fbpx

Adversário do Flu, Antofagasta vive “crise” no campeonato local

Foto: Divulgação/CDA
Equipe está há nove jogos sem vencer.

O próximo adversário do Fluminense na Copa Sul-Americana, o Antofagasta, do Chile, está mal das pernas no campeonato local, o de ocupa a 12° posição no torneio que conta com 16 equipes.

Além do péssimo posicionamento na tabela, o adversário do Tricolor atravessa um jejum de vitórias no Chile, já acumulando nove jogos sem vencer. Contando jogos em casa, no Estádio Regional Calvo y Bascuñan, o retrospecto também não e bom; são quase seis meses sem uma vitória. Em cinco jogos foram quatro empates e uma derrota.

Contra o Fluminense, nesta quinta-feira (21), só a vitória interessa ao time chileno. Qualquer empate com gols garante classificação ao Flu. Empate em 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Fluminense atinge maior jejum de sua história

Clube chegou ao sexto jogo sem marcar nenhum gol.

A derrota do Fluminense por 2 a 0 para o Bahia fez o Tricolor atingir o maior jejum de gols da sua grandiosa história. Levando em conta apenas o Brasileirão, a seca de gols já e superior há um mês, sendo o último marcado por Luciano no dia 21 de outubro na vitória de 1 a 0 sobre o Atlético Mineiro.

De lá pra cá foram seis jogos, com 4 derrotas (3 a 0 para o Santos; 1 a 0 Vasco; 3 a 0 Palmeiras e 2 a 0 Bahia.) Entre eles ainda houveram os dois empates diante de Sport e Ceará, ambos terminados no 0 a 0.

Traduzido em minutos, o Flu já está há 568 minutos sem balançar as redes adversárias, superando a pior seca do Tricolor até então, quando ficou 567 minutos sem balançar as redes adversárias no ano de 1971.

O número fica ainda pior se somado aos jogos da Copa Sul-Americana, 42 ante o Nacional, mais os 90 diante do Atlético Paranaense. Chegando aos incríveis 582 minutos (ou nove horas e quarenta e dois minutos) sem gols.

 

foto: Lucas Merçon

Top