fbpx

Pedro comemora “reestreia” pelo Fluminense e sonha com Copa América

Uma lesão no joelho direito, sofrida em agosto do ano passado, interrompeu uma carreira em ascensão e provocou o corte de Pedro na sua primeira convocação à Seleção. Após tratamento que durou quase oito meses, o centroavante estreou na temporada no primeiro jogo da 4ª fase da Copa do Brasil, contra o Santa Cruz.

– Estou feliz demais com o retorno. Superei esse momento complicado na minha vida. Deus me deu força para superar, minha família me apoiou da melhor maneira… Voltei a fazer o que mais amo na minha vida, que é jogar futebol. Espero que essa alegria permaneça – comemorou.

De olho numa chance na Copa América, que será sediada no Brasil entre junho e julho, Pedro revelou que recebeu o apoio de Tite na época da contusão e no dia em que voltou aos gramados.

– É claro que a gente sonha (com Copa América). Quando parei, tinha sido convocado. Espero poder voltar. Tite me mandou mensagem dando força quando machuquei. Ontem (quarta-feira), ele mandou de novo desejando bom jogo. Fiquei feliz.


LEIA MAIS RESPOSTAS DE PEDRO:

“Reestreia” pelo Fluminense
– Fiquei feliz por ter jogado quase um tempo, não era o previsto. Foi bom pois voltei . Acordei bem, sem dor hoje. Só cheguei um pouco cansado em casa ontem, foi normal. Estou bem”.

Adaptação ao estilo de Fernando Diniz
– Com o dia a dia, ficará fácil. Diniz gosta que o time dele jogue com a bola. Isso facilita ao atacante, que recebe a bola redonda. Vai ser fácil se adequar. É só movimentar bastante fora da área e a bola chegará limpa porque o time está trabalhando muito bem a bola.

Parceria com Fernando Diniz
A gente conversa muito. Eu sou um cara que gosto de sair da área para assistência. Falei com ele que ele vai me ajudar a crescer nesse quesito de movimentação no ataque. Fico feliz de poder trabalhar com ele. É um grande treinador e tem de tudo para fazer um grande trabalho aqui.

Recuperação
Quando machuquei, não acreditava que seria tão sério pelo lance. Infelizmente aconteceu a pior lesão, que tinha de fazer cirurgia. A minha família me ajudou nesse momento complicado. No primeiro mês a recuperação é bem difícil, porque você não pode andar, não pode fazer nada. Mas graças a Deus consegui superar. Tenho de agradecer ao trabalho de todos, da fisioterapia, da preparação física… Que me ajudaram muito nesse momento. Procurei sempre deixar minha cabeça bem tranquila, tentar me alegrar mesmo nos momentos complicados, e graças a Deus consegui superar.

Amadurecimento
Amadureci muito. Eu estava em um momento tão feliz na minha carreira. Creio que voltarei mais forte ainda. Serviu de aprendizado para saber valorizar o tempo que estou dentro de campo. é muito bom fazer o que você mais ama na vida. No momento difícil você não consegue fazer o que você gosta, que é jogar, treinar, estar com os companheiros no dia a dia… Consegui superar e coisas melhores virão pela frente.


Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Visado em 2018, Pedro afirma que não jogaria em outro clube brasileiro: “Quero ser ídolo aqui”

De volta aos gramados após lesão no joelho direito, Pedro espera reviver o bom momento que, em 2018, lhe rendeu propostas de grandes europeus, como o Real Madrid. Aos 21 anos, porém, ele quer marcar seu nome na história do Fluminense, único clube brasileiro que pretende defender em sua carreira.

– Tive propostas, claro, antes de machucar. Estava em um momento bom. Meu foco é recuperar meu futebol e agradecer a torcida, que sempre me ajudou. Quero fazer o que sei dentro de campo. Agora, para mim, não chegou nada. Meu foco é futebol. Creio ser só sondagem mesmo – disse, completando:

– Não (jogaria em outro time brasileiro). Acho que a torcida já me mostrou… Quero ser ídolo aqui. Quero dar o meu melhor.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Diniz rasga elogios à Pedro: “Foi muito bem. Um nove nato.”

A vitória tricolor por 2×0 na noite de ontem foi especial para a torcida tricolor, que após oito meses, pode rever o atacante Pedro, que ficou lesionado durante todo esse tempo.

O atacante ficou em campo praticamente durante todo o segundo tempo. Se movimentou, deu um chute a gol e chegou a protagonizar um bonito lance, dando uma “caneta” no adversário. Mas, é nítido ainda a falta de ritmo de jogo, o que só virá mesmo, com o tempo. Após o jogo, em entrevista coletiva, o técnico Fernando Diniz falou sobre o jogador.

Pedro em ação no jogo de ontem (Foto: Lucas Merçon/FFC)

“O Pedro não precisa de preparo especial, ele é um jogador acima da média, de Seleção. Precisamos de paciência para ele voltar a jogar bem. Vai levar alguns jogos. Mas ele é um nove nato, e não só isso, é muito técnico e muito inteligente. Isso tem a ver com o time, já é moldado da maneira que eu gosto. Não tem o número de piques que o Yony tem, mas não acho que precise de muitos ajustes”, afirmou Diniz.

“Pelo tempo que ele estava parado, ele foi muito bem. A previsão, era para ele jogar só na estreia do brasileirão, mas ele quis muito voltar. Conversando com o departamento médico e físico, achamos que podíamos antecipar e volta. E jogou muito bem. Confio muito que ele vai voltar melhor que ele estava antes da lesão”, finalizou o treinador.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

Crédito da foto inicial: Lucas Merçon/FFC

Aperitivo: perto da volta do atacante, Fluminense disponibiliza gols de Pedro com a camisa Tricolor

Foto: Lucas Merçon/FFC

A torcida do Fluminense já conta as horas para acompanhar a volta aos gramados do atacante Pedro, relacionado pela primeira vez no ano para a partida conta o Santa Cruz-PE, nesta quarta-feira (17), no Maracanã às 21h e 30.

Para deixar a torcida com um pouco mais de ansiedade pela volta do atacante, o Fluminense divulgou por meio de seu Twitter oficial alguns de Pedro com a camisa Tricolor:

Contudo, como o jogador está há quase oito meses fora dos gramados, ele deve iniciar a partida no banco de reservas, exatamente pelo longo período de inatividade.

Com Pedro e Airton a disposição, Diniz esboça time para encarar o Santa Cruz-PE

Foto: Lucas Merçon/FFC

O Fluminense entra em campo nesta quarta-feira (17) para encarar o Santa Cruz-PE no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, às 21h e 30, no Maracanã.

O jogo marca o retorno de dois jogadores importantes: o atacante Pedro e o volante Airton.

Há quase oito meses sem jogar, Pedro já está confirmado para a partida, no entanto, deve começar o jogo entre os reservas devido ao longo tempo afastado dos gramados. Já Airton, fora a cerca de um mês por conta de uma lesão muscular, deve retornar ao time na vaga de Bruno Silva, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Com isso, o Fluminense deve ir a campo com a seguinte escalação: Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Airton, Allan e Paulo Henrique Ganso; Everaldo, Luciano e Yony Gonzalez.

Quem deve sair para a entrada de Pedro no time titular?

Conforme já noticiado, o atacante Pedro irá fazer a sua reestreia com a camisa do Fluminense na quarta-feira contra o Santa Cruz pelo primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil. Só que a principal pergunta feita pelos tricolores é: Quem deve deixar o time para a entrada do P9?

Ao que tudo indica, ele deve começar o jogo no banco de reservas entrando somente no segundo tempo. Mas o que se pergunta é qual dos três homens de frente, Luciano, Everaldo e Yony González, irá deixar o time para que o atacante tricolor entre? Nos primeiros jogos, ele sempre deverá vir do banco de reservas por ainda estar fora de ritmo e sem tempo de bola.

A tendência, é que Everaldo deixe o time, devido ao seu baixo rendimento apresentado nos últimos jogos e também, pelo fato de que o jogador deverá ir para o Corinthians após o término de seu contrato com o Fluminense. Provavelmente, sentiu o caminhão de dinheiro que o espera no Parque São Jorge, uma vez que o clube paulista ofereceu quatro vezes mais do que ele recebe atualmente.

Everaldo deve deixar o time do Fluminense (Foto: Lucas Merçon/FFC)

Luciano, que é o artilheiro e capitão tricolor em 2019, consegue sair um pouco mais da área, ajudando o Ganso na criação das jogadas. Yony, que tem atuado como centroavante, em alguns jogos, é deslocado para jogar nos lados do campo, alternando com o próprio Luciano. Com isso, deixaria Pedro centralizado dentro da área e eles atuando pelos lados do campo mas com uma certa ajuda na criação de jogadas pelo meio.

Saudações Tricolores

João Eduardo Gurgel

Crédito da Foto Inicial: Lucas Merçon/FFC

Camisa 9 na área! Fluminense agenda retorno de Pedro para duelo com o Santa Cruz no Maracanã

Liberado para treinar com o elenco desde 30 de março, Pedro vem surpreendendo com recuperação acelerada. Após mais de sete meses longe dos gramados, em razão de lesão no joelho, o centroavante tem sua volta agendada para 21h30 desta quarta-feira, no jogo de ida pela 4ª fase da Copa do Brasil, no Maracanã. Na semana passada, Fernando Diniz havia indicado, mesmo sem estimar prazo, que o retorno aconteceria a qualquer momento.

– Ele tem ido bem nos treinamentos. Muito bem mesmo. Até surpreendendo. Muito motivado. O pessoal da fisioterapia, do departamento médico e da transição fizeram um trabalho excelente com ele. Está muito forte, está equilibrado, coordenado. Agora é questão de não pularmos nenhuma etapa para ele ter condições plenas de suportar todos os jogos.

Foi baseado numa avaliação do departamento médico do clube que o treinador decidiu relacionar o camisa 9, que deve começar no banco de reservas, com possibilidade de entrar em campo no segundo tempo. Até o confronto do meio de semana, há treinos marcados para segunda e terça.

Um dos principais nomes do grupo, Pedro pode levar um público maior ao estádio. Os ingressos variam entre R$ 20 (inteira na Leste Superior) e R$ 50 (inteira na Sul e Leste Inferior). Dessa vez, os sócios podem adquirir dois bilhetes para o setor Sul com o desconto referente ao seu plano. O check-in está aberto desde sábado. Clique aqui para mais informações.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: Globoesporte.com.

Pedro surpreende em treinos e se aproxima de retorno aos jogos

Pedro se lesionou em meio ao melhor momento da curta carreira, época, inclusive, em que havia sido convocado para a Seleção. Uma contusão no joelho, corrigida em cirurgia, o tirou dos jogos do Fluminense em agosto. Agora, em meados de abril, a expectativa é pelo seu retorno, cada vez mais próximo, segundo Fernando Diniz.

– Ele está perto da volta. Não está distante. Começou a treinar coletivamente com a gente. Ainda não temos uma previsão clara de quando ele vai estrear. Não quero criar expectativa no torcedor. É muito precoce falar hoje quando ele vai voltar.

Liberado para trabalhos com bola desde 4 de março, o centroavante voltou a treinar com o elenco no fim do mês passado e vem apresentando rendimento acima do imaginado pela comissão técnica. As próximas semanas têm agendados os dois compromissos pela quarta fase da Copa do Brasil e pela estreia no Brasileirão.

– Ele tem ido bem nos treinamentos. Muito bem mesmo. Até surpreendendo. Muito motivado. O pessoal da fisioterapia, do departamento médico e da transição fizeram um trabalho excelente com ele. Está muito forte, está equilibrado, coordenado. Agora é questão de não pularmos nenhuma etapa para ele ter condições plenas de suportar todos os jogos – frisou o técnico.

A volta promete gerar “dor de cabeça” a Diniz. Mas daquelas que o treinador gosta. Quem escalar? Hoje, o trio de frente, com Luciano, Yony González e Everaldo, vem cumprindo bem a missão, tendo marcado 24 dos 38 gols da equipe em 2019. O comandante, porém, prefere deixar a dúvida para depois e celebrar a recuperação do camisa 9.

– É um motivo de alegria para todo mundo. Para o torcedor, para mim, para os jogadores… É um menino de um carisma gigante, um jogador de nível de seleção brasileira. Ele vai voltar e nos ajudar. Tê-lo será um grande presente.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Nem voltou e já pode sair: clube europeu mira contratação de Pedro

Foto: Lucas Merçon/FFC

O atacante Pedro que se recupera de uma grave lesão no joelho direito continua com a moral alta na Europa e, dessa vez, o Fernebahçe, da Turquia seria o novo clube que deseja a contratação da jóia Tricolor.

De acordo com informações do jornal turco, Fanatik, o clube chegou ao nome do centro avante por indicação de Alex, que foi procurado pelo presidente do clube da Turquia. Vale destacar que Alex teve uma passagem de grande sucesso no Fernebahçe, onde é um dos maiores ídolos do clube.

Ainda de acordo com a publicação do Fanatik, o Fernebahçe deve inclusive mandar alguns de seus olheiros ao Brasil para acompanhar de perto o desempenho de Pedro, que deve voltar a ser relacionado somente no Campeonato Brasileiro, no final de abril.

Vale destacar ainda que o empresário do atacante revelou que Pedro estava encaminhado com o Real Madrid e que a lesão no final de agosto impediu o acerto.

Ele voltou! Pedro faz primeiro treino com companheiros após lesão

Nesse sábado, Pedro realizou seu primeiro treino com o elenco do Fluminense após lesão no joelho, seguida de falha no menisco, sofridas em agosto de 2018. Ele recebeu alta médica da cirurgia na sexta-feira.

– Feliz demais por saber que todo esforço e sacrifício valeram a pena. Só tenho a agradecer a todo departamento médico do Fluminense, em especial a fisioterapia: Filé (Nilton Petrone), Felipe Bastos, Caio Sauro, Roberto Tupinambá e Chester (Luis Augusto Ferreira – enfermeiro do clube). Estou muito feliz e creio que vou voltar ainda mais forte para dar alegrias para a torcida tricolor – comemorou.

Artilheiro do clube no ano passado com 19 gols, Pedro quer reviver a boa temporada. A previsão é de que ele volte a jogar entre o fim de abril e início de maio.

– O mais importante é estar com a cabeça boa. E, neste momento, eu estou. Me cerquei da minha família e dos meus amigos e eles foram importantíssimos durante a recuperação. Isso me deixa muito confiante para esse retorno. Fisicamente, estou me sentindo ótimo. Sei que vou voltar muito bem e quero fazer muitos gols nessa temporada.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top