Ex técnico e campeão pelo Fluminense, José Luiz Carbone morre em São Paulo, aos 74 anos

O futebol perdeu na noite do último domingo (27) José Luiz Carbone, com passagens de destaque como jogador por Botafogo e Internacional, e campeão como técnico pelo Fluminense.

Ele tinha 74 anos e foi vítima de um câncer hepático descoberto no início de dezembro. O falecimento aconteceu por volta das 19h no Hospital Municipal Mário Gatti, onde estava internando desde a última quarta-feira (23), em Campinas, onde morava. A doença evoluiu rapidamente, segundo o filho Rodrigo.

Carbone Dirigiu mais de 30 times. Em um dos seus primeiros trabalhos, foi campeão carioca com o Fluminense em 1983 e esteve à frente do time em 16 dos 26 jogos da campanha do título brasileiro de 1984. Saiu antes do fim por divergências com a diretoria – Carlos Alberto Parreira o substituiu e levantou a taça.

Ele deixa a esposa Marlene, cinco filhos (Daniela, Rodrigo e Gabriela, do primeiro casamento, e Brunela e Marcela, do segundo casamento) e cinco cinco netos (João Victor, Bernardo, Raul, João e Theo).