fbpx

Fluminense pode ter mudanças para jogo contra o Inter; lateral, meio e ataque podem ganhar caras novas

O Fluminense enfrenta o Internacional no próximo domingo (22) em Porto Alegre, pela 22° rodada do Campeonato Brasileiro. Vindo de duas derrotas seguidas – Grêmio e Palmeiras, o Flu pode ter algumas novidades na partida diante o Colorado.

Como já havia dado a pista na coletiva após a derrota para o Palmeiras, o técnico Odair Hellmann usará a semana livre para observar melhor a equipe e não descarta fazer alterações, principalmente nos setores mais contestados pela torcida: lateral, meio e ataque.

Calegari que vinha sendo utilizado até contrair a Covid-19, perdeu espaço para Igor Julião, porém, após as últimas atuações o camisa 21 vê sua posição ameaçada e pode deixar a equipe.

No meio, Yago que teve um papel de destaque na vitória contra o Fortaleza, teve que ser sacado do time após contrair a Covid-19. Agora, depois de completar a quarentena de 14 dias, volta aos treinos e deve ganhar uma vaga no meio de campo. Assim como Luiz Henrique, que vinha sendo titular, mas perdeu espaço após período de treinos com a seleção brasileira olímpica e principal. O muleque de Xerém que entrou nas últimas partidas deve começar jogando a próxima partida. A dúvida no entanto, é seu companheiro de ataque, já que Fred realizou exame nesta terça-feira (17) quando detectou uma entorse no tornozelo direito e passou a ser dívida para o confronto. Lucca e Marcos Paulo e Felippe Cardoso devem brigar pela vaga, caso o camisa 9 seja vetado.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: UOL Esportes

Mudança à vista! Após a paralisação, equipes poderão fazer até cinco substituições

Em razão do impacto da pandemia do coronavírus, no futebol mundial, a International Football Association Board (IFAB), órgão que regula as regras do futebol, seguiu recomendação da Fifa e efetuou uma mudança temporária nas regras do esporte, passando a permitir que as equipes façam até cinco substituições por jogo.

A medida, que passa a valer imediatamente, é temporária e, em princípio, será adotada para as temporadas 19/20 e 20/21 dos campeonatos. Segundo a Fifa, a mudança foi feita para proteger os atletas, após o período de confinamento que eles tiveram de passar por conta da Covid-19.

Porém, para evitar muitas interrupções no decorrer da partida, cada equipe terá apenas três oportunidades para realizar a troca de jogadores. As mudanças poderão ser feitas livremente no intervalo das partidas, ou seja, o treinador poderá alterá metade do time para o segundo tempo.

Segundo a entidade máxima do futebol esta decisão foi tomada por que “as partidas podem ser disputadas em um período condensado em diferentes condições climáticas, as quais podem ter impactos no bem-estar do jogador”
Essa mudança na regra ficará a critério de cada Confederação ou Federação organizadora.

Outro ponto a ser destacado é que as substituições não utilizadas no tempo regulamentar, serão transportadas para a prorrogação, onde atualmente prevê uma quarta substituição para cada equipe. Porém essas trocas só poderão ocorrer antes do início da prorrogação ou no intervalo.

Fonte: UOL
Foto: Divulgação FIFA

Odair ensaia mudanças mas criticados devem seguir no time

O técnico Odair Hellmann vem aproveitando o tempo de treinamento para fazer alterações no time titular do Fluminense.

Com todos jogadores à disposição, o técnico pode pela primeira vez usar o que tem.de melhor para escalar o time, que deve vir com alterações em relação ao que entrou em campo na última terça-feira (18) quando foi eliminado pela equipe do Unión La Calera, no Chile.

Os indícios de mudança no entanto não vem agradando ao torcedor, uma vez que mesmo que o treinador ensaie colocar Nino na equipe, Digão ao que tudo indica deve ser mantido, mesmo sendo um dos mais criticados pelos torcedores.

Outro nome criticado pelo torcedor, Henrique parece gozar de prestígio com o treinador e deve seguir na equipe titular. Marcos Paulo por sua vez, após seguidas partidas abaixo da média deve ser preterido, com o ataque sendo formado por Pacheco e Wellington Silva, com Evanilson ainda no comando de ataque.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Fluminense deve ter novidades contra o Bangu; time titular pode ter até sete mudanças

O Fluminense entra em campo neste domingo (26) para enfrentar o Bangu pela terceira rodada da Taça Guanabara, às 16h, no estádio Moça Bonita, em Bangu. Vindo de duas vitórias em dois jogos, o time comando por Odair Hellmann pode entrar em campo bastante mexido.

O treinador que já havia sinalizado a importância de poupar alguns jogadores na última coletiva, testou outras opções e pode realizar até sete mudanças para o jogo.

Egídio, Henrique e Yago Felipe, devem fazer a estreia com a camisa Tricolor, enquanto Digão e Muriel devem atuar pela primeira vez em 2020. Gilberto e Nenê ainda deven ser poupados e Felippe Cardoso que teve um mal desempenho nos primeiros jogos pode ser sacado do time.

Com isso, o Fluminense deve iniciar o jogo com a seguinte escalação: Muriel, Igor Julião, Digão, Luccas Claro e Egídio; Henrique, Yuri (Dodi) e Yago Felipe; Miguel (Felippe Cardoso) Lucas Barcelos e Matheus Alessandro.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Sem Ganso e Daniel, Guilherme pode ganhar oportunidade entre os titulares

O Fluminense encara o Avaí na tarde deste domingo (1), desfalcado de seus principais armadores. Isso porque, Marcão não poderá contar com Daniel, suspenso, e Ganso, contudido.

Ainda sim, o treinador deve manter a formação no 4-4-2, com dois meias de origem, dando oportunidade para a dupla Nenê e Guilherme, como noticiado em primeira mão pelo site Netflu.

A formação foi testada no único treino tático voltado à partida contra os catarinenses que acontece as 16h deste domingo (1), no estádio da Ressacada.

Outra alteração que deve ocorrer é a volta de Yuri que cumpriu suspensão no último jogo, além da entrada de Luccas Claro no lugar do também suspenso Digão. Caso se confirme, será a estreia do zagueiro com a camisa tricolor.

Desta forma o Fluminense deve iniciar a partida com a seguinte escalação: Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Luccas Claro e Caio Henrique; Yuri, Allan, Guilherme e Nenê; Marco Paulo e Yony Gonzalez.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense terá semana inteira de treinos e Marcão pode mexer na equipe

Foto: Lucas Merçon/FFC

Após a derrota para o Flamengo por 2 a 0, o Fluminense viu as chances de rebaixamento aumentar. Até por isso, a partida do próximo sábado (26), contra a Chapecoense, no Maracanã, e tida como uma decisão para a equipe.

Para o confronto, o Tricolor terá uma semana cheia para treinos, uma vez que não haverá rodada nesse meio de semana.

Com folga nesta segunda-feira (21), o elenco se apresenta na próxima terça-feira (22), quando os jogadores devem participar apenas de um treino regenerativo. Nos dias seguintes, o treinador já deve fazer atividades mais intensas e começar a pensar no time que vai enfrentar a Chapecoense.

De acordo com o próprio Marcão, existe a possibilidade de mudança na equipe, inclusive com a entrada de Lucão, centro avante que até agora teve poucas oportunidades no clube:

– Espero que a gente possa estar usando o Lucão, que vem entrando e ajudando. Tem se dedicado 100%, vamos analisar o próximo adversário para ver se ele será um dos candidatos a entrar nos próximos jogos – analisou o treinador.

Existe a possibilidade ainda da alteração em um dos medalhões da equipe, com Nenê ou Ganso iniciando a partida no banco de reservas.

Oswaldo faz testes no time e Fluminense deve ter mudanças contra o Fortaleza

Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense terá um importante jogo contra o Fortaleza, neste sábado (7), no estádio Arena Castelão.

Para o duelo, o Fluzão já terá um desfalque garantido, o volante Allan, suspenso pelo terceiro cartão amarelo e servindo à seleção olímpica. Para a vaga, o técnico Oswaldo de Oliveira, testou o retorno de Airton, recuperado de lesão.

Oswaldo, até comentou na coletiva após a derrota para o Avaí, que já pretendia usar o volante em determinado momento da partida, dependendo do resultado.

Outra novidade, deve ser a volta de Gilberto, também recuperado de lesão e que deve voltar no lugar de Igor Julião.

Assim como no caso de Airton, o treinador também já havia acenado com o retorno do lateral na coletiva pós jogo contra o Avaí, na última segunda-feira (2), no Maracanã.

A expectativa no entanto ainda segue na formação de meio de campo: se o treinador seguirá com a dupla Ganso e Nenê entre os titulares, ou se irá sacar um dos jogadores.

CBF propõe novas mudanças no futebol brasileiro

Foto: Divulgação

Dentre as novidades está a Supercopa do Brasil.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) deverá realizar grandes mudanças no futebol brasileiro.

Dentre elas uma que vem sendo tema de grande questionamento ao longo de vários anos: a troca de técnicos.

De acordo com o jornalista Igor Siqueira, dos jornais O Globo e Extra, a entidade máxima do futebol brasileiro deve propor aos clube nesta sexta-feira (22) que só haja uma mudança de técnico ao longo da competição nacional.

Ainda de acordo com o jornalista, a entidade ainda irá anunciar que vai arcar com o custo massivo do VAR, durante as 38 rodas da competição, restando aos clubes apenas o custeio da taxa de arbitragem do sistema.

Outra mudança será a implementação da Supercopa do Brasil. Partida no estilo com as que ocorrem na Europa, onde colocará frente a frente os campeões nacionais – Campeonato Brasileiro x Copa do Brasil – em jogo único e em local pré estabelecido pela confederação. A idéia e ter a partida já em 2020, e abrindo a temporada do futebol brasileiro.

Top