Mário comenta sobre centroavante no Flu, em coletiva

Nessa quinta-feira, (30), Mário em coletiva, comenta sobre a falta de centroavante no Flu, confira:

” Temos o Evanilson, que é centroavante. O Felippe Cardoso é centroavante. O Marcos Paulo também pode jogar nessa posição. E todos sabem que temos o desejo de trazer o Fred. Se conseguirmos trazê-lo, estaremos muito bem servidos”

Fonte: Felipe Siqueira, Jornalista – Setorista do Fluminense no http://GloboEsporte.com.

Promessa é dívida: Mário acerta parte das contas no Flu


Promessa é dívida e no Flu é dívida mesmo: Presidente Tricolor pagou nove folhas salariais em seis meses à frente do clube. Antes da eleição, vencida em junho, o então candidato afirmava que essa seria a prioridade.

O ano está próximo de terminar, e o presidente Mário Bittencourt conseguiu cumprir grande parte da sua principal promessa de quando era candidato a presidência do Fluminense. O mandatário tricolor, que venceu a eleição no dia 8 de junho, afirmava que a prioridade era acertar os salários atrasados e não mentiu. Desde que tomou posse quitou nove folhas.

Ainda restam algumas pendências, como o 13º de 2019 e alguns meses de direitos de imagem, remuneração que nem todos os jogadores recebem. No entanto, até terça-feira, Mário Bittencourt prometeu quitar parte desses atrasados.

fonte: terra

foto: Lucas Merçon Fluminense

Mário em visita à CBF, relata: “Bola não bateu na mão do jogador do Inter”

O presidente do Flu, Mário Bittencourt, reconheceu que o time não foi prejudicado na derrota por 2 a 1 para o Internacional, em Porto Alegre, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após visita à CBF e consulta aos vídeos do VAR, o dirigente saiu convencido de que não houve o erro de arbitragem reclamado pelos tricolores.

Naquele dia, entrei no vestiário com a certeza absoluta de que a gente tinha sido prejudicado. Mandei um whatsapp na hora para o presidente da comissão da arbitragem dizendo que queria ver – disse, para completar:

– O presidente da comissão de arbitragem abriu a maior televisão que tem lá, botou o vídeo e o áudio do VAR. Eu vi tudo. Por todas as câmeras. Eu não sou leviano. Quando erra, erra. Eu vou lá e digo que errou. Mas a bola não bateu na mão do jogador do Inter Saí convencido de que vi todas as imagens, até as que a TV não mostra. Tanto que o Sálvio (comentarista de arbitragem do Grupo Globo) mudou de opinião. Sou correto. Se tivesse batido, manteria a posição de que a gente foi prejudicado. Na quele caso, a gente não foi prejudicado.

Fonte: globo esporte

Celso se vê injustiçado por Mário

Após ser afastado do futebol do Flu pelo presidente Mario Bittencourt, o vice-presidente geral do Tricolor Celso Barros conversou com a imprensa nesta sexta-feira (23). 

O dirigente se viu injustiçado e não sabe se volta ao departamento em 2020. Em coletiva, o mandatário afirmou que conversaria com ele ao fim do Campeonato Brasileiro.

“Não vou deixar a vice-presidência, quero deixar claro. Vou me manter vice-geral, no futebol, essa tal conversa de fim de ano, estou refletindo muito, talvez nem precise. Nesse modelo, não me interessa. Eu não pude fazer nada. Ele vai dizer que trouxe Lucão, Orinho… todos no clube sabem como foi feito, e ele participou, como presidente, dono da caneta, claro, para dizer que me deu autonomia. Mas não havia. Eu disse que estava me sentindo injustiçado”, declarou.

Fonte: bol.uol

Mário confirma o afastamento de Celso Barros do futebol

O presidente Mário Bittencourt quebrou o silêncio e confirmou o afastamento de Celso Barros do futebol do Fluminense, ao menos até o fim do Campeonato Brasileiro. O vice-presidente geral deixa de ser oficialmente o homem forte do departamento, que vai passar a ser controlado diretamente pelo mandatário tricolor. 

– Eu ontem conversei durante 3 horas com ele. Eu não vim a público para falar sobre isso porque essa questão tem que ser resolvido internamente e caso eu falasse, geraria ainda mais instabilidade. Diante das postagens, causando instabilidade, decidi tirá-lo do futebol. O que eu informei para ele é que até o Campeonato terminar ele vai seguir afastado. A partir de hoje, assumo o futebol e que ele espere até o fim do ano para uma nova conversa para ver se segue no futebol ou como vice-presidente geral. 

Fonte: lance

Mario garante permanência de Marcão

Mario Bittencourt, que concedeu uma coletiva depois do treino nesta quinta feira (21), garante permanência de Marcão no time.

Independentemente dos resultados nesta reta final de Brasileirão, declarou:

“Escolher um “Cristo” por esse momento ruim é uma grande injustiça. As dificuldades já vêm de muito tempo. Não me isento de responsabilidade, trabalho com convicções”

Presidente reafirma que a decisão de efetivar Marcão foi do diretor executivo Paulo Angioni, e ressalta sua aprovação, mesmo não tendo participado da reunião que definiu a posição

Fonte: @victor_lessa (fut globo rádio)

Empate de Flu e Atlético aumenta crise entre Mário Bittencourt e Celso Barros

O empate em 1 a 1 com o Atlético-MG, no último sábado (16), no Maracanã, serviu para aumentar ainda mais o abismo na relação entre os dirigentes. Isso porque, por decisão do presidente tricolor, o vice-geral não recebeu a sua cota de ingressos e não foi ao jogo.

A informação foi divulgada inicialmente pelo “Globoesporte” e confirmada pelo Jogo Extra, que apurou que a situação entre os dirigentes está cada vez mais insustentável. A tendência é pelo afastamento de Celso até o término desta edição do Campeonato Brasileiro.

Tanto Mário quanto Celso têm direito a uma cota de ingressos, válidos para camarotes ou setores populares do estádio, que podem ser distribuídos para convidados. Mesmo sem eles, Celso poderia estar presente por ter uma credencial de entrada no Maracanã, mas decidiu por não estar presente para não causar atritos.

Pessoas próximas aos dirigentes veem esse “racha” como um problema grave na luta contra o rebaixamento e temem que possa atrapalhar os jogadores.

Fonte: extra