fbpx

Jornalista “aconselha” Felipão a recusar o Fluminense

Foto: Divulgação

Bastou vazar a informação de que o Fluminense teria entrado em contato com Luís Felipe Scolari para assumir o comando do Tricolor que, já surgiram as polêmicas.

Em seu blog, no site dos canais Fox Sports, o jornalista Carlos Sartori “aconselhou” Felipão a recusar o Fluzão.

Como justificativa da opinião, o jornalista desferiu diversas críticas aos dirigentes cariocas, principalmente de Fluminense, Botafogo e Vasco, que na visão de Sartori, atuam de forma amadora, montando fracos elencos com atrasos salariais, demissões em massa dos treinadores dentre outros “pecados”.

Sartori ainda encerra seu texto “aconselhando” ao treinador destinos um tanto quanto exóticos.

Acompanhe na íntegra o texto de Carlos Sartori:

Se conselho fosse bom, ninguém daria de graça! Esse ditado não vale hoje para Felipão. Soube que ele é consenso da diretoria do Fluminense para “salvar” o time carioca. Além de escrever no Blog, vou enviar esse texto para o seu assessor pessoal e para uma amiga que o conhece. Quero ter certeza de que o treinador vai recebê-lo!

O Rio não é para você Luiz Felipe Scolari! Aqui o amadorismo dos dirigentes é igual ao clima: 40 graus e ferve de tanta incompetência. Tirando o Flamengo, que consegue montar um bom elenco, com dinheiro sabe se lá de onde e com grana da renda da torcida que lota o Maracanã com média de 60 mil torcedores, os outros três clubes considerados grandes (Vasco, Fluminense e Botafogo) agonizam. Atrasos salariais, falta de planejamento, divididas, entre tantos outros problemas de gerenciamento, são algumas mazelas de quem está fadado a cair para a segunda divisão, e que se por um acaso escapar, será um milagre dos deuses.

A lista ainda é maior: elencos fracos, demissões constantes de treinadores, eliminações de torneios, fracassos atrás de fracassos. Felipão, é só olhar a tabela do Brasileirão e ver as posições dos três clubes cariocas. Todos da metade pra baixo: 11º, 13º e 16º.

Aqui não é lugar para gente séria. Profissionais acostumados a ganhar títulos, trabalhar com o salário em dia, ter chance de ser campeão.

Você que é o atual campeão Brasileiro e foi demitido com o time no topo da tabela não merece assumir essa responsabilidade ingrata.

Não aceita, não! Pula fora. Vá pra China, Portugal ou até para o Cazaquistão. Aqui não é lugar para você não!

Jornalistas colombianos detonam atuação do Atlético Nacional: “É um time grande que tem atitude de time pequeno”

A goleada do Fluminense sobre o Atlético Nacional na noite de ontem ainda segue repercutindo nas mídias. Após o jogo, o jornalista Pacho Velez, do Fox Sports Colombia, detonou a atuação do time alviverde no Maracanã:

“Está geração do Nacional é muito ruim. Precisa reconstruir. Essa geração é lamentável. O Nacional de hoje é um time fraco, que deixa ser goleado com uma facilidade enorme. Não oferece perigo ao adversário. O Nacional de hoje não reflete a história do Nacional.”

Pacho Velez detona atuação do Nacional Foto:(Reprodução/FOX SPORTS COLOMBIA)

“Nacional é um time grande mas joga como time pequeno”, complementou o jornalista.

Outro colega da mesa, Luis Arturo, também comentou a má atuação da equipe colombiana diante do tricolor.

Luis Arturo comentou também a atuação do Nacional Foto: Reprodução/Fox Sports

“A folha de pagamento do Nacional não é ruim. E hoje, o Nacional não joga como um time grande que é, apesar de jogar diante de uma grande”, finalizou.

Para acrescentar a crise vivida pelo time, o treinador Paulo Autuori foi demitido do time após a goleada tricolor e também, pelo fraco desempenho no Campeonato Colombiano.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Flu divulga nota repudiando declarações de jornalista da FoxSports

Por Rômulo Morse


O Fluminense divulgou uma nota oficial em seu site na noite deste sábado repudiando as declarações do jornalista Osvaldo Pascoal, dos canais do FoxSports. Durante o programa “Expediente Futebol”, o mesmo criticou o presidente Pedro Abad por ter convocado o torcedor “para a guerra” contra o Vasco.

Adversário na final da Taça Guanabara, final do primeiro turno do Campeonato Carioca e que está marcada para este domingo, às 17h, no Maracanã, o time de São Januário colocou à venda ingressos para o setor Sul. Irritado com a situação, Abad, em coletiva neste sábado, disse que o cruzmaltino e o Consórcio Maracanã descumpriram uma decisão judicial e, mesmo contra a realização da partida nessas circunstâncias, convocou os torcedores “à guerra” visando lotar o setor Norte.

Confira abaixo a nota na íntegra:

O Fluminense FC lamenta e repudia a forma como o jornalista Osvaldo Pascoal, da emissora Fox Sports, interpretou parte de uma declaração feita pelo presidente Pedro Abad durante a entrevista coletiva concedida na tarde deste sábado (16/02), nas Laranjeiras. Com o respaldo da mesa, o jornalista chegou a pedir a prisão do mandatário tricolor entre outros ataques ofensivos. Vale salientar que o Fluminense é um dos maiores defensores da paz nos estádios de futebol. Em momento algum o presidente induziu seus torcedores a uma conduta violenta na partida de amanhã (17/02), no Maracanã.

Top