Evitando punição, Flu pagará parcela de dívida ao Independiente Dell Vale por Sornoza e Orejuela

Mandatário tricolor, Mário Bittencourt prometeu fazer o pagamento da parcela ao clube equatoriano essa semana. A dívida do Fluminense pela contratação dos jogadores, gira em torno de US$ 3,5 Milhões de dólares (19,8 milhões). 

No ano passado o tricolor renegociou a dívida com o clube do Equador para ser paga em dois anos e meio. Mas o clube continuou sem cumprir o acordo, fazendo com que o Independiente Dell Vale buscasse seus direitos na Fifa. 

Segundo o portal Netflu, Mário Bittencourt, falou sobre o tema, explicando que, para evitar perder pontos através de punição da entidade máxima do futebol, vai quitar US$ 900 mil (R$ 5,1 milhões), relativos a uma parcela dos débitos.

Foto: Nelson Perez/Fluminense FC

Fonte: Netflu 

Volante Orejuela move ação contra o Flu, cobrando mais de R$2 milhões do clube

O volante Orejuela, que atuou no Fluminense ao longo de 2017, moveu uma ação contra o clube das Laranjeiras, cobrando um valor de R$ 2.398.172,67, referentes ao salário de janeiro de 2020, férias 2019/2020, e FGTS referentes ao período de janeiro de 2017 à janeiro de 2020.

A ação que foi ajuizada no recesso forense no dia 07 de janeiro de 2021 e gerou o processo de número 0100289-64.2021.5.01.0009, foi despachado no mesmo dia pela juíza da 9a. Vara do Trabalho do Rio de Janeiro Daniela Valle da Rocha Muller, fixando o prazo de 15 dias para Fluminense contestar a ação.

De acordo com os advogados do Jogador, o salário que ficou pendente teria sido no período em que o jogador retornou de empréstimo junto a LDU, em janeiro de 2020. No entender dos advogados, enquanto negociava um novo empréstimo, o custeio do salário seria obrigação do Fluminense. Além disso ainda de acordo com a reclamaçãotrabalhista, o clube deixou de arcar com as obrigações contratuais do jogador, como:
FGTS, 13º salário e Férias.

Aviso prévio em 50% – R$ 118.729,36;

Férias proporcionais de 19/20, em 1/12 – R$ 16.490,19;

1/3 sobre as férias – R$ 5.496,73;

Pagamento de saldo de salário de 20 dias do mês
de janeiro de 2020 –
R$ 131.921,53;


Multa por não ter quitado as verbas na época própria – R$ 197.882,28;


Multa caso não efetue o pagamento das verbas incontroversas em primeira audiência – R$ 521.341,89;

Pagamento de 1/12 de férias proporcionais,
devidamente acrescidas de 1/3 Constitucional
– R$ 21.986,92;


Honorários advocatícios nos pedidos que for
sucumbente em 15 %
. – R$ 312.805,1

FGTS não depositado, bem como multa de 20% por se tratar de rescisão por mutua vontade – R$ 555.673,49;

segue foto do pedido inicial do jogador

Com exclusividade pelo Canalflunews.

Foto em destaque: Maílson Santana/FFC

Flu encaminha acordo com Del Valle, no caso envolvendo a compra de Sornoza e Orejuela

Segundo portal NetFlu, a diretoria Tricolor aguarda dinheiro do Querétaro, do México, que adquiriu o Orejuela, para adiantar algumas parcelas da dívida que soma quase R$ 17 milhões.

Após ser acionado na FIFA pela equipe equatoriana, o Tricolor foi condenado pagar o total de R$ 16,85 milhões. Isso por que, o Flu não conseguiu arcar com as parcelas previstas em acordo. Além disso, ainda havia um processo referente à venda de Sornoza para o Corinthians, na gestão Pedro Abad. Na época, não houve repasse ao clube do Equador, aumentando a dívida. Os prazos de pagamento são entre 30 e 45 dias a contar a partir das notificações, ocorridas no início de março.

Fonte: NetFlu
Foto: FFC

Em coletiva, Mário Bittencourt confirma venda de Orejuela ao Querétaro (MEX)

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira (30), onde abordou diversos temas, entre planos de sócio torcedor, revitalização de Laranjeiras negociações de jogadores, entre outro.

Um dos esclarecimentos foi exatamente relação as negociações, quando o presidente confirmou a venda do volante equatoriano Jefferson Orejuela ao Querétaro, do México.

De acordo com o presidente, o Fluminense vendeu sua parte do jogador, 60% dos direitos econômicos por cerca de US$ 1,1 milhão (aproximadamente R$4,66) e de forma parcelada.

A negociação já estava encaminhada desde o final do ano passado, porém faltava um acerto referente ao valor que o Flu iria receber. Uma de suas coletivas, Mário revelou que chegou a conversar com o jogador expondo a vontade de utilizá-lo em 2020, porém, Orejuela optou pela saída.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Orejuela tem futuro praticamente definido. Destino será o futebol mexicano

O volante colombiano Jefferson Orejuela não ficará no clube para a próxima temporada. O destino será o Querétaro, equipe da primeira divisão do futebol mexicano. O assunto foi falado pelo presidente Mário Bittencourt na coletiva realizada hoje.

“Orejuela, a gente queria muito contar com ele, treinador gosta demais, mas jogador manifestou que não tem interesse em voltar” – disse o presidente.

“Obviamente poderia mandar se apresentar dia 8, mas não quero jogador que não quer jogar aqui. Recebemos proposta de um clube do México e estamos avaliando. Por 60% um valor que acho interessante. Também parcelado, não é à vista. Tendência é que seja vendido realmente” – finalizou.

A LDU, sua agora ex-equipe, segundo apuração da Flu News, não chegou à um valor em comum com o Flu para manter o jogador. Os valores da sua ida ao Querétaro ainda não foram divulgados.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Portal de notícias crava novo clube de Orejuela

Segundo informações do portal Sudamérica Draft, site especializado no futebol Sul-Americano, o volante do Fluminense, Jefferson Orejuela já tem um novo destino para 2020, e não é o Tricolor.

De acordo com uma publicação pelo twitter o site divulgou que o equatoriano que estava emprestado à LDU, vai defender o Querétaro, do México.

Contudo, o Fluminense não confirmou nenhuma negociação pelo atleta que tem contrato com o tricolor até dezembro de 2020.

Vale destacar que a LDU tentou renovar o empréstimo do jogador, mas o Fluminense se recusou a ceder o volante por empréstimo, só aceitando uma negociação de venda do volante.

Vale destacar ainda que nossa reportagem procurou a assessoria do clube para confirmar a informação e não conseguimos uma confirmação oficial.

Diretor de futebol declara que é difícil a permanência de Orejuela diante das exigências do Flu

Devido ao alto valor pedido pelo Fluminense, que quer negociar Jefferson Orejuela por 4 milhões de dólares (R$ 16,5 milhões), a diretoria da LDU admite dificuldade para manter o volante para a temporada 2020.

A informação foi publicada pelo site NetFlu e confirmada pelo Torcedores.com. A diretoria do Fluminense tem como política não comentar a movimentação do clube mercado. Por isso, não confirma a saída de Orejuela de 26 anos, que tem contrato válido com o Tricolor das Laranjeiras até dezembro de 2020. Ainda segundo a reportagem, além de diminuir o valor, a LDU deseja parcelar a compra. Com o recesso de fim de ano, a negociação entre brasileiros e equatorianos deve se prolongar até os primeiros dias de janeiro antes de ter um desfecho seja positivo ou negativo.

Em entrevista ao Torcedores.com, Estebán Paz, diretor de futebol admitiu que é difícil a permanência de Orejuela diante das exigências do Fluminense, que analisa oferta de um clube russo.

“É muito difícil competir na parte econômica pela renovação do contrato de Orejuela. Infelizmente o clube (LDU) não tem condições financeiras para atender as exigências do Fluminense. Apresentamos uma oferta de compra. Agora, cabe ao Fluminense analisar a nossa proposta. Mas acho que a sua diretoria ficou em uma situação confortável. Além disso, o clube tem uma proposta da Rússia para analisar. Sabemos que os números são bem mais vantajosos que os valores apresentados pela Liga de Quito, mas temos a sensação de que fizemos o que era possível nesta negociação. Nos resta aguardar uma posição do Fluminense”, disse o dirigente.

FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Fonte:torcedores.com

LDU quer a permanência de Orejuela em 2020

Mesmo com a possibilidade de comprar parte dos direitos do jogador, o clube deseja um novo empréstimo. A diretoria do time equatoriano, disse que dificilmente terá condições de arcar com os US$ 1,7 milhões (R$ 6,9 milhões) estabelecidos em contrato por 60% dos direitos do jogador. O Fluminense aguarda uma proposta oficial, com isso, o futuro do jogador de 26 anos está indefinido.

O Fluminense tem contrato com Orejuela até 31 de dezembro de 2020, ou seja, em junho o atleta já pode assinar pré-contrato com outra equipe e sair sem pagamento de indenização.

Orejuela se transferiu para a LDU desde 2018 por empréstimo renovado para a temporada 2019. No último, os clubes acordaram o valor do negócio em US$ 200 mil (R$ 745 mil, na cotação da época). O Flu o contratou para a temporada 2017, quando adquiriu 60% dos direitos econômicos do Independiente del Valle por U$ 1,8 milhão.

Fonte: Globo Esporte

Foto Reprodução: Lucas Merçon/FFC

Flu não envia documentação e impede acerto de Orejuela com a LDU

Foto: Divulgação

Tricolor aguarda o pagamento da LDU para liberar a papelada do volante.

De acordo com informações do site equatoriano Bendito Fútebol, o volante Orejuela ainda não pode ser regularizado pela LDU.

Segundo a informação, o Fluminense exige US$ 4 milhões (cerca de R$ 14,8 milhões) para liberar documentações do jogador ao clube equatoriano.

Sem os documentos, o volante não pode ser inscrito na Liga nacional, tão pouco, jogar pelo clube do equador enquanto não for regularizado.

Ainda de acordo com o site, os dirigentes equatorianos estão otimistas num desfecho positivo para poder contar o mais rápido possível com o jogador que é considerado de extrema importância ao clube equatoriano.

Atenção ! Fluminense colocou mais uma trava para a inscrição de Jefferson Orejuela na Liga

Orejuela revela desejo de permanecer na LDU

Volante está emprestado até o final deste ano.

Emprestado até o final do ano a LDU, o volante Orejuela já demonstrou o interesse de permanecer no clube equatoriano.

O volante que está emprestado pelo Tricolor ao clube de seu país até o próximo dia 31, concedeu uma entrevista ao canal da própria LDU no YouTube, onde revelou a vontade de permanecer no país de origem:

– Não depende só de mim. Depende do meu representante e do Fluminense. Vamos conversar. Espero que eu possa ficar aqui, é a minha intenção. Falo isso desde o meio do ano – revelou Orejuela ao canal da LDU no YouTube.

Contratado pelo Fluminense ainda na metade de 2015, Orejuela chegou ao Fluminense no início de 2016. Após um início de sucesso, o volante caiu em declínio técnico e passou a ser questionado por grande parte da torcida. Foi emprestado a LDU no início desse ano e seu contrato com o Fluminense vai até dezembro de 2020.

 

foto: Divulgação LDU