Vence o Fluminense! Guerreiras do Flu batem o Vasco por 3 a 0 e assumem a liderança do Cariocão Feminino

Com gols de Roberta Santos, Ronaldinha e Luany, o Fluminense venceu o Vasco nas Laranjeiras por 3 a 0 e assumiu a liderança do Cariocão Feminino após oito rodadas. Com 100% de aproveitamento e nenhum gol sofrido, Guerreiras do Flu recebem o Botafogo no próximo sábado (3/11), às 15hrs, nas Laranjeiras.

O Jogo

Jogando em casa, o Fluminense começou a construir o placar ainda no primeiro tempo. Logo aos 14 minutos da primeirada etapa, Roberta aproveitou a finalização de Elisa, após a cobrança de escanteio de Fernanda, para a abrir o placar nas Laranjeiras.

Na segunda etapa, o Tricolor ampliou a vantagem com Ronaldinha, que recebeu cruzamento na medida após boa jogada de Luany e Fernanda para finalizar com categoria e marcar o segundo. Aos 16, Luany aproveitou o bate rebate na área adversária e mostrou oportunismo para fazer o terceiro gol do Fluminense e dar números finais ao confronto.

Com a vitória, as Guerreiras de Xerém chegaram a 24 pontos conquistados e a liderança do Cariocão Feminino, sendo a única equipe com 100% de aproveitamento, com 34 gols marcados e nenhum sofrido.

Tricolor volta a campo no próximo sábado (6/11), às 15hrs, em clássico contra o Botafogo, nas Laranjeiras.

Ficha Técnica

Fluminense: Nicole; Jéssica Bahia, Dani Serrão, Roberta e Fernanda; Maria Luiza, Andresa e Bia; Luany, Ronaldinha e Elisa. Técnica: Thaissan Passos.

Vasco: Flor; Índia, Bia Cardoso, Camila e Luana; Ju Pacheco, Estefani Nove-Nove e Anny; Carol, Bebel e Juanny.

Foto: Maílson Santana/FFC

Moleques de Xerém vencem o Madureira e assumem a liderança do Carioca sub-15

Com gol de Kauã Brasília, o Fluminense bateu o Madureira por 1 a 0 no CTVL pela 6ª rodada do Campeonato Carioca sub-15.

Único com 100% de aproveitamento na competição, Tricolor assumiu a liderança faltando cinco rodadas para o término da primeira fase.

Os Moleques de Xerém voltam a campo no próximo domingo (26/9), contra o Volta Redonda, às 15hrs, em Vassouras.

Foto: Reprodução Instagram

Pré-jogo – Fortaleza x Fluminense

O tricolor carioca enfrenta neste domingo, às 18h15, o Fortaleza, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe mandante vive grande momento, até o início da rodada ocupava a primeira colocação da competição. Já o Fluminense também vive grande fase na competição, e ainda não sabe o que é perder. Tendo duas vitórias dentro de casa, e dois empates fora de seus domínios. O tricolor segue bem nas competições paralelas como Copa do Brasil e Libertadores, em ambas classificado para as oitavas de finais.  

O técnico Roger Machado fará poucas mudança na equipe que ganhou do Santos na última partida, que é a entrada do volante André na vaga do suspenso Yago Felipe. Segundo o treinador o jovem de Xerém vem pedindo passagem nos treinamentos, por conta disso, herdou a vaga que teoricamente ficaria com o experiente Wellington. Quem retorna ao time é o zagueiro Nino que sentiu um desconforto antes da partida anterior. Samuel Xavier segue fora do time nessa rodada.

Provável Fluminense: 

Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; André, Martinelli e Nenê; Caio Paulista, Gabriel Teixeira e Fred.

Provável Fortaleza:

Felipe Alves, Tinga, Marcelo Benevenuto, Titi; Pikachu, Ederson, Felipe, Matheus Vargas, Crispim; David, Robson.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Com 17 anos, Kayky faz história

Jogador mais novo a marcar um gol com a camisa tricolor em partida de Libertadores, jovem atacante tricolor revelou como vinha se sentindo. Com o gol, o Fluminense arrancou o empate fora de casa, e lidera o grupo D da competição com 5 pontos, assim como o River Plate. 

Fico feliz de poder ser o jogador mais novo a marcar pelo Fluminense nessa competição. Estava ansioso por esse gol. Já vinha buscando nos outros jogos e ele não estava saindo. Mas graças a Deus hoje saiu – Kayky.

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Mesmo prejudicado pela arbitragem, Fluminense empata com o Júnior e segue líder do grupo D

O Fluminense completou mais uma rodada na fase de grupos da Libertadores, vivendo uma grande saga. O “Time de Guerreiros” que viajou para Barranquilla, teve que fretar um novo vôo para Guayaguil, no Equador, onde enfrentou o Júnior Barranquilla, por conta de protestos na Colômbia.

Se ja não bastasse o transtorno da viajem, o Tricolor ainda contou com a trapalhada do juizão, que assinalou um pênalti pra lá de duvidoso. Borja cobrou e abril o placar logo aos 11 minutos.

O Flu reagiu e empatou aos 21 minutos, com Kayky. O juiz que já havia assinalado um pênalti esquisito, se complicou e acabou perdendo o controle da partida, que se estabilizou na volta do intervalo.

Logo no início da segunda etapa, Fred quase virou o jogo, mas Viera fez ótima defesa. O Júnior ainda levou perigo com chutes de fora da área, chegando a acertar o travessão de Marcos Felipe, mas também não conseguiu seu gol, terminando o jogo empatado por 1 a 1. Como noutro jogo do grupo, o Santa Fé e River Plate ficaram no 0 a 0, o Fluminense garantiu mais uma vez a liderança do grupo D.

No próximo confronto o Flu recebe o Santa Fé, na próxima quarta-feira (12), no estádio do Maracanã.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Luccas Claro pede dedicação ao Flu para manter liderança do grupo D

Com uma vitória e um empate na CONMEBOL Libertadores, o Fluminense soma seis pontos e lidera o Grupo D da competição. E agora quer manter sua invencibilidade novamente fora de casa, quando enfrenta o Júnior Barranquilla, na próxima quinta-feira (07). Para isso, Luccas Claro pede muita dedicação ao time de guerreiros.

Em clube grande é assim, sempre disputando jogos importantes. E poder voltar à Libertadores é sempre bom, ainda mais agora, mais adaptado, com mais confiança e vindo de bons resultados. Vai ser um jogo muito importante e espero fazer meu melhor para conquistarmos mais uma vitória – comentou o zagueiro.

Luccas Claro chegou ao Tricolor no fim de 2019 e fez sua estreia no empate em 1 a 1 com o Avaí, em 1 de dezembro daquele ano. Desde então, nas 49 oportunidades em que defendeu o clube, o camisa 4 marcou seis gols (todos de cabeça), teve 28 vitórias, dez empates e 11 derrotas, além de ter conquistado o título da Taça Rio de 2020.

Na semana passada, na vitória por 2 a 1 diante do Santa Fe, na Colômbia, pela Libertadores, Nino, companheiro de zaga de Luccas Claro, alcançou a marca de 100 partidas pelo Fluminense.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Vitória na Colômbia deixa o Fluminense na liderança do grupo D

O Fluminense foi até a Colômbia e venceu o Santa Fé por 2 a 1, chegando aos 4 pontos. Noutro jogo do grupo, que aconteceu no mesmo horário, o River Plate também venceu o Júnior Barranquilla, pelo mesmo placar. Assim, o Fluminense terminou a segunda rodada da fase de grupos como líder do grupo D.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

O topo é logo ali: Fluminense termina rodada a três pontos da liderança

O Fluminense pode entrar de vez na briga pelo título brasileiro de 2020. A vitória do Tricolor sobre o Fortaleza somado ainda as derrotas de Inter e Flamengo, que foram derrotados para Corinthians e São Paulo, podem deixar o time de Odair a três pontos da liderança ao fim da rodada.

Mesmo que o Atlético-MG, atual terceiro colocado vença o Palmeiras nesta segunda-feira (02), o clube de Minas dividiria a ponta com Inter e Flamengo com os mesmos 35 pontos, deixando ainda o Flu a três pontos do topo.

Vale destacar que o próprio Atlético-MG e São Paulo ainda tem jogos a cumprir e podem aumentar essa pontuação, que caso somem todos os pontos em atraso, chegariam aos 38 e 39 pontos respectivamente. O que deixaria o Flu a sete pontos da liderança que pararia nas mãos do São Paulo.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Três Pilares para o sucesso de um Time.

O sucesso de um time de futebol não está apenas,l no elenco, nos treinos e táticas, mas também no lado psicológico e emocional dos atletas e equipe técnica.
O time precisa querer ganhar e precisa acreditar nele mesmo.
O aspecto emocional do time afeta os resultados, enquanto os resultados influenciam no emocional do time, é um ciclo, e como fazer com que esse ciclo se mantenha.

Eu acredito que três principais pilares são o Espírito de equipe, autoestima e liderança.

Espírito de equipe é importantíssimo para alcançarmos melhores resultados.
O ambiente do time tem grande influência sobre o desempenho de seus jogadores. O espírito de equipe afeta a atuação no campo, pois quanto maior for o espírito de equipe melhor será o desempenho no campo. E pode determinar a posse de bola e o entrosamento que a equipe terá.
O espírito de equipe pode ser afetado por uma série de elementos, em particular a liderança do técnico e a inteligência emocional da equipe para resolver os problemas.

A Autoconfiança dos jogadores.
Pois precisam acreditar neles mesmos para terem um bom desempenho.
Um time com baixa autoconfiança terá problemas em aproveitar as oportunidades que surgem durante o jogo.
A autoconfiança de um time é refletida nos ataques e podem definir um jogo.
Ela depende dos resultados e do apoio massivo da torcida, sim.
Mas ter uma inteligencia emocional para lidar com a pressão e um técnico com uma boa liderança influenciam na melhora da autoestima do time.

Nossa missão como torcedores é apoiar e incentivar o time a todo o momento e fazer com que esses aspectos de espírito de equipe, união, autoestima e liderança entrem em campo junto com o time.

Porque sabemos que juntos somos mais fortes.

ST.

Canalflunews