fbpx

Ganso tem lesão na coxa diagnosticada e é mais um desfalque para partida contra o Avaí

O técnico Marcão ganhou mais um problema para escalar a equipe no jogo contra o Avaí, no próximo domingo (1), no estádio da Ressacada: o meia Paulo Henrique Ganso.

Camisa 10 da equipe, Ganso teve uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda diagnosticada após a partida contra o Palmeiras e desfalcará a equipe no jogo que pode garantir o Flu matematicamente na elite do futebol brasileiro em 2020.

Além de Ganso, Marcão não poderá contar com Digão e Daniel, ambos suspensos, além de Airton, que deixou o jogo contra o Palmeiras ainda aos nove minutos do primeiro tempo com dores no joelho esquerdo o de foi constatada uma tendinite patelar.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Recuperado de lesão, Digão fica à disposição para sábado

Foto: Lucas Merçon/FFC

O zagueiro Digão participou normalmente do treino com bola realizado no CT Carlos Castilho na manhã desta quinta-feira (24) e sua presença na partida de sábado (26) contra a Chapecoense, no Maracanã, dependerá apenas da escolha do técnico Marcão.

O zagueiro que lesionou a coxa na partida contra o Bahia no último dia 12, ficou de fora das duas derrotas do Tricolor nas partidas contra Athletico-PR e Flamengo.

Embora o Tricolor tenha saído derrotado nas duas partidas, o substituto de Digão, Frazan, se saiu relativamente bem e, briga por uma vaga na equipe titular na partida contra a Chape.

Marcão, porém, deve manter a dúvida até momentos antes da partida.

À espera de exame que pode apontar lesão, Digão é dúvida para jogo contra Athletico

Sacado nos primeiros minutos do triunfo sobre o Bahia, sábado, em razão de incômodo no músculo posterior da coxa direita, Digão ainda é dúvida para a 26ª rodada do Brasileirão, quinta-feira, quando o Fluminense duela com o Athletico, no Maracanã.

O zagueiro, com suspeita de lesão, fará exames nessa terça. Confirmada a ausência, Marcão deve optar novamente por Frazan, que substituiu o capitão no jogo passado e contra o Cruzeiro, dessa vez desde o início da partida e por questão contratual.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: GloboEsporte.com.

Pablo Dyego passa por exames e tem lesão detectada

O atacante Pablo Dyego, que entrou no segundo tempo na vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o Corinthians, e terminou aquela partida com dores na coxa direita, foi submetido a exames e, teve uma lesão na parte posterior da coxa direita detectada.

Com isso, o atacante já é desfalque certo para o duelo entre o Tricolor e Goiás, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, no Serra Dourada.

O jogador que era pouco aproveitado nas mãos do técnico Fernando Diniz, ganhou mais oportunidades com a chegada de Oswaldo de Oliveira e, marcou inclusive um gol, na partida de volta contra o Corinthians pela Copa Sul-Americana.

O tempo de recuperação do atacante não foi revelado.

Oswaldo de Oliveira confirma nova lesão de Mascarenhas

Foto: Divulgação/FFC

De acordo com revelação do próprio técnico do Fluminense, Osvaldo de Oliveira, o lateral esquerdo Matheus Mascarenhas está novamente lesionado.

O jogador que chegou a ser relacionado para as duas últimas partidas do clube, contra CSA e Corinthians, não participou do treinamento da manhã desta segunda e, questionado em sua coletiva de apresentação, Oswaldo revelou o motivo:

– Mascarenhas não pode nem participar do treinamento, pois está lesionado – limitou-se a dizer o treinador.

Titular no início da temporada, Mascarenhas passou por uma série de lesões, entre as quais: uma artroscopia no joelho e até mesmo uma caxumba. Neste período, Caio Henrique, meia de origem, foi deslocado para a lateral e se destacado na função.

Recuperação de Pedro supera as expectativas e atacante pode ter retorno antecipado

Foto: Divulgação/FFC

Lesionado há duas semanas quando teve um problema muscular na partida contra o Atlético Mineiro, em partida válida pela 14° rodada do Campeonato Brasileiro, o atacante Pedro pode retornar ao time antes do esperado.

Diagnosticado com uma lesão muscular no dia 12 de agosto, o clube preferiu não divulgar o tempo que jogador ficaria de fora, porém, a previsão era de retorno somente contra o Fortaleza.

Contudo, Pedro tem reagido bem ao tratamento e sua volta pode ser antecipada para a partida contra o Avaí, na outra segunda-feira, 2 de setembro.

Uma possível volta para o duelo decisivo da Copa Sul-Americana, contra o Corinthians, na próxima quinta-feira (29) está descartada.

Lesão deve deixar Pedro de fora de jogos cruciais do Flu

Foto: Lucas Merçon/FFC

Detectado com um estiramento na coxa direita, sentido no final do primeiro tempo da partida diante do Atlético Mineiro, no último sábado (10), o atacante Pedro deve desfalcar o Fluminense por quatro semanas.

Sendo esse o terceiro problema muscular desde que o jogador voltou após a grave lesão no joelho direito, o departamento médico do Tricolor prega cautela na recuperação, e não deve forçar retorno prematuro do jogador aos campos, até porque, seu substituto, João Pedro, goza de prestígio com a torcida e comissão técnica. Além de ter anunciado recentemente a chegada de Lucão para o setor.

Desta forma, o camisa 9 deve focar de fora das partidas contra CSA, Avaí e Fortaleza, ambas válidas pelo Brasileirão, além dos dois confrontos diante do Corinthians pela Copa Sul-Americana.

Exame aponta lesão de Pedro

Substituído no intervalo da derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, sábado, Pedro realizou exames que apontaram lesão no músculo posterior da coxa direita. Ele sentiu fisgada ao esticar demais a perna para tentar dominar uma bola levantada na área.

No comunicado divulgado na tarde desta segunda-feira, o clube não informou o tempo de recuperação, mas disse que o centroavante iniciará tratamento no departamento médico. O desfalque deve promover a volta de João Pedro à equipe já no domingo, contra o CSA, no Maracanã, pela 15ª rodada do Brasileirão.

Assim como em 2018, a contusão aconteceu em Belo Horizonte e pode atrapalhar uma possível venda para a Europa – Fiorentina, da Itália, e CSKA, da Rússia, são alguns dos interessados. Além disso, torna improvável a chance de convocação pela Seleção, na sexta-feira, para os amistosos do mês que vem.

Depois de passar por cirurgia no joelho direito em setembro passado, Pedro retornou aos gramados só em abril deste ano. Em junho, chegou a sofrer uma pequena lesão na coxa esquerda na final do Torneio de Toulon, pela seleção olímpica. Tem 14 jogos e 5 gols marcados em 2019.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Com nova lesão, Mascarenhas passará por cirurgia neste sábado

Foto: Lucas Merçon/FFC

Com a provável saída de Marlon que está acertando sua ida ao Göztepe, da Turquia, o Fluminense tem em Matheus Mascarenhas o único lateral esquerdo no elenco, uma vez que Caio Henrique que vem atuando no setor, é meio campista de origem.

Contudo, Mascarenhas que sofreu com diversos problemas de lesão ao longo da temporada, encontra-se com mais um problema. O jogador que sofreu uma torção no joelho esquerdo durante a atividade da última terça-feira, precisará passar por uma artroscopia no local e o clube confirmou a intervenção cirúrgica para este sábado (6).

O lateral que já acumulou o quarto problema clínico na atual temporada, deve demorar de seis a oito semanas para retornar aos treinamentos.

Diante deste cenário, é possível que o clube vá ao mercado em busca de outro jogador para a posição. Trauco, titular da seleção peruana, finalista da Copa América, e atualmente na reserva do Flamengo, surgiu como possível reforço, mas a direção do Fluminense não confirma o interesse no atleta.

Por hora, além da improvisação de Caio Henrique, Diniz pode contar com outro jogador improvisado no setor. Igor julião, lateral direito de origem, mas que já atuou pelas mão do próprio Diniz, como lateral esquerdo.

Exame constata rompimento do ligamento cruzado e Matheus Ferraz precisará passar por cirurgia

Zagueiro tricolor se lesionou na derrota por 3 a 0 para o Athletico-PR, pelo Campeonato Brasileiro

Foto: Lucas Merçon / FFC

Péssima notícia para a torcida do Fluminense. Um dos principais destaques da equipe neste início de temporada, Matheus Ferraz teve diagnosticada uma ruptura de ligamento cruzado do joelho direito, o mesmo que o fez ser substituído ainda no primeiro tempo na derrota por 3 a 0 para o Athletico-PR, no dia 2 de junho pelo Campeonato Brasileiro. Após realizar os exames que constataram a grave lesão, o zagueiro já está no pré-operatório e passará por um processo cirúrgico nas próximas semanas. Ferraz não tem previsão de volta, mas é provável que só esteja apto a atuar novamente no ano que vem, tendo em vista que o tempo de recuperação da cirurgia geralmente varia entre seis e oito meses.

Matheus Ferraz é o terceiro zagueiro a se machucar em 2019. Além dele, Digão, que segue de fora da equipe, e Léo Santos, que voltou para o Corinthians para se curar, também desfalcam o time de Fernando Diniz há algum tempo. Jogando um bom futebol e criando uma identidade através do estilo de jogo passado pelo treinador, o Fluminense começa a sofrer com as lesões. Na clássico contra o Flamengo, por exemplo, foram 11 jogadores que não estiveram à disposição. Vale destacar que o defensor foi um dos que mais atuaram pelo clube das Laranjeiras neste ano. Em 5 meses, o Tricolor disputou 34 partidas, com Ferraz ficando de fora de apenas uma.

Top