Flu de Roger vem se caracterizando por marcar gols no segundo tempo

O Fluminense da atual temporada, treinado por Roger Machado, vem se caracterizando por fazer a maioria dos seus gols na segunda etapa das partidas. Foram marcados ao todo 21 gols, com apenas um tendo sido marcado na primeira etapa.

Contra o Madureira, no último domingo (25) por exemplo, os quatro gols da vitória por 4 a 1 foram marcados na segunda etapa.

O único gol marcado no primeiro tempo até aqui foi o de Kayky, na vitória de 4 a 0 sobre o Macaé, pela oitava rodada do Campeonato Carioca.

Veja a lista de gols do Flu em 2021:

Resende 2 x 1 Fluminense – Kaique, aos 38′ / 2ºT

Fluminense 0 x 3 Portuguesa-RJ

Flamengo 0 x 1 Fluminense – Igor Julião, aos 37’/2ºT

Bangu 0 x 1 Fluminense – Ganso, aos 5’/2ºT

Boavista 0 x 2 Fluminense – Yago Felipe, aos 4′ / 2ºT, e John Kennedy, aos 43′ / 2º T

Fluminense 2 x 3 Volta Redonda – Fred, aos aos 6′ e 25′ / 2ºT

Fluminense 1 x 1 Vasco – Fred, ao 1’/2ºT

Macaé 0 x 4 Fluminense – Kayky, aos 23’/1ºT, Fred, aos 18’/2ºT, Nenê, aos 33’/2ºT e PH Ganso, aos 46’/2ºT

Fluminense 3 x 1 Nova Iguaçu – Kayky, aos 6’/2ºT, Fred, aos 17’/2ºT, e John Kennedy, aos 46’/2ºT

Fluminense 1 x 0 Botafogo – Nino, aos 4’/2ºT

Fluminense 1 x River Plate (ARG) – Fred, aos 20’/2ºT

Fluminense 4 x 1 Madureira – Abel Hernández, aos 14’/2ºT, Bobadilla, aos 25’/2ºT, Ganso, aos 45’/2ºT e Gabriel Teixeira, aos 48’/2ºT.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Veja os gols da vitória de 4 a 1 do Fluminense sobre o Madureira

O Fluminense venceu o Madureira por 4 a 1, de virada, na manhã deste domingo (25), em partida válida pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Carioca.

O Tricolor saiu perdendo o jogo, com o gol de Luiz Paulo, deixando o Madureira em vantagem ao final do primeiro tempo, porém, com gols de Abel Hernandez, de pênalti, Bobadilla, Ganso e Gabriel Teixeira, o Flu virou o jogo e terminou a fase de grupos com a goleada por 4 a 1.

Veja todos os gols do jogo:

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Perto dos 400 gols na carreira, Fred brinca com a torcida: “mais ansiosa que eu”

O atacante Fred, autor do segundo gol do Fluminense na vitória de 4 a 0 sobre o Macaé na noite desta terça-feira (06), em Volta Redonda, chegou a marca de 399 gols na carreira. Faltando apenas um gol para chegar a marca dos 400, o atacante disse seguir focado no clube, e brincou com a torcida:

Na verdade, não penso nisso (gol 400). Lógico que o pessoal me manda, a torcida está mais ansiosa que eu (risos). Acho que é uma coisa que tem que acontecer naturalmente. Estou feliz por estar perto da marca, mas muito mais feliz pela evolução que tivemos. (…) Quando peças individuais se destacam, ajuda o coletivo – disse Fred.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: GE

Um, dois: Martinelli fala sobre os primeiros gols pelos profissionais do Fluminense

A vitória do Fluminense sobre o Goiás na noite do último domingo (31), pela 33° rodada do Campeonato Brasileiro, foi com um gostinho mais saboroso para Martinelli.

O jovem que vem atuando como titular, tomou conta da posição e marcou não só o primeiro gol entre os profissionais, como marcou também o segundo, fazendo dois dos três gols do Flu na partida.

Após o jogo, o jogador falou da emoção em balançar as redes pela primeira vez como profissional:

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

“Fiz o que sempre tive como objetivo no futebol: gols”, disse Jonh Kennedy após estreia no time principal

O atacante John Kennedy, de apenas 18 anos realizou sua estreia pelo time profissional do Fluminense no jogo da última quarta-feira (20) contra o Coritiba, no estádio Couto Pereira. E se o jovem mostrou personalidade dentro de campo, marcando logo seu primeiro gol pelos profissionais com apenas 13 minutos em campo, fora dele, não foi diferente.

Em entrevista ao portal Lance!, John Kennedy afirmou que se preparou ao longo de toda sua vida para esse momento, e que foi atrás do seu objetivo, que é marcar gols:

Eu me preparei a vida toda para este momento. Fui fazendo o que sempre tive como objetivo no futebol: gols. Foi através dessa obsessão pelos gols que consegui realizar meu grande objetivo inicial. O de jogar no time profissional do Fluminense. Sobre marcar o gol tão rápido, as oportunidades aparecem, preciso aproveitar. Fui feliz na sobra ali dentro da área e consegui marcar. Só faltaram os três pontos, mas o futebol tem dessas coisas – afirmou John Kennedy.

Após entrar no intervalo do jogo contra o Coritiba e mudar a situação do jogo que era de 2 a 0 para o adversário, o atacante agora vive a expectativa de começar a jogando o clássico contra o Botafogo, uma vez que Fred está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Felippe Cardoso é outro que briga pela vaga deixada pelo capitao.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Golaço, chapéu e caneta: reveja alguns lances da vitória do Flu sobre o Inter

O Fluminense venceu o Inter na noite do último domingo (22) e com um golaço de Lucca, que fez valer a lei do ex, com grande estilo:

Além dos gols, a galera do Fluzão ainda proporcionou grandes lances, como o chapéu de Felippe Cardoso e as canetas de Marcos Paulo e Calegari. Confira:

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense já possui segundo melhor ataque e maior goleada do Brasileirão

A goleada imposta pelo Fluminense, ontem (07/10), ao Goiás, no Estádio Hailé Pinheiro, na Serrinha, em Goiânia, por 4 a 2, transformou o ataque Tricolor no segundo melhor do Campeonato Brasileiro em 2020.

Mas essa não é a única marca do poder de fogo do Fluzão, que também tem a maior goleada por diferença de gols, alcançada no 4 a 0 contra o Curitiba, na 12ª rodada, no Maracanã. Essas duas vitórias foram conquistadas, mesmo com muitas baixas no elenco Tricolor, por conta dos desfalque dos jogadores que testaram positivo para a Covid-19.

A boa performance do ataque Tricolor fica clara quando é apresentada a lista de artilheiros do clube, onde Nenê, com seis gols, tem a companhia de outros dez jogadores que já marcaram neste Brasileirão.

O Fluminense tem média de 1,5 gols, no campeonato e, apenas, em duas partidas o ataque passou em branco, mas em compensação, o jogo de ontem foi o segundo em que time marcou quatro vezes.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Reveja os gols da classificação do Fluminense sobre o Botafogo-PB

O Fluminense venceu o Botafogo-PB por 2 a 0 no noite da última quarta-feira (4) no Maracanã e garantiu classificação à terceira fase da Copa do Brasil.

A câmera Tricolor estava presente e registrou os gols marcados por Marcos Paulo e Nenê, de pênalti. O primeiro inclusive foi após uma vela jogada de Gilberto pelo lado direito e uma bonita chapada de Marcos Paulo, no cantinho.

Acompanhe os lances:

Foto em destaque: Paulo Sérgio/Gazeta Press

Fluminense tem o segundo melhor ataque de clubes da Série A

O Fluminense possui o segundo melhor ataque entre times que disputarão o Campeonato Brasileiro, série A. Só no começo deste ano a equipe do tricolor está mostrando que tem fome de gols, em 11 jogos o Fluminense marcou 24 vezes, contando com Campeonato Carioca, Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

Em números absolutos, o time do Flamengo é o primeiro, com 26 bolas na rede, entretanto o rival já atuou em 12 oportunidades. Na média, o Tricolor leva vantagem com 2,18 por jogo contra 2,17 da equipe Rubro-Negro. Na elite do futebol brasileiro, a média atual tricolor só é superada pela de 2,33 do Atlético-GO, que tem 21 gols em nove confrontos.

O top 10:

1º – Flamengo: 26 gols (média: 2,17)
2º – Fluminense: 24 gols (média: 2,18)
3º – Bahia: 22 gols (média: 1,57)
4º – Atlético-GO: 21 gols (média: 2,33)
4º – Atlhetico-PR: 21 gols (média: 2,10)
6º – Coritiba: 19 gols (média: 1,90)
7º – Fortaleza: 18 gols (média: 1,80)
8º – Sport: 15 gols (média: 1,15)
9º – Palmeiras: 14 gols (média: 1,75)
9º – Grêmio: 14 gols (média: 1,56)
9º – Atlético-MG: 14 gols (média: 1,27)
9º – Goiás: 14 gols (média: 1,27)
9º – Internacional: 14 gols (média: 1,27)

Fonte: GloboEsporte

Problema nacional: brasileiros passam em branco fora da casa tanto na Libertadores como na Sula 2020

O Fluminense foi eliminado da Copa Sul-Americana ao empatar em 0 a 0 com o La Calera, no Chile, na última terça-feira (18), porém, o fraco desempenho não foi exclusivo do Fluminense. Todos os times brasileiros que entraram em campo, tanto pela Libertadores, como pela Sul-Americana em 2020, não marcaram um gol sequer.

Foto: Reprodução/Seleção SporTV

Internacional e Corinthians que entraram em campo pela Libertadores não marcaram nenhum gol em solo estrangeiro. Pior para o Corinthians, que foi eliminado assim como o Fluminense, na primeira fase, ao perder por 1 a 0 no Paraguai e ganhar por 2 a 1 em São Paulo. Sendo eliminado pelo gol qualificado, assim como o Fluminense.

Já pela Sul-Americana, Atlético-MG, Fluminense, Fortaleza, Goiás e Vasco, também não marcaram nenhum gol fora de casa. O Vasco no entanto, passou de fase por ter ganhado em casa.

Já Atlético-MG, Fortaleza e Goiás, ainda vão disputar a vaga dentro de casa. Situação difícil é a do Galo, que precisa reverter um placar de 3 a 0.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: Seleção SporTV