fbpx

Odair comenta sobre a situação de Ganso no Fluminense: “O campo é o senhor da razão”

O meia Paulo Henrique Ganso chegou ao Fluminense em 2019 com a expectativa de ser um dos grandes jogadores do clube, porém, após altos e baixos ao longo de sua primeira temporada com a camisa Tricolor, o camisa 10 acabou parando no banco de reservas com a chegada do técnico Odair Hellmann.

Ainda em sua entrevista ao jornal “O Globo”, o técnico comentou da atual situação do meia e, apesar de elogiar o futebol do camisa 10, confessou que não vem encontrando espaços para escalar Ganso entre os titulares.

– O Ganso é um grande jogador e eu gosto de grande jogadores. Mas Nenê e ele tem dado uma boa resposta naquela função e eu estou aberto a usar os dois, o campo é o senhor da razão. Mas tenho usado no momento ao um com essa característica de armação e o Nenê tem conseguido dar essa continuidade e não tenho conseguido dar essas oportunidades ao Ganso.

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Odair classifica Nenê como meia e diz que jogador tem liberdade para flutuar dentro de campo

Um dos grandes dilemas ao longo da temporada no Fluminense é onde utilizar da melhor forma Nenê, um dos principais nomes do elenco e artilheiro do clube no ano e no Brasileirão.

Odair no entanto, em entrevista ao jornal “O Globo” não teve dúvidas e classificou o camisa 77 como meia, dizendo ainda que Nenê tem liberdade para flutuar dentro de campo, podendo atuar tanto pelas pontas, como mais centralizado.

– A variação existe e foi treinada desde a formação do time. Pode ser com dois meio-campistas e dois homens de lado; com três meias, com dois de velocidade e o Nenê flutuando. Vou usar variações sempre que achar que for preciso. Contra o Goiás, não estávamos tendo agressividade (Yago pela esquerda e Nenê por trás do Fred, mais pelo meio) e fiz a troca após o gol (Yago foi para o meio e Nenê para a ponta). Já contra o Atlético-MG, tivemos outra formação. Sempre vou querer agressividade ofensiva e defensiva, com equilíbrio. E Nenê só fica na ponta num momento posicional (no início da fase ofensiva), mas depois tem toda liberdade para ser meia, ele é meia. Quando ele jogava centralizado o movimento dele eram para o lado, porque o meio estava congestionado. É difícil o passe entre as linhas ali – disse Odair.

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Após serem poupados, Nenê e Fred voltam a ser relacionados

O Fluminense enfrenta o Ceará na noite deste sábado (17), às 19h, pela 17° rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio do Maracanã.

Para o jogo o técnico Odair Hellmann contará com os retornos Nenê e Fred, poupados contra o Atlético-MG, além de Danilo Barcelos, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Matheus Ferraz, fora das duas última partidas com uma lesão muscular, também volta.

Wellington Silva, Michel Araujo e Yuri ainda seguem na transição para volta aos treinos e seguem de fora, assim como Fernando Pacheco, que sentiu uma lesão nós primeiros minutos da partida contra o Galo, e deve desfalcar o Flu por até duas semanas.

Desta forma, o Fluminense deve ir a campo com a seguinte escalação: Muriel; Igor Julião, Nino, Digão, Egídio (Danilo Barcelos); Hudson, Dodi, Yago e Nenê; Luiz Henrique e Fred.

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Fluminense pode ter os desfalques de Nenê e Fred contra o Galo

O Fluminense visita o Atlético-MG na noite da próxima quarta-feira (14), quando enfrenta o time mineiro pela 16° rodada do Campeonato Brasileiro, às 21h e 30, no estádio do Mineirão.

O técnico Odair Hellmann que não poderá contar com o lateral esquerdo Danilo Barcelos, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, pode ir à campo sem dois dos principais jogadores elenco: Nenê e Fred.

Segundo informado pelo jornal O Dia, o técnico estuda poupar a dupla, que vem atuando numa forte sequência de jogos. Vale destacar que os 10 jogadores recuperados da Covid-19 já estarão à disposição, além de Lucca, que já poderá fazer sua estreia com a camisa Tricolor.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense emplaca dois jogadores na seleção da rodada do “Bola de Prata”; jogadores representam o clube também na seleção do Campeonato

O Fluminense emplacou dois jogadores na seleção da rodada do prêmio ESPN Bola de Prata, quando venceu o Bahia por 1 a 0 com gol de pênalti de Nenê.

Nenê inclusive foi um dos indicado do Flu, ao lado de Dodi, ambos formando o quarteto de meio de campo da seleção ao lado de Luan, do São Paulo e Fernando Sobral, do Ceará.

A dupla Nenê e Dodi, representam o Fluminense também na seleção do prêmio após as 15 rodadas do Brasileirão, sendo Dodi, o melhor volante até então do prêmio, com média de 5,36. Na sequência vêm: Gerson (Flamengo) – 5,30; Edenílson (Internacional) – 5,26; Thiago Maia (Flamengo) – 5,25 e Jair (Atlético-MG) – 5,22.

Nenê também aparece entre os melhores meias da competição até à 15° rodada, no entanto, ocupa a segunda posição, com a média igual a de Dodi, 5,36, porém, Arrascaeta, do Flamengo, vem em primeiro lugar com 5,58. Ainda completam a lista Daniel Alves (São Paulo) – 5,27; Éverton Ribeiro (Flamengo) – 5,26 e Benítez (Vasco) – 5,25.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Nenê chega a marca expressiva pelo Fluminense e iguala números de Henrique Dourado

O meia Nenê, autor do gol que deu a vitória para o Fluminense em cima do Bahia no último domingo (11), quando converteu um pênalti aos 27 minutos do segundo tempo.

O pênalti de domingo, foi a décima cobrança do meia no ano e com 100% de aproveitamento. E mais, desde que chegou ao Flu, no segundo semestre de 2019, Nenê cobrou 11 pênaltis e converteu todos, igualando a marca de Henrique Dourado pelo clube entre 2016 e 2017.

Os dois são os únicos com 100% de aproveitamento entre os jogadores que cobraram dez ou mais pênaltis em toda a história do Tricolor, segundo levantamento de João Bolt, historiador especialista no Flu.

Nenê vem se mostrando um grande especialista na cobrança da marca da cal, tanto que desde 2015, ano em que o jogador voltou ao Brasil, foram 38 cobranças e apenas 4 perdidas, com um aproveitamento de 89%, tendo desperdiçado sua última cobrança em 2018, ainda quando atuava pelo São Paulo.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: GE.Globo

Nenê exalta postura do Flu em vitória diante o Goiás

O meia Nenê autor do terceiro gol do Fluminense no triunfo de 4 a 2 sobre o Goiás na noite desta quarta-feira (07), destacou a postura da equipe que buscou a virada após sair atrás do placar.

A gente sabia que ia ser um jogo difícil mesmo com a situação do Goiás na competição. Ficamos um pouco frustrados porque poderíamos ter ganho o jogo contra o Botafogo, mas recuamos e cedemos o empate. Aqui era a oportunidade de recuperar os pontos. Tomamos o gol mas não abaixamos a cabeça, continuamos, depois eles empataram, mas ainda bem que conseguimos voltar à frente do placar e sair com essa vitória importante – destacou o meia.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Com mais dois gols diante o Corinthians, Nenê iguala marca de artilheiro Tricolor em 2019

O Fluminense venceu o Corinthians por 2 a 1 na tarde do último domingo (13) no estádio do Maracanã. Artilheiro do clube no ano, Nenê foi mais uma vez decisivo ao marcar os dois gols da vitória.

Desta forma, Nenê chegou aos 17 gols no ano, sendo sete deles no Campeonato Brasileiro. Esses números já fazem inclusive Nenê igualar a marca de Yony Gonzalez, artilheiro do Fluminense em 2019, com os mesmos 17 gols.

Contudo, Yony precisou de 62 jogos para alcançar o feito, já Nenê, fez os mesmos 17 gols em 28 partidas.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Nenê e Odair recebem prêmiação antes de enfrentar o São Paulo

Na tarde do último sábado (05), o meia Nenê e o técnico Odair Hellmann receberam os troféus de melhores do Campeonato Carioca.

A seleção que foi feita por um júri de treinadores, escolheram os dois Tricolores que representaram o Fluzão na seleção do Campeonato, eleita ao final da competição, com uma formação ofensiva, no 4-3-3.

Odair Hellmann inclusive, foi eleito o melhor treinador ao lado de Jorge Jesus, então técnico do Flamengo. Relembre como ficou a seleção do Cariocão:

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Três gols de Nenê e classificação tranquila: acompanhe tudo que rolou no jogo entre Flu x Figueirense

O Fluminense venceu o Figueirense na noite da última terça-feira (25), em um jogo que contou com um Ht-Trick de Nenê e classificação tranquila à quarta fase da Copa do Brasil.

Eufórico após a classificação, o torcedor passou o dia na expectativa da publicação dos bastidores do jogo, que vai ao ar na FluTv após toda vitória do Fluzão, e dessa vez, com grande destaque para Nenê, dono da noite com o três gols que garantiram a classificação. Confira:

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Top