fbpx

Pacheco estaria em lista de convocação para a seleção Peruana, diz Jornal Peruano


FOTO: LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE F.C.
 

As seleções começam as preparações para a disputa das eliminatórias para a copa de 2022, e a seleção Peruana poderá trazer uma novidade tricolor na sua próxima convocação.

De acordo com o jornal Líbero, do Peru, o nome de Fernando Pacheco consta na lista de jogadores que o técnico Argentino Ricardo Gareca está acompanhando de perto. As boas atuações do jogador pelo Fluminense atraíram a atenção do treinador que pode convoca-lo para disputar as eliminatórias.

Má campanha do Peru no pré olímpico pode favorecer chegada de Pacheco ao Flu

O atacante peruano Fernando Pacheco pode ter sua chegada ao Fluminense antecipada. O jogador que era esperado só no final do Pré-Olímpico, no final de fevereiro, pode ter a chegada ainda no começo do mês.

Com a má campanha da seleção peruana, a equipe de Pacheco está por um fio de ser eliminada da competição. Para reverter o quadro terá que vencer a Bolívia sexta-feira (31), além de tirar dois gols de saldo para o Uruguai e ainda secar o Paraguai contra Brasil.

Caso alguma dessas alternativas não aconteça, o peruano deve chegar mais cedo ao Flu.

Vale destacar, que embora a seleção não estava fazendo uma boa campanha na competição, Fernando Pacheco tem se destacado e chamado atenção dos Tricolores que vêm rasgando elogios ao atacante.

Fernando Pacheco se destaca em vitória de virada do Peru

A seleção pré olímpica do Peru voltou a campo na noite do último sábado (25) para enfrentar o Paraguai pela segunda rodada do Pré Olímpico. Camisa 10 e principal nome da seleção peruana da categoria, Fernando Pacheco, novo contratado do Fluminense, foi o grande nome do jogo, com boa movimentação ofensiva.

Meio apática, a seleção peruana foi surpreendida pela equipe paraguaia, que fez dois gols logo no começo do jogo.

Fernando Pacheco entrou em ação e começou a mudar o jogo. O novo reforço do Tricolor participou diretamente do primeiro gol, quando cruzou para área e o zagueiro paraguaio desviou marcando contra o próprio patrimônio.

Pacheco continuou ditando o ritmo do ataque, mostrando grande desenvoltura pelo lado esquerdo, com muita velocidade e boas jogadas individuais.

A atuação do jogador logo ganhou destaque dos Tricolores pelas redes sociais, que não deixaram também de dar uma pequena cornetada no atacante:

Um torcedor peruano chegou a compará-lo inclusive ao craque francês Kylian Mbappé:

Nino x Pacheco! Tricolores podem se enfrentar neste domingo

As seleções olímpicas de Brasil e Peru estão na Colômbia para a disputa do Pré-Olímpico e se enfrentam neste domingo (19), às 22h (Horário de Brasília). 

A partida pode marcar um duelo tricolor, isso porque dois jogadores do Flu poderão estar em campo. Do lado Brasileiro o zagueiro Nino, que foi adquirido em definitivo por três temporadas. Do lado peruano está o atacante recém-contratado Fernando Pacheco, que assinou com o Flu por quatro temporadas. 

Companheiros de time, Nino e Pacheco ainda não se falaram, isso porque o zagueiro já estava servindo seleção brasileira, quando o peruano foi contratado. 

Brasil e Peru estão no grupo B, que conta ainda com Uruguai e Bolívia.Atual campeã, a seleção canarinho tenta a vaga para os jogos olímpicos de Tóquio neste ano. 

Companheiros de clube, Nino e Pacheco devem se encontrar pela primeira vez como adversários

O Fluminense anunciou a contratação do jovem atacante peruano Fernando Pacheco, assim também como oficializou a permanência do zagueiro Nino, se tornando agora companheiros de clube. Porém, o primeiro encontro entre os dois deve ser como adversários.

Representando as seleções brasileira e peruana, Nino e Pacheco devem se enfrentar no próximo domingo (19), quando as duas seleções estreiam no Carioca. Como Nino assumiu a titularidade na zaga do Brasil, e quase certo que se enfrentem, já que Pacheco é.o camisa 10 do Peru.

O domingo (19) ainda marca a estreia do Fluzão no estadual, contudo, o torcedor não terá problema em acompanhar os jogos, uma vez que Fluminense x Cabofriense acontece às 19h e Brasil x Peru ocorre às 22h e 30.

Richarlison marca de pênalti para o Brasil e sacramenta conquista da Copa América

É campeão! A seleção brasileira conquistou, neste domingo, a Copa América de 2019, sediada no Brasil. Novamente vítima depois do 5 a 0 na fase de grupos, o Peru não deu vida fácil na final no Maracanã. Mesmo assim, a superioridade da equipe de Tite fez a diferença e encerrou o jejum de títulos da Canarinho, que não levantava uma taça desde 2013.

No jogo de maior renda da história do futebol nacional (R$ 38.769.850,00), os gols foram marcados por Éverton, Gabriel Jesus e, de pênalti, Richarlison, ex-Fluminense, sacramentando o triunfo. Também em penalidade, cometida por Thiago Silva, Guerrero deixou o seu para o Peru.

O zagueiro Thiago Silva, cria de Xerém, e o atacante Richarlison representaram o Fluminense na decisão. Curiosamente, há seis anos e no mesmo palco, um outro ex-tricolor ajudou a seleção a vencer um título. Foi o centroavante Fred, que balançou as redes duas vezes na vitória por 3 a 1 sobre a Espanha pela Copa das Confederações.

A relação entre o Tricolor e a seleção vem de longo tempo. Faz exatos 100 anos que o Brasil faturou seu primeiro troféu sul-americano, no Estádio das Laranjeiras.

O presidente Mário Bittencourt e o vice Celso Barros assistiram ao duelo em camarote. Eles se encontraram com o novo arqueiro do clube das Laranjeiras, Muriel, que foi prestigiar o irmão Alisson, eleito o melhor goleiro do torneio. De folga até terça-feira, João Pedro, Miguel, Gilberto e Kelvin foram alguns dos integrantes do Time de Guerreiros que compareceram ao estádio.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Celso Barros encontra Muriel em Brasil x Peru, no Maracanã

Anunciado na sexta-feira como novo reforço do Fluminense, Muriel encontrou o vice-presidente Celso Barros neste domingo, no Maracanã, durante a final da Copa América, entre Brasil e Peru. O goleiro prestigia o irmão mais novo, Alisson. Mário Bittencourt também marca presença no estádio.

“Hoje foi dia de dar as boas-vindas ao nosso novo goleiro Muriel. Falamos sobre o nosso clube e seleção. Ele estará hoje no Maracanã torcendo pelo título sul-americano e, em especial, pelo seu irmão Alisson, goleiro da seleção brasileira. Também estamos na torcida”.

Muriel aguarda seu contrato de três anos e meio ser publicado no BID até às 14h de segunda para confirmar sua pré-inscrição na Sul-Americana. Deve poder estrear já na retomada do Campeonato Brasileiro, dia 15, contra o Ceará, no Maraca. De folga, o elenco retoma as atividades na terça-feira, data da apresentação do novo contratado.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Técnico da seleção peruana desmente problemas com Fluminense

A edição de sábado do jornal “Líbero”, do Peru, informou a insatisfação da seleção peruana com o tratamento no Centro de Treinamento do Fluminense durante o treino de sexta-feira. Além da impossibilidade de usar a sala de imprensa, o diário relatou a necessidade de dividir vestiário com elenco da base do clube, o que aconteceu devido ao atraso da delegação na chegada ao local. No entanto, o técnico Ricardo Gareca desmentiu o suposto descontentamento.

– Foi tudo bem. Sobretudo quanto à organização, não temos nada a dizer. Cumpriram todas as pautas, nos sentimos muito confortáveis. No Brasil, até o momento, sempre estiveram bem conosco, muito amáveis. Pode haver alguma coisa, mas é o normal neste tipo de organização, da magnitude do evento. Não tenho nada a dizer (sobre treino no Fluminense). Trabalhamos em um tempo com muito vento e chuva, essa foi a parte ruim. Mais nada.

A pedido do Peru, a última atividade antes da final da Copa América, contra o Brasil, passou para o Nilton Santos. Por outro lado, o Comitê Organizador disse não ter recebido reclamações formais. Através de nota, os tricolores se pronunciaram sobre a polêmica.

“Em atenção ao que informou a seleção Peruana de Futebol Profissional o Fluminense Football Club tem a dizer que entende seu momento, pois enfrentará a Seleção Brasileira – e treinar no campo do Fluminense é estar no campo adversário – mas garante que o CT foi disponibilizado de acordo com todas as cláusulas contratuais acordadas e aceitas por todas as seleções”.

No referido treinamento, o Fluminense presenteou os peruanos com camisas oficiais, como já havia feito com uruguaios e argentinos, impulsionando o Time de Guerreiros para o noticiário sul-americano. A estrutura do CT, que ainda abrigou o Catar na primeira fase, ganhou diversos elogios durante o torneio.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Finalista da Copa América, Peru ganha camisas do Fluminense em último treino no CT

Na chegada ao Centro de Treinamento da Barra da Tijuca, na manhã desta sexta-feira, os jogadores do Peru ganharam camisas oficiais do Fluminense, a exemplo do que ocorrera anteriormente com as seleções argentina e uruguaia. As ações repercutiram nas redes sociais e levaram o nome do clube ao noticiário sul-americano.

A equipe alvirrubra, que havia treinado no local ainda na fase de grupos, voltou ao Rio de Janeiro para encarar o Brasil na final da Copa América, domingo, no Maracanã. Goleiro sensação do torneio, Gallese foi flagrado por vídeo da FluTV admirando o uniforme. Assista:

Os presentes foram entregues antes das queixas dos peruanos ao Tricolor. Reclamaram da impossibilidade de usar a sala de imprensa e as banheiras de hidromassagem, que ficaram sob chuva, e de precisar dividir instalações como academia e vestiário com jogadores da casa. Insatisfeita, a seleção encerrá a preparação para o jogo de domingo com atividade no Nilton Santos, neste sábado.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Peru cancela entrevista, divide estrutura e decide trocar CT do Fluminense pelo Nilton Santos

A seleção peruana, finalista da Copa América, ficou na bronca com o Fluminense durante o treino da manhã desta sexta-feira, no Centro de Treinamento da Barra da Tijuca. Insatisfeito, o adversário do Brasil na decisão de domingo encerrará sua preparação no Nilton Santos, sábado.

O dia começou com atraso de mais de meia-hora da delegação do Peru na chegada ao CT, por culpa do temporal que cai no Rio de Janeiro. A primeira desavença se deu em razão da impossibilidade de a seleção realizar entrevista na sala de imprensa, já em uso pelo clube.

“Pedimos desculpas pelo ocorrido hoje. Sabemos que havíamos oferecido entrevista, mas a sala de imprensa será utilizada pelo Fluminense, apesar de termos informado nossa programação com a devida antecedência”, comunicou a equipe alvirrubra aos jornalistas.

Os peruanos ainda precisaram dividir o vestiário com tricolores, que treinam de olho na retomada do Campeonato Brasileiro, dia 15, contra o Ceará. Também houve reclamação quanto à área de recuperação física, cujas banheiras de hidromassagem ficaram sob chuva.

Em resposta às queixas, o Fluminense explicou que não havia recebido pedido para liberar a sala de imprensa, mas que chegou a oferecê-la. Ainda mencionou que era sabido em contrato que a academia teria de ser compartilhada por conta da presença de seus jogadores.

Além do Peru, que voltou ao CT após utilizá-lo na fase de grupos, mais três seleções – Argentina, Catar e Uruguai – trabalharam nas instalações do clube. Estas, porém, não economizaram elogios à estrutura.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Top