fbpx

Pouco aproveitado, meia Luquinhas deve ser emprestado pelo Flu

Jogador deve fazer o caminho inverso de Daniel e ir para o Oeste-SP.

O Fluminense está muito próximo de confirmar o retorno do meia Daniel, um dos destaques do Oeste-SP na campanha da série B do Brasileirão. Em contrapartida, o Flu pode perder outro jogador para o clube paulista.

Pouco aproveitado no clube, o meia Luquinhas deve fazer o caminho inverso de Daniel e seguir por empréstimo para o clube paulista, para assim como aconteceu com Daniel, ganhar rodagem na e oportunidades em São Paulo.

 

ST,

Douglas Wandekochen 

foto: Lucas Merçon

Danielzinho acerta seu retorno ao Flu

Jogador se reapresenta ao Tricolor na segunda-feira.

O meia Daniel, que estava emprestado ao Oeste-SP acertou seu retorno ao Fluminense.

O meia que é um dos destaques do clube paulista na Série B, chegará ao Rio na próxima segunda-feira (06) por pedido do próprio Oeste-SP, que solicitou ao Flu que o jogador fizesse sua última partida no final de semana.

Daniel chega ao Fluzão para suprir a carência de meias no elenco Tricolor, que só tem Sornoza e Luquinhas para a posiçã.

Procurada pela reportagem do Flunews,a diretoria do Tricolor confirmou que existe uma negociação, mas que só irá anunciar o retorno do jogador quando o negócio for de fato sacramentado.

 

ST,

Douglas Wandekochen

Fluminense estuda retorno de Danielzinho

Jogador tem se destacado na campanha do Oeste-SP na série B do Brasileirão.

O meia Danielzinho, que confidenciou ao canal Flunews sua vontade de retornar ao Flu, pode ter seu desejo atendido.

De acordo com informação do jornalista Victor Mendesda Rede Mais Esportes, a diretoria do Tricolor estaria estudando a possibilidade do retorno do jogador como plano B à contratação de um meia. Embora não seja nada oficial, a direção do clube teria gostado do feedback que recebeu sobre o jogador. Contudo, o Fluzão tem até o dia 4 de setembro para “pedir” o retorno do jogador ainda este ano.

No entanto, pessoas ligadas ao jogador confirmaram ao Flunews que o meia ainda recebeu nenhum contato recente do Fluminense.

Danielzinho tem sido o destaque do Oeste-SP, na série B do Brasileirão, onde marcou um gol e deu quatro assistências.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Nelson Perez 

Para Danielzinho: físico não atrapalha desenvolvimento em campo

Segundo o jogador, o “problema” é apenas no visual.

Uma das grandes promessas da base do Fluminense, o meia Danielzinho ainda não conseguiu obter o mesmo sucesso que conquistou na base, nos profissionais. Na visão de muitos torcedores e comentaristas esportivo, o físico franzino do jogador, seria o grande problema, mas Danielzinho discorda:

– Acho que não é algo que me atrapalha dentro de campo, acho que essa impressão é apenas visualmente. Dentro do jogo, não perco facilmente as bolas, ganho várias divididas, não perco bola boba. Isso nos jogos da série B, que são mais pegados, de mais contatos que os da série A. Então, não me considero um jogador fraco fisicamente, acho que isso é um “problema” apenas visualmente, e, acho que no próprio Fluminense eles sabem disso – comentou o jogador.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Mourão Panda / América MG

Solução caseira ? Emprestado ao Oeste-SP, Danielzinho pode ser o meia que o Flu precisa

Jogador está emprestado há três temporadas ao Oeste-SP.

É de conhecimento público que o Fluminense está em busca de um meia para dividir a função de organizador da equipe com o equatoriano Júnior Sornoza. Tanto é, que o próprio técnico, Marcelo Oliveira revelou que o clube está em busca de um jogador da posição. Contudo, a solucão pode estar mais perto que Oliveira imagina, trata-se do jovem Danielzinho, revelado em Xerém, mas que atualmente está emprestado ao Oeste-SP.

Em entrevista ao repórter Douglas Wandekochen, do Canal Flunews, o meia disse estar preparado para um possível retorno ao tricolor e, até mesmo para brigar pela posição de titular com Sornoza:

– Me sinto pronto para voltar ao clube sim, ser um reserva imediato para o Sornoza, ainda mais pela confiança que estou hoje em dia, principalmente por jogar no Oeste, um clube que tem menos posse de bola… mas acredito que estou pronto sim, até mesmo para brigar por posição com ele (Sornoza), apesar de todo respeito que tenho por ele – disse o meia.

Danielzinho ainda revelou que através da experiência adquirida no Oeste-SP, pode desempenhar outras funções além da meia:

– Já na minha primeira temporada no Oeste-SP, com o Fernando Diniz, eu adquiri isso né… cheguei a jogar de primeiro volante, bem recuado, fazendo a saída de bola, marcando o lateral adversário que chegava ao fundo, o que me fez evoluir nesse aspecto defensivo ali no meio de campo. E até mesmo no ano passado, atuei muitas partidas jogando de ponta, também acompanhando o lateral, indo e voltando. Então esse tempo no Oeste-SP me fez evoluir não só na minha função como também em outras posições – destacou o jogador.

Embora tenha o desejo de retornar ao Fluzão, Danielzinho se disse focado no Oeste-SP, atualmente 12° colocado na série B do Brasileirão.

 

ST, 

Douglas Wandekochen

foto: Divulgação / Assessoria Francis Melo

Top