Presidente da CBF visita sede do Flu

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, visitou, na tarde de hoje (23/10) a sede do Fluminense, em Laranjeiras, acompanhado do Vice-Presidente Jurídico, Carlos Eugênio Lopes (o Carlô), do Secretário-Geral, Walter Feldman, do Diretor de Competições Manoel Flores e do Diretor de Comunicações, Douglas Lunardi.

A comitiva foi recebida pelo presidente Mário Bittencourt e conheceu a Sala de Troféus do Clube, em seguida, assistiu ao primeiro tempo da partida entre Fluminense e Coritiba, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro de Aspirantes – vale lembrar que o Fluminense é o único time carioca que disputa a competição na categoria.

Foto em destaque: Mailson Santana/Fluminense FC

Grupo Laranjeiras XXI encaminha carta repercutindo declarações de Mário sobre a revitalização do estádio

O grupo Laranjeiras XXI, que idealizou a reforma das Laranjeiras e com promessa de não usar recursos do clube pela reforma do estádio, encaminhou uma carta aberta ao presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, que afirmou, na coletiva da última sexta-feira (07) que não daria sequência no projeto.

Na ocasião, Mário, elencou alguns empecilhos, como por exemplo, a manutenção da arena depois que a reforma estiver finalizada. Além disso, Mário salientou a capacidade de público no estádio, o que segundo ele, iria na contramão da grandeza do Fluminense.

Em sua carta, endereçada ao presidente, o grupo questiona esses e outros pontos levantados pelo presidente em sua coletiva. Acompanhe:

Em forma de protesto, torcedores picham o mura de Laranjeiras

Após o empate em 1 a 1 contra o Palmeiras na noite da última quarta-feira (12) torcedores revoltados com as últimas atuações do time demostraram a insatisfação pichando o muro das Laranjeiras com palavras de ordem.

Entre algumas estavam a cobrança principalmente em cima do elenco Tricolor e do técnico Odair Hellmann, onde inclusive uma das frases era cobrando a saída do treinador.

Fluminense prorroga paralização na sede em Laranjeiras

O Fluminense por meio de sua assessoria de comunicação informou a prorrogação das atividades na sede do clube, em Laranjeiras, estendendo até o dia 31 de julho a paralisação das atividades sociais e esportivas.

De acordo com o comunicado, o período será usado para instituir um protocolo de reabertura a ser implantando, possivelmente, dentro do mês de agosto, dependendo das orientações dos órgãos de saúde e autoridades. 

O clube ainda informou que continuará fazendo avaliações das medidas a serem tomadas no dia a dia, com a orientação do seu Departamento Médico.

#FatoVerídico: Fred conta história com mais de 60 mil torcedores em Laranjeiras

Se você acompanhou o Tour do Fred, já sabe muito bem o que são os fatos verídicos do jogador – histórias imagináveis, mas que seriam impossível de acontecer.

E na chegada em Laranjeiras, não poderia faltar o #FatoVerídico, tão famoso ao longo do tour. E para fechar com chave de ouro, Fred contou a história em que Laranjeiras recebeu 60 mil torcedores. Acompanhe:

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Laranjeiras 101 anos: Fluminense rende homenagem ao berço do futebol brasileiro

Inaugurado em 11 de maio de 1919, o estádio Manuel Schwartz, ou simplesmente estádio das Laranjeiras, é conhecido como o berço do futebol brasileiro por ter recebido o primeiro jogo da seleção Brasileira, justamente no dia de sua fundação, quando o Brasil goleou os chilenos por 6 a 0.

E, para não deixar a data passar em branco apesar da pandemia, o Fluminense usou suas redes sociais para render uma homenagem ao estádio. Acompanhe:

Foto em destaque: Maílson Santana/FFC

Presidente do Flu descarta condições de jogo nas Laranjeiras

Mário Bittencourt afirma que não há condições neste momento de se realizar partidas na sede do Tricolor; presidente da Ferj havia aberto a possibilidade

Jogos do Campeonato Carioca em Laranjeiras? No que depender do presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, essa possibilidade não existe neste momento. Em entrevista ao canal “Saudações Tricolores”, o mandatário foi enfático ao dizer que a sede Tricolor não tem condições, hoje, de receber partidas, apesar da declaração de Rubens Lopes, presidente da Ferj, que abriu a possibilidade de realizar os duelos restantes do Estadual no local e na Gávea, que pertence ao Flamengo.

-No momento não há condição nenhuma. Para fazer uma reforma mínima é um dinheiro que o Fluminense não tem. Estamos passando por dificuldades financeiras e elas vão durar. Temos que fazer escolhas diariamente. O vestiário de visitante não tem condições de receber um time. O presidente da FFERJ falou que poderíamos jogar em alguns lugares com portões fechados. Hoje, neste momento, Laranjeiras não tem – afirmou Mário.

Na última sexta-feira, Rubens Lopes afirmou que esta era uma hipótese que não poderia ser descartada. “Não vejo nenhum inconveniente técnico para as partidas serem realizadas nesses dois estádios citados, como em outros”, disse na ocasião.

Ainda não se sabe quando a bola voltará a rolar. Em reuniões realizadas por vídeo, os presidentes dos clubes manifestaram de forma unânime o desejo de terminar o Campeonato Carioca. No entanto, os dirigentes ainda debatem como encaixar a competição no calendário. O futebol segue parado por conta da pandemia do novo coronavírus.

Fonte: ST

Fluminense confirma extensão na paralisação das atividades

O Fluminense por meio do seu site oficial, confirmou a extensão na paralisação de toda a atividade no clube até o próximo dia 30 abril.

O clube ainda informou que tal atitude vai de encontro com as medidas de orientações dos órgãos governamentais para evitar a proliferação do Corona Vírus (COVID-19).

Desta forma, o clube confirmou que as atividades sociais e esportivas em sua sede, em Laranjeiras, segue suspensa para o público e funcionários, que manterão o trabalho em sistema de home office.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Saiba o retrospecto do Flu jogando em Laranjeiras, que pode receber jogos do Carioca em 2020

Um dos palcos mais emblemáticos da história do futebol brasileiro, o Estádio das Laranjeiras (Manuel Schwartz) pode voltar a receber uma partida do Flu depois de 17 anos.
A Ferj (Federação de futebol do Estado do Rio de Janeiro) trabalha para retomar o Carioca 2020 já no próximo mês e sem o Maracanã, que está sendo utilizado como hospital para atender as vítimas do Covid-19, uma das possibilidades seria a utilização do estádio, que ainda terá de passar por avaliações para averiguar se tem condições de receber uma partida do profissional.

Já se vai quase duas décadas desde a última vez em que o Flu atuou em sua casa. A partida, também válida pelo Campeonato Carioca, aconteceu dia 26 de fevereiro de 2003, em um empate por 3 a 3 contra o Americano. A partir daí o Manuel Schwartz não recebeu mais jogos oficiais da equipe principal, por não atender os requisitos exigidos pelo estatuto do torcedor.
Somando esta, o Tricolor completou 859 partidas disputadas em Laranjeiras, com 539 vitórias, 163 empates e 157 derrotas,
tendo marcado 2.142 gols e sofrido 1034, chegando a um aproveitamento de quase 70% (69%).

O Flu sagrou-se campeão nove vezes dentro de seu estádio, confira as competições e as partidas que determinaram o título nos respectivos anos:

CAMPEONATO CARIOCA DE 1919 : FLUMINENSE 4 x 0 FLAMENGO

CAMPEONATO CARIOCA DE 1924 : FLUMINENSE 7 x 0 SPORT CLUB BRASIL

TORNEIO ABERTO DE 1935: FLUMINENSE 3 x 1 AMERICA

CAMPEONATO CARIOCA DE 1936 : FLUMINENSE 1 x 1 FLAMENGO

TORNEIO MUNICIPAL DE 1938 : FLUMINENSE 6 x 0 BONSUCESSO

CAMPEONATO CARIOCA DE 1938 : FLUMINENSE 2 x 2 AMERICA

*TORNEIO EXTRA DO RIO-SÃO PAULO DE 1940 : FLUMINENSE 3 x 2 SÃO

TAÇA GUANABARA 1991: FLUMINENSE 0 x 0 AMERICA

TAÇA GUANABARA 1993: FLUMINENSE 1 x 0 VOLTA REDONDA


* O torneio extra do Rio-São Paulo de 1940 foi interrompido em virtude das fracas rendas, os clubes declararam Fluminense e Flamengo campeões, mas estranhamente a C.B.D. (atual C.B.F.) até hoje não ratificou a decisão dos clubes.

Anteriormente a inauguração do estádio em 1919, o espaço já era utilizado para receber partidas oficiais, desde 1904, e era conhecido como: Campo da Rua Guanabara, que ficava no mesmo local do Estádio das Laranjeiras, apenas com o gramado em posição diferente. Neste período de 15 anos o Tricolor conquistou três edições do Campeonato Carioca (1907, 1908 e 1911)

Foto: FFC

Laranjeiras pode voltar a receber jogos profissionais ainda no Cariocão

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) segue trabalhando para retomada do estadual ainda em maio. No entanto, o Fluminense por exemplo, só aceitaria voltar a atuar, mediante liberação de órgão superiores, como a FIFA e até órgãos de saúde.

Reuniões vem sendo mantidas para que todas as medidas sejam tomadas para a bola voltar a rolar, uma delas acontecerá na próxima segunda-feira (13), quando o próprio presidente da Ferj, Rúbens Lopes, participará de uma videoconferência com representantes médico dos clubes para tratar do assunto.

Uma das alternativas será a volta dos jogos com portões fechados e até mesmo em estádios alternativos, como Laranjeiras e Gávea por exemplo, sede de Fluminense e Flamengo respectivamente.

A volta de Laranjeiras ao cenário principal do futebol carioca se dá por dois motivos: um, é pela partida não ter público e a outra seria a inviabilidade do Maracanã nesse primeiro momento, uma vez que o estádio vem sendo preparado para ser um dos hospitais de campanha na luta contra o Novo Coronavírus (Covid-19).

Foto em destaque: Divulgação/FFC