fbpx

Richarlison revela conselho e faz elogios a João Pedro: “Vai chegar longe”

Convocado para a Copa América no Brasil, Richarlison trilhou um caminho que promete ser o mesmo a ser percorrido por João Pedro. Graças ao bom desempenho ainda na base, o jovem de 17 anos foi negociado ao Watford, da Inglaterra, primeiro clube do ex-jogador do Fluminense na Europa. Mais maduro após duas temporadas em solo inglês, o atacante do Everton revelou que deu conselhos à joia de Xerém.

– Assim que ele foi vendido, me perguntou como era o Watford. Falei que era um lugar ótimo para os jovens. E é um clube que coloca na vitrine. Acho que ele vai se dar bem lá. Talvez pela posição seja difícil, porque tem o Troy Deeney, que é capitão lá e é difícil sair do time. Mas o João Pedro tem um grande futuro, espero que chegue bem e possa jogar. O moleque é bom, meteu três gols (contra o Atlético Nacional), eu estava acompanhado. Tomara que ele siga focado, pois vai chegar longe.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

João Pedro dedica gols a mãe e avó e comemora sucesso no Fluminense: “Nunca imaginei isso na minha vida”

Aos 17 anos, João Pedro deixou o Maracanã incrédulo ao brilhar em sua primeira chance entre os titulares, na última quinta-feira. Anotou três gols, o que lhe rendeu a bola do jogo, e uma assistência na goleada por 4 a 1 sobre o Atlético Nacional, pela Sul-Americana. A atuação de gala foi dedicada à mãe, Flávia, e à avó Dalva.

– Nunca imaginei isso na minha vida. As coisas estão acontecendo muito rápido. Estou trabalhando e os gols estão saindo. Fico muito feliz. Quero agradecer a Deus, ao professor Diniz pela oportunidade e à torcida pela presença e pela festa. Dedico meus gols para minha mãe (Flávia) e minha avó (Dalva), que sempre me apoiaram – explicou.

Negociado para o Watford desde o fim de 2018, o jovem espera completar a maioridade para se transferir para a Inglaterra, o que deve ocorrer em janeiro ou, em caso de acordo entre os clubes, em junho do ano que vem. Ele, porém, garantiu foco no Time de Guerreiros.

– É fruto de muito trabalho no ano passado. Estou com a cabeça no Fluminense. Quero aproveitar o momento que estou vivendo. Quero buscar evoluir cada vez mais para trazer alegria para a torcida.

Substituído no fim da primeira etapa alegando dores no ombro, João Pedro tranquilizou a torcida e assegurou boas condições de encarar o Bahia no próximo domingo, pelo Brasileirão.

– O ombro estava um pouco duro, incomodando bastante. Mas não é nada grave, não.


LEIA MAIS RESPOSTAS DE JOÃO PEDRO:

Prêmio por hat-trick: “Não sabia que pegava a bola! O supervisor que me deu no fim. Daniel que falou para mim ali no fim. Não sabia!”.

Assédio dos tricolores: “Quando saio na rua, pessoas pedem para tirar foto. Nas redes sociais, muitas mensagens, seguidores. Mas não posso deixar isso subir à cabeça. Tem muita coisa pela frente. Busco sempre trabalhar e evoluir mais”.

Pênalti perdido por Yony González: “Eu tinha que esperar decidirem. Tinha Luciano, Ganso e Yony, que vinham jogando. Mas, se ninguém se prontificasse, eu poderia bater, sim”.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Watford comemora atuação de gala de João Pedro

Foto: André Durão

A noite mágica de João Pedo pelo Fluminense, quando marcou três gols e deu uma assistência na goleada de 4 a 1 do Tricolor sobre o Atlético Nacional, da Colômbia, repercutiu Mundialmente.

Já vendido ao Watford, da Inglaterra, João Pedro teve atuação festejada pelo clube inglês, que usou o twitter para destacar a partida memorável que fez atacante de 17 anos:

O fenômeno está aqui: início de carreira de João Pedro supera os números de Ronaldo

Foto: Lucas Merçon/FFC

O garoto João Pedro foi mais uma vez o grande protagonista da vitória do Fluminense por 4 a 1 diante do Atlético Nacional, da Colômbia, na noite da última quinta-feira (23) no Maracanã, quando foi o autor de três dos quatro gols e ainda deu assistência paro o gol de Luciano.

A fase do garoto de 17 anos é tão boa que os números de João Pedro nesse início de carreira já é superior ao de Ronaldo Fenômeno, chegando a sete gols em 10 jogos contra seis do Fenômeno com o mesmo número de partidas. Outro grande craque brasileiro, Neymar tinha anotado apenas três gols nas suas 10 primeiras partidas.

Confira os números das principais revelações do futebol brasileiro nos seus 10 primeiros jogos oficiais como profissional:

João Pedro ainda têm um grande diferencial: a partida contra o Atlético Nacional foi a primeira do jogador como titular do Fluminense. Embora ainda seja cedo pra afirmar o número do garoto e de deixar qualquer torcedor empolgado. Das nove finalizações, acertou todas na direção do gol, marcando sete vezes e ainda conta com duas assistências.

Números de João Pedro segundo estatísticas do Footstats:

  • 10 jogos como profissional
  • 216 minutos em campo
  • 9 finalizações realizadas
  • 9 finalizações certas
  • 7 gols marcados
  • 2 assistências

Fonte: Globoesporte.com

João Pedro deve ser titular contra o Atlético Nacional

Foto: Divulgação/FFC

Destaque nos dois jogos contra o Cruzeiro, João Pedro é a bola da vez no Fluminense. O atacante de apenas 17 anos, já vendido ao Watford, aproveitou as chances que teve e parece gabaritado para começar uma partida como titular.

Já ouviram o ditado “há males que vem para o bem”? Então, esse é o caso. Léo Arthur foi a escolha de Fernando Diniz para atuar no ataque por causa da ausência do Pedro nos dois jogos contra o Cruzeiro. Substituído nas duas ocasiões, o meia não esteve mal, mas ficou claro a melhora do time com as entradas de João Pedro e Marcos Paulo. O jovem centroavante mostrou faro de gol ao balançar as redes 3 vezes em duas partidas diante do bom sistema defensivo cruzeirense.

Foto: Divulgação/FFC

O regulamento da Copa Sul-americana permite a troca de apenas três jogadores nessa fase. Com as saídas de Ezequiel, Matheus Gonçalves e Everaldo, o treinador Fernando Diniz escolheu os titulares Ganso, Allan e Nino para completar a lista. Nomes como Ewandro, Kelvin e Léo Arthur sobraram. Além deles, Guilherme e Yuri não poder disputar o torneio porque já foram inscritos por suas antigas equipes. O destino ajudou e João Pedro e Marcos Paulo já estavam na listagem inicial. Os dois aparecem como opções fundamentais para o duelo contra o Atlético Nacional.

O time colombiano é o lanterna do seu grupo no quadrangular final do campeonato local com um empate e duas derrotas. O Fluminense tem a missão de abrir uma boa vantagem para garantir a classificação para as oitavas de final. A partida acontece na próxima quinta-feira, às 21h30, no Maracanã.

Em alta com a torcida, João Pedro celebra gols marcados e afirma: “Parece um sonho”

Assim como no duelo da última quarta-feira, atacante entrou, balançou as redes e decidiu para o Fluminense

Foto: Lucas Merçon / FFC

A estrela de João Pedro brilha a cada dia mais no Fluminense. Depois de entrar aos 37 do segundo tempo e marcar o gol de empate contra o Cruzeiro, na última quarta-feira, o atacante voltou a mudar os rumos do jogo diante dos mineiros. Decisivo, o jovem de 17 anos foi à campo e, eficiente como no primeiro confronto, balançou as redes duas vezes na goleada por 4 a 1 do Tricolor. Após a partida, João Pedro comemorou o bom momento que vem vivendo. Foram 3 gols em 2 jogos diante da equipe Celeste.

“Quero agradecer a Deus. Tudo o que estou vivendo parece um sonho. Jogar no Maracanã, marcar dois gols contra o Cruzeiro…”, disse.

O jovem também fez questão de destacar sua parceria com Marcos Paulo, autor das duas assistências para os tentos do atacante. Ambos são oriundos de Xerém e jogam juntos desde pequenos, o que explica o grande entrosamento e entendimento dentro de campo.

“Esse moleque (Marcos Paulo) é fenômeno. Joga muito. O entrosamento vem desde pequeno”, concluiu.

Problemas no ataque? Chama os garotos

O empate contra o Cruzeiro na noite de ontem serviu, novamente, para a torcida poder observar mais de perto, os dois garotos mais promissores da base tricolor nos últimos anos, além, claro do Pedro.

João Pedro e Marcos Paulo entraram na segunda etapa e mudaram a partida. O primeiro, fez o gol de empate no último minuto da partida. O segundo, mandou uma bola no travessão de Fábio e quase empatou a partida.

João Pedro e Marcos Paulo comemoram com a torcida o gol de empate (Foto: Lucas Merçon/FFC)

Essa dupla é uma das mais vitoriosas da base tricolor. João Pedro, porém, já está vendido para o Watford-ING e embarca para Londres no fim do ano. Já Marcos, tem uma multa de 200 milhões de reais e é frequentemente convocado para a seleção de base de Portugal, já que tem dupla nacionalidade.

Muitas vezes, ambos sequer nem entram nas partidas. E a pergunta é: Por quê?

O Flu trouxe Ewandro, Guilherme e Kelvin, jogadores da posição de Marcos Paulo e com isso, o garoto perde espaço. Já JP, tem tudo para ser o reserva imediato de Pedro, além do que, o Flu ganha uma bonificação do time inglês para uma série de metas à serem cumpridas, incluindo cada jogo jogado.

Ao perder Everaldo, o Flu se preparou e trouxe esse três atletas para compôr elenco e até agora, nenhum dos três impressionou, uma vez que nenhum chegou a jogar um jogo completo.

Porém, ás vezes, olhar para a base, pode ser melhor do que sair contratando jogadores à rodo e torcer para que algum dê certo. E João Pedro e Marcos Paulo já provaram que tem muita qualidade e potencial para serem peças importantes no elenco tricolor.

João Pedro(9) e Marcos Paulo(10) comemoram o título na base (Foto:Fluminense)

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

‘Salvador da pátria’, João Pedro revela papo com Diniz: “Falou que eu iria fazer o gol”

Jovem atacante entrou na parte final do jogo e marcou o gol de empate do Tricolor nos acréscimos

Foto: Lucas Merçon / FFC

Aos 17 anos de idade, João Pedro se viu em uma situação de bastante pressão na partida contra o Cruzeiro. O Fluminense perdia o jogo de ida por 1 a 0 e se complicava demais na Copa do Brasil, até que aos 37 minutos do segundo tempo Fernando Diniz o chamou e o mandou à campo. Revelado nas categorias de base do Tricolor, o atacante aproveitou muito bem o pouco tempo que teve. Mostrou-se incisivo, buscou o ataque e, nos acréscimos, foi premiado com o gol de empate, levando a torcida presente no Maracanã ao delírio.

Após o duelo com os mineiros, João Pedro revelou a ‘profecia’ do treinador do Fluminense antes de fazer a substituição e fez questão de enaltecer a postura dos jogadores diante das adversidades.

“Ele (Diniz) falou para eu acreditar até o final, que eu iria fazer o gol. Deu certo, graças a Deus. O grupo todo está junto. Quando a gente entra dentro de campo, dá o nosso melhor. Vamos tentar a classificação lá em Belo Horizonte”.

O Fluminense volta à campo no próximo sábado (18), quando enfrenta novamente o Cruzeiro, no Maracanã, em confronto válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Temporal derruba árvore sobre carro da mãe de jogador do Fluminense

Um temporal atingiu o Rio de Janeiro nesse domingo, enquanto Fluminense e Goiás duelavam no Maracanã, na estreia no Campeonato Brasileiro. Os ventos, aliás, derrubaram uma árvore no estacionamento do estádio, levando-a à queda sobre o carro da mãe do atacante João Pedro, Flávia Junqueira. Ninguém se feriu.

A mulher, que acionará o seguro do carro, assistiu à derrota para o Goiás, por 1 a 0, ao lado do marido, Carlos Junior, padrasto de João Pedro, que entrou em campo aos 46′ do segundo tempo. Por sua vez, o Tricolor vai contactar o seguro do Maraca, em seu primeiro jogo como gestor do local. A imagem do veículo danificado foi registrada pelo fotógrafo André Durão.

A chuva começou ao longo da primeira etapa, no momento em que Luciano cobraria pênalti, e provocou falta de luz e poças d’água no gramado. Desse modo, o juiz precisou paralisar o duelo, que só seria retomado em vinte minutos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Fluminense leva quatro jogadores em convocação para período de treinos pela Seleção sub-18

André Jardine divulgou, nesta sexta-feira, sua primeira convocação à frente da Seleção sub-18, com 27 jogadores nascidos em 2001, para período de treinos na Granja Comary, em Teresópolis. Quatro deles, inclusive, representarão o Fluminense na Canarinho: os atacantes Marcos Paulo e João Pedro, o meia André e o zagueiro Luan.

– Recebi a notícia da minha primeira convocação com muita alegria. Trabalhei muito para conseguir dar mais esse passo na minha carreira e isso me dá certeza de que estou no caminho certo e mais força para seguir trabalhando. Queria agradecer a todos que estão comigo desde o começo. Minha família, que é a base de tudo; meus representantes, que cuidam da minha carreira; companheiros de equipe e, principalmente, ao Fluminense, por ter me dado a oportunidade e ter apostado em mim. Desde Xerém, onde pude aprender muito, até o profissional – disse João Pedro, em entrevista ao LANCE!.

Ao lado do São Paulo, igualmente com quatro jogadores chamados, o clube das Laranjeiras domina a lista. Os jovens se apresentarão em 4 de maio e só retornarão aos seus times no dia 10.

Devido ao mau desempenho no Sul-Americano no Chile, em fevereiro, a Seleção vem passando por reformulação. Com Branco como coordenador das categorias de base, a partir de agora haverá convocações segmentadas por idade, para que mais atletas tenham chance de mostrar serviço com a amarelinha.

– Estou muito feliz por essa primeira convocação, ansioso para começar a trabalhar e conhecer os meninos mais de perto. Acho fundamental esse projeto (de convocações segmentadas). Vamos conseguir dar uma continuidade maior, ter uma amostragem maior para, no futuro, termos times cada vez mais fortes e com uma identidade bem definida – declarou Jardine ao site da CBF.


CONFIRA A RELAÇÃO COMPLETA:

Goleiros: Lucão (Vasco), Yuri (Vitória) e Rafael (Coritiba);

Defensores: Morato, Lucas Fasson, Wellington (São Paulo), Luis Gustavo, Ramon (Flamengo), Kaique (Santos), Luan (Fluminense), Khellven (Athletico Paranaense) e Nathan (Vasco);

Meio-campistas: Jadson (Cruzeiro), Maykon Douglas (Vitória), Fernando (Grêmio), André (Fluminense), Ed Carlos (São Paulo), Lucas Lourenço (Santos) e Dudu (Internacional);

Atacantes: Marcos Paulo, João Pedro (Fluminense), Guilherme Azevedo (Grêmio), Igor Sapão (Coritiba), Yuri Alberto (Santos), Thiaguinho (Náutico), Gabriel Martinelli (Ituano) e Reinaldo (Criciúma).


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top