fbpx

Hoje no CRB, Gum revela que esperava se aposentar no Flu

Aos 34 anos, o zagueiro da equipe alagoa declarou em entrevista ao programa Expediente Futebol, do Fox Sports, nesta terça-feira (30), que esperava encerrar sua carreira no Fluminense. Gum relembrou o processo de renovação com Tricolor em 2018, onde clube e jogador não chegaram em um acordo.

– Eu esperava me aposentar no Fluminense. Durante o tempo em que eu estive no clube, eu recebi várias propostas. Às vezes, eu não quis sair, às vezes, o Fluminense não deixou eu sair. Mas em 2018, eu pedi um contrato mais longo, com o intuito de encerrar a carreira no clube mesmo, mas não cheguei a um acordo com um presidente. Mas isso não apaga a linda história que eu tenho lá e hoje estou muito feliz no CRB – declarou o zagueiro.

Em 10 temporadas vestindo a camisa verde, branca e grená, Gum colecionou dois títulos Brasileiros (2010 e 2012), um Campeonato Carioca (2012) e uma Copa da Primeira Liga (2016). Além de turnos do estadual como: Taça Guanabara (2012 e 2017) e Taça Rio (2018). Ao todo disputou 414 partidas e marcou 29 gols

Fonte: UOL
Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.

Gum relembra jogo histórico do Tetra

Que domingo é dia de rever e matar a saudade do título do Tetra o torcedor Tricolor já sabe. Mas parece que a nostalgia chegou em alguns jogadores também, um deles é o Gum. Em conversa ao GloboEsporte.com o zagueiro que atualmente joga pelo CRB, relembrou a campanha do título brasileiro de 2012.

– Eu lembro de um jogo tenso, em Presidente Prudente, estava muito calor. Havia uma expectativa grande porque estávamos nós e o Atlético-MG brigando pelo título, mas nós com o título na mão. Nós sabíamos que poderia acontecer naquele dia, mas não era certeza porque dependia do jogo do Atlético.

– A gente sabia que seria um jogo difícil, o Palmeiras brigava para não ser rebaixado, então nós tínhamos que fazer a nossa parte. Se não fosse naquela partida, poderia ser na próxima. Abrimos 2 a 0, depois o Palmeiras empatou, ficou mais tenso ainda. No final, quando muitas pessoas já achavam que ficaria empatado, o Thiago Neves tocou para o Jean, e o Jean cruzou para o Fred, que, de primeira e com muita qualidade, colocou o Fluminense novamente na frente e asseguramos o título brasileiro – finalizou.

Com a camisa do Fluminense, o jogador conquistou dois Brasileiros, um Carioca e uma Primeira Liga, com uma marca de 414 partidas. Gum, já está se preparando para rever o jogo do título, o zagueiro afirma que esse momento será difícil de esquecer.

“Vamos acompanhar e nos emocionar junto com o torcedor, porque é algo que está marcado na história. Vou reunir minha família para assistir.”

A partida que terá transmissão da TV globo, neste domingo (31), às 16h (horário de Brasília).

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Símbolos da conquista deixam recado para torcedor acompanhar partida que garantiu o Tetra ao Fluzão

Símbolos da conquista do Tetra Campeonato Brasileiro, conquistado em 2012, o zagueiro Gum e o atacante Fred – craque da competição daquele ano, deixoaram um recado para o torcedor acompanhar a reprise do jogo que garantiu o título antecipado ao Tricolor, quando o clube das Laranjeiras bateu o Palmeiras por 3 a 2 garantindo o título com três rodadas de antecedência.

“Eu não sou maior que ninguém na família. ” zagueiro declara humildade e ser pé no chão

Gum acumulou dois Brasileirões (2010 e 2012), um Carioca (2012) e também a Primeira Liga (2016) pelo Flu.

No entanto, segue humilde e revelou que trata todos da mesma forma:

– Faço questão de ser assim: Welington. Eu não sou maior que ninguém na família. Não existe diferença para meus irmãos por ser conhecido. Todos são vencedores. Minha mãe, que hoje está com 56 anos, criou a gente assim – disse.

Após ser anunciado pelo Criciúma, ex Flu, Gum, deve fechar com outro clube

O zagueiro Gum, bi campeão brasileiro com o Fluminense, e que chegou a ser anunciado pelo Criciúma, não vai mais vestir a camisa do clube catarinense em 2020.

O jogador que além de ser anunciado oficialmente, realizou exames médicos e chegou a conversar com toda a comissão técnica para de apresentar ao elenco, acabou declinando do acerto.

Gum recebeu até uma arte de apresentação na última sexta-feira (07). (Foto: Divulgação/Criciúma)

O motivo da reviravolta teria sido uma proposta considerada pelo jogador como mais atrativa, que segundo o portal Globoesporte.com seria o CRB de Alagoas, clube que disputa a Copa do Nordeste e a Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois da decisão do jogador em não assinar o vínculo com o Tigre, o clube emitiu uma nota oficial. Confira:

O Criciúma Esporte Clube comunica que desfez o acerto com o zagueiro Gum, que foi anunciado como reforço no sábado (08/02). O jogador chegou à cidade nesta terça-feira (11/02), realizou alguns exames médicos, mas revelou que recebeu uma proposta de outro clube e mostrou-se não estar focado em defender o Criciúma. Por conta disso o jogador foi liberado.
 
O Criciúma quer contar apenas com jogadores que estejam com o pensamento 100% comprometido em defender as cores do clube.

Foto em destaque: Reprodução/NSC

Ex Flu, Gum é anunciado por novo clube

O zagueiro Gum, que atuou por quase 10 anos no Fluminense, está de casa nova para 2020.

O jogador que atuou na Chapecoense, em 2019, quando acabou sendo rebaixado à Série B coma equipe catarinense, acertou com o Criciúma, também de Santa Catarina.

Gum foi anunciado de forma oficial pelo Criciúma, na tarde da última sexta-feira (07).

Considerado ídolo por parte da torcida do Fluminense, Hum conquistou quatro títulos pelo Fluzão, entre eles, os Brasileiros de 2010 e 2012, ambos como titular.

O zagueiro ainda está no top 10 dos jogadores que mais vestiram a camisa tricolor, onde ocupa a oitava colocação, com 414 partidas disputadas, tendo marcado ainda 29 gols.

Ex Flu e hoje na Chape, Gum não estará em campo no próximo sábado

Foto: Divulgação/Chapecoense

O zagueiro Gum, que atuou por quase 10 anos no Fluminense, não estará em campo neste sábado quando o clube das Laranjeiras enfrenta a Chapecoense, atual time do zagueiro, pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro.

Com uma fratura no pé direito, o jogador será submetido a uma intervenção cirúrgica ainda nesta quinta-feira (24) e desfalcará a equipe catarinense nas próximas rodadas.

Com as duas equipes na parte debaixo da tabela, o confronto entre Fluminense é Chapecoense é considerado uma decisão para ambas equipes que lutam para fugir da zona de rebaixamento.

Contra o Corinthians, Digão pode bater recorde de Gum com a camisa do Fluminense

Com 16 jogos pelo Tricolor, zagueiro está a uma partida de igualar e a duas de passar o recorde do ex-jogador da equipe na Copa Sul-Americana

Foto: Lucas Merçon / FFC

De volta após sofrer com uma lesão que o deixou de fora por um bom tempo antes da parada para a Copa América, Digão está muito próximo de atingir um recorde pelo Fluminense. Revelado nas categorias de base do clube, o zagueiro chegou aos 16 jogos com a camisa tricolor na Copa Sul-Americana, ficando atrás apenas de Gum, que já deixou o clube, e atuou em 17. Portanto, caso o defensor atue nas partidas de ida e volta contra o Corinthians, pelas quartas de final da competição, ele assumirá a liderança isolada de jogadores que mais vezes entraram em campo pelo clube das Laranjeiras na Sula.

Atualmente na Chapecoense, Gum teve momentos marcantes pelo Fluminense, principalmente em 2009, ano de sua chegada, quando marcou o primeiro gol na vitória por 2 a 0 sobre o Cerro Porteño-PAR no Maracanã, que resultou na classificação do Tricolor para a final da Sul-Americana daquele ano.

Gum deve ser titular e reencontra o Fluminense

Crédito: Reprodução

A partida desta quinta-feira (13) terá um elemento especial. O zagueiro Gum vai enfrentar o Fluminense pela primeira vez após a saída do clube. O jogador, que vestiu as três cores por 414 jogos é provável titular no time de Chapecó.

Do lado Tricolor, Gum vai ver alguns velhos conhecidos, como o zagueiro Frazan, o lateral Igor Julião, Daniel e os meninos João Pedro e Marcos Paulo. Porém, várias figuras são novas para o zagueiro, Agenor, Nino, Caio Henrique, Ganso, Allan e Brenner.

O zagueiro que veste a camisa número três, tem um gol anotado pela Chapecoense. Pelo Fluminense, ao longo de sua passagem pelo clube que durou nove anos, ele marcou 29 gols em jogos oficiais.

A partida será realizada na Arena Condá a partir das 20h. Ambos os times têm sete pontos no torneio, desta forma a vitória é importante para os dois lados.

Gum revela que não pretendia deixar o Fluminense

Foto: Divulgação/Chapecoense

Zagueiro concedeu sua primeira entrevista pela Chapecoense.

Após ser oficializado e treinar o zagueiro Gum concedeu sua primeira entrevista pela Chapecoense nesta quinta-feira (14).

O zagueiro de 31 anos que tem grande identificação com o Fluminense onde atuou por quase 10 anos, não se esquivou ao ser questionado sobre sua saída do Tricolor:

– Foi algo recente. Não esperava sair do Fluminense, mas acabou acontecendo – llimitou-se em dizer o zagueiro, que ainda deu uma breve explicação do motivo da demora em acertar com a Chape

– Dia 2 de janeiro houve a proposta, conversa com a Chapecoense. Naquele momento não achei justo com a Chapecoense, meu coração estava ligado ao Fluminense. Foram quase 10 anos, me entreguei ao clube e precisava de um tempo para me desligar do clube emocionalmente. Chego com o coração na Chapecoense – afirmou o zagueiro que ainda revelou o porquê de escolher o verdão do oeste:

– A cidade respira a Chapecoense e isso é lindo de ver. Quando vejo isso nas pessoas, eu fico feliz, porque minha decisão foi certa no momento – concluiu Gum

Top