Em coletiva, Luccas Claro comenta sobre momento da zaga e elogia Nino: ”Melhor do Brasil”

A construção da boa fase do Fluminense, classificado para as oitavas de final da Libertadores e da Copa do Brasil, além de ainda invicto no Brasileirão, passa por uma defesa sólida, que desde a última temporada tem se mostrado um dos pontos fortes da equipe. Para Luccas Claro, que concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT Carlos Castilho, os méritos são de um coletivo forte.

“Nós enfrentamos grandes equipes. Mesmo estando bem posicionado, as vezes acontece de sofrer um gol. Acho que o nosso time estava se comportando bem. E mesmo levando gol o nosso time sempre vem fazendo também”, destacou.

Luccas também falou sobre seu companheiro de zaga, Nino, e disse que hoje ele é o melhor do Brasil.

O Nino é um grande companheiro. Acredito que é o melhor zagueiro atuando no Brasil. Então é importante ter a volta dele. Quem ganha é o Fluminense. Quem jogar vai estar representando bem essa camisa”, resumiu.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Luccas Claro defende postura proposta pelo clube

Em entrevista ao GloboEsporte.com o zagueiro Luccas Claro defendeu o posicionamento que o Fluminense tomou em relação a retomada do futebol nesse momento de pandemia.

– Nós temos que pensar não só na nossa segurança, mas na das pessoas que nos envolvem: esposa, filho(s), pais, enfim. Nós temos que estar protegendo não só nós, mas todos. Muito se fala, pela idade, por ser atleta, que é um risco menor, pode até ser, mas temos que estar nos cuidando e protegendo o nosso próximo.

O zagueiro ainda lembrou que está 100% com a posição do clube e completou: “o nosso presidente tem batido muito na tecla de primeiro, a segurança e a saúde. E voltar aos treinamentos, aos jogos, quando tivermos… É claro que é difícil você ter 100% de segurança, acho que isso vai demorar um pouquinho para acontecer, mas o máximo possível nós temos que nos blindar, nos proteger, para estar cuidando da nossa saúde”.

Lembrando que o Fluminense foi um dos clubes que não assinou para a retomada das atividades neste momento ao CT.

Foto Reprodução: Lucas Merçon/FFC