Nenê se revolta com juiz por expulsão contra Atlético-MG: “Tem que voltar atrás”

Nenê diminuiu para o Fluminense na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, mas ficou marcado no jogo deste sábado, no Independência, pela expulsão após reclamações ao juiz Wilton Pereira Sampaio. Na saída de campo, em entrevista ao Premiere, o meia se confessou nervoso e disse que quer anulação do segundo amarelo, aplicado depois do fim da partida. O primeiro saiu aos 49′ do segundo tempo.

– Só acho que ele tem que ser consciente o suficiente para voltar atrás. Posso ter reclamado, o que for… Mas nunca o desrespeitei. Falei que tinha que ser a mesma coisa para os dois times e falei “seja correto”. E ele me deu o segundo amarelo. Só porque eu falei isso. Para mim, é um absurdo. Mas faz parte, eu estava nervoso. Ele também tem que rever, saber o que eu falei para ele. Digão estava do lado e o bandeirinha também. Então, que ele retire esse cartão.

Além do gol, seu primeiro com a camisa verde, branca e grená, o veterano ainda errou passe na origem da jogada que terminou no segundo gol atleticano. Ele terá de cumprir suspensão no compromisso do próximo domingo, contra o vice-lanterna CSA, no Maracanã.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.