fbpx

Sem Ganso e Daniel, Guilherme pode ganhar oportunidade entre os titulares

O Fluminense encara o Avaí na tarde deste domingo (1), desfalcado de seus principais armadores. Isso porque, Marcão não poderá contar com Daniel, suspenso, e Ganso, contudido.

Ainda sim, o treinador deve manter a formação no 4-4-2, com dois meias de origem, dando oportunidade para a dupla Nenê e Guilherme, como noticiado em primeira mão pelo site Netflu.

A formação foi testada no único treino tático voltado à partida contra os catarinenses que acontece as 16h deste domingo (1), no estádio da Ressacada.

Outra alteração que deve ocorrer é a volta de Yuri que cumpriu suspensão no último jogo, além da entrada de Luccas Claro no lugar do também suspenso Digão. Caso se confirme, será a estreia do zagueiro com a camisa tricolor.

Desta forma o Fluminense deve iniciar a partida com a seguinte escalação: Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Luccas Claro e Caio Henrique; Yuri, Allan, Guilherme e Nenê; Marco Paulo e Yony Gonzalez.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense terá semana inteira de treinos e Marcão pode mexer na equipe

Foto: Lucas Merçon/FFC

Após a derrota para o Flamengo por 2 a 0, o Fluminense viu as chances de rebaixamento aumentar. Até por isso, a partida do próximo sábado (26), contra a Chapecoense, no Maracanã, e tida como uma decisão para a equipe.

Para o confronto, o Tricolor terá uma semana cheia para treinos, uma vez que não haverá rodada nesse meio de semana.

Com folga nesta segunda-feira (21), o elenco se apresenta na próxima terça-feira (22), quando os jogadores devem participar apenas de um treino regenerativo. Nos dias seguintes, o treinador já deve fazer atividades mais intensas e começar a pensar no time que vai enfrentar a Chapecoense.

De acordo com o próprio Marcão, existe a possibilidade de mudança na equipe, inclusive com a entrada de Lucão, centro avante que até agora teve poucas oportunidades no clube:

– Espero que a gente possa estar usando o Lucão, que vem entrando e ajudando. Tem se dedicado 100%, vamos analisar o próximo adversário para ver se ele será um dos candidatos a entrar nos próximos jogos – analisou o treinador.

Existe a possibilidade ainda da alteração em um dos medalhões da equipe, com Nenê ou Ganso iniciando a partida no banco de reservas.

Oswaldo faz testes no time e Fluminense deve ter mudanças contra o Fortaleza

Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense terá um importante jogo contra o Fortaleza, neste sábado (7), no estádio Arena Castelão.

Para o duelo, o Fluzão já terá um desfalque garantido, o volante Allan, suspenso pelo terceiro cartão amarelo e servindo à seleção olímpica. Para a vaga, o técnico Oswaldo de Oliveira, testou o retorno de Airton, recuperado de lesão.

Oswaldo, até comentou na coletiva após a derrota para o Avaí, que já pretendia usar o volante em determinado momento da partida, dependendo do resultado.

Outra novidade, deve ser a volta de Gilberto, também recuperado de lesão e que deve voltar no lugar de Igor Julião.

Assim como no caso de Airton, o treinador também já havia acenado com o retorno do lateral na coletiva pós jogo contra o Avaí, na última segunda-feira (2), no Maracanã.

A expectativa no entanto ainda segue na formação de meio de campo: se o treinador seguirá com a dupla Ganso e Nenê entre os titulares, ou se irá sacar um dos jogadores.

CBF propõe novas mudanças no futebol brasileiro

Foto: Divulgação

Dentre as novidades está a Supercopa do Brasil.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) deverá realizar grandes mudanças no futebol brasileiro.

Dentre elas uma que vem sendo tema de grande questionamento ao longo de vários anos: a troca de técnicos.

De acordo com o jornalista Igor Siqueira, dos jornais O Globo e Extra, a entidade máxima do futebol brasileiro deve propor aos clube nesta sexta-feira (22) que só haja uma mudança de técnico ao longo da competição nacional.

Ainda de acordo com o jornalista, a entidade ainda irá anunciar que vai arcar com o custo massivo do VAR, durante as 38 rodas da competição, restando aos clubes apenas o custeio da taxa de arbitragem do sistema.

Outra mudança será a implementação da Supercopa do Brasil. Partida no estilo com as que ocorrem na Europa, onde colocará frente a frente os campeões nacionais – Campeonato Brasileiro x Copa do Brasil – em jogo único e em local pré estabelecido pela confederação. A idéia e ter a partida já em 2020, e abrindo a temporada do futebol brasileiro.

Top