Portal detalha negociação de Flu com City por Kayky

Um dos destaques do Fluminense neste início de temporada vem sendo o garoto Kayky, de apenas 17 anos, “jóia” já negociada com o Manchester City. Com negócio feito deste início da temporada, o portal GE traz um detalhamento sobre a negociação.

Segundo o portal, a negociação já está fechada há dois meses, faltando apenas os trâmites burocráticos, porém, o atacante seguirá no Fluminense até o final do ano, seguindo ao City em janeiro de 2022. Para contar com o jogador no entanto, o clube inglês adquiriu 80% dos direitos econômicos do atacante por €10 milhões de euros fixos (R$ 66,5 milhões) mais bônus de até €11 milhões (R$ 73,2 milhões): sendo € 7 milhões de euros atingíveis a curto/médio prazo e €4 milhões de euros em metas a longo prazo. Além disso, há uma cláusula de opção de compra dos 20% de direitos econômicos restantes por mais € 5 milhões de euros. Somando tudo, o Fluminense pode receber até € 26 milhões de euros (R$ 173 milhões).

Esse valor no entanto ainda não chegou em sua totalidade ao Flu, que recebeu até agora apenas uma parte, um pouco menos da metade do valor fixo, quando fechou a operação – o que ajudou o clube a quitar a dívida com o elenco. O restante foi parcelado pelos próximos anos. Já os bônus estipulados em contrato são todos por performance, mas passando a valer com as atuações no City, como por exemplo número de jogos, número de partidas como titular, quantidade de gols, convocações para a seleção brasileira etc.

Foto em destaque: Divulgação

Após venda de Metinho e Kayky, Fluminense costura parceria com Grupo City

As negociações entre Fluminense e representantes do Grupo City gerou uma aproximação entre as partes, que deve terminar em uma parceria que engloba intercâmbio de jogadores e membros de comissão técnica entre Flu e clubes do grupo.

Enquanto acertam os últimos detalhes do acordo vara a venda de Kayky e Netinho ao grupo, confirmando a ida do atacante para o Manchester City em 2022, as partes iniciaram a costura de um projeto de cooperação, cuja ideia é proporcionar o intercâmbio de atletas e membros de comissão técnica entre o Tricolor e os onze clubes do grupo espalhados pelo mundo.

O City Football Group é dono de Manchester City (Inglaterra), Melbourne City (Austrália), Montevideo City (Uruguai), Lommel (Bélgica), New York City (EUA) e Mumbai City (India), além de ter participações em Girona (Espanha), Sichuan Jiniu (China), Yokohama Marinos (Japão), Troyes (França) e Bolivar (Bolívia).

Os termos da parceria ainda estão sendo debatidos em reuniões entre o representante do Grupo City no Brasil e o presidente do Flu, Mário Bittencourt. O acordo abriria a possibilidade para jogadores jovens ou pouco aproveitados nas Laranjeiras serem emprestados para clubes do Grupo City para ganhar experiência, com o Tricolor também podendo receber atletas do grupo, que costuma investir na compra de atletas de pouca idade em outros países sul-americanos. Além disso, profissionais tricolores também poderão ter a oportunidade de viajar para conhecer a metodologia de trabalho nesses clubes e fazer cursos no exterior.

A ideia surgiu em meio às negociações por Kayky e Metinho, mas não têm relação direta com as vendas. Nesta semana, os clubes estão finalizando os detalhes da operação da venda do atacante de 17 anos. Com a conclusão dos trâmites burocráticos, como por exemplo o registro do contrato em Londres, a tendência é que as partes oficializem o acordo nos próximos dias. Depois, será a vez de finalizar os últimos ajustes da operação que levará o volante para o Troyes, da França, trâmites que ainda deverão demorar alguns meses para serem concluídos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: GE

Dinheiro em caixa?

Atacante do Bahia, Thiago Andrada que teve rápida passagem pelo Fluminense em 2018, saindo no início de 2019, está sendo negociado com o Grupo City, o mesmo que está em vias de fechar a contratação dos jovens Metinho e Kayky do tricolor.

Caso a venda seja efetivada, o Fluminense tem um percentual na negociação, entre 0,5 e 1%, baseado no mecanismo de solidariedade da Fifa como clube formador.

A informação veio do jornalista do Sportv, Paulo Vinícius Coelho, através de seu blog, mas ainda não há detalhes sobre valores da negociação.

Fonte: PVC/Sportv

Foto: Marco Galvão/EC Bahia

Fluminense recusa primeira investida de grupo City por Kayky e Metinho

O Fluminense recebeu na tarde deste sábado (30) uma oferta oficial do City Football Group, pelo atacante Kayky e o volante Metinho, destaques da equipe sub-17 do Flu.

A oferta que segundo o portal GE seria de € 7 milhões (R$ 46 milhões), com bônus posteriores que podendo variar de € 5 a 15 milhões por Kayky, e de € 3 milhões mais € 2 milhões de bônus por Metinho, valores recusados pelo Flu.

Tanto a oferta do Grupo City, assim como a recusa do Fluminense foram divulgadas pelo portal GE, que revelou ainda que uma nova proposta do próprio grupo City deve chegar às Laranjeiras.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Grupo City oficializa propostas por Kayky e Metinho

Interessado nas duas joias de Xerém, o City Football Group, grupo de Abu Dhabi qua administra o Manchester City e outros clubes ao redor do mundo formalizou hoje propostas pelos atletas.

Segundo apuração do portal GE, a proposta inicial por Kayky é de € 7 milhões (R$ 46 milhões), com bônus posteriores que podem variar de € 5 a 15 milhões. Já por Metinho, a proposta inicial foi de € 3 milhões mais € 2 milhões de bônus.

Lembrando que o Flu já recusou uma proposta de € 5 milhões (R$ 33 milhões) do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia por Kayky, considerada baixa pela diretoria.

Ainda segundo a reportagem do GE, a ideia do Grupo City é colocar Kayky diretamente no Manchester City, enquanto Metinho iria inicialmente para um outro clube da companhia, a princípio o Troyes, da França. 

O portal informa também que as negociações são independentes uma da outra, podendo apenas uma avançar enquanto a outra é recusada.

Fonte: GE

Foto: Lucas Merçon/ FFC