fbpx

Operação de Pedro é um sucesso e jogador deve ter alta já neste sábado

Jogador ainda realizou uma reparação no menisco.

O atacante Pedro foi operado na tarde desta sexta-feira (21). O atacante que sofreu um estiramento no ligamento cruzado do joelho direito no último dia 25 de agosto vai levar de seis a oito meses para retornar aos gramados.

Apesar da equipe médica responsável pelo procedimento não ter divulgado nenhum detalhe da cirurgia, o próprio departamento do Fluminense informou que a operação foi bem sucedida e que o atacante deve ter alta já neste sábado (22).

Além da operação no ligamento cruzado, Pedro passou por uma intervenção no menisco do mesmo joelho. Contudo, de acordo com as primeiras informações do DM Tricolor, a correção no menisco só ocorreu pelo fato do jogador já estar na mesa de cirurgia.

Ainda de acordo com os médicos, a falha no menisco tinha cerca de um centímetro, bem pequena, não havendo necessidade de operar só para essa correção. Os médicos ainda informaram que a correção não implicará no tempo estipulado para o retorno do jogador.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

fonte

Pedro passará por cirurgia e só retorna aos gramados em 2019

Atacante sofreu um estiramento no joelho direito.

O temor da torcida tricolor se confirmou: conforme noticiado pelo portal UOL, Pedro, artilheiro do time na temporada, terá de passar por uma intervenção cirúrgica no joelho direito e, tem retorno previsto só em 2019.

O atacante que sofreu um estiramento no ligamento do joelho direito há cerca de um mês chegou a fazer um tratamento conservador afim de evitar a cirurgia. Em princípio, o tratamento foi bem sucedido, mas houve o temor que a lesão pudesse se agravar e o próprio departamento médico do Tricolor achou por melhor realizar a cirurgia.

Contudo, sugundo informações do site Globoesporte.com, antes da decisão, o staff do jogado ainda procurou por uma segunda opinião, quando consultou o médico do Atlético Mineiro e da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, que também achou por melhor realizar a cirurgia. Lasmar inclusive, deve ser o responsável pela operação no atacante.

A previsão de retorno é de seis meses, ou seja, entre março e abril de 2019.

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Lesão deve deixar Pedro de fora por três semanas

Atacante foi diagnosticado com estiramento nos ligamentos do joelho.

A derrota do Fluminense para o Cruzeiro no último sábado (25) ficou em segundo plano para a torcida Tricolor, que ficou apreensiva com a lesão de Pedro, que deixou o campo no intervalo após uma torção no joelho direito.

O jogador que desembarcou junto com a delegação Tricolor no Rio de Janeiro, neste domingo (26) pela manhã, foi submetido a realização de exames no local da contusão, onde indicou um estiramento no joelho direito do atacante.

Embora a lesão não seja tão séria como parecia a princípio, deixará Pedro de fora dos gramados por cerca de três semanas, fazendo com isso que o atacante seja também cortado dos amistosos da seleção Brasileira contra os EUA e El Salvador nos dias 7 e 11 de setembro respectivamente, fato esse que ainda não foi oficializado mas deve ser feito nos próximos dias.

A princípio o tratamento será feito de forma conservadora, sendo descartada uma intervenção cirúrgica. O jogador deverá ser reavaliado em duas semanas para acompanhar a evolução da lesão.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Divulgação FFC

Top