Martinelli celebra 100 jogos pelo Flu e se declara: “Amor, respeito e muita gratidão”

A vitória por 2 a 1 sobre o Red Bull Bragantino no último domingo (24/07), em Volta Redonda, teve sabor especial para Martinelli. Ao entrar em campo no segundo tempo do confronto, o Moleque de Xerém completou seu centésimo jogo pelo Fluminense. O volante não escondeu a emoção pela marca alcançada e disse que agora busca novas conquistas com a armadura tricolor.

100 jogos… Acho que com 20 anos você ter isso por esse clube gigante, maravilhoso e que eu tenho um carinho enorme é muito gratificante. Às vezes eu paro para pensar e 100 jogos é muita coisa, com altos e baixos. Estou muito feliz por atingir essa marca e espero alcançar muito mais. Não tem nem dois anos da minha estreia e já vivi muita coisa. Joguei todas as competições possíveis e é muito gratificante mesmo defender essas cores”, afirmou o camisa 38.

Ao longo de seus 100 jogos, Martinelli conquistou o carinho da torcida. O volante de apenas 20 anos de idade abriu o coração e se declarou em retribuição ao constante apoio que recebe das arquibancadas.

A torcida tem um carinho por sermos formados na casa, por sermos Moleques de Xerém. É um carinho especial. Existe a hora de cobrar também, o que é normal, mas quando estão do nosso lado isso facilita muito, nos dá confiança de entrar em campo. É maravilhosa essa sintonia da torcida com a gente que é de Xerém. Quero fazer uma história aqui no clube. Foram 100 jogos e agora vamos buscar 200. Vamos por mais objetivos”, disse Martinelli, que emendou:

Fluminense para mim significa amor, respeito e muita gratidão, porque foi o clube que me abriu as portas. Então tudo o que eu puder fazer dentro ou fora de campo eu vou estar sempre brigando por essas cores”.

A partida reservou algumas coincidências para Martinelli. Seu centésimo jogo pelo Fluminense aconteceu diante do mesmo adversário da estreia e após exatos cinco anos de sua chegada a Xerém, em um mesmo 24 de julho.

Nunca passou pela minha cabeça que seria tão rápido. Eu tinha esse objetivo, mas não esperava que seria tão rápida a transição. Eu estava no Sub-23, ganhei minha oportunidade e consegui ter sequência. As coisas aconteceram no momento certo, no momento de Deus”, disse.

Dos 100 jogos, Martinelli destaca dois como especiais. O primeiro contra o Goiás, em janeiro do ano passado, quando o Fluminense levou a melhor ao vencer por 3 a 0 no Estádio Nilton Santos, com o volante balançando as redes duas vezes. O segundo foi mais recente, na goleada tricolor por 4 a 0 sobre o Corinthians, quando deu assistência para o último gol da carreira do ídolo Fred.

Acho que aquela assistência é um momento que vai ficar marcado na minha vida. A gente sabia que eram os últimos minutos do Fred em campo e eu tive a oportunidade de tocar para ele fazer o gol. É uma alegria muito grande para mim, como foi para todo mundo”, declarou o jogador.

Agora Martinelli espera escrever novos capítulos em sua história no Fluminense, com mais conquistas. Segundo ele, o elenco está unido e no caminho certo para alcançar grandes objetivos.

Somos uma família, todo mundo se respeita. É um grupo maravilhoso, que tem tudo para fazer o que tem feito. Nosso trabalho está sendo mostrado em campo muito pelo que tem feito o professor (Fernando Diniz), nossa dedicação e nossa união. Aqui um ajuda o outro, sempre cobrando para melhorar e isso tem tudo para dar certo”, concluiu.



Fotos: Marcelo Gonçalves e Mailson Santana/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Com altos e baixos, Martinelli está perto dos 100 jogos pelo Fluminense

Revelado pelas categorias de base do Fluminense, Martinelli é mais uma cria de Xerém que está próximo de completar 100 jogos com a camisa tricolor. Vivendo bom momento com o técnico Diniz, ele pode chegar nessa marca contra o Bragantino, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, caso entre na partida.

Com apenas 20 anos, ele já entrou na história do Fluminense como o autor da última assistência para um gol de Fred, no jogo contra o Corinthians, pela 14ª rodada do Brasileirão.

Tendo oscilado bons e maus momentos desde que subiu para o profissional, Martinelli vive um período de alta com Fernando Diniz. Nas últimas oito partidas, só não entrou em campo contra o Botafogo, se mostrando uma peça útil para rodar o elenco.

Ele era integrante da talentosa geração sub-17, que revelou João Pedro, Marcos Paulo e Marcelo Pitaluga, que já deixaram o clube, além de André, Calegari e Luiz Henrique. Entre todas eles, Martinelli foi quem demorou mais a aparecer e ter uma chance no profissional. Mas, quando teve, não desperdiçou.

Em 2020, estreou bem contra o Bragantino e foi muito elogiado pela torcida e pela comissão de Odair Hellmann, técnico daquele período. Ainda com 19 anos na oportunidade, ele foi uma alternativa por causa do surto de Covid-19 no Fluminense, que acabou tirando oito jogadores das partidas.

Até o momento, Martinelli já fez quatro gols e sete assistências pelo Fluminense.

Em quarto lugar na tabela e com 31 pontos, o Fluminense enfrenta o Bragantino neste domingo, às 16h, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O Tricolor busca manter uma invencibilidade de sete jogos na competição, nove no total. Caso vença a partida, o Fluminense pode ficar a dois pontos do líder Palmeiras.

Foto: Mailson Santana/Fluminense

Fonte: GE

Dupla Tricolor entra na mira do PSV, da Holanda

Em busca de garimpar jovens promessas do futebol Sul-Americano, a diretoria do PSV, da Holanda, enviou um observador ao Rio de Janeiro, para observar dois atletas do Fluminense: Martinelli e Felipe Andrade, da equipe sub-20.

Além da dupla tricolor, o scout do clube holandês chega ao Rio de Janeiro para observar também o jovem volante do Andrey, destaque do Vasco na Série B.

A informação foi divulgada pelo site Netflu. Segundo o portal, a ideia do PSV é investir em jovens promessas para que possam evoluir tática e tecnicamente na Europa, utilizá-los em sua equipe e, posteriormente, revendê-los.

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Fluminense recusa proposta milionária do Oriente Médio por Martinelli

Um doa jovens de Xerém esteve perto de sair do clube. Martinelli, segundo o portal NetFlu, recebeu uma oferta de 5 milhões de euros (R$ 25,6 milhões na cotação atual) por um clube dos Emirados Árabes.

Porém, ainda de acordo com o portal, o Flu recusou a oferta por entender que o volante pode se valorizar ainda mais atuando no equipe.

Vale lembrar que a necessidade de arrecadação de verba do clube ficou maior do que o esperado com as eliminações precoces tanto na Libertadores, como na Sul-Americana.

Foto em destaque: Marcelo Gonçalves/FFC

Martinelli comenta sobre jogo de hoje contra o Ceará e diz que o time acertou os erros da última partida: “Estamos preparados”

O Fluminense visita o Ceará no Castelão, às 16hrs deste domingo pela 29° rodada do brasileirão.
Esse será o 60° jodo do Fluminense na temporada. São 25 vitórias, 16 empates e 18 derrotas. Tendo 78 gols pró e 64 gols contra.

Na última rodada o Fluminense perdeu a oportunidade de entrar no G6 do campeonato ao perder para o Santos fora de casa. Hoje, o Fluminense terá nova chance para entrar no g6 da tabela e se firmar na parte de cima.

Antes da partida, Martinelli falou sobre o jogo.

A gente acertou o que tinha que acertar e o time está preparado. Temos uma batalha pela frente e vamos procurar fazer um grande jogo, ganhar e tentar novamente entrar na zona de classificação para a libertadores”, comentou.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Ídolo do Flu, Fred sai em defesa de Martinelli: “O mais completo de todos”

Vivendo uma fase irregular na carreira, o meio campista Martinelli, passou a ser alvo de cobranças da torcida do Fluminense e chegou inclusive a perder a condição de titular no time, tendo ficado no banco de reservas no último jogo, domingo (26), contra o RB Bragantino, quando Nonato ganhou a posição de titular.

O meia ganhou no entanto uma defesa significativa dentro do clube: o capitão Fred. O atacante comentou em uma postagem da página “Nasce o Flu”, no qual não poupou elogios a Martinelli e culpou a sequência de jogos como motivo pela má fase do jogador. Veja:

Foto em destaque: Mailson Santana/FFC

Nonato e Martinelli brigam por uma vaga e Calegari volta ao time titular; veja a provável escalação do Fluminense

O Fluminense enfrenta o RB Bragantino neste domingo (26), de olho no G-6 do Brasileirão. Jogo que é uma briga direta por uma das vagas ao grupo de classificação para a Libertadores de 2022.

No jogo que pode colocar Marcão como técnico com maior número de partidas de invencibilidade no Flu em Brasileiros, o treinador deve promover mudanças na equipe. A principal dela: a entrada de Calegari na vaga de Samuel Xavier, que cometeu o pênalti contra o Cuiabá na última rodada.

Outra mudança pode acontecer no meio de campo, onde Nonato e Martinelli brigam por uma vaga no time titular. Veja a provável escalação: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André, Yago e Nonato (Martinelli); Luiz Henrique, Caio Paulista e Fred.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: GE

Craque do jogo, Martinelli entrega André: “Sempre fez gol contra o Fla na base”

A vitoria do Fluminense por 1 a 0 sobre o Flamengo, registrou o primeiro gol de André entre os profissionais do Fluminense.

Escolhido como craque do jogo ao final da partida, o volante Martinelli entregou o companheiro, parceiro desde a época de base.

Com certeza, trabalhamos focados essa semana sabíamos que conseguiríamos fazer um grande jogo e ir em busca da vitória. Estou muito feliz pelo André, que sempre fez gol contra o Flamengo na base, muito feliz por ele e pela vitória – disse o meio que foi eleito como o craque do jogo pela equipe da TV Globo.

Foto em destaque: Reprodução/Tv Globo

Volante Tricolor, Martinelli recebe proposta de clube europeu

Um dos destaques do Fluminense desde a última temporada, o volante Martinelli recebeu uma oferta para atuar no futebol belga, mais precisamente no Anderlecht, segundo informou o jornalista Bruno Andrade, colunista no site “UOL Esporte”.

Ainda de acordo com a informação, o clube belga teria oferecido cerca de 5 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões na conversão atual) para contratar Martinelli. No entanto, a diretoria tricolor já teria se posicionado contrária a negociação, estando inclinada a negar a oferta, considerando muito baixo o valor colocado na mesa de negociações. 

Ainda de acordo com o “UOL Esporte”, o Anderlecht não é o único interessado em contar com o futebol de Martinelli. Nos últimos meses, o volante também foi alvo de olhares de clubes da Inglaterra. No entanto, as abordagens realizadas pelas equipes não avançaram para ofertas ao Tricolor.

Titular na reta final do Brasileirão 2020, Martinelli teve o contrato renovado recentemente, com o novo vínculo tendo validade até dezembro de 2024. Somando as duas temporadas, o camisa 38 25 jgos pelos profissionais do fluminense, sendo 13 em 2020 (todas pelo Campeonato Brasileiro), quando foi titular em 11 oportunidades, e 22 jogos na atual temporada, sendo titular em 21 oportunidades.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

De volta ao time titular, André comemora reedição de dupla vencedora com Martinelli: “Não tem felicidade maior”

Depois de três meses sem jogar, desde a vitória por 1 a 0 contra o Bangu no Carioca, André voltou a ser titular do Fluminense no empate por 1 a 1 com o Fortaleza na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Além da vaga entre os 11 titulares, o volante de 19 anos pode reeditar a vitoriosa dupla com Martinelli no meio-campo. Jogando juntos, os jovens foram campeões Cariocas sub-17 e finalistas da Copa do Brasil e Taça BH da categoria em 2018, em um time que também contava com Calegari, Luiz Henrique, João Pedro, Marcos Paulo, Luan Freitas, Wallace e Marcelo Pitaluga.

– A gente está indo para o quarto ano jogando junto. Martinelli é meu amigo, fico muito feliz de ter atuado do lado dele e muito feliz pelo momento que ele está vivendo. É uma pessoa excepcional, um cara diferenciado, creio que ainda vai dar muitas alegrias para o torcedor tricolor. Passa pela cabeça que há dois, três anos estávamos jogando juntos na base, e hoje representarmos o Fluminense no profissional… Não tem felicidade maior. – comemorou.

Com Martinelli suspenso da primeira partida da fase de oitavas da Libertadores contra o Cerro no dia 13 de julho, a boa partida de André frente ao Fortaleza credencia o jovem para a a vaga de substituto.

Fonte: GE

Foto: Lucas Merçon/FFC