fbpx

Ator, Miguel Rômulo divide prêmio de ‘torcedor ilustre’ com a torcida: ‘Cada um é merecedor disso’

Paixão de famosos da televisão brasileira, o Fluminense completou 116 anos no sábado, dia 21 de julho, e abriu as portas de sua sede para centenas de tricolores celebrarem a data. Como de costume, vários artistas marcaram presença e, nos casos de Francisco Vitti e Miguel Rômulo, ambos atores, até jogaram a despedida de Ricardo Berna, no estádio de Laranjeiras. 

–  Jogar com Rui (Cabeção), Leandro Euzébio, Antônio Carlos, Washington, Ricardo Berna, entre outros, é uma honra. Pudemos vê-los jogando e até dando um baile em nós. É o maior prazer vir aqui comemorar. Quem sai feliz é o torcedor que assiste a esse jogo – comentou, em entrevista exclusiva ao Canal FluNews. 

Na semana passada, no Salão Nobre do clube, aconteceu uma sessão comemorativa ao aniversário do Fluminense. Foi nesta reunião que Miguel Rômulo e outros artistas foram declarados torcedores ilustres. Feliz com a homenagem, o ator confessa que gostaria de dividi-la com todos os fanáticos pelas três cores.

Ricardo Berna, ex-goleiro do Fluminense, autografa camisa usada por Miguel Rômulo em jogo-festivo (Foto: Nicholas Rodrigues/Canal FluNews).

– Para mim, ganhar uma homenagem do Fluminense, independente do tamanho que ela for, é uma honra. Eu dedico esse meu prêmio à torcida inteira. Acho que cada um é merecedor disso. Todos nós somos torcedores ilustres. Independente de você ter uma placa ou não, o Fluminense está nos nossos corações – disse. 

Foi a segunda vez que Miguel compareceu à FluFest. No último ano, anotou dois gols. Em 2018, o faro de artilheiro estava mais tímido. Ainda assim, marcou um. No ar em ‘Orgulho e Paixão’, novela da Rede Globo, ele, aos risos, diz que nunca se arriscaria como jogador. 

– Não, não. Eu gosto muito de ser ator. Venho jogar todo ano aqui para ter certeza que eu não conseguiria jogar como profissional.

Saudações Tricolores,

Nicholas Rodrigues.

Top