fbpx

Nenê aparece entre os nomes que mais marcam e dão assistência em ranking

Ranking do Espião Estatístico elenca atletas que mais marcam ou dão assistência quando seus times estão empatando ou perdendo por um gol de diferença

O Espião Estatístico resolveu recorrer aos dados para saber quais foram os jogadores mais decisivos deste início de ano. Empatados, Gabriel, do Flamengo, e Nenê, do Flu, ocupam a dianteira do ranking, com sete lances decisivos cada.

Tanto Gabigol quanto Nenê marcaram cinco gols e deram duas assistências decisivas cada. A diferença a favor do atacante do Flamengo é que ele precisou de menos tempo em campo para atingir esta meta. Enquanto Gabriel precisou de 138 minutos em campo para gerar um lance decisivo, Nenê jogou 163 minutos para cada um de seus sete lances.

Os gols decisivos de Gabigol foram marcados contra Resende, Madureira, Boavista, Independiente Del Valle e Cabobriense. Os de Nenê vieram contra Cabofriense, Portuguesa, Flamengo, Botafogo e Moto Club.

Fonte: Globo Esporte

Nenê realiza live em seu Instagram e fala sobre covid-19

Meia faz Live no Instagram, cita clássico com o Vasco, realizado com portões fechados, para falar sobre gravidade do Covid-19 e diz: “É bom brecar no início para não chegar no estágio da Itália”

O meia Nenê, na tarde desta última quarta-feira (18), convocou seus seguidores para uma live no Instagram, que deu o nome de “Nenê em casa”.

A ideia surgiu para falar sobre a quarentena devido à pandemia do novo coronavírus, e para o bate-papo, o jogador do Fluminense convidou amigos, outros atletas, artistas e médicos.

Durante a transmissão ao vivo, Nenê alertou para a gravidade do Covid-19. Em conversa com o piloto de fórmula 1, Felipe Massa, o meia declarou que “sua ficha” só caiu após o clássico contra o Vasco, no último domingo, no Maracanã, realizado com portões fechados:

” – Não tinha noção até o jogo com o estádio vazio. “

Em conversa com o ex-jogador de futsal Falcão, outro convidado da live, o meia tricolor se mostrou assustado com a pandemia, comparando a uma ficção, e reafirmou a importância da quarentena no momento atual.

– Parece filme, né mano?! Aquele “O Contágio”. Para gente ver como a gente é frágil… Por isso é bom brecar no início, para não chegar no estágio da Itália e de outros países da Europa…

Fonte: Globo Esporte

FOTO: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.

#HojeTemGoldoNenê confira a retrospectiva do artilheiro quando jogava no rival de hoje

Personagem do clássico deste domingo, meia tem 39 jogos pelo Tricolor, e o Globo Esporte comparou seus números com a mesma quantidade de partidas no Cruz-Maltino de 2015-2016

Aos 38 anos, Nenê está novamente sob os holofotes, agora com a camisa do Fluminense. Com nove gols em 12 jogos, ele vive em 2020 o seu melhor começo de temporada da carreira.

A última vez que teve tanto destaque assim foi quando ainda estava no Vasco e se tornou um dos nomes do último título carioca do Cruz-Maltino, em 2016.

Mas, afinal, seria o início de Nenê nas Laranjeiras melhor ou pior do que foi o seu começo em São Januário alguns anos atrás?

Assim como no Fluminense, sua chegada ao Vasco também foi no meio de uma temporada. Ou seja, nos dois casos ele disputou a Série A do Campeonato Brasileiro, Carioca e Copa do Brasil – a única diferença foram os quatro jogos que fez pela Sul-Americana em 2019 e 2020.

O destaque de Nenê em 2020 contrasta com o rendimento após sua chegada às Laranjeiras. No ano passado, ele estufou as redes apenas três vezes e deu três assistências em 27 jogos. Somando com os 12 gols e um passe para um companheiro marcar na atual temporada, seus números acumulados em 39 partidas são:

Gols: 12
Assistências: 4
Aproveitamento: 52,1% (17 vitórias, 10 empates e 12 derrotas)


Início de Nenê no Vasco:

Diferente de sua chegada ao rival, Nenê teve um impacto imediato no Vasco em 2015. Com nove gols e cinco assistências em 23 jogos, foi o principal responsável pela reação que por pouco não conseguiu o milagre de evitar um já iminente rebaixamento no Brasileiro. Se somar com os sete que marcou  e os seis passes para companheiros no início de 2016, seus números foram:

  • Gols: 16
  • Assistências: 11
  • Aproveitamento: 60,6% (21 vitórias, 8 empates e 10 derrotas)

Ou seja, por mais que o início de Nenê no Fluminense seja de destaque, turbinado pelo desempenho de 2020, seu rendimento ainda está distante do que conseguiu no começo de sua passagem pelo Vasco. Obviamente, há o fator idade envolvido. O meia sempre foi elogiado por se cuidar fisicamente, o que lhe permite ser longevo no futebol. Mas na faixa etária dos 30, cinco anos faz muita diferença para o fôlego.

Hoje tem gol do Nenê?

Desde que deixou o Vasco, Nenê já enfrentou o seu ex-clube quatro vezes, duas pelo São Paulo e duas já pelo Fluminense. Não dá nem para saber se vai comemorar ou não se fizer gol, já que ele nunca marcou sobre o Cruz-Maltino. Será que o jejum termina neste domingo?

O meia não costumava brilhar nos clássicos pelo São Paulo, mas no Fluminense parece ter tomado o gosto de ser carrasco dos rivais neste início de 2020. Em três jogos contra Flamengo e Botafogo, ele marcou três gols. Para manter a média, falta o Vasco.

Fonte: Globo Esporte

FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Nenê pede apoio da torcida no Maracanã


FOTO: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.

Após a derrota do Fluminense para o Figueirense pela primeira partida da terceira rodada da copa do Brasil, o meia Nenê pediu o apoio da torcida para o jogo de volta que irá acontecer no Maracanã, na quinta-feira da próxima semana.

— É primordial, a gente precisa da torcida e eu espero que eles lotem o estádio na quinta para que possamos conquistar o resultado que precisamos para continuar na Copa do Brasil.

Questionado sobre Seleção Brasileira, Nenê brinca “Ô Tite, vamos lá né?

Artilheiro do Fluminense nesta temporada 2020, o meia de 38 anos, Nenê, voltou a balançar as redes nesta quarta-feira (04), no Maracanã. O jogador foi um dos autores dos 2 gols na vitória do Fluminense sobre o Botafogo-PB. Com 10 jogos e oito gols, o meia foi questionado pela imprensa se tinha esperanças de Tite – técnico da Seleção Brasileira – convocasse ele na sexta-feira:

– Para a principal eu nunca fui… Não sei se ainda tenho idade para isso, mas se fosse viver um momento, um amistoso, quem sabe? Ô, Tite, vamos lá, né? – brincou o veterano, que apesar de ter passagens marcantes por PSG e pelo futebol espanhol, nunca vestiu a camisa amarelinha.

Nenê também falou sobre a artilharia: “Vamos aproveitar enquanto dura. O mais importante realmente é a equipe vencer e, se eu estou fazendo gol, melhor. Mas fico feliz por a gente ter ganho o jogo de novo e se classificado para a próxima fase” concluiu o jogador.

O próximo adversário do Fluminense na Copa do Brasil é o Figueirense, sem data definida ainda.

Fonte: GloboEsporte

Foto Reprodução: Lucas Merçon/FFC

Vovôs em campo! Nenê e Léo Moura se enfrentam nesta quarta, no Maracanã

Veteranos entram em campo, nesta quarta-feira, como protagonistas e os mais experientes dos seus respectivos clubes.

Aos 38 anos, Nenê é uma das principais referências ofensivas do Flu no ano e artilheiro da equipe com sete gols marcados em nove jogos disputados.
Titular incontestável, o camisa 77 retorna ao time após ser poupado, na goleada do Tricolor, por 5 a 1 sobre a equipe do Madureira, no último domingo, pela Taça Rio.

Já Léo Moura, aceitou mais um desafio em sua carreira em 2020. Aos 41 anos, o lateral, que jogou pelo Flu em 2004, chegou ao alvinegro paraibano como principal reforço para a esta temporada. Até aqui foram três jogos e nenhum gol marcado.
Fora da última partida do Botafogo, pelo Campeonato Paraibano, o jogador está confirmado entre os titulares para o jogo desta noite.

Acostumados a decisões, terão mais uma no currículo, e num palco que ambos conhecem bem, o Maracanã.

Fluminense e Botafogo-PB se enfrentam, às 19h15, Em jogo único que vale vaga na terceira fase da Copa do Brasil

Foto: Colagem – André Durão / Veronilson Freire
Fonte: Lance!

Nenê é poupado de partida contra Madureira

Depois de Ganso sentir desconforto no último treino e ser poupado do jogo de amanhã, contra o Madureira, é a vez de Nenê: também será poupado.

O Jornalista Joel Silva, pelo LANCE FLU, deu a notícia:

“Vale lembrar que quarta feira tem jogo pela Copa do Brasil, diante do Botafogo-PB, no Rio. Jogo único, sem vantagem“

Artilheiro na temporada, Nenê tem mais gol do que grande rival do Flu

O meia Nenê vem mantendo a fase goleadora e chagou aos sete gols na temporada com os dois gols marcados diante do Motoclube-MA e se isolou ainda mais na artilharia do Flu no ano.

Os números do jogador de 36 anos são tão bons que Nenê sozinho já tem mais gols do que toda a equipe do Vasco na temporada. Enquanto o jogador do Flu sozinho marcou sete gols, o time todo do Vasco marcou seis.

Contando apenas Campeonato Carioca, Nenê ainda sim fica a frente do time da colina. Artilheiro do Flu também na competição, Nenê marcou cinco gols enquanto o Vasco fez apenas quatro.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

‘Trabalho, determinação, vontade de vencer, continuar quebrando barreiras”, Nenê celebra boa fase

Fluminense está de volta ao Rio de Janeiro. Com a suada vaga para a segunda fase da Copa do Brasil na bagagem, o Tricolor desembarcou na tarde desta quinta-feira no Aeroporto do Galeão, após a vitória por 4 a 2 sobre o Moto Club no Maranhão. E Nenê, herói da classificação com dois gols e uma assistência, foi o escolhido para falar com a imprensa na chegada do time.

Aos 38 anos, o meia vive grande fase: é o goleador do Campeonato Carioca com cinco gols e artilheiro disparado do time na temporada com sete bolas na rede, quatro a mais do que Luccas Claro. Tem feito tanto sucesso que até um vascaíno que passava pelo saguão pediu para Nenê “voltar para o Vasco”. E o camisa 77 tricolor, que fará 39 no dia 19 de julho, atribuiu o momento à vontade de querer mais:

– Trabalho, determinação, vontade de vencer, continuar quebrando barreiras. Vontade de estar sempre jogando mais e melhor, ajudando meus companheiros. É um pouco de tudo assim. Realmente é uma alegria para mim muito grande, vou fazer 39 anos esse ano e isso me dá uma confiança muito grande. E mais motivação ainda para continuar dessa maneira.

Desde que voltou do futebol europeu em 2015, Nenê viveu sua temporada mais artilheira em 2016, quando fez 21 gols em 55 jogos pelo Vasco. Questionado se dá para quebrar essa marca em 2020, após já bater 1/3 dela em dois meses, ele brincou (sem deixar de sonhar):

– Não vou prometer nada, para com essa resenha. Mas é uma coisa que pode acontecer. Vamos trabalhar para que aconteça, mas não prometo nada, não (risos).

Foto: MAILSON SANTANA

Fonte: Globo Esporte

Fluminense desembarca no Rio e Nenê fala do susto no início da partida e da longa viagem

O Fluminense desembarcou pouco após às 16h no Rio de Janeiro pelo aeroporto do Galeão. Na chegada, o meia Nenê, destaque da partida no Maranhão, falou com a imprensa.

Questionado sobre os dois gols sofridos ainda no início da partida, o jogador falou em entrar mais atento nos jogos, mas afirmou que o time sempre acreditou na classificação, mesmo com os 2 a 0 contra.

Nenê ainda falou do cansaço da viagem e destacou a importância de realizar três jogos seguidos no Maracanã, quando o Fluzão enfrenta Madureira e Portuguesa-RJ pela taça Rio, e o Botafogo-PB pela segunda fase da Copa do Brasil

Acompanhe a entrevista completa de Nenê:

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Top