fbpx

Torcida organiza festa com pó-de-arroz, e Fluminense vai repetir fumaças tricolores contra o Botafogo

Uma das principais marcas do Fluminense, o pó-de-arroz deve voltar ao Maracanã no Clássico Vovô, sábado, pela quarta rodada do Brasileirão. Depois da Festa das Bandeiras na derrota por 1 a 0 para o Goiás, o “Mobilização Tricolor” convocou os torcedores para arrecadar fundos para mais uma bela recepção aos jogadores, que venceram o Grêmio por 5 a 4, de virada, no fim de semana. De acordo com comunicado postado no mês passado, esta ação requer R$ 1.452,00.

Além disso, o próprio clube vai se encarregar de repetir o disparo de fumaças tricolores, como na abertura do campeonato. Caso seja confirmado, será a segunda vez em 2019 que a torcida lançará o pó-de-arroz nas arquibancadas. A primeira, organizada pelo grupo “Convocação Tricolor”, marcou a estreia de Paulo Henrique Ganso com a camisa verde, branco e grená, no fim de fevereiro.

Os ingressos estão à venda na internet e em pontos físicos. Custam entre R$ 10 (meia) e R$ 50 (inteira). Até o momento, não houve divulgação de parciais. Clique aqui para mais informações.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Com pó-de-arroz, torcedores preparam recepção a Ganso no Maracanã

Contratado ao fim de janeiro por cinco anos, Paulo Henrique Ganso vai estrear pelo Fluminense nesta sexta-feira, contra o Bangu, pela primeira rodada da Taça Rio. O jogo ocorrerá às 21h no Maracanã e, segundo a última parcial divulgada, tem mais de 10 mil ingressos vendidos. As vendas, hoje, são nas Laranjeiras, até às 14h, e na bilheteria 1 do estádio.

O camisa 10 ganhará uma recepção à altura de seu talento. Na subida ao campo, a equipe assistirá a um show de pó-de-arroz, que volta após mais de um ano, nas arquibancadas. Dessa vez, com um colorido especial: nas cores verde, branco e grená, uma novidade inovadora.

Idealizada pelo Convocação Tricolor, a festa havia sido programada, inicialmente, para o duelo com o Deportivo Cuenca, em outubro passado, na Sul-Americana. À época, porém, a Conmebol vetou a ideia. Agora, o BEPE (Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos) autorizou o lançamento do talco.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

 

 

 

Top