fbpx

Nino elogia defesa do Fluminense e exalta “espetacular” Matheus Ferraz: “Vive grande fase”

A lesão de Digão levou Fernando Diniz a testar alguns jogadores como dupla de Matheus Ferraz. Escalou Frazan, Paulo Ricardo e Léo Santos, até que viu em Nino a opção ideal para a vaga. O zagueiro, contratado junto ao Criciúma, estreou na derrota para o Flamengo por 3 a 2, ao fim de março. Soma cinco jogos pelo Fluminense, três deles sem levar gols.

– Mostra que nosso trabalho está sendo bem feito. Nossa partida defensiva sempre tem ido bem. Esperamos continuar assim, tomar o mínimo possível de gols para que as classificações venham e a gente possa ir longe nesta competição – disse.

Também é uma surpresa para os tricolores o bom desempenho de Ferraz, considerado um dos principais atletas do elenco no ano. Nino “assina embaixo” e, ao confirmar entrosamento com o companheiro, diz que evolui ao lado do camisa 3.

– É um cara espetacular, como atleta e pessoa. Vive uma grande fase. Vem me passando bastante experiência. É muito prazeroso. Tenho crescido bastante ao lado dele. O que tenho aprendido com ele, vou levar por toda a minha carreira. Espero que esse entrosamento e essa boa fase continuem e a gente possa dar bons resultados para o Fluminense.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Matheus Ferraz cobra maturidade em decisões: “Tivemos jogos nas mãos e deixamos escapar”

Matheus Ferraz driblou a desconfiança que o cercava na chegada ao Fluminense, em janeiro, e se tornou um dos pilares do elenco de Fernando Diniz. Experiente, o zagueiro expôs, nesta quinta-feira, sua análise sobre a campanha no Campeonato Carioca e cobrou mais maturidade em decisões.

– A nossa equipe tem de ter maturidade. Em algumas oportunidades, tivemos jogos nas mãos e deixamos escapar. Precisamos ter mais tranquilidade para trabalhar a bola quando tivermos o resultado na frente. Não podemos nos atirar lá atrás para esperar o adversário. Às vezes, precisamos de uma leitura melhor. Temos que melhorar a maturidade.

Especialmente em clássicos, os gols no fim geraram eliminações e prejudicaram busca por título. O clube perdeu a Taça Guanabara para o Vasco aos 37′ do segundo tempo e caiu para o Flamengo na semifinal da Taça Rio nos acréscimos, em pênalti bobo cometido por Léo Santos. Sábado, vencia por 1 a 0 quando, aos 23′ da segunda etapa, Rodolfo falhou e cedeu o empate ao Rubro-Negro.

– Não conseguimos ganhar, que é o principal. No geral, tirando o último Fla-Flu, acho que, nos outros jogos, nossa equipe se portou bem, teve velocidade e movimentação. A filosofia do Diniz é nova para a gente e em alguns jogos funciona. Tudo é questão de evolução. Nossa equipe vai evoluir, aprender. Vamos pegar jogos com equipes qualificadas e vamos conseguir fazer bons jogos. É tudo questão de evolução para conseguir alcançar objetivos – opinou Ferraz.

Terça-feira, a equipe encara mais um compromisso importante, dessa vez pela Copa do Brasil. Pega o Luverdense, às 19h15, no Maracanã, após o empate em 0 a 0 em Mato Grosso. Quem vencer, avança. Nova igualdade leva vaga a ser definida nas penalidades.

– Lá o calor foi ruim, o campo não ajudou. O Luverdense se dedicou muito na marcação. Agora, estamos na nossa casa e temos tranquilidade e liberdade para fazermos o nosso jogo. Aqui temos alegria para jogar bola. Então, a nossa cabeça tem que estar tranquila. Fazer um jogo seguro e tranquilo para sair com a classificação.


LEIA MAIS RESPOSTAS DE MATHEUS FERRAZ:

Jogo logo após eliminação no Carioca

– É importante ter um jogo logo depois assim. Desta forma, conseguimos pensar para frente. Tem o ano todo. Ficou um gosto de quero mais contra o Flamengo. Não podemos ficar só lamentando, temos uma decisão, que será difícil.

Longo período para treinar

– É um tempo que o Diniz pode trabalhar no que podemos melhorar e no que temos de corrigir. Vamos nos dedicar ao treinamento e focar para que nossa equipe crie mais maturidade. Treino é necessário para nossa equipe melhorar tecnicamente e taticamente. É lógico que queríamos estar nas finais, mas é um tempo de trabalho árduo para melhorar.

Titularidade na zaga

– O revezamento é ruim para o entrosamento. Quanto mais jogos juntos é melhor para entender o jogo e entrosar. Sobre jogar desde o começo, eu sempre trabalhei muito firme para me manter. Todos jogadores têm que trabalhar para isso. É oportunidade. Eu agradeço a Deus pela oportunidade e por estar desenvolvendo. Tenho que estar mostrando isso a cada dia, time grande é assim.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Matheus Ferraz celebra boa fase e projeta semana decisiva para o Fluminense

Foto: Divulgação / FFC

Zagueiro afirmou que o entrosamento sem Digão não será o mesmo, mas pregou confiança em quem for escolhido como substituto

Após o empate em 1 a 1 com o Botafogo pela 4ª rodada da Taça Rio, o Fluminense se reapresentou no Centro de Treinamento Pedro Antônio (CTPA) e mostrou já ter mudado totalmente o foco. Isso porque a semana é decisiva para o clube. Nesta terça (19), depois de treinar no Rio de Janeiro, a equipe viajará para o Chile, onde enfrenta o Antofagasta, pela Copa Sul-Americana. No jogo de ida, o Tricolor não saiu do zero e chega para o duelo de volta com um teor de tensão.

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta segunda (18), Matheus Ferraz se disse motivado para a partida e pregou confiança no substituto de Digão, lesionado. Já que Leo Santos e Nino não estão inscritos na competição, a vaga será disputada por Paulo Ricardo e Frazan.

A gente ainda não treinou, ainda temos tempo. A equipe que jogou só fez regenerativo. Independentemente de quem jogar, está preparado. Por quem o Diniz optar, vai fazer um grande jogo. O entrosamento não vai ser o ideal, tanto na zaga quanto as outras peças. Mas a vontade vai atravessar a questão do entrosamento. É um jogo que requer muita motivação“.

O zagueiro também falou sobre a boa fase que vem vivendo no Fluminense. Contratado para esta temporada, o atleta de 34 anos vem surpreendendo com atuações seguras e garantiu o posto de titular no Tricolor.

É tudo fruto de trabalho e dedicação. Vim para cá para me dedicar ao máximo e ajudar o Fluminense. Onde passei, pude ter uma boa regularidade. Me preparei para ter essa oportunidade e chegar ao Fluminense. As coisas vêm fluindo“.

Perguntado sobre Paulo Henrique Ganso, Ferraz não poupou elogios ao camisa 10. De acordo com ele, o meia tem capacidade de decidir uma partida a qualquer momento.

É um jogador diferenciado, todos sabem. Vem numa crescente, fazendo coisas do estilo de jogo dele, a visão de jogo que tem a diferente. É um cara de peso, que impõe respeito. A qualquer momento pode definir uma partida“.

O defensor analisou o empate com o Botafogo no ‘Clássico Vovô’ e lamentou as chances de gol desperdiçadas pelo time quando ainda liderava o placar.

No primeiro tempo, fomos intensos, no nosso estilo, criamos boas oportunidades. No segundo tempo, vacilamos. A equipe do outro lado tem qualidade, e eles não vão perdoar. Isso não pode acontecer“.

Por fim, Matheus Ferraz revelou um pouco da cobrança de Fernando Diniz do lado de fora do campo. De acordo com o zagueiro, o treinador tricolor exige intensidade e tem como maior pilar o entrosamento entre os jogadores.

Ele cobra muito a movimentação. Quando você pega uma equipe que marca muito baixo, a movimentação tem que ser rápida, com um ou dois toques. É difícil. Requer bastante treinamento, entrosamento. O Diniz cobra isso, movimentação, intensidade“.

Sem Gum, Fluminense encaminha acerto com Matheus Ferraz

Zagueiro deve assinar por uma temporada.

Após anunciar a saída de Gum, o Fluminense está muito próximo de anunciar Matheus Ferraz, de 33 anos, que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo América Mineiro.

Ferraz chega ao Flu exatamente pra suprir a saída de Gum, uma vez que as outras peças da equipe para o setor são jogadores mais jovens: Nathan Ribeiro, Frazan, Ibañez e Paulo Ricardo.

O clube das Laranjeiras ainda tenta junto ao Cruzeiro a prorrogação do emoremprés de Digão. Situação que deve se resolver nos próximos dias.

De acordo com o jornalista Gabriel Lutterbach, setorista do Tricolor no site “Futebolzinho”, o defensor se apresenta no dia 02 de janeiro, para fechar os últimos detalhes, assinar contrato e ser apresentado ao torcedor no dia seguinte, data marcada para a reapresentação do elenco.

 

foto: O Gol

Agente de Matheus Ferraz confirma acordo com o Flu

Zagueiro disputou o último Campeonato Brasileiro pelo América Mineiro.

Buscando opções para rrforrefo sistema defensivo, o Fluminense está muito próximo de anunciar a contratação do zagueiro Matheus Ferraz, que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo rebaixado América Mineiro.

Em entrevista ao portal Lance!, Nilson Moura, agente do jogador, confirmou que o experiente zagueiro que está prestes a completar 34 anos está por detalhes de ser anunciado como novo reforço do Fluminense:

– Está quase tudo acertado, deve acertar tudo hoje (terça-feira) ou amanhã (quarta). Faltam detalhes contratuais. Não vou dizer que está 100%, mas está a 99%. É muito difícil que não jogue no Fluminense – revelou Moura.

Ainda de acordo com o agente do atleta, o único empecilho na negociação é um acordo referente ao tempo de contrato que está sendo discutido, entre um ou dois anos.

 

foto: Reprodução ESPN

Fluminense negocia contratação de zagueiro do América Mineiro

Defensor esteve proxupr de acertar com o Tricolor em 2016.

Buscando opções para reforçar o setor defensivo, o Fluminense estaria negociando a contratação do zagueiro Matheus Ferraz, de 33 anos, que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo América Mineiro.

Essa não é a primeira vez que o Flu negocia a contratação do zagueiro. Em 2016 quando atuava pelo Sport, Ferraz esteve muito próximo de acertar com o Fluminense, mas a negociação não evoluiu e o defensor permaneceu no Leão da Ilha, vindo a se transferir para Minas no ano seguinte.

 

foto: Mourão Panda 

Fonte: Rádio Brasil

Top