fbpx

Fora! Oswaldo de Oliveira é demitido do Fluminense

Após as confusões no jogo de ontem, o treinador Oswaldo de Oliveira não será mais o comandante do Fluminense. A notícia vem da repórter do Esporte Interativo, Aline Nastari.

Oswaldo deixa o comando do time após diversas desavenças com os jogadores e com a torcida tricolor, uma vez que nunca foi preterido pela torcida e segundo muitos torcedores, “destruiu” o trabalho realizado pelo antecessor, Fernando Diniz.

Agora, o Fluminense busca um novo comandante para tentar livrar o clube dessa situação desconfortável na tabela. Nomes como Maurício Barbieri, Lisca, Jair Ventura e até Zé Ricardo, que foi demitido do Fortaleza, são especulados.

Porém, o nome pedido pela torcida ontem no Maracanã foi o de Cuca, que pediu demissão no São Paulo. Vamos aguardar os próximos capítulos.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Técnico do Fluminense, Oswaldo de Oliveira se mostrou incomodado com convocação olímpica

Foto: Divulgação/FFC

O técnico do Fluminense, Oswaldo de Oliveira se mostrou muito contrariado com a convocação da dupla Allan e Caio Henrique, que disputarão amistosos dia 10 e 14 de outubro, contra Venezuela e Japão.

Oswaldo se mostrou bastante contrariado com a convocação, principalmente pela atual situação vivida pelo Tricolor:

– É uma honra para Qualquer jogador participar em qualquer nível da seleção. Mas como são jogos amistosos, acho que isso precisava ser melhor avaliado, principalmente pela situação que estamos – desabafou o treinador que confirmou que pretendia usar Caio Henrique em outra função:

– São dois jogadores insubstituíveis para nos. Aliás, tinha planejado um substituir o outro quando necessário. Respeito a importância dos nossos jogadores irem, mas jogos contra Cruzeiro e Bahia são muito importantes – completou o treinador.

Vale destacar que apesar de ser meio campista de origem, Caio Henrique foi convocado como lateral esquerdo, posição que vem atuando desde o início da temporada no Fluminense.

“Resgata a confiança do jogador”, destaca Oswaldo após vitória diante do Corinthians

Foto: Mailson Santana/FFC

A vitória de 1 a 0 diante do Corinthians em Brasília, serviu para deixar o Fluminense fora da zona do rebaixamento no final do primeiro turno.

De acordo com o técnico Tricolor, Oswaldo de Oliveira, a vitória também é importante para resgatar a confiança dos jogadores:

– Resultado muito representativo para o Fluminense, que resgata a confiança dos jogadores acima de tudo, que passa para eles uma mensagem positiva, otimista, que nós podemos, no segundo turno, colher outras vitórias e fazer o Fluminense se distanciar da zona do rebaixamento – destacou o treinador.

Irmão de Oswaldo, Waldemar Lemos, pede continuidade do trabalho e torce para o “sucesso” do irmão

Foto: Lais Telles/Esp. DP/D.A Press

Waldemar Lemos, irmão mais velho de Oswaldo de Oliveira, técnico do Fluminense, torce para o sucesso do treinador no Tricolor e espera que Oswaldo possa ajudar a tirar o Fluminense dessa situação complicada dentro do Campeonato Brasileiro.

Espero que o Fluminense sai dessa situação com meu irmão. E para dar certo é preciso de união do grupo e o dirigente dar respaldo ao treinador – disse Waldemar.

O também treinador falou sobre a pressão da torcida em cima de uma saída de Oswaldo:

Eu acho que ele não deve pedir demissão não. Deve seguir com as convicções dele, mesmo tendo que tomar iniciativas que não vão agradar a todos. Não faço a menor ideia da relação do Oswaldo com qualquer jogador, mas meu irmão não aceita imposição – concluiu Waldemar.

Fonte: Rádio Brasil

Top