Jogadores do Flu apoiam técnico mesmo após declaração de Celso a favor da saída de Marcão

Com a última declaração pública do vice geral Celso Barros de que é necessária uma mudança no cargo técnico, o grupo de jogadores comprou a briga de Marcão.

O treinador, que estará no comando da equipe contra o São Paulo, nesta quinta, no Morumbi, está pressionado. Uma situação que se repete mais uma vez no clube este ano.

Yuri tentou fugir do assunto, mas declarou:

– A gente cai num ponto em que se o técnico é mandado embora a culpa é praticamente dos jogadores. Talvez nisso a gente se abale. Mas é do futebol. Infelizmente no Brasil se não há resultado sobra para o treinador. É assim na maioria das vezes. Mas a gente não pode pensar nisso. Tem que pensar em trabalhar todos os dias e ir para o jogo da melhor forma possível. Hoje o Marcão é o treinador, e agente está fechado com o Marcão.

Ao contrário do vice geral, o mandatário ainda defende a manutenção de Marcão. Nesta segunda, em entrevista ao “Globoesporte.com”, o ex-patrocinador chegou a tornar pública a divergência na cúpula.

– A gente está preocupado dentro de campo. Esses problemas de fora eles que resolvam. Estamos fechados com o Marcão. Não acredito que isso atrapalhe nosso rendimento – continuou o volante.