“Atacante tem que estar sempre preparado”, diz John Kennedy após dois gols no Fla-Flu

Herói com dois gols na vitória do Fluminense por 3 a 1 sobre o Flamengo, o atacante John Kennedy destacou a parceria com Luiz Henrique – autor da assistência no segundo gol, e comentou que atacante tem que estar sempre preparado:

Temos que estar preparado sempre. O atacante tem que está preparado pra chance que estiver marcar o gol. Fui muito feliz em fazer os dois gols e o Abel em sacramentar o placar – comentou o atacante, que ainda brincou com o parceiro Luiz Henrique, prometendo pagar o jantar.

Claro! Vou sim (risos) – completou John Kennedy.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Novo carrasco? John Kennedy tenta repetir nos profissionais fama de carrasco rubro-negro

A fama e o apelido de “carrasco” surgiram com gols em profusão nas categorias de base. Para John Kennedy, Fla-Flu é um jogo diferente, que carrega uma magia especial. E se o atacante se acostumou a ser decisivo para o Fluminense em Xerém, agora ele tem a oportunidade de aparecer entre os profissionais. Neste sábado, às 19h, no Maracanã, o garoto de apenas 19 anos de idade terá a missão de ajudar o Tricolor a emplacar mais uma vitória no Campeonato Brasileiro.

Estou confiante para esse jogo. Vai ser meu segundo seguido e a rapaziada está me passando muita segurança e confiança. Aos poucos vou readquirindo o ritmo. Agora é focar e tentar fazer um golzinho, quem sabe? – declarou o atacante.

Há menos de um mês, John Kennedy foi a grande estrela do título do Fluminense no Campeonato Carioca Sub-20, ao marcar três gols na decisão contra o Flamengo. Ao todo, desde 2019, o Moleque de Xerém balançou as redes do rival em dez ocasiões na base, entre Sub-17 e Sub-20. Agora, em seu segundo Fla-Flu, ele quer repetir a dose no time principal.

Clássico é sempre diferente, todos são importantes. Mas o Fla-Flu tem um gosto especial pela rivalidade que foi desenvolvida. Na base eu fiz muito gol contra o Flamengo, então me deram essa fama, esse apelido. E eu gostei, espero que se repita no profissional – afirmou o garoto, que soma 23 jogos e quatro gols pelo time principal do Tricolor.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

John Kennedy fica fora de jogo do sub-20 e deve enfrentar o Corinthians pelos profissionais

O Fluminense entra em campo nesta terça-feira (12) para enfrentar o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro Sub-20, e com um grande desfalque: John Kennedy, um dos principais nomes da categoria.

A ausência do atacante se explica: como o elenco profissional viaja nesta tarde para São Paulo, onde enfrenta o Corinthians, não havia possibilidade do jogador atuar nas duas partidas. Assim, Marcão solicitou a presença do atacante no time profissional e, John Kennedy segue com a equipe que enfrenta o Corinthians nesta quarta-feira (13).

Veja a escalação do time Sub-20 para enfrentar o Grêmio:

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Após bom desempenho contra o Atlético-GO, John Kennedy pode ficar de fora contra o Corinthians

Lançado no segundo tempo da partida contra o Atlético-GO, no último sábado (09), o atacante John Kennedy saiu de campo deixando uma boa impressão aos torcedores do Fluminense. Porém, o jogador pode ficar de fora da partida contra o Corinthians, nesta quarta-feira (13).

De acordo com informações de Victor Lessa, setorista do Fluminense na Rádio Globo, o atacante deve ser aproveitado nesta terça-feira (12), quando o Fluminense enfrenta o Grêmio pelo Brasileirão sub-20.

Há porém a chance de Marcão solicitar a presença do jovem na partida dos profissionais, deixando o atacante de fora da partida do sub-20 e incluso na delegação que embarca para São Paulo na tarde desta terça-feira (12).

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Com show de John Kennedy, Moleques de Xerém batem o Flamengo de virada e abrem vantagem na final do Carioca sub-20

Nas Laranjeiras, John Kennedy brilha, faz três gols e Fluminense bate o Flamengo de virada por 4 a 1 na primeira partida da final do Campeonato Carioca Sub-20. Jogo da volta acontece na próxima quinta-feira (30/9), às 10hrs, na Gávea.

Entre as novidades para a partida em relação ao último jogo da categoria, o técnico Eduardo Oliveira contou com os retornos de Luan Freitas e John Kennedy, que estavam servindo a equipe profissional.

Em um confronto bastante disputado, o Flamengo aproveitou um erro de passe no meio-campo para puxar contra-campo mortal e abrir o placar com João Pedro logo aos 5 minutos.

A reação Tricolor não demorou a acontecer. No minuto seguinte, Matheus Martins fez boa jogada individual e encontrou John Kennedy livre na área para igualar o marcador.

O camisa 9 mostrou sua estrela aos 14. Yago cobrou escanteio na medida e John Kennedy subiu no terceiro andar para virar o jogo nas Laranjeiras.

O Flu ampliou a vantagem aos 16 minutos. Matheus Martins fez outra boa jogada e finalizou na trave, Yago aproveitou o rebote e marcou o terceiro gol dos Moleques de Xerém.

O Rubro-Negro voltou a levar perigo aos 30. Thiaguinho recebeu de André e rolou para Lázaro na marca do pênalti. O camisa 10 finalizou rasteiro mas parou em grande defesa do goleiro Thiago.

O arqueiro Tricolor fez outra boa defesa aos 44, após finalização de longa distância do atacante João Pedro, autor do primeiro gol.

O Flamengo começou a segunda etapa assustando com chutes de André e Lázaro. Aos 8, Daniel Cabral cobrou falta com perigo, obrigando o bom goleiro Thiago a intervir de forma providencial.

Aos 23, contra-ataque do Flu, Yago carregou a bola do campo de defesa e tocou para Alexandre Jesus, o camisa 11 encontrou John Kennedy, que cortou a marcação e acertou a trave do goleiro João Fernando.

A pressão do Fla quase resultou em gol. Aos 27, Matheus França girou na entrada da área e finalizou colocado, a bola bateu nas duas traves mas, caprichosamente, não cruzou a linha.

O jogo se encaminhava para o fim quando a estrela de John Kennedy voltou a brilhar. Aos 43, o lateral Jhonny cruzou na área, o arqueiro João Fernando fez o corte mas acabou se chocando com a trave, Alexandre Jesus pegou o rebote e encontrou o Carrasco livre para marcar seu terceiro gol na partida.

Aos 44, o camisa 10 do Flamengo Lázaro foi expulso após acertar uma cotovelada no volante Tricolor Edinho.

Fluminense foi a campo com: Thiago, Jhonny Luan Freitas, Davi e Marcos Pedro; Alexsander, Wallace e Yago; Matheus Martins, Alexandre Jesus e John Kennedy.

Foto: Maílson Santana/FFC

Mesmo recuperado da Covid-19, John Kennedy segue de fora do time

Após ficar 14 dias afastado do elenco Tricolor depois que testou positivo para a Covid-19, o atacante John Kennedy se reapresentou na última quinta-feira (13), porém, ainda seguirá de fora da equipe.

O time que enfrenta o Flamengo neste sábado (15), no primeiro jogo da decisão do Estadual, também não deve ter Fred e Nenê, ambos poupados.

John Kennedy começou a sentir sintomas de gripe próximo ao jogo contra o River Plate, no dia 22 de abril, pela estreia na Libertadores, e foi afastado preventivamente ficando fora, inclusive, da viagem para a Colômbia, na semana seguinte, para o jogo contra o Santa Fe, dia 28. Neste mesmo dia, o atacante testou positivo para Covid-19.

Os 14 dias de isolamento determinados pelo clube após o resultado positivo para Covid-19 se encerrou nesta terça-feira. Como o Fluminense joga nesta quarta pela Libertadores, contra o Santa Fé, no Maracanã, a reavaliação do jogador ficou para quinta-feira.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Ausências no Flu: Ganso, Miguel e John Kennedy ficam fora da estreia Tricolor na Libertadores

O Fluminense estreia na Libertadores na noite desta quinta-feira (22), quando enfrenta o River Plate, às 19h, no Maracanã. O clube divulgou nesta manhã a lista dos relacionados e, duas ausências chamaram atenção: Ganso e Kayky.

Segundo a própria assessoria, John Kennedy, não vai pro jogo por apresentar sintomas gripais, sendo deixado isolado de forma preventiva. Já sobre Ganso não houve nenhum posicionamento a respeito da ausência do meia, que esteve entre os relacionados na última partida do clube, no último sábado (17), contra o Botafogo, mas esteve os 90 minutos no banco, sendo assim, conclui-se que o meia tenha ficado de fora por opção técnica.

Outro que também não estará na partida é Miguel. O meia também não teve nenhuma informação sobre a ausência, assim como Ganso, o que também leva a crer que tenha ficado de fora por opção de Roger.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Autor do segundo gol contra o Boavista, John Kennedy fala sobre parceria com Kayky

Após iniciar a temporada entre os titulares, o atacante john Kennedy acabou perdendo espaço no Fluminense com a escalação de parte do elenco principal. No entanto, o atacante entrou no segundo tempo da partida contra o Boavista, quando marcou o segundo gol do jogo, seu primeiro na temporada.

A jogada foi toda produzida por Xerém, com passe de Kayky e finalização de John. Dupla essa que já era entrosada na vase. John Kennedy atuou com Kayky no Sub-17 do Flu em 2019 e conquistaram o Carioca e chegaram às semifinais da Copa do Brasil, time precursor da “Geração dos Sonhos”.

Jogamos juntos pelo Sub-17. Realmente, é fácil demais (jogar com ele). Um jogador diferenciado e muito habilidoso. Quando percebi ele vindo com a bola, já sabia que alguma coisa boa ele ia fazer. E foi um passe perfeito, que me deixou em boas condições de finalizar na saída do goleiro. Kayky é acima da média e tenho certeza que ainda vai ajudar muito o Fluminense – disse o atacante em entrevista ao portal GE.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

John Kennedy reconhece atuações ruins nos últimos jogos e dedica gol ao filho recém-nascido

Autor do segundo gol Tricolor na vitória por 2 a 0 sobre o Boavista, o atacante John Kennedy chegou a 3 gols em 11 jogos como profissional. O jovem de 18 anos reconheceu não ter feito boas atuações nas últimas partidas, mas ressaltou a importância do gol para recuperar confiança.

– Não estava vindo de boas atuações nas partidas. Gol importante para dar um pouco mais de confiança. Agora é tentar seguir, continuar fazendo gols e ajudar a equipe… A gente vem treinando essas jogadas de infiltrações. Roubamos a bola, fizemos a transição rápida, eficaz, e fui feliz no chute. – comentou o atacante.

O gol foi especial para o jovem por outro motivo também, na comemoração John Kennedy homenageou o filho recém-nascido Davi Lucas.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Roger Machado elogia atuação de jovens: “Importância é tê-los sempre como alternativas”

Em coletiva de imprensa realizada após a vitória por 2 a 0 contra o Boavista em Bacaxá, o técnico Roger Machado fez questão de elogiar a atuação do trio formado em Xerém Gabriel Teixeira, Kayky e John Kennedy.

Importância é tê-los sempre como alternativas. Alguns consigam alcançar o protagonismo e poder nos ajudar cada vez mais dentro de campo. Se tornar titulares, ajudar o clube a ser campeão… Jogar um futebol que permita alavancar a atuação do time quando necessário. Hoje foi um momento como esse: quando lançamos mão de jogadores jovens, caso do Kayky e do Kennedy no segundo tempo, conseguiu manter o mesmo nível de atuação. Inclusive ampliando o placar que definiu a partida.

Na sequência, ele comentou sobre a possiblidade de as boas atuações dos jovens alterarem os planos de reforços para determinadas posições.

Essa é a nossa proposição, dar campo a jogadores jovens e sentir como eles vão se comportar nos compromissos duros. Porque isso pode inclusive fazer com que a gente mude a questão de planejamento em busca de jogadores com características iguais a do Gabriel (Teixeira), do Kayky, no mercado. Então, além da estratégia, também tem o desejo de perceber esses jogadores.

– Assim como o (John) Kennedy, que já fez ano passado aparições no profissional, fazendo gols; como o Samuel, que também fez gol; e agora o Kayky e o Biel, que nos dois primeiros jogos fizeram parte da escalação ou entraram no decorrer das partidas. É um pouco de cada questão, jamais desmerecendo o campeonato estadual, que é muito importante, mas também proporcionando a esses jogadores experiências de campo que vão definir muitas coisas com relação a planejamentos de futuros processos no elenco. – disse o técnico Tricolor.

Foto: Lucas Merçon/FFC