Fluminense perde invencibilidade de 13 jogos, mas segue no G4

Completamente apático, o Fluminense foi derrotado pelo Inter por 3 a 0 na noite deste domingo (14), no Beira-Rio, em Porto Alegre e pós fim a uma invencibilidade que perdurava 13 jogos.

A derrota fez com que o clube das Laranjeiras caísse uma posição na tabela, passando a ocupar a quarta colocação, atrás de Palmeiras, Flamengo e Corinthians.

O Flu não tem muito tempo para se lamentar e já volta a campo na próxima quarta-feira (17) quando decide uma vaga na semifinal da Copa do Brasil contra o Fortaleza, no Maracanã.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Amuleto: Fluminense venceu nove jogos seguidos no Maracanã com Marlon em campo

O Fluminense recebe o Internacional neste sábado, às 19h, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Invicto na competição, com um empate e uma vitória, o Tricolor pode ter um talismã na partida: o lateral esquerdo Marlon.

O jogador que busca uma oportunidade após dar assistência para o gol de cano na vitória contra o Vila Nova-GO, na última terça-feira, está com 100% de aproveitamento com a camisa Tricolor jogando no Maracanã, desde que voltou da Turquia. Tendo disputado ao todo nove jogos.

3 x 2 Vila Nova-GO
3 x 0 Chapecoense
1 x 0 Inter
2 x 0 América-MG
2 x 1 Palmeiras
1 x 0 Sport
3 x 1 Flamengo

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fonte: Enciclopédia Tricolor

Favorito? Fluminense chega com vantagem e enorme tabu para enfrentar o Botafogo neste domingo

Fluminense e Botafogo voltam a se enfrentar na tarde deste domingo (27), dessa vez, em partida que vai definir o adversário do Flamengo na final do Campeonato Carioca.

Campeão da Taça Guanabara, o Fluminense joga pela vantagem do empate no saldo de gols e, como venceu por 1 a 0, pode perder por até um gol de diferença que garante vaga na final.

Além da vantagem, o Fluminense ainda tem a seu favor um retrospecto de 10 jogos sem perder para o Botafogo. Nesta série invicta, foram sete vitórias e três empates, totalizando um aproveitamento de 80%. A última derrota no Clássico Vovô aconteceu há quase 3 anos, em 11 de maio de 2019.

Se contar derrotas por mais de um gol, a série do tricolor fica ainda maior, chegando a quase cinco anos. A última, foi em abril de 2017, no Campeonato Carioca daquele ano, quando o Botafogo venceu por 3 a 1.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense vence e chega a dez jogos de invencibilidade contra o Botafogo

Ao vencer o Botafogo por 1 a 0 na noite desta segunda-feira (21), no estádio Nilton Santos, o Fluminense manteve uma invencibilidade contra o rival que alcançou o décimo jogo.

Nesta série invicta, foram sete vitórias e três empates, totalizando um aproveitamento de 80%. A última derrota no Clássico Vovô aconteceu há quase 3 anos, em 11 de maio de 2019.

Nesta sequência, três jogos foram pelo Campeonato Brasileiro, cinco aconteceram no Carioca e dois foram amistosos. Se contabilizados apenas os jogos oficiais, o aproveitamento do Fluminense contra o Botafogo nos últimos sete jogos sobe para 83,4%.

Confira os últimos dez jogos entre Fluminense e Botafogo:

– Botafogo 0 x 1 Fluminense – 21/03/2022 | Campeonato Carioca 2022
– Fluminense 2 x 1 Botafogo – 10/02/2022 | Campeonato Carioca 2022
– Fluminense 1 x 0 Botafogo – 17/04/2021 | Campeonato Carioca 2021
– Fluminense 2 x 0 Botafogo – 24/01/2022 | Campeonato Brasileiro 2020
– Botafogo 1 x 1 Fluminense – 04/10/2020 | Campeonato Brasileiro 2020
– Botafogo 1 x 1 Fluminense – 01/08/2020 | Amistoso
– Botafogo 0 x 1 Fluminense – 25/07/2020 | Amistoso
– Fluminense 0 x 0 Botafogo – 05/07/2020 | Campeonato Carioca 2020
– Fluminense 3 x 0 Botafogo – 09/02/2020 | Campeonato Carioca 2020
– Botafogo 0 x 1 Fluminense – 06/10/2019 | Campeonato Brasileiro 2019

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Com 100% de aproveitamento em clássicos, Fluminense tenta manter invencibilidade contra o Botafogo

O Fluminense volta a campo nesta segunda-feira (21), para enfrentar o Botafogo pelo primeiro jogo da semifinal do Carioca. Partida que marca o reencontro com a torcida, após a eliminação na Libertadores.

Com 100% de aproveitamento em clássicos na atual temporada, o Flu tem um ótimo retrospecto contra o Botafogo, com quem mantém uma imbecilidade desde maio de 2019.

O último encontro entre as equipes que foi decisivo aconteceu em julho de 2020, em confronto válido pela semifinal da Taça Rio. Naquela ocasião, assim como neste ano, o Fluminense tinha a vantagem do empate por ter terminado em primeiro lugar na fase classificatória. Assim, o 0 a 0 no Nilton Santos garantiu a vaga na decisão para enfrentar o Flamengo. No fim, o Tricolor faturou o segundo turno nos pênaltis, mas acabou perdendo a decisão do Carioca.

Nos últimos 10 jogos, apenas uma vez o Alvinegro levou a melhor, pelo Brasileiro de 2019, por 1 a 0. Desde então, foram seis vitórias do Fluminense e três empates. O Flu, inclusive, acumula três triunfos consecutivos nos últimos encontros. Um deles pelo Brasileirão de 2020 (2 a 0), o último antes da queda do Botafogo para a Série B, além de outro pelo Carioca 2021 (1 a 0) e o confronto deste ano (2 a 1). Nesta conta há também dois amistosos realizados há dois anos, que terminaram com vitória tricolor e um empate.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense segue invicto como mandante em mata-mata de Libertadores

A vitoria por 2 a 0 sobre o Millonarios na noite desta terça-feira (01) garantiu a classificação do Fluminense à terceira fase da Copa Libertadores. Além disso, o Tricolor manteve a sequência invicta como mandante em confrontos de mata-mata pela Libertadores.

Em 11 jogos disputados, o Tricolor venceu 11, empatou oito e nunca foi derrotado, acumulando um aproveitamento de 82%, com 21 gols feitos e 8 sofridos.

Tal sequência será fundamental para o time avançar à fase de grupos da competição, uma vez que na terceira fase irá enfrentar o vencedor do duelo entre Olímpia-PAR x Atlético Nacional-COL, que se enfrentam nesta quinta-feira (03) pelo jogo da volta da segunda fase. No primeiro jogo, o time paraguaio venceu por 3 a 1.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense vence mais uma e iguala feito que não alcançava há mais de 60 anos

O Fluminense venceu o Vasco na noite deste sábado (26), por 2 a 0, no estádio Nilton Santos, e chegou a nona vitória seguida na temporada, sendo oito pelo Carioca e uma pela Libertadores.

Com o o feito, a equipe de Abel Braga igualou uma série de vitórias que a equipe das Laranjeiras não alcançava desde 1959, mais de 60 anos que não atingia a marca.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Fluminense vence e Marcão passa a ser o dono da maior invencibilidade em Brasileiros pelo Flu

Técnico do Fluminense, Marcão entrou de vez para a história do Tricolor, ao vencer o RB Bragantino, neste domingo (26), pela 22° rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o treinador acumulou seu 16° jogo de invencibilidade a frente do Fluminense.

A marca foi alcançado somando a atual passagem de Marcão, com o final de temporada de 2020, quando o treinador substituiu Odair Hellman, e garantiu a classificação do time para a Libertadores deste ano.

Com os números alcançados neste domingo (26), Marcão ultrapassa Muricy Ramalho, que em 2010 chegou a 15 jogos de invencibilidade na campanha do título daquele ano.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Marcão pode ultrapassar feito de Muricy no Flu neste domingo

O Fluminense recebe o RB Bragantino neste domingo (26), pela 22° rodada do Campeonato Brasileiro. Jogo que pode se tornar histórico para o técnico Marcão, que se não perder, ultrapassa o feito de Muricy Ramalho, se tornando o técnico com maior número de invencibilidade à frente do Tricolor.

Técnico do título de 2010, Muricy ficou 15 jogos invicto na campanha do tricampeonato tricolor, entre a quarta e a 18ª rodada. A sequência invicta começou com uma vitória por 2 a 1 em um Fla-Flu, que encerrou um jejum de dois anos, três meses e 16 dias sem ganhar do rival, e foi até o 1 a 1 com o Palmeiras no Maracanã. Antes de a invencibilidade cair na derrota por 2 a 1 para o Guarani no Brinco de Ouro, foram 10 triunfos e cinco empates. Um aproveitamento de 77,7%.

Muricy Ramalho (2010)

  1. Fluminense 2 x 1 Flamengo (Maracanã)
  2. Atlético-MG 1 x 3 Fluminense (Mineirão)
  3. Fluminense 2 x 1 Vitória (Maracanã)
  4. Avaí 0 x 3 Fluminense (Ressacada)
  5. Fluminense 1 x 1 Grêmio Prudente (Maracanã)
  6. Santos 0 x 1 Fluminense (Vila Belmiro)
  7. Fluminense 1 x 0 Cruzeiro (Maracanã)
  8. Botafogo 1 x 1 Fluminense (Nilton Santos)
  9. Fluminense 3 x 1 Athletico-PR (Maracanã)
  10. Grêmio 1 x 2 Fluminense (Olímpico)
  11. Fluminense 3 x 0 Internacional (Maracanã)
  12. Vasco 2 x 2 Fluminense (Maracanã)
  13. Goiás 0 x 3 Fluminense (Serra Dourada)
  14. Fluminense 2 x 2 São Paulo (Maracanã)
  15. Fluminense 1 x 1 Palmeiras (Maracanã)

Diferentemente de Muricy, a invencibilidade de Marcão não foi em uma edição só: a sequência pega o final do último Brasileirão, da 30ª rodada até a 38ª, e a passagem atual após a demissão de Roger Machado, da 17ª rodada a 21ª. Entre a vitória por 1 a 0 sobre o Sport no Nilton Santos até o 2 a 2 com o Cuiabá na Arena Pantanal, foram nove triunfos e seis empates. Um aproveitamento de 73,3%. O técnico teve duas derrotas nesse período, mas ambas na Copa do Brasil.

Marcão (2020-2021)

  1. Fluminense 1 x 0 Sport (Nilton Santos)
  2. Coritiba 3 x 3 Fluminense (Couto Pereira)
  3. Fluminense 2 x 0 Botafogo (São Januário)
  4. Fluminense 3 x 0 Goiás (Nilton Santos)
  5. Bahia 0 x 1 Fluminense (Fonte Nova)
  6. Fluminense 0 x 0 Atlético-MG (Maracanã)
  7. Ceará 1 x 3 Fluminense (Castelão)
  8. Santos 1 x 1 Fluminense (Vila Belmiro)
  9. Fluminense 2 x 0 Fortaleza (Maracanã)
  10. Fluminense 1 x 1 Atlético-MG (São Januário)
  11. Fluminense 2 x 0 Bahia (Maracanã)
  12. Fluminense 1 x 1 Juventude (Maracanã)
  13. Chapecoense 1 x 2 Fluminense (Arena Condá)
  14. Fluminense 2 x 1 São Paulo (Maracanã)
  15. Cuiabá 2 x 2 Fluminense (Arena Pantanal)

Depois de Marcão e Muricy, os próximos técnicos do Fluminense com maior invencibilidade no Brasileirão são Abel Braga, que ficou 12 jogos sem perder na campanha do tetracampeonato em 2012, e Cuca, que ficou 11 partidas na milagrosa arrancada para escapar do rebaixamento em 2009.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: GE

Marcão chega a 13 jogos de invencibilidade a frente do Fluminense em Brasileiros

A vitória por 2 a 1 sobre a Chapecoense nesta terça-feira (07/09) não apenas recolocou o Fluminense na briga por uma vaga na próxima Libertadores, como também ajudou a manter um retrospecto muito positivo da equipe sob o comando de Marcão no Brasileiro. Com o resultado obtido fora de casa, o treinador ampliou para 13 partidas sua invencibilidade à frente da equipe na competição nacional, somando a reta final da edição passada com o campeonato em andamento.

Ao todo, o Fluminense acumula 8 vitórias e 5 empates em sequência com Marcão, totalizando um aproveitamento de 74,35%. A última derrota da equipe na competição sob o comando do treinador foi para o Corinthians, fora de casa, no dia 13 de janeiro, em partida válida pela 29ª rodada do Brasileirão passado, quando o Tricolor terminou na quinta colocação e conseguiu a classificação direta para a fase de grupos da Libertadores.

Desde que reassumiu o comando do Fluminense durante a atual edição do Campeonato Brasileiro, Marcão já conseguiu duas vitórias (Bahia e Chapecoense) e dois empates (Atlético-MG e Juventude).

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC