fbpx

Palmeiras quer ‘tranquilidade’ e tenta acordo com Fluminense por Gustavo Scarpa

Há uma semana, Gustavo Scarpa retornou ao Palmeiras, graças a um habeas-corpus, conseguido junto ao TST (Tribunal Superior do Trabalho), mas mantém viva, na Justiça, a disputa contra o Fluminense. O imbróglio, ainda indefinido, se estende desde dezembro passado e atrapalhou a carreira do palmeirense, que estava sem jogar há quase quatro meses. Fã do futebol do novo contratado, Maurício Galiotte, presidente do Alviverde, se dispõe a negociar um acordo com o clube de Laranjeiras para, enfim, pôr um ponto final na história.

– Eu entrei em contato com o presidente do Fluminense, conversei com ele e me coloquei à disposição para que, juntos, possamos tentar uma composição, algo que a gente possa encerrar de vez qualquer tipo de discussão que ainda exista entre Scarpa, Fluminense e Justiça. O Palmeiras tem todo interesse em resolver essa situação para que o jogador tenha tranquilidade para trabalhar e todos possam seguir com bastante tranquilidade – declarou.

Gustavo Scarpa foi contratado pelo Palmeiras em janeiro e assinou por cinco anos. Entretanto, ficou parado de março a junho, uma vez que seu contrato com o Fluminense foi reativado, em razão de decisão do TRT-RJ. Ele quer sua rescisão por conta dos atrasos salariais e cobra mais de R$ 9 milhões.

Enquanto aguarda como o ex-time procederá quanto ao despacho do TST, que permite recurso, o meia está integrado ao elenco de Roger Machado e viajou à Cidade do Panamá para amistosos, durante a parada para a Copa do Mundo. A ideia do técnico é, inclusive, colocá-lo no jogo desta quarta-feira, diante do Independiente Medellín. Seria, praticamente, a ‘reestreia’ de Scarpa.

– Scarpa é um jogador diferente. Eu sempre fiz o máximo possível para que pudéssemos contar com esse jogador desde o início do ano. A gente sabe que existe uma situação sendo discutida na Justiça com o Fluminense, mas o Palmeiras sempre esteve muito próximo do jogador, da família e do empresário. É um desejo que eu sempre tive, pelo potencial e pelo caráter dele. Nosso planejamento sempre contou com o Scarpa e é muito bom tê-lo novamente – afirmou Maurício Galiotte.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Top