Matheus Alessandro aciona Fluminense na justiça cobrando cerca de R$ 1 milhão

Atacante deixou o clube no final de Janeiro após o final de seu contrato. Ele julga de direito cobrar verbas rescisórias, férias, 13º salário, FGTS, multas e honorários advocatícios. 

Cobranças: 

Férias de 2016/2017 e 2017/2018 + terço + multa por não pagamento totalizando R$ 256.666,66

13º de 2017 e 2018 no valor de R$ 110.000,00

Verbas rescisórias no valor de R$ 215.516,55

Multa de 1 salário por não pagamento das verbas rescisórias no valor de R$ 55.000,00

FGTS de dezembro de 2016 a janeiro de 2021 no valor de R$102.400,00

Multa em caso de não pagamento na 1ª audiência no valor de R$ 107.708,32

Honorários advocatícios no valor de R$ 127.078,74

O valor total de tudo que o ex jogador tricolor está cobrando fica na casa de R$ 974.270,37

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Fonte: Ge

Matheus Alessandro se despede do Flu em rede social: “Gratidão”

Atacante de 24 deixou o clube após o término de seu contrato no dia 31 de Janeiro. Jogador estava emprestado no Botafogo-SP, e já havia sido avisado em junho que não teria o vínculo renovado.

No seu perfil do Instagram, Matheus Alessandro se despediu do Fluminense, declarando amar o clube e ter gratidão pelos 10 anos passados no Flu.

Confira na íntegra:

Destaque da Taça das Favelas em 2012 jogando pelo time da Vila Vintém, Matheus Alessandro chegou à categoria de base do Fluminense no mesmo ano. Ele subiu para os profissionais em 2017 e disputou, ao todo, 63 jogos com a camisa Tricolor, tendo marcado um gol, contra o Botafogo. Nesse período, teve empréstimos por Fortaleza e Botafogo-SP.

Foto: Maílson Santana/FFC

Fora dos planos de Odair, quarteto pode deixar o Flu

Pouco aproveitados pelo técnico Odair Hellmann, a dupla Orinho e Felippe Cardoso não desempenharam um bom papel quando acionados pelo treinador e podem ter a passagem pelas Laranjeiras encurtada.

Segundo informou o portal UOL Esportes, a dupla que tem contrato de empréstimo com o clube até o final de 2020, pode nem cumprir o vínculo até o final.

Ainda sem um reserva para Egídio, atual titular da lateral esquerda, Orinho ainda segue treinando com o grupo principal, fato diferente de Felippe Cardoso. O atacante que chegou a entrar ao longo da final do Estadual contra o Flamengo, mas, mais uma vez não agradou e já treina em separado do grupo.

Pablo Dyego e Matheus Alessandro, crias da base do clube também vêm treinando em separado e não devem seguir no Flu. Ainda de acordo com o UOL, a dupla já teria sido informada inclusive que estariam livres para procurar outra equipe.

“‘Uh, vem que tem…” Na partida deste domingo, ataque tricolor será formado por atletas formados na base

Pela primeira vez na temporada o técnico Odair Helmann terá opções para montar o ataque tricolor, já o que setor foi o que mais sofreu com desfalques. Dos seis atacantes relacionados para a partida, quatro são formados nas categorias de base do clube, são eles: Evanilson, Wellington e Marcos Paulo que formarão o trio de ataque. Além de Matheus Alessandro.

Completa a lista, Caio Paulista, que já passou por Xerém, mas foi dispensado e o peruano Fernando Pacheco.

O Fluminense enfrenta o Botafogo, hoje, às 16h00, no Maracanã, pela última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara.

Foto: Thiago Ribeiro-AGIF / Lance / Lucas Merçon-FFC

Confira as mudanças para a partida contra o Portuguesa

Sem poder contar com Yuri, que sentiu um desconforto muscular na coxa direita e será poupado, o Fluminense irá a campo com apenas uma mudança para enfrentar a Portuguesa, nesta quinta-feira (23) , às 20h (de Brasília), no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Carioca.

O técnico Odair Hellmann optou pelo atacante Matheus Alessandro no lugar do volante.

Além disso, o meia Wallace, do time sub-20, também entra em campo. Ele tem contrato até set/21 e uma multa de 30 milhões de euros para clubes do exterior. Monitorado pelo Liverpool, vem sendo observado por Odair Hellmann, segundo o LANCE!

Flu também vai contar com uns desfalques: Caio Paulista, Evanilson, Marcos Paulo e Frazan seguem fora por lesão; Fernando Pacheco e Nino estão na disputa do Pré-Olímpico; e Digão, Egídio, Henrique, Michel Araújo e Yago não foram regularizados a tempo.

Foto:
Lucas Merçon

Bem na estreia, Matheus Alessandro deve ganhar oportunidade no time titular

O técnico Odair Hellmann vem quebrando a cabeça para escalar o Fluminense para a segunda rodada do Campeonato Carioca, quando o Tricolor encara a Portuguesa-RJ, no Maracanã, nesta quinta-feira (23), às 20h.

Ainda sem poder contar com alguns jogadores recém chegados, como: Egídio e Yago, o técnico ainda perdeu o volante Yuri, que acusou dores na coxa e também não enfrenta a Portuguesa-RJ.

Com isso, quem deve ganhar uma oportunidade é Matheus Alessandro. O jogador que entrou durante o segundo tempo na partida contra a Cabofriense, teve boa movimentação, além de participar do gol Tricolor. É provável ainda que o atacante entre na vaga de Yuri, mudando desta forma o esquema de jogo, saindo do 4-3-1-2 para o 4-3-3. Com dois volantes e Nenê na armação.

Desta forma, o provável time deve ser o seguinte: Marcos Felipe; Gilberto, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Orinho; Hudson, Dodi e Nenê; Lucas Barcelos, Matheus Alessandro e Fellipe Cardoso.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Após ida para Coreia do Sul melar, Matheus Alessandro volta ao Fortaleza

Sem acerto com o Daejeon Citizen, da segunda divisão coreana, por causa de lesão no púbis, Matheus Alessandro retomou o empréstimo até dezembro ao Fortaleza. No início de julho, ele havia deixado o clube cearense para viajar à Coreia da Sul e fechar negócio, o que não ocorreu pela reprovação nos exames médicos. Reiniciará as atividades no time de Rogério Ceni nesta segunda-feira.

Cedido ao Fortaleza desde janeiro, o atacante de 23 anos fez apenas 9 jogos e não marcou gols. Pelo clube das Laranjeiras, desde a promoção ao profissional, em 2017, anotou um gol em 56 partidas. O contrato com o Tricolor vale até o fim da próxima temporada.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Depois de ida frustrada para a Coréia, Matheus Alessandro deve retornar ao Fortaleza

Fora dos planos de Fernando Diniz, atacante chegou a acertar com o Daejeon Citizen, mas acabou sendo reprovado nos exames médicos

Foto: Lucas Merçon / FFC

Depois de dois anos sendo bastante utilizado no Fluminense, Matheus Alessandro perdeu espaço e ficou fora dos planos de Fernando Diniz. Então, o atacante foi emprestado ao Fortaleza, onde chegou a atuar em algumas partidas. Entretanto, recebeu proposta do Daejeon Citizen, da Coréia do Sul, e acertou com o clube europeu. Tudo parecia certo, mas o jogador de 23 anos acabou sendo reprovado nos exames médicos, que constataram uma lesão no púbis e o negócio foi desfeito.

De volta ao Brasil, Matheus Alessandro viveu dias de incerteza sobre seu futuro, tendo em vista que não seria reintegrado ao elenco do Fluminense. Porém, de acordo com informações da Rádio Brasil, o atacante deve retornar ao Fortaleza para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro. O contrato do atleta com o Tricolor carioca vai até o fim de 2020.

Clube coreano emite nota explicando situação de Matheus Alessandro

Foto: Arquivo Pessoal

A negociação envolvendo o atacante do Fluminenses Matheus Alessandro com o Daejeon Citizen, da Coréia do Sul, acabou não acontecendo.

O jogador de 24 anos que já havia inclusive viajado ao país asiático para assinar o empréstimo de um ano, foi reprovado nos exames médicos e retornou ao Fluminense.

Contudo, o motivo dessa reprovação pegou muitos torcedores de surpresa e, uma informação passada pelo jornal inglês, The Sun, no último domingo (14), dava conta de uma possível contaminação do atacante pelo vírus do HIV.

De imediato, a reportagem do Canal Flunews entrou em contato com a assessoria do jogador, que disse desconhecer tal informação. Mais tarde, ainda na noite de domingo (14), o Daejeon emitiu um comunicado oficial também desmentindo o The Sun.

De acordo com o clube coreano, Matheus Alessandro acusou um problema no púbis durante os exames médicos e com isso, não foi possível prosseguir com a negociação.

Segue o link com o comunicado oficial do Daejeon Citizen: http://www.dcfc.co.kr/m/sub/notice_view.html?num=20922

Ainda de acordo com a assessoria do jogador, o futuro do atacante que estava emprestado ao Fortaleza, antes da negociação com Daejeon, segue indefinida. “A princípio, ele retorna ao Fluminense”, informou o assessor do atleta.

Reprovado em exames, Matheus Alessandro não assina com clube sul-coreano e é esperado no Fluminense

A ida de Matheus Alessandro ao Daejeon Citizen, da segunda divisão da Coreia do Sul, melou. O atacante chegou a viajar para a Ásia na semana passada, mas um problema no púbis identificado em exames médicos fez o clube sul-coreano desistir do empréstimo, que valeria até dezembro. O acordo previa opção de compra ao fim do período.

Com contrato com o Fluminense até o fim de 2020, o jovem de 22 anos se reapresentará nos próximos dias para discutir seu futuro. Ele estava emprestado ao Fortaleza, onde ficou durante o primeiro semestre, e saiu justamente pela proposta do exterior.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.