderia aos cofres Tricolores uma bagatela de aproximadamente R1,3 milhões

Flu na Rede TV: emissora assina acordo para transmitir a Copa Sul-Americana

O acordo prevê as transmissões nas quartas ou quintas-feiras, sempre no horário das 21h:30.

A Rede TV firmou um acordo de parceria com a rede de streaming, DAZN, e será a única TV aberta do Brasil com o direito de transmitir a Copa Sul-Americana.

O acordo prevê a transmissão de um total de 12 jogos nessa temporada, que vai de fevereiro até novembro, tendo como transmissão inicial a partida entre Corinthians x Racing-ARG, que será exibido nesta próxima quinta-feira (14), às 21h30, em São Paulo.

Já a estréia do Flu acontece só no dia 26 contra o Antofagasta, do Chile, devido a mudança do calendário Tricolor em decorrência da tragédia no Ninho do Urubu

O acordo do sub licenciamento prevê ainda que a Rede TV terá direito na transmissão de um jogo por semana em que houver a rodada da competição, podendo ser essa exibição nas quartas ou quintas-feiras e sempre no horário das 21h:30.

Eduardo Monssato, ex ESPN, será o responsável pelas narrações das partidas. (Foto: Divulgação)

O diretor da plataforma, Johnny Devitt, comentou sobre a importância da transmissão da Copa Sul-Americana:

– Estamos muito empolgados com a Copa Sul-Americana, já que as equipes da América do Sul batalham para conquistar esse prestigioso troféu – falou Johnny, que acredita que a parceria pode alavancar o nome da DAZN:

– Esta é uma parceria importante e estratégica que fará com que milhões de fãs de futebol possam ver seus times e jogadores favoritos de graça. Ao mesmo tempo, a parceria irá construir o perfil da marca DAZN nos lares em todo o país como o destino para assistir aos campeonatos. Concluiu.

Vale destacar que além da Copa Sul-Americana, o acordo firmado entre as dias empresas garante também exclusividade da Rede TV nas transmissões do Campeonato Italiano, onde além de acompanhar craques renomados como Cristino Ronaldo por exemplo, o torcedor poderá ver como anda o futebol do ex tricolor, Gérson, emprestado pela Roma à Fiorentina.

Nem Empoli nem Besikitas: Gérson é emprestado a Fiorentina

Jogador vai defender as cores da Viola por uma temporada.

O meia Gérson, ex Fluminense teve seu futuro definido. O meia da Roma que vinha sendo especulado no Empoli e no Besikitas, foi emprestado por uma temporada à Fiorentina, tradicional clube italiano.

O jogador que era tido como uma grande promessa no Brasil, não conseguiu desencantar nas duas temporadas em que atuou pela equipe romanista e terá agora uma oportunidade de atuar na mesma liga, porém, em um clube com menos pressão que o da capital italiana.

Contudo, apesar de não começar o campeonato como um dos favoritos ao escudeto, a Fiorentina é um clube tradicional no país e já teve jogadores conservados vestindo a sua camisa, casos dos atacantes Edmundo e do argentino Batistuta. No último Campeonato Italiano, a viola terminou na oitava colocação com com 57 pontos, 38 a menos que a campeã Juventus.

Em sua conta oficial no Twitter, a Roma desejou toda a sorte para o jogador continuar desenvolvendo seu futebol e poder voltar ainda mais forte para integrar o elenco romanista no futuro.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Divulgação

Top