Após temporada de pouco aproveitamento no Flu, Ganso cogita até mudar de posição em campo

Um dos principais nomes do elenco atual do Fluminense, o meia Paulo Henrique Ganso, viveu uma temporada atípica na carreira, com um 2020 de pouco aproveitamento em relação a tempo de jogo.

O jogador que viveu a temporada mais baixa em relação a aproveitamento de minutos em campo na sua carreira, conversou com a reportagem do UOL Esportes e revelou inclusive que prefere jogar como um segundo atacante na próxima temporada, atuar mais perto do gol:

Prefiro jogar como um segundo atacante, sempre presente na área. Perto do gol adversário é onde vou criar chance de gols para a gente, vou criar, posso fazer os gols e sempre levar perigo ao adversário. Ali do lado do nosso camisa 9, como um segundo atacante, sempre pisando na área, mais perto do gol — revelou o jogador.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fluminense x Portuguesa; Veja tudo que precisa saber da partida

Times irão se enfrentar nesse domingo, às 16h, no Maracanã. O tricolor continua com a sua equipe de aspirantes reforçada por garotos do sub-20 e sub-17. Nessa segunda rodada, o tricolor terá o reforço do meia armador Paulo Henrique Ganso. 

A partida será a de número 76, até hoje o tricolor saiu vencedor em 61 duelos, com 7 empates e 7 derrotas. Ano passado, a partida ocorreu também pela segunda rodada do Campeonato, e o Flu venceu por 2 x 0, gols de Nenê e Gilberto.

O Fluminense será comandado novamente por Ailton Ferraz, e terá os desfalques da dupla de zaga Luan Freitas e Frazan, ambos lesionados. Com isso, haverá a estreia de Higor zagueiro da base e Rafael Ribeiro contratado junto ao Náutico para a temporada. 

Time provável: Pedro Rangel, Daniel Lima, Higor, Rafael Ribeiro e Raí; André, Caio Vinicius, Ganso e Miguel (Gabriel Teixeira); John Kennedy e Samuel.

Foto: Mailson Santana/Fluminense FC 

Presidente Tricolor, Mário Bittencourt, confirma Ganso como titular no Carioca

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, participou do programa “Boteco Tricolor” antes do jogo contra o Fortaleza, valido pela última rodada do Brasileirão.

Em sua participação, Mário esclareceu alguns pontos da próxima temporada, que já começa na próxima terça-feira (02) com o início do Campeonato Carioca, competição que segundo Mário, o Fluminense usará o meia Paulo Henrique Ganso como titular nos primeiros jogos:

Nós vamos usar um time que é mesclado entre o Sub-23 e jogadores dos profissionais que não estavam atuando. O ganso é um deles. Ele vai iniciar jogando o Estadual – revelou Mário.

Vale destacar que Ganso passou por uma cirurgia de apendicite e ficou quase um mês parado, tendo ficado de fora da reta final do Campeonato Brasileiro.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Após operar a apêndice, Ganso se reapresenta e realiza treino físico no CT

O meia Paulo Henrique Ganso, que passou por uma operação de apendicite no início de janeiro, se reapresentou na manhã desta sexta-feira (12) no CT Carlos Castilho, o de realizou uma atividade física na academia do clube.

O jogador porém ainda não tem uma previsão de retorno aos gramados, mas a tendência é que volte apenas na próxima temporada.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Após cirurgia, Paulo Henrique Ganso já tem previsão de alta para os próximos dias

O meia Paulo Henrique Ganso teve de passar por uma intervenção cirurgica na manhã deste sábado devido a fortes dores abdominais causadas por uma apendicite.

O jogador que após receber o diagnóstico foi logo encaminhado para realização da cirurgia. Procedimento que ocorreu dentro do previsto e sem nenhuma anomalia.

Após a operação, Ganso já foi transferido para um quarto e inclusive com previsão de alta para os próximos dias. Contudo, ainda não há previsão de quando o jogador retorne aos treinos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Após apresentar dores abdominais, Ganso é reavaliado e precisará passar por intervenção cirúrgica

O Fluminense se apresentou na manhã deste sábado (09) no CT Carlos Castilho, onde segue a preparação para o jogo contra o Corinthians, na próxima quarta-feira (13), quando a equipe deve ter um desfalque: o meia Paulo Henrique Ganso.

Segundo informado pela assessoria do clube, o jogador apresentou dores abdominais durante a madrugada e, após ser reavaliado na chegada ao CT, foi diagnosticado com apendicite.

Ainda de acordo com a nota do clube, o jogador passará por cirurgia ainda na manhã deste sábado (09). Porém, não foi informado uma previsão de retorno do atleta.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Em rede social, Ganso rebate crítica de torcedor: “tudo bem não gostar de mim, mas não precisa inventar mentiras”

O meia Paulo Henrique Ganso que vem sendo um dos jogadores mais criticados do atual elenco do Fluminense, usou sua conta oficial do Instagram para responder um questionamento de um torcedor.

Pela rede, o torcedor questionou o jogador por seu comprometimento e participação do meia dentro de campo, e o jogador respondeu:

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Pouco utilizado: Ganso tem uma média inferior a 30 minutos em campo pelo Fluminense em 2020

Um dos nomes mais questionados pela torcida ao longo da temporada, o meia Ganso tem uma das menores médias em campo da sua carreira.

O jogador que era pra ser uma das maiores referências do elenco atuou apenas em quatro partidas como titular e soma 816 minutos em campo ao longo de 2020.

São 28 jogos para Ganso até o momento, com um gol marcado e duas assistências. Nas oportunidades em que foi reserva, mas entrou durante o jogo, o meia ficou 20 vezes por 30 minutos ou menos em campo e apenas quatro vezes além deste tempo.

Quando acabou escolhido para ser titular, permaneceu os 90 minutos em três partidas, sendo sacado só uma vez. A média do camisa 10 jogando é de 29,14 minutos por partida.

De acordo com o “SofaScore”, nos 14 jogos do Campeonato Brasileiro, onde Ganso mais jogou, são 0,4 finalização por jogo, média de 90% de eficiência por partida, sendo 8.2 passes no próprio campo e 16.6 no campo adversário. A precisão em cruzamentos é de 41% e nos lançamentos de 50%. Foram 89% dos dribles bem sucedidos e 55% das disputas de bola vencidas.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: Lance!

Após Covid-19, Ganso se reapresenta e treina com o grupo

O grupo de Fluminense se reapresentou nesta sexta-feira (09) quando iniciou o trabalho para o jogo contra o Bahia, no próximo domingo (11), às 16h, no estádio do Maracanã.

De acordo com informações do repórter Sérgio Guimarães, setorista do Fluminense pela Super Rádio Tupi, o meia Ganso retornou aos treinos após cumprir quarentena por conta da Covid-19 e treinou com o restante do grupo.

Reseta agora saber se o jogador será aproveitado após ter feito apenas dois dias de trabalho. Vale destacar que o restante dos jogadores que contraíram a Covid-19 ficaram de fora do último jogo, quarta-feira (07), após terem realizado apenas dois treinamentos, então a probabilidade é que Ganso siga de fora e retorne contra o Atlético-MG, quarta-feira (14), no Mineirão.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Ganso testa positivo para a Covid-19 e Fluminense chega a 10 casos no elenco

O Fluminense confirmou na manhã desta quarta-feira (30) que o meia Paulo Henrique Ganso é mais um jogador do elenco a testar positivo para o novo Coronavírus (Covid-19), acumulando 10 jogadores do Flu infectados pelo vírus.

Antes, o clube já havia confirmado os casos de Luccas Clara, Calegari, Miguel, Luiz Henrique e Marcos Paulo, além dos atletas do sub-23, André, Luan, Martinelli e Nascimento. Esses inclusive nem enfrentaram o Coritiba na última segunda-feira (28) pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro.

Ganso, assim como o restante do elenco, realizaram os testes após a vitória contra o Coritiba, dando positiva apenas com o camisa 10. O atleta já está isolado e cumprindo a quarentena.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC