Após cirurgia, Paulo Henrique Ganso já tem previsão de alta para os próximos dias

O meia Paulo Henrique Ganso teve de passar por uma intervenção cirurgica na manhã deste sábado devido a fortes dores abdominais causadas por uma apendicite.

O jogador que após receber o diagnóstico foi logo encaminhado para realização da cirurgia. Procedimento que ocorreu dentro do previsto e sem nenhuma anomalia.

Após a operação, Ganso já foi transferido para um quarto e inclusive com previsão de alta para os próximos dias. Contudo, ainda não há previsão de quando o jogador retorne aos treinos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Após apresentar dores abdominais, Ganso é reavaliado e precisará passar por intervenção cirúrgica

O Fluminense se apresentou na manhã deste sábado (09) no CT Carlos Castilho, onde segue a preparação para o jogo contra o Corinthians, na próxima quarta-feira (13), quando a equipe deve ter um desfalque: o meia Paulo Henrique Ganso.

Segundo informado pela assessoria do clube, o jogador apresentou dores abdominais durante a madrugada e, após ser reavaliado na chegada ao CT, foi diagnosticado com apendicite.

Ainda de acordo com a nota do clube, o jogador passará por cirurgia ainda na manhã deste sábado (09). Porém, não foi informado uma previsão de retorno do atleta.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Em rede social, Ganso rebate crítica de torcedor: “tudo bem não gostar de mim, mas não precisa inventar mentiras”

O meia Paulo Henrique Ganso que vem sendo um dos jogadores mais criticados do atual elenco do Fluminense, usou sua conta oficial do Instagram para responder um questionamento de um torcedor.

Pela rede, o torcedor questionou o jogador por seu comprometimento e participação do meia dentro de campo, e o jogador respondeu:

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Pouco utilizado: Ganso tem uma média inferior a 30 minutos em campo pelo Fluminense em 2020

Um dos nomes mais questionados pela torcida ao longo da temporada, o meia Ganso tem uma das menores médias em campo da sua carreira.

O jogador que era pra ser uma das maiores referências do elenco atuou apenas em quatro partidas como titular e soma 816 minutos em campo ao longo de 2020.

São 28 jogos para Ganso até o momento, com um gol marcado e duas assistências. Nas oportunidades em que foi reserva, mas entrou durante o jogo, o meia ficou 20 vezes por 30 minutos ou menos em campo e apenas quatro vezes além deste tempo.

Quando acabou escolhido para ser titular, permaneceu os 90 minutos em três partidas, sendo sacado só uma vez. A média do camisa 10 jogando é de 29,14 minutos por partida.

De acordo com o “SofaScore”, nos 14 jogos do Campeonato Brasileiro, onde Ganso mais jogou, são 0,4 finalização por jogo, média de 90% de eficiência por partida, sendo 8.2 passes no próprio campo e 16.6 no campo adversário. A precisão em cruzamentos é de 41% e nos lançamentos de 50%. Foram 89% dos dribles bem sucedidos e 55% das disputas de bola vencidas.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: Lance!

Após Covid-19, Ganso se reapresenta e treina com o grupo

O grupo de Fluminense se reapresentou nesta sexta-feira (09) quando iniciou o trabalho para o jogo contra o Bahia, no próximo domingo (11), às 16h, no estádio do Maracanã.

De acordo com informações do repórter Sérgio Guimarães, setorista do Fluminense pela Super Rádio Tupi, o meia Ganso retornou aos treinos após cumprir quarentena por conta da Covid-19 e treinou com o restante do grupo.

Reseta agora saber se o jogador será aproveitado após ter feito apenas dois dias de trabalho. Vale destacar que o restante dos jogadores que contraíram a Covid-19 ficaram de fora do último jogo, quarta-feira (07), após terem realizado apenas dois treinamentos, então a probabilidade é que Ganso siga de fora e retorne contra o Atlético-MG, quarta-feira (14), no Mineirão.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Ganso testa positivo para a Covid-19 e Fluminense chega a 10 casos no elenco

O Fluminense confirmou na manhã desta quarta-feira (30) que o meia Paulo Henrique Ganso é mais um jogador do elenco a testar positivo para o novo Coronavírus (Covid-19), acumulando 10 jogadores do Flu infectados pelo vírus.

Antes, o clube já havia confirmado os casos de Luccas Clara, Calegari, Miguel, Luiz Henrique e Marcos Paulo, além dos atletas do sub-23, André, Luan, Martinelli e Nascimento. Esses inclusive nem enfrentaram o Coritiba na última segunda-feira (28) pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro.

Ganso, assim como o restante do elenco, realizaram os testes após a vitória contra o Coritiba, dando positiva apenas com o camisa 10. O atleta já está isolado e cumprindo a quarentena.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Após ficar de fora da estréia, Ganso volta a ser relacionado

O meia Paulo Henrique Ganso que não atuou nas duas últimas partidas do Fluminense por problemas na panturrilha, se recuperou da lesão e está à disposição para enfrentar o Palmeiras.

O jogador que sentiu o problema no último amistoso do Fluzão contra o Botafogo, dia 1 de agosto, ficou de fora além do amistoso, da estreia da equipe no Brasileirão, contra o Grêmio, no último domingo (09).

Apesar de recuperado no entanto, o camisa 10 deve começar a partida contra o Palmeiras, nesta quarta-feira (12), como opção no banco de reservas, com o provável time titular com a seguinte escalação: Muriel, Igor Julião, Luccas Claro, Nino e Egídio; Dodi, Yago e Michel Araujo; Nenê, Evanilson e Fred.

Fluminense e Palmeiras se enfrentam nesta quarta-feira (12), as 21h e 30, no estádio do Maracanã.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Mesmo recuperado de um edema, Ganso não joga contra o Grêmio

Desde que sofreu um edema na panturrilha esquerda pouco antes do segundo amistoso contra o Botafogo, no último sábado (01), o meia Paulo Henrique Ganso, vem tratando da lesão para que estivesse apto para a estreia do Fluminense no Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, neste domingo (09), às 19h, na Arena.

Porém, mesmo participando normalmente dos treinamentos nesta sexta-feira (07), o jogador, por precaução, foi poupado da partida e será desfalque para Odair Helmann. Ganso seguirá sob avaliação para determinar se terá condições de atuar na segunda rodada, contra o Palmeiras.

Fonte: NetFlu / Thiago Lima – GE
Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Ganso tem lesão detectada e deve desfalcar o Flu na estreia do Brasileirão

O Fluminense enfrenta o Grêmio no próximo domingo (9) as 19h no sul do país – isso desde que o time gaúcho não avance para as finais do estadual, em jogo que marca a estreia das equipes no Campeonato Brasileiro.

Desfalque no último jogo, amistoso que terminou empatado em 1 a 1 contra o Botafogo, o meia Paulo Henrique Ganso, pode ser baixa da equipe novamente. Isso por que, o jogador que foi vetado da última partida após sentir um desconforto na panturrilha durante o aquecimento, foi submetido a exames e teve uma lesão diagnósticada.

Segundo informou a assessoria do clube, Ganso teve detectado um edema na panturrilha esquerda, o que pode tirar o camisa 10 da estreia do Tricolor no Brasileirão. O meia seguirá fazendo trabalho de recuperação ao longo da semana e será reavaliado até o próximo sábado (08), quando clube embarca para Porto Alegre. Isso é, se a partida não for alterada.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Em nota, Fluminense confirma permanência de Paulo Henrique Ganso

Nos últimos dias surgiram rumores sobre uma possível saída do meia Paulo Henrique Ganso do Fluminense. O nome do jogador chegou inclusive a ser ligado ao Fortaleza, com uma Informação de que Rogério Ceni teria contactado o próprio jogador para que ele fosse jogar no Tricolor do Pici.

Na tarde desta quarta-feira (29) no entanto, o clube tratou de encerrar com qualquer especulação sobre uma possível saída do meia, ao divulgar uma nota reafirmando que conta com os serviços de Ganso.

Acompanhe a nota:

O Fluminense Football Club vem a público desmentir os boatos a respeito do meia Paulo Henrique Ganso. O clube afirma que conta com o jogador para a disputa do Campeonato Brasileiro e reconhece a importância do atleta para o elenco Tricolor.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC