fbpx

Com dois triunfos seguidos, Fluminense vê diminuir chance de rebaixamento

O jogo contra o Cruzeiro (18º), quarta-feira, no Mineirão, é crucial na campanha do Fluminense (15º) contra o rebaixamento. Mas os triunfos sobre Grêmio e Botafogo, em sequência, ajudaram a equipe a, ao menos, respirar no Campeonato Brasileiro. Com 25 pontos, abriu três de vantagem sobre o Z-4.

O novo cálculo de Tristão Garcia aponta 20% de risco de queda à Série B. Houve uma considerável redução nos números, anteriormente mais assustadores. A calculadora chegou a indicar 78% depois da 17ª rodada e 49% na virada do turno.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fora do Z-4, Fluminense tem 49% de risco de queda à segundona

Ao vencer o Corinthians por 1 a 0, na virada do turno, o Fluminense conseguiu deixar a zona de rebaixamento, mas ainda não se livrou do “fantasma” do rebaixamento.

Em 16º lugar, com 18 pontos, o Tricolor, conforme calculado pelo matemático Tristão Garcia, tem 49% de chance de cair. Quer dizer que houve uma redução se comparado ao cálculo do início do mês, depois da 17ª rodada (derrota por 1 a 0 para o Avaí, no Maracanã), quando se apontou 78%.

Na próxima rodada, o Time de Guerreiros fará confronto direto com o Goiás (15º), com 44% de risco de queda. Dos 20 clubes da Série A, nesse momento, somente os seis primeiros estão salvos da Série B de 2020.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top