fbpx

Maracanã será utilizado para receber vítimas do Coronavírus

O governo do Rio segue buscando alternativas para minimizar os danos da pandemia do Coronavírus no estado e, terá no futebol um grande aliado. Isso porque o Maracanã será utilizado para atendimento aos doentes do Coronavírus.

Com a aceitação da dupla Fla-Flu, o governo estadual utilizará o Estádio, para servir de Hospital de campanha para enfermos da pandemia.

A estimativa do governo é de que o estádio esteja pronto para receber os pacientes em até duas semanas, tempo esse que é apontado por especialistas, na época em que a pandemia alcançará seu pico no Brasil.

A ideia é de que seja utilizada toda a área do complexo, desde o anexo, Célio de Barros, até o estádio em si, com as salas e camarotes sendo disponibilizados para as equipes de saúde. É possível também que até o gramado seja usado.

Mesmo sem ser notificado oficialmente, Flu está de acordo em transformar Maracanã em Hospital

Por conta da pandemia de coronavírus o ‘Maior do Mundo’ pode ser transformado em um hospital para auxiliar no atendimento de vítimas da doença. Sendo um dos administradores do estádio, o Fluminense ainda não foi notificado oficialmente pelo Governo do Estado do Rio, mas segundo a assessoria de imprensa, o clube “está de acordo para utilização do estádio para esse fim”. Nos próximos dias o Maracanã deve receber visita técnica para apurar as condições das instalações do local e analisar onde ficarão as estruturas.

Segundo o jornalista Severiano Braga, do jornal ‘O Dia’, o CEO do consórcio criado entre Flamengo e Fluminense para administrar o estádio, foi contatado pelo governo do Rio de Janeiro e está avisado sobre a possibilidade.

Foto: Fluminense F.C

Maracanã pode ser um dos estádios de campanha no combate do coronavírus

De acordo com informações do jornalista Venê Casagrande, o Maracanã pode receber um hospital de campanha para atender as pessoas infectadas com o COVID-19. O CEO da empresa criada entre Flamengo e Fluminense para administrar o estádio – Severino Braga, já foi informado sobre a possibilidade.

O martelo não foi batido, entretanto, os responsáveis pela estrutura de sustentação metálica devem fazer uma visita ao estádio para saber qual o melhor caminho, caso o Maracanã seja escolhido, é realizar todas as montagens, seja no gramado ou nos camarotes.

Fonte: O Dia

Clássico com portões fechados gera prejuízo de mais de R$ 200mil ao Fluminense

Fluminense e Vasco entraram em campo no último domingo (15) em partida válida pela terceira rodada da Taça Rio. Apesar do mando de campo ter sido do Vasco, o Fluminense saiu com a maior parte do prejuízo, 88% da dívida.

Segundo o site Globoesporte.com, o Fluminense ficou com a maior parte das despesas por ter mantido o jogo no Maracanã. Ainda segundo o site, ao saber que o jogo seria com portões fechados (medida preventiva contra a disseminação do Coronavírus), o Vasco sugeriu realizar o jogo em São Januário, o Fluminense, pego de surpresa às vésperas da partida, se comprometeu em assumir a maior parte das despesas para a programação ser mantida no maior do mundo.

Mantida no Maracanã, o borderô da partida, divulgado pela Ferj, apontou para um custo de R$ 235.589,42. Como o jogo foi sem público, o valor virou saldo negativo as duas equipes, com o Fluminense no entanto arcando com a maior parte: R$ 207.966,28 das despesas, isto é, 88% do valor, 7,5 vezes a mais do que os R$ 27.623,14 (12%) que ficaram para o Vasco pagar. 

Presidente do Flamengo sai em defesa de Jesus sobre polêmica envolvendo o Maracanã

Após Jorge Jesus, técnico do Flamengo reclamar da quantidade de jogos no Maracanã, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt detonou o português em coletiva na tarde da última sexta-feira (13).

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, saiu em defesa do seu treinador na polêmica em torno da quantidade de jogos no estádio:

Não entendi da mesma forma (que Mário Bittencourt). O Jorge é um profissional fantástico, que quer o melhor para o futebol. Como todo perfeccionista, o gramado é muito importante e entendo a frustração dele de não conseguir reproduzir no jogo tudo o que ele treinou por causa da condição ruim do campo – disse Landim.

O mandatário rubro negro continuou falando sobre uma possível solução para buscar minimizar os danos ao gramado:

Nós como dirigentes temos que encarar como uma crítica construtiva e tentar buscar uma forma de reduzir o impacto que os inúmeros jogos causam no Maracanã. Já estamos chegando a 20 este ano, e estamos só começando. Vamos buscar soluções, seja buscar outros gramados, trocar quando estiver pior… Espaçamento de jogos, não sei. Algo que é nosso trabalho. Me sinto responsável por uma solução – concluiu Landim.

Após decretar portões fechados, Ferj alerta para que torcedores não se aglomerem fora dos estádios

Na tarde da última sexta-feira (13), a Ferj, decretou que as próximas rodadas do Campeonato Carioca será com portões fechados, começando já neste final de semana.

Já neste sábado, a federação voltou a se pronunciar a respeito das recomendações e alertou para que os torcedores também não se concentrem nos arredores dos estádios.

Gilberto é o lateral com mais gols no novo Maracanã

O lateral Gilberto, camisa 2 do Fluminense – um dos autores da vitória da equipe tricolor sobre o Resende – igualou a marca de Edilson, atualmente no Cruzeiro, como o lateral com mais gols no novo Maracanã, são cinco gols ao todo.

– Confesso que eu não tinha pensado nisso, mas já que aconteceu, fico muito feliz. Já é muito gratificante jogar e fazer gol no Maracanã, agora sendo um dos laterais com mais gols… Fico muito feliz. Só tenho de agradecer a Deus e trabalhar para cada vez mais poder ajudar o Fluminense e, se tiver oportunidade, fazer mais gols – completou o jogador.

Apesar de ter sido revelado pelo Botafogo e passagem pelo Vasco, as cinco vezes que balançou as redes foi com a camisa tricolor. Antes de chegar ao Fluminense, o lateral somava dois gols – um pelo Internacional, no Gaúcho 2014 e outro pelo Botafogo no Carioca de 2015, jogo no Engenhão.

Ao todo, Gilberto soma 12 gols como profissional, sendo 10 pelo Fluminense, e metade deste feito foi no novo Maracanã. O lateral já atuou 96 vezes e já deu 12 assistências, sendo sete no novo estádio.

Top 5 de laterais com mais gols no Novo Maracanã

  • Gilberto, atualmente no Fluminense: 5 gols (todos pelo Fluminense)
  • Edilson, atualmente no Cruzeiro: 5 gols (4 pelo Botafogo e 1 pelo Grêmio)
  • Leonardo Moura, atualmente no Botafogo-PB: 4 gols (todo pelo Flamengo)
  • Trauco, atualmente no Saint-Étienne, da França: 3 gols (todos pelo Flamengo)
  • Yago Pikachu, atualmente no Vasco: 3 gols (1 pelo Paysandu e 2 pelo Vasco)

Todas as vezes que Gilberto balançou as redes a equipe do Fluminense não perdeu.

  • 25/07/2018 – Fluminense 1 x 0 Palmeiras (Campeonato Brasileiro)
  • 06/04/2019 – Flamengo 1 x 1 Fluminense (Campeonato Carioca)
  • 17/04/2019 – Fluminense 2 x 0 Santa Cruz (Copa do Brasil)
  • 23/01/2020 – Fluminense 2 x 0 Portuguesa (Campeonato Carioca)
  • 08/03/2020 – Fluminense 4 x 0 Resende (Campeonato Carioca)

Fonte: GloboEsporte

Foto Reprodução: André Durão

“Realização de um sonho de infância” afirma Hudson após primeiro gol no Maracanã

Uma das principais contratações do Fluminense em 2020, Hudson começou a temporada como titular, mas acabou perdendo espaço após cumprir suspensão por cartão amarelo e ficou quase um mês sem entrar em campo. O volante de 32 anos, voltou a titularidade em grande estilo, contra o Madureira, na goleada de 5 a 1. Foi seu primeiro gol no Maracanã e o jogador garante que jamais irá esquecer.

– Realização de um sonho de infância, né? Não só meu como de toda minha família, o maior palco de futebol mundial na minha opinião. E mais gratificante ainda por ser com a camisa do Flu que tem tantas glórias no Maracanã – disse Hudson.

Fonte: GloboEsporte

Foto Reprodução: Lucas Merçon/FFC

Depois de partidas fora, Flu pode ter sequencia de cinco jogos no Maracanã, entenda

Depois de empatar em 0 a 0 com o Unión La Calera, no Chile, e vencer o Moto Club por 4 a 2 no Maranhão, o Tricolor terá pelo menos três partidas seguidas no Rio de janeiro, sendo elas contra Madureira e Resende, pela Taça Rio e entre esses dois confrontos, encara o Botafogo-PB, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O clássico contra o Vasco, que será no dia 14 de março, ainda não foi definido onde será o local da partida. Como o mando de campo é da equipe cruz-maltina, a partida pode ser tanto no estádio São Januário, quanto no Maracanã.
pela Copa do Brasil, caso avance, o Fluminense pode jogar a partida de ida (que está marcada para os dias 11 e 12 de março) também no ‘Maior do Mundo‘. Isso porque a formula da competição prevê sorteio de mando na terceira fase. Sendo assim, o Tricolor poderia ter uma sequencia de cinco jogos em casa.

Veja as datas e horários das próximas partidas do Flu no Maracanã

01/03 (Domingo) – Fluminense x Madureira – 16h – Taça Rio
04/03 (Quarta-Feira) – Fluminense x Botafogo-PA – 21h30 – Copa do Brasil
08/03 (Domingo) – Fluminense x Resende – 18h00 – Taça Rio

Foto: Lucas Merçon/FFC

Top