fbpx

Flu defende longo tabu diante do São Paulo

Invencibilidade já dura 12 anos dentro do Maracanã.

Além de ir em busca da sua segunda vitória no Brasileirão e afirmação na competição no jogo deste domingo (29) contra o São Paulo, o Fluminense defende também uma escrita que já dura 12 anos. Desde 2016 que o Tricolor das Laranjeiras não perde para o time paulista jogando dentro do Maracanã.

O último revés do Fluminense dentro do templo do futebol foi em 2006 quando foi derrotado por 2 a 1. De lá para cá, foram disputados nove confrontos, contabilizando sete vitórias do Fluminense e dois empates. No último jogo, o Tricolor venceu por 3 a 1, em duelo válido pelo Campeonato Brasileiro do ano passado.

Contudo, quando se trata da história do confronto, a vantagem muda de lado. No total, as equipes se enfrentaram 119 vezes. O Fluminense venceu 45 partidas, perdeu 52, houve 22 empates. Além disso, o Tricolor das Laranjeiras marcou 182 gols e sofreu 190.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mailson Santana

Fluminense passa fevereiro com 100% de aproveitamento

Tricolor somou quatro partidas entre Carioca e Copa do Brasil.

O Fluminense começou o ano de 2018 cercado de uma grande desconfiança por parte dos torcedores e até da mídia especializada, que só aumentou com o fraco desempenho na Flórida Cup, e início irregular no Campeonato Carioca, onde ficou inclusive fora das finais da Taça Guanabara.

Contudo, a eliminação precoce no estadual trouxe um tempo à mais para o time realizar uma mini pré temporada. O resultado veio logo no mês seguinte, com o tricolor fechando o mês de fevereiro com 100% de aproveitamento.

Em quatro jogos, entre Carioca e Copa do Brasil durante o mês (Carioca: Fluminense 1 x 0 Macaé; Fluminense 4 x 0 Bangu; Fluminense 4 x 0 Flamengo; Copa do Brasil: Fluminense 5 x 0 Salgueiro) a equipe manteve 100%, com um saldo super positivo: 14 gols marcados e nenhum sofrido.

Passado fevereiro, o tricolor volta à campo na próxima quinta-feira (01), no estádio Nilton Santos, para enfrentar o Avaí pelo primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil.

 

ST,

Douglas Wandekochen

 

Top