Fluminense libera acesso em Libras a site oficial e planeja ações com Instituto Nacional de Educação de Surdos

Desde o dia 24 de setembro, tricolores com deficiência auditiva podem fazer a leitura das informações publicadas no site oficial do Fluminense, através do “Hugo”, mecanismo criado para acessibilidade em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Para acessá-lo, é preciso clicar em um ícone azul na barra lateral direita do portal.

Segundo o artigo 63 da LEI nº 13.146, que instituiu, em julho de 2015, a “Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência), “é obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis, conforme as melhores práticas e diretrizes de acessibilidades adotadas internacionalmente”.

Em parceria com o Instituto Nacional de Educação de Surdos, o clube planeja mais ações de inclusão, a começar pela ida de 50 alunos do instituto ao Maracanã no jogo contra o Santos, às 20h dessa quinta-feira, 26 de setembro, Dia Nacional do Surdo. Em junho de 2018, o Tricolor levou às Laranjeiras dezenas de crianças do INES.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.