fbpx

Rebaixado com o Kashiwa Reysol, Nathan Ribeiro deseja sequência no Fluminense

Nathan Ribeiro defendeu o Fluminense por apenas um mês, de maio a junho, até ser emprestado ao Kashiwa Reysol, do Japão, rebaixado para a segundona da liga nacional. Pelo empréstimo de seis meses, os japoneses desembolsaram um dado valor em um acordo que previa, ainda, opção de compra. Essa cláusula, todavia, acabou não sendo exercida. Assim, o zagueiro, de 28 anos, se reapresenta em janeiro no Rio.

– Para 2019, minhas expectativas são boas. Inicialmente, minha vontade é voltar ao Fluminense, me apresentar e ver o que vai acontecer. Tenho um carinho grande pelo clube e minha ideia é ficar no Fluminense – contou.

Indicado por Paulo Autuori, ex-diretor-esportivo, e contratado até dezembro de 2019, Nathan Ribeiro conseguiu agradar a torcida nos cinco jogos que fez. Pode ser um retorno importante, visto que Digão, cedido pelo Cruzeiro até o fim do ano, e Gum, com contrato a encerrar, têm futuro indefinido nas Laranjeiras.

– Dar alegria ao torcedor, construir um grupo unido, ter um ano produtivo e de muita competitividade, para conseguirmos brigar por títulos, que é o que o Fluminense merece – completou Nathan.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

 

Nathan Ribeiro confirma saída para o Japão e agradece Fluminense: ‘Até logo’

Contratado em maio e negociado em junho. Foi assim a curta passagem de Nathan Ribeiro pelo Fluminense. Ex-Al Rayan, do Catar, o zagueiro foi indicado por Paulo Autuori, ex-diretor-executivo de futebol, e chegou ao clube, sem custos, com vínculo até 2019. Fez cinco jogos, mas sem marcar gols. Na sexta-feira, o jogador se despediu, depois de apenas dois meses, em rede social. E deixou um até logo.

https://www.instagram.com/p/BkoXX2TA2d2/?hl=pt-br&taken-by=nathan_ribeiro32

A partir de agora, Nathan Ribeiro defenderá o Kashiwa Reysol, do Japão, por, a princípio, seis meses. Existe opção de compra no fim do contrato. A negociação rendeu ao Fluminense uma indenização.

É o segundo zagueiro, durante esta pausa para a Copa do Mundo, a deixar o clube de Laranjeiras. Luan Peres, que também vestiu a camisa verde, branca e grená por pouco tempo, foi vendido para o Club Brugge, da Bélgica. Para repor os desfalques, Digão, ex-Cruzeiro, foi contratado e se junta a Gum, Renato Chaves, Ibañez e Frazan.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Nathan Ribeiro deixa o Flu rumo ao Japão

Jogador chegou ao Flu em maio e disputou apenas cinco partidas.

Contratado em maio por indicação do então diretor Paulo Autuori, a custos apenas por salários, o zagueiro Nathan Ribeiro está de saída do Fluminense.

O Tricolor aceitou uma proposta do Kashiwa Reysol, que terá o jogador por empréstimo de seis meses com opção de compra ao final do contrato.

Para contar com o jogador, o clube asiático irá pagar uma indenização ao Tricolor. Contudo, os valores não foram informados.

Nathan chegou ao Fluminense em maio deste ano e disputou apenas cinco partidas Comba camisa tricolor. O contrato do zagueiro com o Flu vai até dezembro de 2019.

Com a saída de Nathan Ribeiro, Marcelo Oliveira terá apenas quatro jogadores a disposição: Gum, Renato Chaves, Ibanez e Frazan.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Com proposta nas mãos, Nathan Ribeiro pode trocar o Fluminense por time japonês

Em vez de servir para reforçar o elenco, o recesso da Copa do Mundo está sendo tempo de saídas no Fluminense. Negociado para o futebol belga, Luan Peres pode ter puxado a segunda barca que partirá de Laranjeiras em 2018, depois da lista de dispensa em janeiro. Com proposta de time do Japão, Nathan Ribeiro e seu estafe se reuniram com a diretoria para tratar do assunto, considerado, internamente, mais uma especulação. Pelo menos por enquanto.

A oferta japonesa é de empréstimo de seis meses, com pagamento de valor, a ser determinado, ao Fluminense. As negociações estão em andamento e dependem do aval do Tricolor. Se houver acerto, uma quantia será estipulada para possível futura compra por parte do clube asiático.

Anunciado em maio, Nathan Ribeiro tem 27 anos, atuou só cinco vezes por aqui e foi indicado por Paulo Autuori, ex-diretor-executivo do Fluminense. Veio sem custos, com o clube arcando apenas com os salários. O contrato do zagueiro vale até dezembro de 2019.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Fluminense desembarca no Rio, e Nathan Ribeiro avalia empate: ‘Ponto importantíssimo’

Depois de empatar com o Grêmio, nesta quarta-feira, na Arena, o Fluminense desembarcou no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com a sensação de dever cumprido. A estratégia era buscar um ponto diante do time gaúcho, considerado o melhor do Brasil. Até pela postura mais defensiva, o primeiro tempo foi sofrido. O panorama do jogo só mudou na segunda metade, quando se viu um time mais ofensivo e que, ao mesmo tempo, soube suportar à pressão.

– Foi um ponto importantíssimo. Sabemos da dificuldade de enfrentar o Grêmio lá. Não fizemos um primeiro tempo brilhante, mas, no segundo tempo, jogamos bem e tivemos chances de gol. Saímos felizes – declarou Nathan Ribeiro, na chegada, antes de completar:

– Nos desgastamos muito no primeiro tempo, o que acabou nos prejudicando na segunda parte. Se não tivéssemos corrido tanto, talvez pudéssemos ter ido melhor no segundo tempo.

Titular na vaga de Gum, poupado por desgaste muscular, Nathan se disse à vontade para atuar ao lado de Renato Chaves e Luan Peres, como nesta 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Consolidado como ponto forte do Fluminense em 2018, a defesa, novamente, chamou a atenção, desta vez por parar os gremistas, invictos no mês de maio.

– Gum é exemplo para todos nós, um grande jogador, com uma história brilhante no clube. Mas Renato e Luan me passaram muita confiança. Fiquei tranquilo – admitiu.

Enquanto os jogadores que começaram o duelo contra o Grêmio folgam neste feriado, os reservas e não-relacionados treinaram no Centro de Treinamento, na Barra, priorizando a parte física. Os titulares se reapresentam na tarde desta sexta-feira, de olho no confronto com o Paraná, dia 04 de junho.


Leia mais declarações de Nathan Ribeiro:

Lesão de Pedro

Essa maratona antes da Copa vai ser um pouco complicada. Temos quatro jogos pela frente. O Pedro é um jogador importantíssimo para o Flu nesse momento. Temos que saber exatamente o que aconteceu, mas espero que não seja nada sério.

Cartão amarelo logo no início

Foi complicado. A gente fica pensando toda hora nisso. Se fosse necessário tomar outro cartão, eu não hesitaria. Mas, graças a Deus, não precisou.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

 

Estreante, Nathan Ribeiro tem bom desempenho contra o Vitória

Jogador atuou os 90 minutos da partida.

O zagueiro Nathan Ribeiro, contratado na última quarta-feira (02) foi regularizado à tempo de fazer sua estreia contra o Vitória, no último domingo (06), no Barradão. O zagueiro que foi muito elogiado por Abel Braga, deixou uma boa impressão na estréia.

Tendo jogado os 90 minutos da partida, o camisa 32 teve excelentes números, sendo:  46 passes certos, com 93% de aproveitamento, 9 lançamentos, com 7 certos, 8 cortes feitos, sendo 1 desarme completo 2 duelos mano a mano vencido de 4 disputados.

Esses números se tornam ainda mais expressivos se lembrarmos que o jogador estava há quase um ano sem atuar por uma equipe profissional.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Desconhecido do público, Abel rasga elogios a Nathan Ribeiro

Jogador fez praticamente toda sua carreira no Catar, onde foi treinado por Autuori.

O Fluminense surpreendeu na última quarta-feira (02) ao anunciar a contratação do zagueiro Nathan Ribeiro, jogador desconhecido do público brasileiro.

Apesar do jogador ter feito praticamente toda sua carreira no futebol do Catar, o técnico tricolor gostou de sua desenvoltura nos treinamentos e não poupou elogios ao novo contratado

– Sobre o Nathan, é uma coisa que vai acontecer de 30 em 30 anos. A verdade é essa. Essa contratação vai toda na conta do Paulo Autuori. Ele que conhecia o atleta. Chegou muito novo no Catar. No terceiro dia, falei: “Que jogador é esse, cara? Contrata logo!”. Continuou treinando, deu quatro, cinco dias, queriam que ele voltasse para lá (Catar). Falei com o Paulo: “Pelo amor de Deus, esse jogador vai ajudar muito”. Muito rápido para zagueiro, percepção… – falou Abel

O contrato de Nathan Ribeiro com o Fluminense vai até dezembro de 2019.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Foto: Lucas Merçon

 

Nathan Ribeiro se diz adaptado ao Brasil e mira Seleção: ‘Não vim aqui para brincar’

Reforço indicado por Paulo Autuori, Nathan Ribeiro promete agregar seu espírito ambicioso à garra do Fluminense. Depois de uma década no Catar, o zagueiro estreará no futebol brasileiro só aos 27 anos e afirma estar focado em vestir a camisa da Seleção, embora considere um sonho distante.

– A partir do momento em que saí de lá, quebrei essas chances de jogar pela Seleção de lá. Meu objetivo é jogar pela seleção brasileira. Sei que é muito cedo para falar um negócio desses, não tem nem como. Mas eu sou um cara muito ambicioso e não vim aqui para brincar – declarou, no CT, quando apresentado à imprensa.

Nathan nasceu no interior do Paraná e, aos 17 anos, a convite do mesmo Autuori, se mudou para a Ásia para dar o pontapé inicial na carreira. Inicialmente, o zagueiro desacreditou da sua capacidade de se adaptar ao estilo de jogo do país-natal, por nunca ter atuado profissionalmente por aqui. Porém, analisando o lá e o cá, concluiu que há poucas diferenças.

– Aqui no Brasil o pessoal tem uma visão do futebol árabe muito ruim. Com certeza lá não tem a quantidade de jogos que tem aqui. Eu tinha uma dúvida, quando estava lá, se eu me daria bem no Brasil. Mas com esses meses que estou aqui, já vi que não é tão diferente assim. Eu tenho condições – avaliou.

Desde o retorno ao Brasil, o jogador manteve a forma física em alguns clubes e, agora no Flu, treina normalmente com o elenco. Ninguém, exceto Abelão, conhece o tempo até o primeiro jogo do camisa 32. No entanto, Nathan Ribeiro crê que esteja apto a entrar em campo o quanto antes e se confessa ansioso.

– Esse processo de adaptação, eu já tive. Nesse momento, estou bem preparado para os jogos e para o que vier. Fisicamente, depende do Abel. Eu estou me dedicando nos treinamentos, estou aqui para ajudar o grupo. Não vejo a hora de estrear para conquistar o carinho da torcida.

Veja mais respostas de Nathan

Características

Agressividade e posicionamento, eu acho que sou bom. Tecnicamente, saindo para o jogo com a bola no pé, também. Acho que minhas melhores características são essas. Eu acho que eu sou um zagueiro mais técnico. Procuro ser agressivo nas horas em que tenho que ser agressivo, mesclar as duas coisas. Mas acho que, tecnicamente, sou melhor que o antigo zagueirão.

Convite de Paulo Autuori

Eu trabalhei muitos anos com o Paulo, ele foi uma pessoa que me ajudou muito na minha carreira. Quando eu fui para o Catar com ele, tinha 17 anos, então minha base, praticamente, foi toda com ele. Ele me convidou para vir para cá, me surpreendeu um pouco, por esse tempo fora do Brasil. Mas, se eu estiver bem tecnicamente e taticamente, eu tenho todas as condições de fazer um bom trabalho aqui.

Formação com três zagueiros

Eu trabalhei com o Fossati, no Catar, com três zagueiros. Isso me ajudou bastante. Estou ansioso para estrear logo.

Está atrás na disputa pela titularidade?

Eu acho que a palavra não é estar atrás, eles têm uma historia no clube. O Gum, então, tem uma história brilhante. Eu vim aqui para ajudar. Se eu tiver a oportunidade de jogar, eu quero meu espaço, é claro. Que jogador não quer jogar? No momento, eles estão bem, o time está bem. Você pode ver que é um time de guerreiros e, quando eu tiver a minha oportunidade, vou tentar ajudar da melhor forma possível.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Fluminense surpreende e anuncia o zagueiro Nathan Ribeiro

O sistema de jogo de Abel Braga, o 3-5-2, requer um número maior de zagueiros no elenco. Para reforçar o setor, o Fluminense anunciou, na tarde desta quarta-feira, o acerto com Nathan Ribeiro, de 27 anos. Nascido no interior do Paraná e novo camisa 32 do time de Laranjeiras, o jogador atuou por quase uma década no Catar. Tanto que, por ter morado mais de cinco anos no país, tem nacionalidade catari.

O negócio se deu a custo zero e foi intermediado por Paulo Autuori, com quem o defensor trabalhou durante um momento de sua passagem pela Ásia. A contratação, acertada nos bastidores, surpreendeu os torcedores.

Integrado ao grupo de Abelão, Nathan Ribeiro assinou até o final de 2019 e se confessa feliz com o retorno ao Brasil.

– Sempre sonhei em retornar ao Brasil vestindo a camisa de um grande clube. Recebi convites de times interessados no meu futebol, inclusive para voltar ao Catar, mas escolhi o Fluminense. Sei da minha capacidade e vou trabalhar duro para buscar meu espaço no cenário nacional – disse.

Com a novidade, o Fluminense passa a ter seis zagueiros: Gum, Renato Chaves, Ibañez, Frazan e Luan Peres, além de Nathan.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Top