Fla-Flu no Mané Garrincha: 30 mil ingressos vendidos

As arquibancadas do Mané Garrincha, em Brasília, estarão lotadas nesta quinta-feira para receber Fluminense e Flamengo. O clássico vale pela décima rodada do Campeonato Brasileiro e será disputado longe do Rio porque o clube de Laranjeiras, mandante, tem uma antiga dívida a quitar com o ex-jogador Roni.

Foram postos à venda cerca de 70 mil ingressos, dos quais, segundo a organização, 30 mil foram comercializados antecipadamente. Dois setores estão esgotados. Veja, a seguir, preços e locais para se adquirir o bilhete. 

Ingressos:
Setor superior: 
R$ 100 (inteira) / R$ 50 (meia)
Camarote (avulso): R$ 200 (inteira) / R$ 100 (meia)
Setor inferior: esgotado
Hospitality: esgotado
*Segundo previsto em lei, tem direito a meia-entrada quem levar 1 kg de alimento não perecível.

Pontos de venda:
Bilheteria do Mané Garrincha (portão 5)
Lojas Free Corner (Conjunto Nacional, Brasília Shopping, Terraço Shopping e Gilberto Salomão)
Lojas Globo Esporte (Taguatinga Centro e Taguatinga Shopping)
Lojas oficiais de Flamengo e Fluminense (308 sul)
Loja Grandes Torcidas (308 sul)
Meubilhete.com

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Fluminense leva clássico para o Mané Garrincha, e CBF autoriza

Dia 07 de junho, às 20h, os líderes do Campeonato Brasileiro, Fluminense e Flamengo, se enfrentam pela 10° rodada. Mandante, o clube de Laranjeiras decidiu transferir o clássico, inicialmente marcado para o Maracanã, para o Mané Garrincha, em Brasília.

A mudança, avalizada pela FERJ e pelo Flamengo e autorizada pela CBF, ocorreu por causa de uma dívida antiga com o ex-atacante Roni. Em 2016, ainda na gestão Peter Siemsen, o Fluminense vendeu seis mandos por R$ 5 milhões, mas cumpriu apenas quatro.

Desta maneira, para pagar a dívida sem envolver dinheiro, além do Fla-Flu, os tricolores devem disputar mais uma partida na capital federal.

Durante entrevista nesta terça-feira, Júlio César confessou a preferência por atuar no Maraca, casa do Fluminense desde o segundo semestre de 2017, mas respeita a opção por alterar o palco do duelo.

– Particularmente, desde criança, se pudesse escolher, escolheria Maracanã, sonho de todo jogador. Mas são coisas que foram decididas, cabe a nós cumpri-las. Também será um prazer jogar em Brasília, será um atrativo. Tem tudo para ser um grande jogo.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!