fbpx

Pablo Dyego passa por exames e tem lesão detectada

O atacante Pablo Dyego, que entrou no segundo tempo na vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o Corinthians, e terminou aquela partida com dores na coxa direita, foi submetido a exames e, teve uma lesão na parte posterior da coxa direita detectada.

Com isso, o atacante já é desfalque certo para o duelo entre o Tricolor e Goiás, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, no Serra Dourada.

O jogador que era pouco aproveitado nas mãos do técnico Fernando Diniz, ganhou mais oportunidades com a chegada de Oswaldo de Oliveira e, marcou inclusive um gol, na partida de volta contra o Corinthians pela Copa Sul-Americana.

O tempo de recuperação do atacante não foi revelado.

Para Pablo Dyego, VAR ajudou o Corinthians: “esfriou o jogo”

Foto: Divulgação

Autor do gol de empate do do Fluminense diante do Corinthians, o atacante Pablo Dyego questionou a atuação do VAR no jogo.

O árbitro paralisou a partida por mais de cinco minutos após o gol e, na visão do atacante, esfriou o ímpeto do Tricolor:

– Atrapalhou muito (VAR). A gente estava numa adrenalina tremenda. Se a bola tivesse rolado de imediato, nós iríamos sufocar eles (Corinthians) e teríamos mais chances de virar o jogo. Mas ficou naquela indefinição e acabou esfriando um pouco – afirmou o atacante.

Digão lamenta racismo sofrido por Pablo Dyego no Uruguai: “Isso nos incomoda demais”

Pablo Dyego disse ter sido vítima de racismo, pela primeira vez, no Uruguai, à época do primeiro jogo contra o Peñarol, no fim de julho, pela Sul-Americana. Aos 25 anos e com clubes de EUA, Canadá, Suécia e Polônia no currículo, o atacante afirmou que nunca havia sofrido discriminação racial explicitamente.

– Teve um episódio agora que aconteceu no Uruguai, em que eu sofri racismo, eu e alguns companheiros que também ali estavam. Infelizmente essa é a realidade que a gente vive hoje em dia, em um mundo tão moderno. Me deixa triste, até. Porque nunca tinha sofrido assim, de forma tão explícita, como sofri lá no Uruguai. Mas é levantar a cabeça e não deixar essas coisas ruins marcarem a gente – explicou ao “Saudações Tricolores”.

Em entrevista no Centro de Treinamento nesta quarta-feira, Digão detalhou e revelou a reação do colega ao episódio. O zagueiro passou pelo mesmo problema em solo uruguaio.

– Infelizmente, é uma coisa que dificilmente vai mudar. Eu sofri no ano passado, em um jogo contra o Defensor pela Sul-Americana. Cara ficou provocando o tempo todo. Me chamou do que vocês sabem. Eu fiz um gol e fiz um coração para ele para provocar. É uma coisa que não tem como controlar. Chamaram o Pablo de macaco lá no treino após o jogo. Ele entrou muito triste no vestiário. É algo que a gente não espera. Quero que essas coisas parem. Estamos em 2019. Isso nos incomoda demais.

Em maio, na virada por 5 a 4 sobre o Grêmio, Yony González ouviu falas racistas de gremistas presentes à Arena. Inicialmente condenado a pagar multa de R$ 30 mil, o clube gaúcho recorreu e, no início do mês passado, conseguiu a absolvição.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Pablo Dyego admite ansiedade na jogada que causou sua expulsão no Fla-Flu

Foto: Lucas Merçon/FFC

Jogador ainda considerou o vermelho injusto e afirmou não ter visto o adversário.

Pedido por muitos torcedores do Fluminense, o atacante Pablo Dyego ganhou sua primeira oportunidade de jogar sob o comando do técnico Fernando Diniz no Fla-Flu do último domingo (24).


Contudo, a partida não saiu da forma que a torcida e o jogador imaginavam, principalmente com a expulsão do atacante nos minutos finais do clássico.


Por meio de seu perfil pessoal no Instagram, Pablo Dyego publicou um texto onde admitiu uma ansiedade por estrear no ano, e ainda qualificou a jogada como exagero do juiz o cartão vermelho.


 

Fluminense anuncia renovação de contrato com Pablo Dyego

Novo vínculo vai até dezembro de 2019.

Pablo Dyego enfim assinou sua renovação de contrato com o Fluminense. O atacante revelado em Xerém já estava apalavrado com o Tricolor há algumas semanas, mas de fato só assinou o novo vínculo nesta sexta-feira (24).

A assinatura vêm curiosamente um dia após o atacante fazer uma postagem enigmática no Instagram.

O atacante que era frequentemente usado por Abel Braga perdeu espaço com a chegada de Marcelo Oliveira e dos novos contratados para o setor como: Júnior Dutra, Everaldo, Luciano e Bryan Cabezas. Contudo, Pablo Dyego esteve no banco de reservas como opção diante do Corinthians e, deve ser relacionado novamente para o jogo contra o Cruzeiro neste sábado (25).

O novo contrato do atacante com o Tricolor vai até dezembro de 2019.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Pablo Dyego faz postagem enigmática pelo Instagram

Atacante vem sendo preterido pelo novo treinador, Marcelo Oliveira.

Sem espaço no time Tricolor desde a chegada do técnico Marcelo Oliveira, o atacante Pablo Dyego usou sua conta oficial no Instagram para fazer uma espécie de desabafo: “Esses dias, estou deixando Deus cuidar das coisas que estão acima de mim.” Publicou o jogador em inglês.

Jogador “desabafou” através de seu Instagram. (Foto: Reprodução Instagram)

Um dos jogadores mais utilizados pelo ex treinador do Flu, Abel Braga, Pablo Dyego tem contrato vencendo no final desta ano. O jogador já acertou verbalmente uma renovação, mais ainda não assinou o novo vínculo.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

Pedro e Pablo Dyego vão à casa de Scudi, agredido em 2017: ‘Estamos contigo’

Artilheiro do Fluminense na temporada, Pedro fez um golaço extracampo nesta sexta-feira, um dia depois de atuar no 2 a 0 sobre o Defensor, pela Sul-Americana. Acompanhado de Pablo Dyego, o centroavante foi à casa de seu xará, Pedro Scudieri, que ainda sofre consequências da agressão ocorrida em fevereiro de 2017. O encontro foi registrado e rendeu elogios a ambos nas redes sociais. 

  • Momento indescritível – escreveu Pedro, no Instagram, onde Pablo também se manifestou:
  • Terminar o dia visitando esse guerreiro, após a bela vitória de ontem, não tem preço. 

A violência contra Scudi, como é carinhosamente conhecido, partiu de um grupo de quatro vascaínos. Ele retornava de um jogo de seu time e, enquanto estava na Tijuca, foi vítima de golpes com barra de ferro. Passado mais de um ano, o torcedor continua se recuperando em sua residência, com auxílio do home-care. Em comunicado aos tricolores, a Bravo 52, torcida organizada do clube, avisou que três agressores estão presos, mas um segue foragido.

Veja post:

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Pablo Dyego acerta renovação de contrato com o Flu

Antigo vincuvíse encerraria dia 31 de dezembro deste ano.

O atacante Pablo Dyego acertou sua renovação de contrato com o Fluminense por mais uma temporada. O jogador que tinha contrato com o Tricolor até dezembro deste ano, acertou a renovação ainda a ser assinada, até 31 de dezembro de 2019.

O jogador que ganhou espaço no início da temporada, teve boas atuações nas mãos do técnico Abel Braga, contudo, nunca consegui se firmar como titular da equipe. Com a chegada de Marcelo Oliveira e os novos reforços: Júnior Dutra, Everaldo e Luciano, perdeu ainda mais espaço com o novo treinador.

Na temporada 2018, Pablo Dyego tem 20 jogos e três gols marcados. Dois no Brasileiro e um na Sul-Americana.

 

ST,

Douglas Wandekochen

foto: Lucas Merçon

fonte: Globoesporte.com

Rumo a Curitiba: desfalques contra o Grêmio devem ser relacionados

Enquanto perde Pedro, com estiramento na coxa, Abel Braga ganha três opções para escalar o time que enfrenta o Paraná, às 20h desta segunda-feira, em Curitiba. Gum, Marcos Jr. e Pablo Dyego treinam com bola desde sexta-feira e, provavelmente, estarão na lista de relacionados para a nona rodada do Campeonato Brasileiro. Os três desfalcaram o Fluminense contra o Grêmio, quarta-feira, por problemas físicos. O camisa 7, por sua vez, sofria de dores lombares e, inclusive, ficou fora até do duelo com a Chapecoense, dia 26 de maio.

– Estou recuperado. Já vinha tratando há algum tempo. Estou apto para jogar segunda-feira – garantiu Marcos Jr., vice-artilheiro tricolor no ano, em entrevista ao programa ‘Os Donos da Bola’, da BAND.

Sexta-feira, quando se juntou ao grupo que retornou de Porto Alegre, o trio fez um trabalho técnico, ao lado de reservas e de Dodi, titular no meio de semana. Sábado, o foco da atividade foi o mesmo, com jogadas pelas laterais, cruzamentos, chutes de longa distância e dois-toques. O elenco ainda treina mais uma vez, neste domingo, no CT da Barra, antes de embarcar para Curitiba.

Provável Flu: Júlio César; Renato Chaves, Gum e Luan Peres; Gilberto, Richard, Jadson, Sornoza e Marlon; Marcos Jr. e João Carlos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

FluFest 2018: clique aqui e garanta sua presença na festa de 116 anos do Fluminense!

Abel surpreende na escalação para estreia do Brasileirão

Pablo Dyego ganhou a vaga de Marcos Júnior e inicia a partida contra o Corinthians.

O Fluminense faz sua estreia no Brasileirão neste domingo (15) às 16h contra o Corinthians em Itaquera, na Arena Corinthians. Para o duelo o tricolor terá a disposição o recém contratado João Carlos, que viajou com a delegação e estará a disposição de Abelão no banco de reservas.

Contudo, o que mais chamou a atenção na escalação do Tricolor foi a presença de Pablo Dyego entre os titulares, deixando Marcos Júnior no banco de reservas. Artilheiro da equipe no ano, Marcos Júnior não vem atravessando um grande momento, enquanto vê Pablo Dyego subindo de produção e empolgando o técnico Abel Braga.

Desta forma o Fluminense deve ir a campo com a seguinte escalação:

Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibanez; Gilberto, Jadson, Richard, Sornoza e Ayrton Lucas; Pablo Dyego e Pedro. 

Além da escalação teve também mudança na lista de numeração dos atletas, com: Pedro trocando a
camisa 32 pela 9 e,  Pablo Dyego a 31 pela 7.

 

ST,

Douglas Wandekochen

 

foto: Lucas Merçon
Top