fbpx

Ex Flu, João Pedro marca seu primeiro gol com a camisa do Watford

Se em sua chegada ao Fluminense o atacante João Pedro se destacou marcando gols em sequência, na Inglaterra, a história foi bem diferente.

O atacante que chegou aí novo clube em janeiro de 2020, levou pouco mais de um mês para balançar as redes pela primeira vez em solo inglês, e o tento foi atuando pela equipe sub-23.

Após o jogo, contra o Ispwich Town, que disputa a liga inglesa sub-23, o técnico do Watford da categoria, Richard Thomas, elogiou o moleque de Xerém:

É improvável que ele vá enfrentar ambientes mais difíceis do que este em termos de condições. Ele persistiu, trabalhou arduamente e se saiu bem. Ele teve uma boa atitude – disse Thomas.

Vale destacar que a jogada para o gol do brasileiro foi do argentino Pussetto, que briga por uma vaga no ataque do time principal com João Pedro.

Foto em destaque: Divulgação/Watford

Pé quente: Watford ganha do United em partida que marcou a apresentação de João Pedro

O atacante João Pedro, ex Fluminense já havia sido comprado pelo Watford desde o final do ano passado, porém, sua apresentação oficial no clube inglês aconteceu somente neste domingo (22), na partida contra o Manchester United.

Antes do jogo o atacante entrou no gramado segurando a camisa de número 17, na qual vai atuar no clube inglês, diferente da numeração que jogou pelo Flu, quando vestia a camisa 23.

E o brasileiro pode ser considerado pé quente, pois após a sua apresentação o Watford venceu a partida por 2 a 0. Resultado difícil de acreditar não só pelo adversário, como também pela bola que o Watford vinha jogando, fazendo com que ocupasse inclusive a lanterna da Premier League.

Foto em destaque: Arquivo Pessoal

“Tive boas atuações, foi um ano produtivo” declarou João Pedro sobre seu desempenho em 2019 no Flu

João Pedro, que está de saída para o Watford, para disputar a Premier League, o ano foi ‘acima do esperado’.

Confira o que o jogador declarou:

“Foi uma boa temporada, minhas atuações foram além do que eu esperava. Futebol é momento. Infelizmente, cheguei a ficar alguns jogos na reserva porque eu não vinha fazendo gols pelo Fluminense. Mas, mesmo assim, tive boas atuações. Foi um ano produtivo, terminei a temporada como vice-artilheiro”, disse João Pedro.

“Quero agradecer ao carinho da torcida, que ela sempre teve comigo. Passei metade da minha vida aqui e sempre terei carinho enorme pelo clube”, completou.

Agora, o atacante vai ao futebol inglês jogar no Watford, que ocupa a lanterna da Premier League. Mesmo assim, quer repetir os passos de outro ex-atacante tricolor na Inglaterra, Richarlison, que esteve no clube e hoje joga no Everton.

“Estou muito motivado. Sempre tive o desejo de jogar na Inglaterra e espero ajudar o time a sair dessa situação”, declarou.

Fonte: torcedores

Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Fluminense possui nomes que lideram estatísticas

Com 46 pontos, o Fluminense terminou o Campeonato Brasileiro em 14º lugar e vai receber de premiação, R$ 12,8 milhões. Apesar de ter ficado na parte de baixo da tabela, assegurou uma vaga para a Copa Sul-Americana de 2020. Mesmo sem brilhar coletivamente, o Tricolor teve alguns destaques individuais, ocupando posições importantes em vários fundamentos.

A começar em gols marcados por jogadores sub-20. Os atacantes Marcos Paulo e João Pedro, ambos com 18 anos, fizeram quatro cada um, ficando atrás apenas de Reinier, do Flamengo, que marcou seis gols na competição.

Em assistências, o Fluminense não possui nenhum jogador no topo, porém quatro aparecem no Top-20 em passes para finalizações. Caio Henrique foi o 14º jogador nesse fundamento com 50 contribuições, enquanto Ganso (18º), Nenê (19º) e Daniel (20º), deram 45, 43 e 42 passes respectivamente.

Por conta do estilo de jogo que valorizou a posse de bola, o Fluminense conta com três jogadores entre os cinco primeiros que mais trocaram passes. Em quantidade, Caio Henrique lidera com 2079, seguido por Allan, com 2049. Daniel aparece em quinto, com 1736. No entanto, o volante ultrapassa o lateral-esquerdo em passes certos: 1938 contra 1929. O meia mantém a posição contando apenas os acertos, com 1609.

Em desarmes, Caio Henrique volta a se destacar, aparecendo em oitavo lugar, com 78 certos em 81 duelos, liderando o quesito quando o assunto é aproveitamento, com 96,3%, levando em consideração jogadores com grande número de jogos. Marcos Rocha, do Palmeiras, e Gregore, do Bahia, são os únicos que passaram dos 100 desarmes, mas possuem um aproveitamento de 81,7% e 83,6% respectivamente.

Quando o assunto é interceptações, a zaga tricolor se destacou, sendo a única a ter dois representantes no Top-20. Nino ficou na nona posição, com 20 acertos em 21 tentativas. Digão aparece em 13º, acertando 16 interceptações, em 19 vezes que tentou.

Salvador em diversas oportunidades, garantindo pontos preciosos para o Fluminense, o goleiro Muriel é o 18º em defesas simples, com 59 intervenções em 21 jogos. Em defesas difíceis, Muriel sobe para a 11ª posição, com 27 “milagres”. O detalhe é que todos os goleiros que estão em sua frente nesses fundamentos, disputaram mais jogos.

Fonte: Lance!

Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

João Pedro fica mais uma vez fora de viagem e não deve mais vestir a camisa do Fluminense

Fora da viagem para São Paulo, onde o Fluminense enfrenta o Corinthians na tarde deste domingo (8), pela última rodada do Campeonato Brasileiro 2019, os últimos minutos de João Pedro com a camisa do Fluminense deve ter sido mesmo na partida contra o Fortaleza, na última quarta-feira (4), quando as equipes empataram em 0 a 0 no Maracanã.

Já negociado ao Watford, da Inglaterra, o atacante até estava relacionado para o jogo contra a equipe paulista, porém, não se recuperou de uma pancada sofrida no jogo diante do Fortaleza e, foi vetado pelo departamento médico.

A decisão foi tomada após o treino deste sábado e informada em primeira mão pelo portal Lance!.

Já negociado ao Watford ainda na gestão Pedro Abad, João Pedro teve de esperar completar os 18 anos para seguir para o Inglaterra, o de deve se apresentar ainda na próxima semana.

Assim que assumiu o clube, o presidente Mário Bittencourt assinalou com o desejo de manter o jogador nas Laranjeiras por um empréstimo de pelo menos mais seis meses, fazendo com que se apresenta-se ao novo clube no início da temporada europeia, porém, o Watford descartou qualquer possibilidade de negociação e deseja o atacante de imediato.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Bicicleta de João Pedro ganha prêmio de gol mais bonito da Copa do Brasil

O atacante do Fluminense, João Pedro ganhou o prêmio de gol mais bonito da Copa do Brasil, com o gol de bicicleta marcado no empate em 2 a 2 contra o Cruzeiro no Mineirão.

Além da dificuldade, o gol foi importante na ocasião, pois foi boa instantes finais e acabou levando a decisão para a disposta por pênaltis. Contudo, o Flu acabou sendo eliminado por 3 a 1 na disputa da marca penal.

Homenageado pela competição, com um quadro comemorativo, João Pedro de parou ser o gol mais importante da curta carreira e lembrou de agradecer ao companheiro Daniel, autor da assistência na jogada.

João Pedro fez questão de agradecer o passe de Daniel. (Foto: Divulgação/FFC)

Daniel mostrou ser mesmo um verdadeiro garçom, tanto que terminou a temporada como maior assistente da equipe, com mais de 10 passes terminados em gol.

Marcão se pronuncia sobre ‘polêmica’ por não relacionar João Pedro: “Teve uma virose”

Ao longo da semana, até a mãe do jovem atacante falou sobre a situação em uma rede social

Foto: Lucas Merçon / FFC

Se dentro de campo a semana foi perfeita para o Fluminense, tendo em vista que foram duas vitórias conquistadas em quatro dias, fora dele uma polêmica envolvendo novamente o atacante João Pedro mexeu com os bastidores. Isso porque o jovem ficou de fora dos relacionados para a partida contra o Palmeiras, no Maracanã, por conta de uma virose, conforme divulgou o clube.

Porém, através de uma rede social, a mãe do atleta se posicionou e opinou sobre o acontecido, gerando um pequeno mal-estar pela situação. Em sua entrevista coletiva após a vitória por 1 a 0 sobre o Verdão, o técnico Marcão reforçou a informação dada pelo Fluminense, e afirmou que o mesmo só ficou de fora por não ter treinado normalmente durante a semana, já que estava se recuperando da virose.

“Ele teve uma virose. Quando a gente voltou, fez apenas um treinamento. Se não me engano, ontem (quarta) foi o único treinamento dele com o grupo. A gente tinha que priorizar quem vinha treinando. Se mostrar que está querendo, como os outros, vai estar junto com a gente”, afirmou.

Totalmente recuperado, João Pedro já está apto para treinar e jogar normalmente, podendo reaparecer entre os relacionados já no duelo contra o Avaí, no próximo domingo (1), às 16h (de Brasília), na Ressacada. A partida é válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em caso de vitória, o Tricolor pode acabar de vez com qualquer risco de rebaixamento. 

João Pedro participa de atividade e deve reforçar o Flu

Recuperando-se de uma virose que o deixou inclusive de fora da viagem para Maceió onde o Fluminense enfrentou o CSA na noite da última segunda-feira (25), o atacante João Pedro participou normalmente da atividade desta terça-feira (26) no CT Carlos Castilho e deve reforçar o Flu contra o Palmeiras, na próxima quinta-feira (28).

O jogador que apresentou um quadro de febre e mal estar por conta da virose, deve no entanto começar a partida no banco de reservas, uma vez que o jovem já negociado ao Watford, da Inglaterra, perdeu espaço com o técnico Marcão, perdendo espaço para seu companheiro da base, Marcos Paulo, que forma a dupla de ataque com Yony Gonzalez.

Fluminense e Palmeiras se enfrentam nesta quinta-feira (28), às 19h e 30, no estádio do Maracanã. Uma vitória na partida e o Flu praticamente se assegura na elite do futebol brasileiro do ano que vem.

Foto: Divulgação/FFC

Dívida do Flu: venda de João Pedro não chegará mais a R$ 46 milhões

Atacante não cumprirá todos os bônus por performance estipulados com o Watford, e números alcançarão no máximo € 9 milhões. Reta final do Brasileiro pode render mais grana

Flu ainda tem dinheiro a receber, mas não vai alcançar o máximo de € 10 milhões (cerca de R$ 46 milhões) pela venda de João Pedro ao Watford, da Inglaterra. Atualmente no banco de reservas, o garoto não poderá mais alcançar todos os bônus de performance previstos em contrato para esta temporada, mas ainda pode render uma grana extra ao clube.

Se João Pedro jogar por mais de 45 minutos em cada uma das últimas seis rodadas do Brasileirão, a começar pela partida do próximo sábado, contra o Atlético-MG, no Maracanã, o Fluminense terá direito a mais € 1 milhão (R$ 4,6 milhões) ao fim da temporada. O valor é referente a um dos gatilhos firmados em contrato com os ingleses. Caso todos os demais gatilhos possíveis sejam alcançados, a venda totalizará € 9 milhões (cerca de R$ 41 milhões).

fonte: globoesporte

Top